Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A Souza Cruz vai lançar o cigarro de maconha Marley?

Conspirações

A Souza Cruz vai lançar o cigarro de maconha Marley?

É verdade que a empresa Souza Cruz detém a marca Marley para um cigarro a base de cannabis e que o produto será lançado em breve?

A notícia não é nova! Apareceu em 2012 na web e voltou a circular através das redes sociais em maio de 2015. De acordo com o texto, a fabricante de cigarros Souza Cruz estaria preparando um novo cigarro, chamado Marley, que teria como base a maconha.

Segundo o que é alegado na notícia, a empresa tabagista estaria se preparando para produzir cigarros de maconha, de olho na possível legalização do produto.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

A Souza Cruz estaria se preparando para lançar o Marley, um cigarro a base de maconha! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

A Souza Cruz estaria se preparando para lançar o Marley, um cigarro a base de maconha! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou farsa?

Como mencionamos em um dos parágrafos acima, o boato não é novo! Circula desde 2012 em páginas que tentam lutar pela legalização da maconha como o blog Cannaroots que está fora do ar atualmente, mas podemos ver a matéria que serviu de “fonte” para quase todas as outras através do WebArchive.

O Cannaroots, é claro, não cita fontes! Apenas diz que a Souza Cruz teria a marca em seu nome e, com isso, abre uma série de especulações a respeito.

O blog Growroom, que possuia um o artigo semelhante ao do Cannaroots, afirmou que os advogados da Souza Cruz entraram em contato solicitando a retirada da publicação do ar, afirmando que a notícia é falsa.

Dentre as marcas registradas pela Souza Cruz, não existe nenhuma parecida com esse nome e não há nada a respeito da marca “Marley” nas buscas feitas dentro do site da Souza Cruz. Então, quem obteve essa “informação privilegiada” pode ter “se enganado”.

Boato “baseado” em um fato

A verdade é que a marca “Marley” já havia sido registrada pela Souza Cruz, em 1994. Isso é comprovado através de uma busca no site do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) – órgão responsável pelo registro e manutenção de marcas e patentes aqui no Brasil. No entanto, apesar da marca “Marley” ter sido concedida em 1997, em 2008 o processo foi extinto.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Ou seja, a Souza Cruz parece ter abandonado a marca “Marley” e, segundo o site Pequenas Empresas Grandes Negócios, quando uma marca é extinta (ou arquivada), ela se fica disponível para que seja registrada por outra empresa (até mesmo pela própria Souza Cruz) ou por qualquer pessoa física.

O fato de uma empresa que fabrica cigarros ter registrado uma marca com o sobrenome que remete à maconha (uma alusão ao cantor jamaicano Bob Marley) já foi o suficiente para criarem boatos sobre a possível fabricação dos cigarrinhos de cannabis. Todos os textos sendo espalhados sem que seja citada nenhuma fonte que os comprove!

Boato diferente nos Estados Unidos

Em 2014, o que se espalhou nos Estados Unidos foi a notícia de que a fabricante Philip Morris estaria lançando o cigarro “Marlboro M”, feito a base de maconha. Uma busca pela web mostrou que todos os sites e blogs que compartilharam o boato se basearam em um artigo publicado no site humorístico Abril Uno (“Primeiro de Abril”, em espanhol). O Abril uno avisa em seu rodapé que o site não é para ser levado a sério! No entanto, muita gente acreditou e passou o texto adiante como se fosse real.

Aliás, esse é um boato antigo lá na terra do Tio Sam! Encontramos referências a esse tipo de rumor em documentos de 1969, mostrando que que isso circula por aí há várias décadas!

Em entrevista à CBS, em 2012, um porta-voz da Philip Morris disse que a empresa não comenta a respeito de negócios futuros, mas que a companhia de tabaco fabrica produtos derivados do tabaco. Na mesma matéria, o porta-voz da Reynolds American Inc. – outra fabricante de cigarros – foi mais claro e afirmou que a produção de produtos derivados da maconha não está nos planos da empresa!

A foto do Marlboro “verde”

A imagem usada para ilustrar essa “notícia” que mostra uma embalagem verde dos cigarros Marlboro (que é fabricado pela Philip Morris e não pela Souza Cruz) é uma montagem feita por um dos participantes de um concurso de fotomontagens promovido pelo site de língua inglesa Worth1000. A foto original usada nessa brincadeira é essa abaixo e foi retirada do Wikipedia.

Montagem com a embalagem do cigarro Marlboro Mentolado!

Montagem com a embalagem do cigarro Marlboro Mentolado!

Conclusão

A Souza Cruz havia mesmo registrado a marca Marley aqui no Brasil, mas desistiu do nome em 2008. Não há nenhuma evidência que comprove que a empresa estaria plantando maconha para a fabricação de cigarros a base de cannabis. Além disso, não se sabe ainda se – caso a maconha seja legalizada aqui no Brasil – a comercialização desse produto iria ficar sob responsabilidade do Governo ou se empresas iriam fabricar o “cigarrinho que passarinho não fuma”!

Continue lendo
4 Comentários

4 Comments

  1. barbara

    28 de maio de 2015 em 16:38

    que merda kkkkkkkkkk

  2. Luiz

    2 de junho de 2015 em 3:26

    Tem algumas informações que não foram postas. Eu como fui colecionador de embalagens de cigarro tenho acesso a informações(que não são sigilosas) que muitos não sabem.
    Para uma empresa de cigarros registrar uma marca(ou nome) ela, além de registrar na ANVISA, tem que comercializar, se não fizer isso em até dois anos, ela perde o registro da marca, se ela registrar a marca e não pretende comercializar em até dois anos ela tem que lançar no mercado uma embalagem chamada “embalagem de proteção” que protege a marca e mostra que a empresa tem interesse nela. Essa embalagem atualmente é toda branca com o nome da marca e é feita poucos maços e vendido em um ponto do país.
    Portanto, eu como ex-colecionador nunca vi uma embalagem de proteção chamada marley entre os colecionadores, se a Souza Cruz registrou, foi só por dois anos, nada mais.

  3. Gerson Ganzaroli

    17 de maio de 2016 em 23:22

    Se legalizar,vai ser ótimo,vai melhorar a população em tudo!

  4. João Paulo

    14 de julho de 2017 em 22:41

    Libera a maconha pra nós é só um cigarro

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo