Um assaltante vai processar a vítima que lhe atirou nas costas?

Share Button

Família de assaltante estaria entrando com um processo contra o promotor que reagiu ao assalto e atirou nas suas costas! Será verdade?

No dia 09 de dezembro de 2015, essa notícia ganhou a internet. Diversos sites e blogs espalharam a história de Robson Diego, um dos assaltantes que teria se dado mal ao tentar assaltar um promotor de justiça em Campo Maior (PI). A vítima teria reagido ao assalto, baleando o bandido nas costas!

O ladrão teria sido socorrido e levado para o Hospital de Urgência de Teresina enquanto que o seu comparsa teria fugido.

O fato teria ocorrido 5 dias antes e, segundo o texto que circula pela web, o infeliz assaltante teria perdido os movimentos das pernas por causa dos ferimentos e a família do ladrão baleado estaria entrando com um processo contra a vítima, pois o promotor não poderá alegar legítima defesa tendo atirado nas costas do meliante!

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Família de assaltante baleado irá entrar com um processo contra a vítima! Será Verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Família de assaltante baleado irá entrar com um processo contra a vítima! Será Verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Por mais estranha que possa parecer, essa história (boa parte dela, pelo menos) é real! 

No dia 04 de dezembro de 2015, o promotor de justiça Maurício Gomes de Sousa, da 2ª Promotoria de Campo Maior, sofreu uma tentativa de assalto por dois homens armados. Ele estava junto com a mãe e a filha no seu automóvel, no centro de Teresina, e reagiu ao assalto (uma atitude perigosa, diga-se de passagem), baleando um dos bandidos.

Maurício, que é ex-policial, sacou sua arma e atirou em um dos criminosos enquanto que o outro assaltante se aproveitou da situação e acabou levando o carro do promotor.

Promotor imobiliza um dos meliantes durante tentativa frustrada de asalto em Piauí! (Foto: Jonas Souza)

Promotor imobiliza um dos meliantes durante tentativa frustrada de asalto em Piauí! (Foto: Jonas Souza)

Segundo o site Portal de Campo Maior e o jornal Meio Norte, o ladrão ferido ficou aguardando socorro médico, sentado no asfalto. O Portal de Olho explicou também que o outro ladrão ainda acabou atropelando o comparsa durante a fuga e que o automóvel do promotor foi encontrado no mesmo dia, horas depois do crime!

No vídeo abaixo, podemos ver o momento em que o assaltante está saindo do hospital, sendo levado para a Casa da Custódia:

 

Família diz que vai processar o promotor

De acordo com o Jornal Meio Norte, a família do assaltante afirmou que vai entrar com um processo contra o promotor, pois a vítima atirou no bandido pelas costas. Quanto a essa informação, a família até pode tentar processar o promotor, mas – até o momento da publicação desse artigo no E-farsas – não há informações de que o processo já exista e, caso ele venha a existir, se o assaltante ganhará essa ação!

Conclusão

Um bandido foi baleado durante uma tentativa de assalto em Campo Maior, no Piauí. A família diz que vai entrar com um processo contra o promotor que atirou nas costas do ladrão. Vamos aguardar para ver se eles vão processar mesmo a vítima do assalto ou se isso foi apenas uma ameaça!

Share Button
Crimes, Verdadeiro
, , , , , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

12 comentários

  1. Cesar da Silva

    Há alguns anos um rapaz mexeu com a namorada de um promotor e acabou levando 14 tiros em “legítima defesa” (não lembro se todos os tiros pegaram), mas até hoje não vi qualquer notícia de que o promotor foi punido.
    Esse papo de processar a vítima é só mais uma forma dos bandidos tentarem intimidar a população: “se nór num ti matá nem ti robá, nós ti pruceça, tá ligado?”

    • Sedgewick Sexton

      O cara só não vai responder por ser promotor, se fosse um cidadão comum responderia por excesso na defesa. A legítima defesa só é aceita quando para cessar um agressão, e se o bandido estava de costas então a agressão já havia cessado.

      P.s.: entenda-se por agressão não só a física mas também a ameaça verbal e com arma de fogo.

  2. Leticia

    O erro do promotor foi dar fora da cabeça desse monstro, pois faria um enorme favor a sociedade. Esse miseráveis fazem assim atiram nas vitimas para matar! Deveria acontecer o mesmo com eles

  3. Ronaldo rocha

    Um país sem disciplina, onde todos são ensinados dês de pequenos a não responder por seus atos e assim mesmo. Uma geração de pessoas pegando tudo que querem sem limites ou responsabilidades .
    Coitados de nos que se reagirmos e não tivermos um titulo ou patente, somos autuados como bandidos e devorados pela imprensa passamos a ser bandidos.
    Como me disseram uma vez, nas palavras da pessoa em questão: – tem gente de mais no mundo e quanto mais deixarem de existir e pura estatística e pros grandes, melhor saida.

  4. Vinicius

    O pior do brasil e isso,quando nos queremos processar alguem por causas muito maiores e com muito mais sentido nos inocentes perdemos mas quando nos atiramos o ladrao e ele tenta nos processar ele ta certo.

    A justiça é horrivel no brasil,o ladrão sempre sai ganhando dessa vez da pior forma.

  5. Nubia silva

    O promotor que deveria processar ele . E se ele tivesse tirado a vida do promotor e das filhas ? E de quantas pessoas por aí ele já deve ter tirado e tira! Porque é isso que os bandidos fazem . A família deveria ver que o Garotinho foi quem errou e fazer ele reconhecê isso .

Deixe uma resposta para Leticia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *