Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”?

Humor

A DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”?

A DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”?

Será verdade que a DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos voltada para o público adulto sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”? Essa história começou a repercutir com forte intensidade entre o finalzinho de dezembro de 2018, e ao longo de todo o mês de janeiro de 2019, principalmente na mídia norte-americana. Boa parte da mídia vem alegando, que Jesus Cristo será o novo super-herói da DC Comics, sendo que alguns sites de viés mais conservador, principalmente nos Estados Unidos, alegam que a situação está muito mais inclinada para a blasfêmia do que o campo bíblico.

De qualquer forma, será mesmo verdade que a DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”? Será que Jesus Cristo será o novo super-herói da DC Comics? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

A “Segunda Vinda de Jesus Cristo” ou “Parúsia”

Basicamente a “Segunda Vinda de Jesus Cristo” (também chamada de “Parúsia”, “Segundo Advento” ou “Segunda Vinda”) é um termo utilizado por diversas religiões e suas respectivas denominações para simbolizar o que consideram como “a volta gloriosa de Cristo.” Em um texto de autoria do padre Edison de Oliveira, membro da comunidade católica “Canção Nova”, e que foi publicado no site da própria comunidade, é mencionado que “a volta gloriosa de Jesus é um evento ligado ao Juízo Final/Universal (cf. n. 1040-1042). Sobre quando isso se dará, nem o Catecismo afirma, apenas diz que ‘só o Pai conhece a hora e o dia desse Juízo’. Por meio do Filho, Ele pronunciará Sua palavra definitiva sobre toda a história.

Também é alegado, que “podemos entender a Segunda Vinda de Cristo como parte essencial da nossa história de salvação. Enquanto Ele não vem, temos de escolhê-Lo todos os dias, sem negar Sua graça em nós, para não nos tornarmos “juízes” de nós mesmos, negando a graça de Cristo em nós, o que seria algo terrível e triste.

Cada religião ou denominação, no entanto, tem maneiras distintas e específicas para interpretar esse assunto. Algumas, por exemplo, acreditam que Jesus Cristo retornará à Terra não para salvar aqueles que Nele acreditam, mas para estabelecer definitivamente Seu reino neste mundo.

De qualquer forma, ao longo do tempo, dezenas de pessoas ou líderes religiosos já tentaram profetizar, quando irá acontecer. Para alguns isso, inclusive, isso já era para ter acontecido e nada aconteceu. Já outras pessoas alegam ser a própria reencarnação de Cristo na Terra, a exemplo do russo Sergey Anatolyevitch Torop, também conhecido como o “Jesus da Sibéria” ou simplesmente “Vissarion.”

Já outras pessoas alegam ser a própria reencarnação de Cristo na Terra, a exemplo do russo Sergey Anatolyevitch Torop, também conhecido como o “Jesus da Sibéria” ou simplesmente “Vissarion.”

Para finalizar, a “Segunda Vinda de Jesus Cristo” também é alvo dos teóricos da conspiração através do que chamam de “Projeto Blue Beam”. Esse projeto, na verdade, não passa de uma teoria da conspiração, que alega que a NASA está tentando implementar uma religião da Nova Era com o Anticristo à frente e iniciar uma Nova Ordem Mundial, através de uma segunda vinda tecnologicamente simulada.

É alegado, que na segunda fase desse tal projeto, haverá um gigantesco “show espacial” em que projeções tridimensionais de laser holográfico serão transmitidas por todo o planeta. As projeções tomarão a forma de qualquer divindade, que seja mais predominante na localidade onde está sendo projetada, e falarão em todos os idiomas. No final deste show de luzes, todos os deuses se fundirão em um único deus, o Anticristo. Enfim, não iremos nos alongar muito nessa história, visto que há um vídeo bem legal feito pelo Gilmar sobre esse assunto.

Verdade ou Mentira? O Anúncio do Retorno do Selo Vertigo e a Revista em Quadrinhos “Second Coming”

Sim, é verdade! A DC Comics irá lançar uma revista em quadrinhos abordando a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”, mas calma que vamos explicar direitinho essa história para vocês.

Em 7 de junho de 2018, a DC Comics anunciou oficialmente a volta do selo editorial “Vertigo”, que agora será chamado de “DC Vertigo”. Para quem não conhece, a Vertigo era uma espécie de divisão da DC Comics, que publicava histórias voltadas para um público mais adulto e maduro. Seus quadrinhos lidavam com temas mais adultos. assim como violência, nudez, exposição sexual, uso de drogas, palavrões e outros tipos de controvérsia. Esse selo havia sido cancelado em dezembro de 2013, porém foi anunciado em junho de 2018, que cerca de sete novos títulos irão estrear no início de 2019.

Há, por exemplo, um quadrinho chamado “Safe Sex“, que seria “um thriller de ficção científica distópico sobre uma equipe maltratada de profissionais do sexo, que lutam pela liberdade de amar em um mundo onde o prazer sexual é monitorado, regulado e policiado pelo governo.” Em um outro quadrinho chamado “Border Town“, “uma rachadura na fronteira entre mundos libera um exército de monstros do folclore mexicano para a pequena cidade de Devil’s Fork, Arizona, nos Estados Unidos“. A partir daí, começam a surgir pesadelos compartilhados, transmissões de rádio sobrenaturais, misteriosas mutilações de bodes, e tudo isso acaba exacerbando tensões raciais.

Capa das primeiras edições dos quadrinhos “Safe Sex” e “Border Town”

Enfim, são quadrinhos envolvendo monstros, violência, inteligência artificial, exposição sexual etc… Entre os títulos estava justamente um quadrinho chamado “Second Coming” (“Segunda Vinda”, em português), de responsabilidade do escritor e cartunista Mark Russell, sendo que a arte será feita pelo ilustrador Richard Pace. Confira a descrição, que foi publicada pela DC Comics em seu comunicado oficial de imprensa:

“Deus envia Jesus à Terra na esperança de que ele aprenda a negócio da família com o ‘Sun-Man’, um super-herói todo-poderoso, que é como o quarterback do time principal da faculdade, que Deus nunca teve. Porém, ao retornar à Terra, Cristo fica horrorizado ao descobrir o que aconteceu com seu evangelho e promete corrigir os erros”

Capa da primeira edição do quadrinho “Second Coming”

Curiosamente, naquela época, não houve nenhuma polêmica na internet sobre esse assunto.

A Entrevista do Escritor e Cartunista Mark Russell em Agosto de 2018

Em agosto de 2018, o “Bleeding Cool”, que é site destinado ao mundo dos quadrinhos, TV, filmes e videogames, entrevistou o cartunista Mark Russell, que no ano passado havia sido nomeado para três categorias do Prêmio Eisner, o maior evento de premiação de quadrinhos do mundo. Embora não tenha ganhado em nenhuma categoria, ele concedeu uma rápida entrevista para o site e contou seus planos para o futuro.

Logo na primeira pergunta, o site “Bleeding Cool” perguntou ao Mark Russell o que os leitores poderiam esperar de um quadrinho chamado “Second Coming“. Mark respondeu que “um super-herói todo-poderoso, chamado Sun-Man (literalmente, “Homem-Sol”), tem que dividir um apartamento de dois quartos com Jesus Cristo. O conceito é que Deus ficou tão aborrecido com a performance de Jesus na primeira vez que veio à Terra, uma vez que foi preso tão cedo e crucificado logo depois, que o manteve trancado desde então. Assim sendo, Deus vê esse super-herói na Terra alguns milhares de anos depois e diz: ‘é isso que eu queria para você!’ Ele envia Jesus para aprender com esse super-herói e eles acabam aprendendo um com o outro. Eles aprendem as limitações da abordagem de cada um em relação ao mundo e seus problemas.

Ao ser questionado se o quadrinho foi inspirado devido a representação ocasional do Super-Homem como uma figura semelhante a Cristo, Mark disse, que “nem tanto em relação ao personagem, e que ele queria comentar mais sobre as limitações dos superpoderes“. Para ele, “ser capaz de arremessar alguém através de uma janela de vidro ou voar não vai ser muito útil. Exceto que seus problemas estejam relacionados a viagens. O Sun-Man tem que lidar com coisas, assim como sua avó sucumbindo à demência ou que ele não pode adotar uma criança, porque ele tecnicamente não é um ser humano, e sua esposa quer um bebê. Estes são os tipos de problemas em que os superpoderes são completamente impotentes. Jesus traz essa visão muito diferente de como o poder pode ser usado.

O site “Bleeding Cool” questionou se o Sun-Man teria todos os poderes que uma pessoa pode querer, mas que eles não iriam ajudar com nada importante. Mark disse que isso seria uma abordagem mais correta da situação, declarando que: “os superpoderes do Sun-Man são úteis contra 0,1% dos problemas do mundo. Os outros 99,9% vão exigir empatia, compreensão e generosidade. Esses não são poderes em seu kit de ferramentas. Conforme vemos na política externa, nas guerras e na política de imigração, a capacidade de empenhar força física em larga escala cria mais problemas do que resolve.

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Mark foi questionado qual seria a abordagem em relação a Jesus, visto que o nome Jesus significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Então, ele respondeu que escreveu dois livros sobre a Bíblia, “God is Disappointed in You” e “Apocraphya Now“. Mark também disse que aprendeu, o quanto realmente entendemos mal os ensinamentos da Bíblia e de Cristo. Segundo Mark, a religião cristã não se baseia no que ele ensinou, particularmente nas megaigrejas evangélicas modernas.

Mark foi questionado qual seria a abordagem em relação a Jesus, visto que o nome Jesus significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Então, ele respondeu que escreveu dois livros sobre a Bíblia, “God is Disappointed in You” (imagem acima) e “Apocraphya Now”

Mark também disse que aprendeu, o quanto realmente entendemos mal os ensinamentos da Bíblia e de Cristo. Segundo Mark, a religião cristã não se baseia no que ele ensinou, particularmente nas megaigrejas evangélicas modernas.De acordo com Mark, tais igrejas o têm (Jesus Cristo) mais como mascote em camisetas para provar que estão no time vencedor. O quadrinho “Second Coming” (“Segunda Vinda”) é sobre Jesus descendo e ficando chocado com o que ele vê, ou seja, tudo aquilo que foi feito em seu nome, pelo Cristianismo, nos últimos dois mil anos. Ainda de acordo com Mark, Jesus Cristo passa por uma megaigreja, e tem um outdoor desse Jesus com aparência de Tom Brady arremessando uma bola de futebol americano, e ele nem mesmo se reconhece, o que é uma metáfora de ele não reconhecer o que foi feito com a religião, que leva seu nome.

Foi questionado se essa seria uma versão de Jesus que não tinha real conhecimento do que foi feito durante sua ausência temporária. Como resposta Mark disse que sim, declarando que: “Deus estava tão chateado com o fato de ele ter sido crucificado na última vez, que ele não o deixou olhar pela fechadura celestial da Terra para acompanhá-la. Ele ainda consegue falar com as pessoas quando elas vão para o céu, então ele tem uma ideia do que está acontecendo lá embaixo. Ele não sabe até que ponto as coisas chegaram até que ele vai para a Terra e vê por si mesmo.

Para finalizar o assunto sobre o quadrinho chamado “Second Coming“, Mark disse que o título terá, inicialmente, seis edições, e que se a reação for positiva, poderá ter continuidade. Novamente, naquela época, não houve nenhuma polêmica na internet sobre esse assunto.

A Data de Lançamento e a Recente Polêmica Gerada na Internet

De acordo com a própria DC Comics, a revista em quadrinhos “Second Coming” será lançada no dia 6 de março de 2019, nos Estados Unidos, ao custo de US$ 3,99 (cerca de R$ 15 pela cotação referente a data desta postagem). Na página onde menciona a data de lançamento, a descrição mudou para:

“Testemunhe o retorno de Jesus Cristo, uma vez que Ele é enviado em uma missão santíssima por Deus para aprender o que é preciso para ser o verdadeiro messias da humanidade, ao se tornar o companheiro de quarto do salvador favorito do mundo: o todo-poderoso super-herói ‘Sun-Man’, o Último Filho de Krispex! Porém, quando Cristo retorna à Terra, fica chocado ao descobrir o que aconteceu com seu evangelho – e agora, ele pretende esclarecer as coisas.”

De acordo com a própria DC Comics, a revista em quadrinhos “Second Coming” será lançada no dia 6 de março de 2019, nos Estados Unidos.

Aparentemente, a DC Comics estava navegando em mares bem tranquilos, até que a história sobre “Jesus Cristo ser o novo super-herói” da empresa começou a pipocar em alguns sites brasileiros e internacionais, no fim de dezembro de 2018. Embora no Brasil não esteja havendo nenhuma grande repercussão sobre o caso, não podemos dizer o mesmo em relação aos Estados Unidos e alguns outros países ao redor do mundo. Como exemplo, podemos citar duas publicações do site “Comic Book Resources” (CBR), nos dias 21 de dezembro de 2018 e 6 de janeiro de 2019. Enquanto a primeira falava de maneira bem breve sobre “Jesus Cristo ser o mais novo super-herói” da DC Comics, a segunda, aparentemente, despertou o interesse de parte da mídia norte-americana e, principalmente, de sites de viés mais conservador.

Em 9 de janeiro de 2019, o site “Bleeding Cool” disse que Anthony Couto, o autor da segunda publicação da CBR, havia resumido uma história recente sobre a DC Comics abordar temas religiosos. Anthony Couto disse, por exemplo, que a DC Comics costumava lidar com temas mais profundos muito melhor do que qualquer outra empresa. Contudo, o “Bleeding Cool” lembrou que, em 1989, a DC Comics se recusou a publicar uma edição do título da Vertigo, chamado “Swamp Thing”, que representaria um encontro entre Jesus Cristo e o personagem principal. O imbróglio resultou na saída do autor do título, Rich Veitch, da DC Comics. Por outro lado, entre 1995 e 2000, a Vertigo publicou “Preacher”, uma história em quadrinhos que tratava de um pregador chamado Jesse Custer, em uma missão autodesignada para encontrar Deus (representado como uma figura humana brilhante), e responsabilizá-lo por escapar do céu. A série já foi adaptada para a televisão.

Captura de tela mostrando um trecho de uma recente publicação do site “Bleeding Cool”

A polêmica, no entanto, estava formada. O site “Christian Headlines“, por exemplo, disse que “Second Coming” contradizia as escrituras. A “CBN News” disse que o quadrinho estava mais próximo da blasfêmia do que qualquer contexto bíblico. Os sites “Preston Business Review” e “WND“, também noticiariam esse assunto, sendo que os sites “Bleeding Fool” e “Newsbusters” foram alguns dos que mais criticaram a postura da DC Comics e do próprio Mark Russell. A “Fox News” também repercutiu a situação, porém se absteve de críticas.

O site do jornal “The Irish Times” noticiou recentemente, a existência de uma petição online no site “Citizen Go”, que classifica o quadrinho de “inapropriado” e pede a DC Comics que cancele o lançamento do título. Em um trecho da petição é possível ler:

“A DC Comics publicaria conteúdo semelhante sobre outros líderes religiosos, assim como Maomé ou Buda? Este conteúdo blasfemo não deve ser tolerado. Jesus Cristo é o Filho de Deus. Sua história não deve ser ridicularizada por causa da venda de histórias em quadrinhos.”

A petição já foi assinada por mais de 110 mil pessoas de uma meta de 200 mil assinaturas. Até o momento da publicação desta postagem, a DC Comics não se pronunciou sobre a petição.

A petição já foi assinada por mais de 110 mil pessoas de uma meta de 200 mil assinaturas. Até o momento da publicação desta postagem, a DC Comics não se pronunciou sobre a petição.

Além disso, há uma questão se haverá ou não nudez em “Second Coming“. A “Bleeding Cool” chegou a ser informada, que haveria demandas editoriais para remover qualquer tipo de nudez nas edições do título. Assim sendo, o site resolveu perguntar ao Mark Russell se isso era realmente verdade, e se a polêmica disseminada pela mídia afetaria o título de alguma forma. Mark disse que não estava pensando sobre isso, e se limitou a dizer que pediram a ele para desenhar Adão com uma folha de figueira cobrindo suas partes íntimas. Porém, Mark disse que já iria fazer isso mesmo antes de toda essa confusão. Enfim, dificilmente saberemos a verdade em relação aos bastidores da DC Comics, mas provavelmente esse título ainda dará muito o que falar neste ano de 2019.

Atualização #1  (20/02 – 14:50)

Devido a pressão popular e a repercussão negativa em torno do assunto, a DC Comics cancelou o quadrinho chamado “Second Coming”. Um dos autores do quadrinho, Mark Russell, explicou ao site HuffPost, que a DC Comics solicitou mudanças no quadrinho, mas que ele e seu parceiro Richard Pace não estavam confortáveis com isso. As mudanças solicitadas eram para remover palavrões e uma cena de nudez envolvendo Adão no Jardim do Éden. Além disso, Russell foi informado de que mudanças ainda maiores viriam no futuro, e a data de lançamento seria adiada para uma “data não especificada”.

Segundo Russell, a DC Comics estava solicitando essas mudanças (sobre profanação e nudez) antes que a FOX News colocasse a “máquina de indignação” em funcionamento, por isso era difícil especular qual impacto, que a campanha promovida pela FOX teve sobre qualquer tomada de decisão da DC. Enfim, Russell e Pace estão esperando que outra editora possa publicar o quadrinho deles no futuro.

Conclusão

Sim, era verdade que a DC Comics iria lançar uma revista em quadrinhos voltada para o público adulto sobre a “Segunda Vinda de Jesus Cristo”, através do selo “DC Vertigo” (anteriormente chamado apenas de “Vertigo”), em março de 2019. Evidentemente o conteúdo, a julgar pela capa, seria claramente satírico e, embora não soubéssemos exatamente a forma como os assuntos seriam abordados nas seis edições previstas, não aparentava ser nada apocalíptico. Fato é, que dependeria de uma repercussão positiva para que o título ganhasse uma sobrevida na DC Comics.

Em relação a questão de “Jesus Cristo quase ter sido o novo super-herói da DC Comics”, bem, de acordo com a entrevista de Mark Russell,  a sua “versão de Jesus Cristo” teria uma abordagem bem mais limitada, diferente de um super-heroi que temos em mente hoje em dia, ou seja, necessitando muito mais de empatia, compreensão e generosidade para resolver problemas bem mais humanos, complexos e amplos, do que necessariamente ter uma supervisão, superaudição e uma superforça. De qualquer forma, essa “versão de Jesus Cristo” não deixaria de ser uma espécie de super-humano, que tentaria, a sua maneira, principalmente usando o poder da palavra, fazer o bem para as pessoas. Por enquanto, não deu certo!

Continue lendo
6 Comentários

6 Comments

  1. Claudio Tavares

    27 de janeiro de 2019 em 18:18

    Mais um ótimo e esclarecedor texto.

    • Marco Faustino

      28 de janeiro de 2019 em 7:13

      Ficamos felizes que tenha gostado, Claudio! 😀

  2. Lucas Cardozo

    27 de janeiro de 2019 em 20:25

    Como se não existissem hqs muito mais polêmicas envolvendo religião rs Essa galera é fogo.

  3. Shiroi

    28 de janeiro de 2019 em 6:18

    Considerando que é o selo que nos deu Sandman e Constantine(me deu um branco e eu esqueci o nome da hq… Mas sim eu e sei q não é Constantine) não me surpreende em nada… Pelo menos espero que a Vertigo traga Midnighter de volta.

    • Yul

      30 de janeiro de 2019 em 9:16

      Hellblazer

  4. Cesar Crash

    28 de janeiro de 2019 em 17:30

    “Créditos Pinterest” é algo bem estranho. O pessoal compartilha imagens de outras fontes pelo Pinterest, é bom ver mesmo de onde saiu essa imagem. Já vi fotos minhas lá, por que alguém, não sei quem, “deu um pin”.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo