Cartazes com charge do Bolsonaro de Pinóquio foram colocados no metrô de Nova York?

0
3175
Metrô

É verdade que o presidente foi retratado como Pinóquio em cartazes no metrô de Nova York após discursar na ONU?

A imagem começou a se espalhar nas redes sociais e em vários sites e blogs na segunda quinzena de setembro de 2021, logo após a visita do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, onde discursou em um evento das Nações Unidas. Nela podemos ver um conjunto de 3 cartazes que formam uma charge do presidente como o personagem Pinóquio.

No desenho, que – de acordo com o texto compartilhado – teria sido colocado numa estação do metrô de Nova York, Bolsonaro aparece com um enorme nariz de madeira. 

Sob os dizeres “Liar. Lousy. Loser“ (“mentiroso, péssimo e perdedor”, em inglês), o nariz do personagem transpassa os 3 cartazes mostrados.

Sites de oposição ao presidente, como o Brasil 247, publicaram a notícia da suposta chacota sofrida por Bolsonaro logo após a imagem começar a se espalhar. Outros sites de política, como o Poder 360 também publicaram a respeito, mas será que isso é verdade?

Após discursar na ONU, Bolsonaro virou chacota em cartazes no metrô de Nova York! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Casos como esse levantam algumas dúvidas. A primeira delas é que apenas uma foto desses cartazes foi compartilhada. De acordo com seu site oficial, o sistema de metrô de Nova York transporta cerca de 5 a 6 milhões de passageiros por dia! É quase impossível que ninguém mais tenha pensado em tirar uma foto dessa charge tão pitoresca…

Outra dúvida que surge é: em qual estação essa foto foi tirada? O New York Subway possui mais de 450 estações.

Além dessas questões, o que muita gente deve ter se perguntado é: quem pagou pela propaganda e como conseguiram colocar uma charge política lá?

É permitido propaganda de cunho político no metrô de NY?

Fizemos uma busca nos documentos disponibilizados pela Metropolitan Transportation Authority, que administra o sistemas de metrô de Nova York, e descobrimos na lista de condições para a disponibilização de espaços para propagandas nas dependências do metrô de lá que as diretrizes proíbem expressamente qualquer menção política.

O artigo IV do documento deixa isso bem claro:

“[é proibido…] b. Defender ou expressar proeminentemente ou predominantemente uma mensagem política, incluindo, mas não se limitando a uma opinião, posição ou ponto de vista sobre disputadas questões econômicas, políticas, morais,  religiosas ou sociais ou relacionadas questões, ou apoio ou oposição a questões ou causas disputadas.” (Reprodução/MTA)

Se não pode, por que tem?

Se o aluguel de espaços para cartazes com teor político é proibido nas estações do metrô de Nova York, qual a explicação para essa imagem que viralizou nas redes sociais?

É que, na verdade, a imagem é uma montagem feita em cima de uma foto de 2018!

A imagem original foi publicada pela artista digital e fotógrafa Laura Panzo, em seu perfil no site Behance, em julho de 2018, e mostra um mockup (uma espécie de rascunho de projeto, feito geralmente para se mostrar ao cliente antes da confecção final do produto).

Na colagem abaixo, comparamos as duas imagens para mostrar que ambas possuem características semelhantes como o chão, sombras e as molduras, por exemplo:

No dia 23 de setembro de 2021, o site Brasil 247 substituiu o texto da sua reportagem sobre os cartazes no metrô de Nova York por outro, explicando que a imagem é falsa, preservando o mesmo link. Já o Poder 360 refez a reportagem, acrescentando no final um aviso de que houve correção.

Atualização 24/09/2021

Após a publicação dessa checagem, vários leitores entraram em contato nos ajudando a identificar o autor da obra. O ilustrador brasileiro Butcher Billy publicou a imagem em seus perfis nas redes sociais no dia 21 de setembro de 2021, mas não deixou claro que se tratava de uma montagem, o que deve ter induzido os mais desavisados a compartilhar como se aquilo fosse real!

A publicação feita no Instagram foi removida (não sabemos se foi retirada pelo próprio artista ou pela plataforma), a postagem do Facebook “ganhou” um aviso de “informação falsa” e a publicação feita no Twitter ainda está disponível:

Conclusão

É falsa a afirmação de que cartazes com uma charge do presidente Jair Bolsonaro como Pinóquio teriam sido colocados no metrô de Nova York após discurso do presidente na ONU! A imagem é uma montagem feita em cima de um trabalho de 2018 de uma designer chamada Laura Panzo.