Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

João de Deus é filiado ao PT há 20 anos e contribui mensalmente com o partido?

João de Deus é filiado ao PT há 20 anos e contribui mensalmente com o partido?

João de Deus é filiado ao PT há 20 anos e contribui mensalmente com o partido?

É verdade que João de Deus é filiado e contribui com 40 mil mensais ao PT e, por isso, a Globo ficou calada em relação às acusações de assédio?

As alegações surgiram em publicações no Facebook e em grupos do WhatsApp na segunda quinzena de dezembro de 2018 e conquistaram milhares de compartilhamentos. De acordo com os textos publicados, o médium João de Deus – acusado de assédio sexual – seria filiado ao Partido dos Trabalhadores há mais de 20 anos e contribui com R$ 40 mil mensais para o PT.

Esse seria o motivo, segundo o texto, pelo qual a Globo e os apoiadores do movimento #EleNão estarem calados em relação ao escândalo sexual envolvendo João de Deus!

Será que isso é verdade ou mentira? Abaixo, alguns exemplos das acusações:

Publicações feitas no Facebook afirmam que o médium seria filiado do PT! Será verdade?

Verdade ou mentira?

Uma busca pelo nome real de João de Deus no site oficial do TSE e não encontramos nenhum “João Teixeira de Faria”.

De acordo com essa matéria da Revista Veja São Paulo, João de Deus já foi filiado ao extinto PFL. Atualmente, segundo a reportagem, o médium não é filiado a nenhum partido!

Existe, sim, um “João de Deus” na lista de filiados do PT, mas trata-se de um deputado do Piauí e nada tem a ver com o médium. O deputado, inclusive, já se posicionou contra o seu “xará”.  

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

A Globo ficou calada?

Outra afirmação abordada pelos rumores espalhados no Facebook é a de que a “Globo Petista” estaria calada em relação às investigações referentes às acusações de assédio sexual contra João de Deus. Basta uma busca no Portal G1 (que faz parte das empresas do grupo Globo) para constatar que há até uma página totalmente voltada para acompanhar o caso.

Uma busca no Google por “Jornal Nacional João de Deus” também mostra que o assunto está sendo tratado também no principal telejornal da emissora, como aqui, aqui e aqui.

Outros jornais também estão cobrindo o caso, basta uma simples busca a respeito.

Atualização 27/12/2018

Muitos leitores questionaram que não refutamos aqui o trecho da fake news que afirma que o “pessoal do #EleNão” ficou calado em relação ao assunto. Da mesma forma que fizemos em relação as outras afirmações (e que você também deve fazer antes de espalhar desinformação por aí), basta uma simples busca no Google para descobrir que o “Pessoal do #EleNão” não está calado. Um exemplo é a atriz global Cláudia Abreu, que se pronunciou nas redes sociais lamentando ter acreditado nesse charlatão:

A atriz Cláudia Abreu, uma das militantes do movimento #EleNão, se pronunciou nas redes sociais lamentando ter acreditado em João de Deus!

 

Conclusão

O “médium” João de Deus, acusado de assédio sexual, não é filiado do PT (ou de qualquer outro partido político) e não há dados que comprovem que ele tenha contribuído com algum partido!   

Continue lendo
13 Comentários

13 Comments

  1. Luiz Roberto Turatti

    27 de dezembro de 2018 em 6:16

    “O João de Abadiânia (ou João de Deus) é pura farsa, todo mundo sabe. Eu já fui lá e ele fugiu. Ele diz que incorpora o espírito do jesuíta Santo Inácio de Loyola. Ora, Santo Inácio de Loyola era basco e João de Abadiânia, quando se diz incorporado pelo santo, não fala uma palavra em espanhol. Santo Inácio estudou na Universidade de Paris e João de Abadiânia não sabe francês, nem fala nessa língua quando se diz incorporado. Santo Inácio viveu muitos anos em Roma e João não fala em italiano. Santo Inácio, como todos os padres da época, sabia latim. João de Abadiânia, não entende e nem fala uma só palavra em latim quando se diz incorporado. Ele mesmo quando está doente, vai aos médicos, não procura um curandeiro nem apela ao espírito de Santo Inácio de Loyola.” (PADRE QUEVEDO, desafio milhares de vezes repetido desde os anos 1980)

    • Gilmar Lopes

      27 de dezembro de 2018 em 7:09

      Luiz, eu procuro não entrar nessa seara aqui no site para ficar longe das polêmicas, mas eu particularmente não acredito que exista mediunidade. Inclusive, não há nenhuma prova de que o sobrenatural exista, portanto, são todos (na minha opinião) charlatães!
      A Federação Espírita Brasileira “tirou o corpo fora” (com o perdão do trocadilho) após 50 anos de vista grossa em cima do “trabalho” de João de Deus e isso é apenas uma das atitudes que vamos ver a partir desse escândalo.
      Acredito, sim, que a religião em muitos casos até faz bem às pessoas. O que estraga a religião são seus líderes… Sempre tem uns que abusam do poder. Triste!

      • Cesar Crash

        27 de dezembro de 2018 em 10:22

        É o que faz nós céticos sempre, ao ver “desmistificado” um caso de fantasma, imagem que se mexe, incorporação, fadas, duendes, alienígenas em vídeo etc., ficar com um grande “ué, não era óbvio?!”

      • Xanda da Silva

        27 de dezembro de 2018 em 18:57

        Vc está certo, Gilmar,em ñ falar sobre o q vc ñ entende… se ñ consegue provar q existe,tampouco consegue provar q ñ existe… e como vc msm costuma dizer,ao acusador cabe o ônus da prova… boa sorte…

        • Luiz Roberto Turatti

          28 de dezembro de 2018 em 8:52

          FUI ESPÍRITA por alguns anos, mas não apenas de tomar “passes”, de ler “romances”, de fazer “caridade” (apesar da certeira máxima “Fora da VERDADE não há CARIDADE nem, muito menos, SALVAÇÃO!”). FUI ESPÍRITA praticante, em todos os sentidos, do qual estava fanatizado e do qual só me afastei e voltei para a ÚNICA fé Cristã, porque em paralelo o estudava, de todos os pontos de vista, corajosamente, sem paixões. Fui, é verdade, mais um Maria-vai-com-as-outras, assim como o são 99% dos que se sentem e se dizem espíritas, que, na verdade, só somam estatísticas. Saiba, também, que fui muito feliz nesses estudos e agradeço a Deus por eles, principalmente quando descobri a Parapsicologia (“O conjunto dos ramos da Ciência que estuda o incomum, o misterioso”), que então me mostrou, verdadeiramente, “como corre o rio depois da cascata”. Já me disseram que persigo religiões… Não é verdade! Se como disse, “Odiar o pecado (o espiritismo, por exemplo) e amparar o pecador (o espírita, por exemplo), é uma frase que se infere da própria doutrina de Cristo”, por que não posso propagá-la? Tenho a mais absoluta certeza que quando você me conhecer, melhor, assim como os meus escritos, também poderá conquistar essa Graça de Deus. Torço, sinceramente, por todos aqueles que sofrem com superstições e crendices. Feliz e Santo Natal, ainda! Feliz 2019 a todos nós! Sinceramente.

        • Ed Vogado

          28 de dezembro de 2018 em 9:51

          Vc está certo, Gilmar,em ñ falar sobre o q vc ñ entende… se ñ consegue provar q existe, tampouco consegue provar q ñ existe… e como vc msm costuma dizer,ao acusador cabe o ônus da prova… boa sorte…
          Exato. O ônus da prova cabe a quem afirma que existe. Do contrário eu posso falar que existe um Tiranossauro Rex na Lua, e pedir para você provar que não. É a mesma coisa do sobrenatural. Até que seja provado a existência, não é possível afirmar que existe. Agora prove que não existe o Tiranossauro na Lua que eu te falei, boa sorte…

  2. Pingback: João de Deus não é filiado ao PT

  3. Hélio

    27 de dezembro de 2018 em 16:33

    Existem dois tipos de médiuns a saber: Os charlatões, que são a grande maioria e os esquizofrênicos, aqueles que devem fazer uso de tarja preta. Fico aguardando alguém me provar o contrário.

  4. Cinquentinha

    28 de dezembro de 2018 em 11:00

    Gostei da esplanação do Luiz Roberto Turatti.

  5. Roger

    31 de dezembro de 2018 em 19:36

    Eu não acredito nessa mediunidade, mas eu imagino que se o espírito incorporar ele falaria a língua da “casca”. Se for levar em conta que são seres espirituais, sem corpos, não deveriam ter nenhum idioma, deveriam ter apenas “ideias” que seriam traduzidas conforme as “cascas”. E se for levar por esse lado, o Inri é real, pq ele fala com sotaque carregado, que segundo ele é aramaico

    • Kal-El

      1 de fevereiro de 2019 em 13:55

      “segundo ele é aramaico”
      Segundo eu mesmo, eu sei voar e atiro laser pelos olhos. Logo, sou o Superman.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo