Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Respostas para 10 das dúvidas mais recorrentes sobre o E-farsas e as fake news!

E-farsas

Respostas para 10 das dúvidas mais recorrentes sobre o E-farsas e as fake news!

Respostas para 10 das dúvidas mais recorrentes sobre o E-farsas e as fake news!

Fizemos um compilado com 10 respostas para algumas das dúvidas mais recorrentes e pertinentes de 2018 aqui no E-farsas em relação ao projeto E-farsas e às fake news!

O ano de 2018 respira com ajuda de aparelhos e já é certo que está quase morrendo. Não foi um ano fácil para o E-farsas e acreditamos que não tenha sido uma maravilha para a grande maioria dos brasileiros. Por isso, a esperança de que um novo ciclo que se inicia a partir do dia 1º de janeiro de 2019 dá uma injeção de ânimo para todos.

2018 foi um ano eleitoral e, sobretudo, o ano em que o Brasil (e o mundo) descobriu o que já vínhamos mostrando desde 2002: O poder das fake news no rumo de uma nação!

Muita gente não conhecia o termo e repassa notícias falsas através de grupos do WhatsApp e/ou nas demais redes sociais achando que estavam fazendo o bem, mas estão apenas contribuindo com a desinformação.

Pesquisas feitas no primeiro trimestre de 2018 revelaram que 37% dos entrevistados admitiram repassar fake news e depois descobriram que o conteúdo era falso. Cerca de 18% já ouviram o termo, mas não sabiam o que significava.

A desinformação que reinou nas redes sociais em 2018 foi tanta que iniciativas como a nossa, ou como a de veículos jornalísticos em checagem de fatos chegaram a ser atacadas (como se nós fôssemos “o inimigo”) e várias dúvidas chegaram até nós sobre a lisura em nosso trabalho de checagem. Por isso, resolvemos responder algumas dessas questões:            

1 – Quem financia o E-farsas?

Diferente de grupos criados para “acabar com a corrupção” e cuja a origem dos seus ganhos seja um tanto quanto obscura, o E-farsas sobrevive de banners patrocinados pelo Google Adsense e pelo Portal R7. A E-Farsas Checagem de Fatos é uma empresa pequena, de apenas um funcionário (mas que conta com a ajuda de inúmeros colaboradores voluntários, como os amigos moderadores do nosso grupo no Facebook) e com o faturamento inferior a R$ 10.000/ano, sendo que os custos com hospedagem seriam inviáveis se não fosse a ajuda preciosa dos nossos parceiros do Portal R7.

Só para você ter uma ideia, o E-farsas não rendeu nenhum centavo nos seus primeiros 8 anos. Tudo era feito na base do hobby.

Para quem quiser nos ajudar com qualquer valor, disponibilizamos as seguintes ferramentas:

É bom esclarecer que como cada uma dessas plataformas exigem um acúmulo de um certo valor para o resgate, ainda não botamos a mão em nenhuma doação feita até agora!

Infelizmente, nenhum partido político nos procurou ao longo desses 16 anos de vida para algum tipo de post patrocinado ou algo do tipo! Digo “infelizmente” porque seria bom receber algum dinheirinho para continuar trabalhando, né? Mas… nunca rolou!       

Igualmente, nunca recebemos nenhum benefício de nenhuma empresa por e/ou para desmentir alguma fake news ou para falar bem de algum produto. Uma pena…

2 – O E-farsas é comunista ou petista?

Muitos dos comentários que recebemos são com “acusações” a respeito da nossa suposta predileção ao comunismo ou ao PT, mas isso não tem o menor fundamento! Nunca afirmamos em nenhum momento que esse ou aquele partido político é melhor ou pior ou que o comunismo é melhor que o capitalismo. Pelo contrário, nosso posicionamento em relação ao comunismo é que ele já se provou ineficaz em todos os países onde foi implantado. Nem mesmo a China é comunista!

3 – Se vocês não são petistas, por que desmentiram mais fake news do PT do que de outros partidos?

Essa é uma mentira que muita gente acaba acreditando, mas basta uma busca no site para perceber que somos neutros e procuramos sempre desmentir fake news de ambos os lados (lembrando que não existem apenas dois lados).

Em 2018, fizemos 45 apurações envolvendo o nome Bolsonaro contra apenas 23 pesquisas envolvendo o nome Haddad.

Há algumas pesquisas feitas por agências a respeito da quantidade de fake news políticas disseminadas durante o período eleitoral constatando que a Esquerda teria sido o maior alvo das notícias falsas, mas não temos confirmações desses dados.       

4 – Por que o E-farsas encobriu que a França liberou a pedofilia?

A França não liberou a pedofilia! Além das nossas pesquisas , outros veículos jornalísticos confirmaram o que apuramos, como podemos ver nessa lista:

A França não liberou a pedofilia, parem com essa história! (foto: Reprodução/Facebook)

5 – Vocês só publicam farsas?

Apesar do nome do site ser “E-farsas”, algumas vezes acabamos descobrindo que o assunto pesquisado é verdade e, para não jogar fora nossas pesquisas, publicamos no site e explicamos porque aquilo é verdade. Para quem quiser ler, temos uma seção só para esses casos!

6 – O E-farsas só pega informações de outros sites e nunca descobre nada?

Recentemente, fomos bombardeados com acusações de que “apenas pegamos informações de outros lugares” e que nunca descobrimos nada por conta própria. A ideia do site sempre foi a de usar a própria internet para desmentir (ou confirmar) as informações que circulam nela.

Além disso, sempre reforçamos que qualquer um pode e deve verificar as informações antes de compartilhar. Todas as afirmações feitas aqui no E-farsas possuem links de referência justamente para não sermos acusados de “achismo”!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

7 – Quanto o E-farsas ganha para dizer que o carro a água não funciona?

Nada! É que carros movidos a água não funcionam mesmo!

Em maio de 2018, fizemos um resumão com notícias relacionadas a supostos inventores de motores que usariam água como combustível, mas que acabaram não entregando o prometido:

Carro movido à água e outras fake news sobre combustível que circulam pela web!

 

8 – O TSE pagou quanto para o E-farsas encobrir as fraudes nas urnas?

Nada! Em outubro de 2018, o Tribunal Superior Eleitoral convidou o E-farsas e outras agências de checagem para uma reunião em Brasília para que, juntos, elaborássemos sugestões para tentar diminuir a onda fake news durante o período eleitoral. Na ocasião, cobramos do TSE, dentre outras coisas, a implantação da impressão dos votos e mais transparência em relação aos dados das urnas eletrônicas.

É bom lembrar que antes do segundo turno, muitas fake news surgiram a respeito de possíveis fraudes nas urnas eletrônicas. Teve até um grupo que tentou usar a Lei de Benford para tentar provar que houve fraude…

Fizemos um vídeo explicando que a Lei de Benford não serve como prova de fraude nas urnas:

Curiosamente, depois que Jair Bolsonaro foi eleito, não se falou mais em fraude nas urnas…

9 – Por que o E-farsas agora só fala de política?

Essa não bem uma verdade! Falamos muito mais sobre política em 2018 do que já falamos desde 2002, mas tratamos de outros assuntos também.

Desvendamos, por exemplo, o mistério do fantasma que apareceu em um shopping:

A verdade sobre a menina fantasma filmada no Shopping Difusora, em Caruaru!

Explicamos a verdade por trás do vídeo de carros batendo em obstáculos fantasmas:

Vídeo mostra carros se chocando com o nada! Fantasmas?

E também tratamos de investigar fenômenos ufológicos, como esse vídeo de um possível avistamento:

Alienígena é filmado entrando em um ovni na Romênia! Será verdade?

Esperamos que, em 2019, possamos voltar a nos dedicar a esses assuntos novamente.

10 – O que o E-farsas tem planejado para o próximo ano?

Como a equipe de produção do E-farsas é extremamente pequena, os projetos demoram para sair do papel, mas pensamos muito em ampliar nossas publicações para outras mídias e formatos, como um podcast, por exemplo.

Além disso, queremos focar novamente nos vídeos (apesar do YouTube não render quase nada em termos financeiros), pois essa é uma forma muito legal de explicar checagens de assuntos mais visuais.

O layout do site também sofrerá mudanças em 2019! Como já explicamos aqui em respostas nos comentários, usamos layouts prontos desses comprados na internet e são inseridos dezenas de remendos. A ideia é começar um layout do zero, mais limpo e com melhor usabilidade, mas é claro que tudo isso leva tempo e dinheiro (coisa que não temos de sobra).

Conclusão

Muito obrigado a todos pela confiança nesses anos todos e esperamos poder contar com a sua participação também em 2019.      

Continue lendo
9 Comentários

9 Comments

  1. Pingback: Respostas para 10 das dúvidas mais recorrentes sobre o E-farsas e as fake news! - Blog Ultradicas

  2. Cesar Crash

    29 de dezembro de 2018 em 10:52

    Gilmar: “É que carros movidos a água não funciona mesmo.”

    • Gilmar Lopes

      30 de dezembro de 2018 em 11:37

      ops

  3. Rui Antonio Otto

    29 de dezembro de 2018 em 12:44

    Cem por cento das coisas que vejo na Internet (Facebook, WhatsApp etc.)em que me paire um milionésimo de dúvida, recorro imediatamente ao e-Farsas e ele me esclarece no ato. Tenho total confiança. Quando é assunto que eu perceba requisição de resposta, não fico perdendo tempo algum: apenas cito “mentira”, ou “verdade” e coloco o link do e-Farsas. Pronto. Ponto final. Esclarecido e comprovado. E o que surgem de farsas… Chega a ser assustador. Não sei o que se poderia ganhar com publicações falsas. Vocês, sobremaneira Gilmar, merecem parabéns e nosso maior respeito, além de efusivos agradecimentos.

  4. Sidnei

    29 de dezembro de 2018 em 12:54

    Pq o E-Farsas omite que é o melhor site do mundo?

    Sou fã e acompanho desde que “fake news” se chamava hoax (ainda falam isso?) e recebiamos em correntes de e-mail. Na época, acho que só vc que fazia esse trabalho.

    Tenha ótimas festas e muito sucesso, tanto para ti como para esse trabalho maravilhoso que vc faz.

    Abçs

  5. Walkiria

    29 de dezembro de 2018 em 15:18

    Espero sinceramente que não receba nenhum apoio a tudo que se refira a política, partido político, etc. Política aqui no Brasil ou outro país é um “submundo”. Espero sim, que receba apoio por outros meios, doações de leitores, empresas idôneas, etc. Oxalá 2019 seja um ano melhor para todos. Torço por vc Gilmar.

    • Gilmar Lopes

      30 de dezembro de 2018 em 11:36

      Valeu!

  6. Lucho

    5 de janeiro de 2019 em 11:28

    Gilmar, você perder o seu precioso tempo respondendo a essas 10 perguntas mostram como o internauta médio é um estúpido.

  7. marco oliveira

    25 de janeiro de 2019 em 9:30

    gostei muito do post,vou acompanha o seu blog este tipo de conteudo tem mim ajudado muito

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo