O Greenpeace libertou milhares de pássaros brasileiros que seriam contrabandeados?

Share Button

Vídeo publicado nas redes sociais mostra a libertação de milhares de pássaros da Mata Atlântica pelos ativistas do Greenpeace! Será verdade?

Um filme curto, de menos de um minuto de duração, foi publicado na segunda semana de dezembro de 2017 no Facebook e, em 3 dias já foi visto mais de 3 milhões de vezes! Nele podemos ver um navio com vários contêineres de onde saiam incontáveis pássaros. O texto que acompanha o vídeo (que foi compartilhado mais de 80 mil vezes), os bichinhos teriam sido salvos por ativistas do grupo ecológico Greenpeace de um navio que os levariam criminosamente para serem vendidos na Europa!

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Reprodução/Facebook

Verdade ou farsa?

Não encontramos nada a respeito no site da organização Greenpeace. É, no mínimo, estranho se nem a própria ONG se pronunciou sobre esse fato, não é?

Além disso, nenhum jornal deu a notícia…

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

Uma busca no YouTube e descobrimos que o vídeo é real, mas nada tem a ver com a libertação de pássaros contrabandeados. Na verdade, trata-se de uma competição, de uma corrida de pombos!

O evento ocorreu em 2017, na China, e teve a participação de 1 milhão de pombos:

 

Cenas semelhantes aparecem em outras edições desse concurso, realizado em Taiwan (2009):

Milhares de pombos morrem nessas corridas

Nesse vídeo, de 2014, a PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) denunciou que das centenas de milhares de pássaros que participam dessas competições que movimentam bilhões de dólares, apenas algumas dúzias sobrevivem e conseguem chegar a seus destinos:

Conclusão

O vídeo de pássaros saindo de contêineres em um navio no meio do mar não tem nenhuma relação com o Greenpeace! Trata-se de um concurso de corrida de pombos que é realizada todos os anos na China, em maio.

Share Button
Animais, Falso, Natureza
, , , , , , ,