17.5 C
São Paulo
sexta-feira, setembro 30, 2022

Bolsonaro se encontrou com os assassinos da Daniella Perez?

- Publicidade -

É verdade que o presidente Jair Bolsonaro se encontrou com Juliana Lacerda e Guilherme de Pádua, assassinos da atriz Daniella Perez?

A afirmação começou a circular pelas redes sociais após a publicação em diversos blogs na segunda semana de agosto de 2022. De acordo com o texto, o presidente Jair Bolsonaro e sua esposa teriam se encontrado com Guilherme de Pádua e com Juliana Lacerda, condenados pelo assassinato da atriz Daniella Perez em 1992.

O encontro teria ocorrido durante um almoço em uma Igreja de Belo Horizonte (MG), quando fotos da primeira-dama com Juliana teriam sido tiradas.

Será que isso é verdade?

Será que o presidente e a primeira-dama se encontraram com os assassinos da atriz Daniella Perez?

Verdade ou mentira?

No dia 07 de agosto de 2022, a primeira-dama Michelle Bolsonaro participou de um almoço, junto de outros 300 convidados, em uma igreja localizada na cidade mineira de Belo Horizonte. Quanto ao Bolsonaro, ele participou apenas do culto de manhã na mesma igreja, mas foi embora antes do almoço. Nesse dia, o presidente almoçou em uma churrascaria em São Paulo.

A foto que mostra Michelle ao lado de Juliana foi tirada durante o dia, quando a primeira-dama posou ao lado de seus fãs. Juliana disse em vídeo que pegou fila para tirar essa foto e que a esposa do presidente não sabe quem ela é:

“Gente, vazou uma foto minha com a primeira-dama, falando que eu sou amiga íntima dela, e isso é mentira. A imprensa, ela consegue ser muito suja, é mentira. Eu simplesmente estava em uma comemoração dos 50 anos do pastor Márcio, e ela estava presente nessa festa. E eu, como todos ali, estava em uma fila para poder tirar foto com ela […] Foi apenas isso com a primeira-dama, foi apenas isso, nada mais. Eu nunca troquei uma palavra sequer com ela. Nunca, nunca, nunca mesmo. Ela nem sabia quem eu era. Ela simplesmente foi lá, gentil que é, uma pessoa extremamente simples, uma mulher de Deus, porque eu sou fã, e ela simplesmente tirou essa foto comigo, como [com] todos ali nessa fila, nessa comemoração. Foi apenas isso”, disse Juliana em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram.

É importante frisar que Juliana não teve nenhuma participação no crime que vitimou fatalmente a atriz Daniella Perez em 1992. Na ocasião, Guilherme de Pádua foi condenado pelo crime ao lado de sua então esposa Paula Thomaz. Juliana se casou com o assassino de Daniella Perez em março de 2017, mais de 20 anos depois do crime.   

Questionado, Guilherme de Pádua negou o encontro:

“A minha esposa foi ao culto, foi parabenizar o pastor Márcio porque é um pastor que tem um diferencial muito grande no Brasil, que acolhe todas as pessoas como fez comigo […] Quando ela foi tinha ali uma fila de admiradores da primeira-dama, a minha esposa vai nessa fila sem ninguém saber quem ela é, sem a primeira-dama imaginar quem ela é, e tira uma fotografia, como uma fã, depois disso ela envia essa foto para o pai, o pai orgulhoso manda [a imagem] para parentes, e agora isso cai na mão da imprensa”, declarou.    

Conclusão

Não é verdade que Bolsonaro e esposa almoçaram com os condenados pelo assassinato da atriz Daniella Perez!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui