Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O PCdoB quer legalizar o poliamor e o incesto?

Falso

O PCdoB quer legalizar o poliamor e o incesto?

O PCdoB quer legalizar o poliamor e o incesto?

É verdade que o Projeto de Lei 3.369/2015, de autoria do deputado federal Orlando Silva, pretende legalizar o poliamor, a poligamia e o incesto?

No dia 19 de agosto de 2019, o site Estudos Nacionais publicou uma notícia afirmando que um Projeto de Lei do PCdoB estaria pedindo a legalização do poliamor e do incesto (casamento entre pais e filhos) e que esse PL será votado na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) no dia 21 de agosto de 2019.

O Projeto de Lei n. 3.369/2015, de autoria do comunista Orlando Silva, teria ficado conhecido como “Estatuto das Famílias do Século XXI” e legaliza o incesto no Brasil, além da união de “duas ou mais pessoas”.

Será que isso é verdade ou mentira?

Foto; reprodução!

No dia 21 de outubro de 2015, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB) apresentou o Projeto de Lei 3.369/2015, que “Institui o Estatuto das Famílias do Século XXI“. Segundo a redação, a Lei institui em seu segundo parágrafo que:

“São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na socioafetividade, independentemente de consanguinidade, gênero, orientação sexual, nacionalidade, credo ou raça, incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam consideradas.”

Perceba que no texto do PL não é citado em nenhum momento o casamento entre pais e filhos e tampouco o casamento entre mais de duas pessoas. O que se propõe é o conceito de “Família” e não de “Casal”, mas como o texto da PL é meio vago, muita gente está interpretando como se a Lei – caso seja aprovada – venha a reconhecer o incesto e o poliamor.

O PL do deputado Orlando Silva foi apresentado meio que como uma resposta a outro projeto, apresentado uma semana antes pelo deputado federal Anderson Ferreira. O PL 6583/2013 trata do “Estatuto da Família” e define a entidade familiar como o núcleo social

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

formado a partir da “união entre um homem e uma mulher” (aqui, sim, é usado o termo “união” entre duas pessoas”).

A verdade é que tanto no Código Civil (artigo 1.521) quanto no Código Penal (Decreto-Lei nº 2.848) existem as chamadas situações impeditivas ao casamento, determinando quem não podem se casar. Basicamente, está proibida a união entre:

  • Ascendentes com os descendentes (parentesco natural ou civil); 
  • Afins em linha reta; 
  • O adotante com quem foi cônjuge do adotado e o adotado com quem o foi do adotante; 
  • Os irmãos, unilaterais ou bilaterais, e demais colaterais, até o terceiro grau inclusive; 
  • O adotado com o filho do adotante; 
  • As pessoas casadas; 
  • O cônjuge sobrevivente com o condenado por homicídio ou tentativa de homicídio contra o seu consorte;

Se o deputado do PCdoB realmente estivesse interessado em mudar o Código Civil através de sua PL, ele seria obrigado a inserir em seu texto “Essa Lei altera os artigos fulano e cicrano do Código Civil”.

Em uma publicação feita em seu perfil no Twitter, o deputado Orlando Silva diz que essa história de que o seu Projeto de Lei irá permitir o incesto e a poligamia é falsa e que irá processar quem inventou isso: 

Reprodução/Twitter

Conclusão

O Projeto de Lei 3.369/2015 não pede a liberação do incesto e da poligamia. Notícia falsa baseada em um texto de um Projeto de Lei que tem uma redação pobre!

Continue lendo
226 Comentários

226 Comments

  1. Rei DroGado

    20 de agosto de 2019 em 12:20

    Que comece o mugir do gado!

    • Moises Jacob

      20 de agosto de 2019 em 12:58

      “Independente de consanguinidade” então retire essa frase do projeto.

      • joao

        20 de agosto de 2019 em 14:18

        vc nao acabou de ler a matéria seu JUMENTO DO CARALHO?

        • Acredite no Comunismo

          20 de agosto de 2019 em 16:25

          Infelizmente o e-farsas deixou de ser um site que desvende boatos para ser um site de desinformação.

          No texto da pl diz “São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na socioafetividade, INDEPENDENTEMENTE de consanguinidade, gênero, orientação sexual, nacionalidade, credo ou raça, incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam consideradas.”

          Consanguinidade = Consanguíneo= De mesmo sangue

          • Gilmar Lopes

            20 de agosto de 2019 em 16:30

            Como dissemos no artigo, o texto do deputado é pobre e carece deixa margem para interpretações errôneas, mas no trecho “INDEPENDENTEMENTE de consanguinidade”, significa que o termo “família” poderá ser aceito independente das pessoas terem o mesmo sangue ou não!

          • Duvide de Gados Burros

            20 de agosto de 2019 em 16:45

            Família = Família = Família.
            Que os filhos, INDEPENDENTEMENTE de consanguinidade, são FAMÍLIA. Entendeu, GADO!

          • Lucas

            20 de agosto de 2019 em 17:06

            Não vejo nenhum problema em ter relações sexuais com parentes próximos, ou família, ainda mais se for apenas por brincadeira. Até parece que todos que transam querem ter filhos… Camisinha, sabe o que é?!
            Proíbem o incesto e continua acontecendo as escondidas do mesmo jeito, igual era com a homossexualidade no passado.

          • Milena Ivan de Souza

            20 de agosto de 2019 em 17:24

            bom dia, Asno.independente de consanguinidade significa que voce pode ter um filho que não necessariamente tenha seu sangue (uma adoção unilateral ou adoção etc.) e nao que vc vai poder se casar com pessoas do mesmo sangue que voce.

          • Marcio Vicente da Silva

            20 de agosto de 2019 em 17:37

            Olha o texto e vê se não dá margem para o incesto, e digo mais… não só dá margem como o intuito é exatamente esse. Se não entenderam é por falta de interpretação de texto.
            Esse site E-farsas tem sido uma farsa como o próprio nome já diz. Um site com viés ideológico, se tornou um propagador de fake news.

          • Adri Vogada

            20 de agosto de 2019 em 17:44

            Jovem, incesto irá acontecer com ou sem lei. O ponto é que a lei flexibiliza o CONCEITO de família, e não “legaliza” ou “legaliza” o poliamor e o incesto (que na verdade não são nem proibidos nem crimes, diga-se de passagem). Aprenda a interpretar textos.

          • Maria

            20 de agosto de 2019 em 17:52

            @Acredite no Comunismo , na minha opinião o E-Farsas está CORRETO na classificação dessa “notícia” como Fake News. É NÍTIDA a intenção do autor dessa Fake News de querer FORÇAR A BARRA através de JOGO DE PALAVRAS querendo apontar para um ABSURDO SURREAL e SENSACIONALISTA e, daí, para leitores atentos e imparciais, fica fácil de perceber a MÁ-FÉ de quem publicou essa porcaria. 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Gilmar Lopes

            20 de agosto de 2019 em 17:58

            Ainda colocou a foto da Manuela Dávila na manchete pra chamar atenção.

          • Carlos Lyra Lins

            20 de agosto de 2019 em 18:24

            *PROJETO DE LEI QUE QUER LEGALIZAR A PEDOFILIA, A POLIGAMIA E O INCESTO NO BRASIL* – Vejam o artigo 2 deste funesto Projeto de Lei, de autoria do narco-socialista Deputado Orlando Silva (PC do B) e do qual é Relator o Deputado narco-comunista Bruno Gadelha (namorido de Fatima Bernardes), que pretendem implantar o incesto e a pedofilia no Brasil. No bojo do artigo 2º está: reconhecer como familias todas as formas de união, inclusive independente de consanguinidade (pai e filha, mãe e filho, irmã e irmão, etc = incesto) e de socioafetividade (criança e adulto = pedofilia) pois tudo é _baseado no amor_ , incluindo os filhos e filhas. Isso é criminoso e uma aberração. Temos que impedir isso e caçar esses demônios incorporados em deputados.

          • Domingos Tavares

            20 de agosto de 2019 em 19:32

            Ué, mãe e filho não podem ser considerados um núcleo familiar? Vovô, vovó e netinhos? Irmãos que sobrevivem juntos após a morte dos pais?

            Veja bem, não estamos falando sobre casal, mas sim FAMÍLIA. E a sua família não é só a sua esposa.

          • Maria

            20 de agosto de 2019 em 21:01

            @Carlos Lyra Lins , não está escrito NADA DISSO do que você relatou. No projeto de lei PL 6583/2013 do Deputado Orlando Silva (PC do B), está escrito: “Art. 2º Para os fins desta Lei, define-se ENTIDADE FAMILIA como o núcleo social formado a partir da união entre um homem e uma mulher, por meio de casamento ou união estável, ou ainda por COMUNIDADE formada por qualquer dos pais e seus descendentes.” Não pense que os leitores do E-Farsas são IDIOTAS COMO VOCÊ, heim!? Nós checamos e vamos atrás das fontes originais! 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

          • Maria

            20 de agosto de 2019 em 22:56

            @Marcio Vicente da Silva , você deve ter sido leitor assíduo daqueles famosos antigos Jornais Populares com manchetes do tipo: “MATOU A MÃE E FEZ CHURRASCO DELA!”. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Anderson Marques

            21 de agosto de 2019 em 0:59

            Vale lembrar que além de uma redação pobre, que abre margens para interpretações excusas e muitas brechas na lei, o projeto de lei por si só é inconstitucional, pois a definição de família se encontra na Constituição Federal, e só pode ser alterada por uma emenda constitucional, não por um projeto de lei.

          • Ricardo Badini

            21 de agosto de 2019 em 9:37

            FAMILIA
            FAMILIA
            FAMÍLIA
            FAMÍLIA
            Qual é o seu problema, gado sociopata, para distinguir FAMÍLIA de CASAMENTO?

          • Carlos

            22 de agosto de 2019 em 6:04

            Você tem 2 opções, acreditar na noticia ou acreditar nos petralhas. Se a petezada ta falando que a noticia é falsa é porque é verdadeira, petéba só sabe mentir, bando de gente dissimulada.

          • Lucilia

            22 de agosto de 2019 em 19:38

            Gilmar Lopes, você quer mesmo que pessoas esclarecidas acreditem em seus argumentos?

            Parabenizo “Acredite no comunismo”.

          • Maria

            23 de agosto de 2019 em 1:02

            @Carlos @Lucilia , acreditem no que vocês QUISEREM ACREDITAR, agora, vocês quererem que os outros acreditem nas mesmas coisas que vocês acreditam aí já é OUTRA ESTÓRIA. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

          • heber

            27 de agosto de 2019 em 12:06

            Verdade, ia dizer isso. Até o e-farsas caiu nessa…perdeu a credibilidade

          • Erick Leal

            10 de setembro de 2019 em 0:19

            Existe uma diferença entre revogação tácita e expressa. Quando as leis tratam sobre a mesma coisa, no caso união ou conceito de família, a mais nova revoga a mais antiga, ainda que de maneira tácita, isso é, não expressa.
            Ambos projetos PLs usam o termo união, só que um deixa claro que é um homem e uma mulher, enquanto o outro não deixa nada claro. O que pode ser interpretado de várias maneiras diferentes.

          • Vany

            10 de setembro de 2019 em 11:57

            Vamos lá para a aula de português: CONSANGUINIDADE na frase refere-se à UNIÃO e não à família! Então, fica claro que trata-se de aprovar uma união consanguínea! Agora o e-farsa quer defender o indefensável… então vá lá arrumar uma teoria mirabolante!
            No texto está claro: o que independe da consanguinidade? As formas de união… Análise sintática pura! Vamos fazer uma análise isenta, por favor!

          • Paulo Neves

            13 de setembro de 2019 em 2:04

            É, notadamente, um site comunista que apoia os ideais de esquerda, deturpando todo e qualquer evento, notícia e afins que sejam antagônicos aos seus ideais. Prova disso é que não há NENHUMA postura simpática a qualquer tendência direitista. Deveria se chamar: É FARSA- Acabando como fake news. Será que eles acham que o povo não vai perceber que eles só procuram combater e desmentir pontos de vista de direita de forma acintosa e tendenciosa?

          • Gilmar Lopes

            13 de setembro de 2019 em 8:13

            Se tiver uma sugestão de pauta pra gente verificar, pode mandar! Obrigado!

          • Filipe

            19 de setembro de 2019 em 9:32

            E tem a questão do formado pela União de duas ou mais pessoas, é foda que esse site deixou de ser sério e passou a passar pano para partidos de Esquerdas, E-farsas se tornou uma merda

          • Cláudio Corrêa

            14 de outubro de 2019 em 19:05

            Apoiado, sempre confiei no e-farsas, mas tenho observado que como outros sites com a mesma proposta, o e-farsas também está sendo usado para a manipulação daqueles que não vão a fundo numa notícia. Lamentável.

        • Wilson Ferreira

          20 de agosto de 2019 em 16:37

          Você é o Jumento! O problema dessa lei é a sua subjetividade! Ela dá margem para você entender e configurar família como bem quiser, sob a desculpa de “amor”. Vale tudo para esses comunistas e coitado de você, jumentinho trouxa, massa de manobra!

          • Rei DroGado

            20 de agosto de 2019 em 16:47

            Outro gadinho analfabeto funcional. Eles se reproduzem como coelhos! MUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

          • Roseli

            22 de agosto de 2019 em 17:26

            Segue o link da página do projeto que peguei na câmara para quem tiver dúvidas do conteúdo: Art. 2º São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na
            socioafetividade, independentemente de consanguinidade, gênero, orientação sexual,
            nacionalidade, credo ou raça, incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam
            consideradas. https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1402854&filename=Tramitacao-PL+3369/2015

          • Gustavo Lins

            18 de setembro de 2019 em 15:44

            2+2 continua sendo igual a 4 mesmo que a “petezada” afirme isso, seu argumento é uma falácia.

        • Francisco Amado

          22 de agosto de 2019 em 12:39

          Independente de consanguinidade tu sabe o que significa consanguinidade? Vou desenhar para vc lesado, é a pessoa com o mesmo sangue ou não. Ou seja pai com filha ou não, mãe com filho ou não independe, entendeu INDEPENDE!

          • Paulo Neves

            13 de setembro de 2019 em 2:15

            Consanguinidade é com o mesmo sangue OU NÃO??? Decida-se, meu filho!!! Ou é uma coisa ou outra!!! Pra acabar com a SUA confusão: O dicionário diz: que é do mesmo sangue, mesma origem. Realizado entre parentes- primos, irmãos,tios sobrinhos… descendente do mesmo pai. E estou esperando o seu desenho, pois vc perguntou: “quer que eu desenhe” e não desenhou nada.

        • Lukas Dias

          23 de agosto de 2019 em 9:38

          É muita gente com problemas cognitivos aqui!

          Vamos lá:

          “São consideradas UNIÃO (Cadamento) “DUAS OU MAIS PESSOAS que se baseiam no Amor”

          Está parte configura “Poligamia”, pois a palavra UNIAO não se refere a “Família” e sim ao casamento entre “DUAS OU MAIS PESSOAS”

          E ele caracteriza quem pode fazer a UNIÃO (Casamento)… Entre outras especificações está o “CONSAGUINIO” que vem de um mesmo SANGUE. (Pai e Mãe).

          Se vem de um mesmo sangue, eles não estão falando de Família, pois biologicamente já são família por serem irmãos. A PL está se referindo a UNIAO (casamento)como cita acima na primeira linha.

          E se não bastasse, ainda diz “Incluindo seus filhos ou pessoas que assim deseje”.

          Cara, deixe de ser ANENCÉFALO, está muito claro a intenção, e muito claro a ordem daquilo que eles querem fazer.

          • Arlene Souza de Amorim

            22 de setembro de 2019 em 14:59

            Concordo! Até pq a PL foi protocolada em 2015, onde esse conceito de família já existe. Então a intenção não poderia ser essa, e sim outra. Concordo plenamente com vc.

        • Epaminondas

          25 de agosto de 2019 em 16:35

          E você não percebeu a intenção, IMBECIL?

        • Renato

          27 de agosto de 2019 em 13:10

          Revoltou? Relaxa cara vai ser feliz

        • Alan Souza

          29 de agosto de 2019 em 14:36

          joao gado, “independente de consanguinidade” está ali pra abranger a paternidade socioafetiva, e não casamento consanguíneo. O texto do e-farsas explicou que isso trata do conceito de família e não do conceito de casamento. Mas gado como você não pensa… Nem sei porque perco meu tempo explicando isso a gado.

          • Paulo Neves

            13 de setembro de 2019 em 2:23

            A nova viadagem é chamar quem raciocina de gado??? Vc pega uma idéia pré-formatada e deturpada de um site pé-de-chinelo de bosta, toma pra si e fala como se fosse algum catedrático!!! Típico dos comunas… falam um monte de merdas copiadas de outros tão merdas quanto eles mesmos, não ouvem nada do que se fala e ainda saem de nariz empinado!!! Prefiro ser “gado” do que ser pombo que é um bicho sujo, só faz cagada e ainda sai de peito estufado. Se interna comunista!!!

      • Rei DroGado

        20 de agosto de 2019 em 14:24

        Muuu!

        • Marcílio Felippe

          21 de agosto de 2019 em 8:49

          Há uma palavrinha capciosa nesse texto: “união”. Hoje você conviver com pessoas, já se caracteriza família, independente de leis. Então pra que essa lei? União se refere a cônjuges. Você não fala “união” de pai e filha. Você caracteriza isso como uma ligação de parentesco, nunca de união. É uma lei enviesada, com um texto ruim que dá margem sim a outra interpretação.

        • Marco

          22 de agosto de 2019 em 9:36

          O projeto foi engavetado pelo próprio relator. Ele mesmo reconheceu a porcaria. Pode voltar a pastar capim.

        • Marco Aurélio

          22 de agosto de 2019 em 9:38

          O projeto foi engavetado pelo próprio relator. Ele mesmo reconheceu a porcaria. Pode voltar a pastar capim.

      • gisele terremoto

        20 de agosto de 2019 em 16:05

        exato !!! e familia é pai e mãe.

        • Professor Vete

          20 de agosto de 2019 em 16:46

          E os filhos, não fazem parte de uma família? E irmãos e irmãs? Tios, avós, primos? Caramba, que família (e mente) pequena a sua!

          • Epaminondas

            25 de agosto de 2019 em 16:37

            Que coincidência!Tão pequena como a sua!

        • Maria

          20 de agosto de 2019 em 18:17

          @gisele terremoto , na 1ª e 2ª guerras mundiais, alguns soldados chamavam seu grupo/companheiros de FAMÍLIA também, chegando ao ponto de chamarem de IRMÃOS. 😉

      • Martha

        20 de agosto de 2019 em 16:28

        Exatamente! O problema é que a maioria não sabe o que significa consanguinidade!

        • Rei DroGado

          20 de agosto de 2019 em 16:48

          O problema é que a maioria é burra como você, e não sabe o que é uma FAMÍLIA. MUUUUUUUUUUUUU!

          • Eduardo silva

            22 de agosto de 2019 em 0:49

            NÃO CONSEGUIRAM DESTRUIR O MITO, AGORA QUETEM DESTRUIR AS FAMÍLIAS DE VERDADE..HXM.

      • Junior

        22 de agosto de 2019 em 16:27

        Amigo, o texto fala sobre família, não sobre casal. Um filho adotado, não é consanguíneo, com seus pais e irmãos, mas mesmo assim deve ser reconhecido como membro da FAMÍLIA.

      • Daniel

        25 de agosto de 2019 em 13:26

        O antagonista ja desmentiu vcs. Case closed

      • jairo martins

        26 de agosto de 2019 em 0:32

        O texto diz todas as formas de união. Casamento é uma das formas. Logo está incluído. Simples interpretação de texto.

      • Marcelo Baptista

        29 de agosto de 2019 em 11:27

        Independente de consanguinidade tem a função de definir, por exemplo, que filhos adotados passam a ser considerados filhos totalmente legítimos diante da lei.

    • O POSTE

      20 de agosto de 2019 em 16:00

      Você já sentiu o força de um mugido ! Hum,se não vale a pena experimentarrr !!!

      • Rei DroGado

        20 de agosto de 2019 em 16:46

        Mais um gado analfabeto funcional que veio aqui mugir! MUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

    • Cris

      21 de agosto de 2019 em 13:01

      E-Farsas espalhando fake news kkkk…parece piada né? Mas, não é!

      • Nilson

        27 de agosto de 2019 em 15:31

        Engraçado entendo que se produz muita especulação, mentiras e conspirações, mas está E-farsas e LUPA só faz checagem de assunto ligado a direita a centro. Quando é esquerda elas não faz. Eles não são isentos. Só falta dizer que Stalin não foi genocida, que não deixou uma nação morrer de fome, que maduro não é ditador que Cuba as pessoas passam fome. Pós -verdade na checagem. Passe bem pode xingar

        • Gilmar Lopes

          27 de agosto de 2019 em 16:35

          Manda sugestões de pauta pra gente, por favor!

        • Eliana Lima

          30 de agosto de 2019 em 0:55

          Verdade. Fiz uma busca sobre o Lula no site da Lupa…..ahhh só notícias com títulos bonzinhos e nada sobre as falcatruas do ex-presidente ladrão. Já sobre Bolsonaro….metem o pau! Esquerdalha, sem nem piscar!!!

          • Mariolla Esquerdóide de Direita Polarizada

            31 de agosto de 2019 em 12:48

            Fez a pesquisa na Lupa?! Fez no lugar certo onde está toda a santidade a viva alma mais honesta do Brasil. E o Giloceano agradece por isso! rsrs

    • Flavio

      7 de setembro de 2019 em 16:30

      Parece aqueles juizes q proibem menores de se tatuar.
      Ele viaja a um pais q pode se tatuar e pimba! No rabo do juiz.
      Poliamor? Varios atores americanos praticam isso entao brasileiros vao esperar uns 20 anos e umas 2 novelas da Globo com esse assunto ora aceitar q doi menos

  2. José tonelotto filho

    20 de agosto de 2019 em 12:45

    Desculpe, mas esta parte do projeto como está redigido dá margem sim a esta interpretação. O conceito de família é a ligação de pessoas por uma descendência, que tem relação de consanguinidade. O incesto é a atividade sexual praticada entre pessoas que tem esta relação de consanguinidade. A partir do momento que se considera família o ajuntamento de pessoas sobre um mesmo teto que tenham relações de afetuosidades mas não necessariamente de consanguinidade, a relação sexual entre estas pessoas não pode ser mais considerada como incesto, deturpando todo o conceito fundamental de família.

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 14:25

      MUUUUUUUUUUU!

      • Adilson Gualberto

        22 de agosto de 2019 em 2:21

        Nossa como vc e idiota

      • Epaminondas

        25 de agosto de 2019 em 16:39

        Uai? Vc tá chamando a sua mãe?

      • Cacador de vermes

        7 de outubro de 2019 em 15:20

        fico imaginando o tamanha do chifre que vc tem na testa ..

    • Wilson

      20 de agosto de 2019 em 14:51

      Pelo contrário! Se eles são considerados família a relação sexual entre eles passa a ser incesto. Que “conceito fundamental” de família está sendo deturpado aí?

    • Maria

      20 de agosto de 2019 em 17:59

      @José tonelotto filho , não! Apesar de estar mal redigido a PL 3.369/2015 não fala em NENHUM MOMENTO sobre as palavras “incesto”, “casal” e/ou “poliamor”, e a “interpretação” que você quer dar ao texto tem viés político, social e/ou ideológico. Pessoas como você tem a mania de “PROCURAR PELO EM OVO” em tudo que vê para tentar validar suas convicções. 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

      • Dani

        24 de agosto de 2019 em 13:10

        Concordo, vejo um texto extremamente mal redigido e um legislador que não conseguiu expor suas idéias, mostrando despreparo e falta de conhecimento para atuar como tal. Mas daí a saírem acusando de tal coisa, é um absurdo, não sou de esquerda, mas também não sou louca de sair entrando em toda pilhagem que sai na mídia. Precisamos aprender a pensar por nós mesmos, e não nos inflamarmos por A ou B. Defender as convicções sim, mas as pessoas só se acusam e se diminuem. E idéias concretas? Não se vê de lugar nenhum. Não somos Deus pra julgar, nem diabo pra acusar. Mas somos humanos o bastante para pensar e ponderar, cautelosamente.

        • Maria

          26 de agosto de 2019 em 11:52

          @Dani , você é uma internauta SENSATA, JUSTA, EQUILIBRADA, RAZOÁVEL e RESPONSÁVEL! Parabéns! Você merece estar aqui e/ou o E-Farsas merece você…, hã…, agora fiquei confusa… 😐 Anyway, é bom saber que existem pessoas que pensam como você! 🙂

    • Professor Tudo

      20 de agosto de 2019 em 14:26

      Cita aí a parte que afirmam que a lei vai legalizar o incesto e o poliamor, por gentileza.

      • JOEL CARVALHO - DF

        20 de agosto de 2019 em 15:49

        Professor Tudo, tens algum problema de interpretação? O que significa então “INDEPENDENTE DE CONSAGUINIDADE”?

        • Professor Tudo

          20 de agosto de 2019 em 16:44

          Que filhos, “genéticos” ou não, fazem parte de uma FAMÍLIA. Seus filhos não fazem parte da sua família? Ou seja, neste aspecto, NADA muda. Filhos são família. Ponto. Entendeu ou preciso desenhar?

          • JOEL CARVALHO - DF

            20 de agosto de 2019 em 17:55

            Professor Nada, desde quando é necessário ressaltar que filhos são família? É claro que a inclusão de “filhos” nessa redação, é apenas uma forma de tentar encobrir a extensão aberrante de que a UNIÃO pode ser reconhecida, INDEPENDENTEMENTE DE CONSANGUINIDADE. Entendeu ou preciso desenhar, para mostrar que essa redação é uma armação para perpetrar legalmente as patifarias dessa gente?

      • Mauricio

        20 de agosto de 2019 em 17:14

        Redação pobre foi um eufemismo de sua parte. Esse texto não tem brexas, tem rombos, tem crateras de interpretação. É tão mal redigido que soa mal intencionado.

        • Lenin Stalin D'Ávila

          20 de agosto de 2019 em 17:30

          Claro, claro. E comunistas gostam de comer criancinhas. Agora entendi, o “comer” é no sentido figurado!

  3. vanderlei

    20 de agosto de 2019 em 13:27

    Me explica uma coisa…
    Quando se lê no artigo segundo “São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais
    pessoas” união de duas ou mais pessoas seria o que????

    • Marcos

      20 de agosto de 2019 em 14:00

      Já ouviu falar de trisal?

      • Wilson

        20 de agosto de 2019 em 14:44

        Duas ou mais pessoas, pais, filhos, sobrinhos, ora bolas. Uma família pode ser constituída de duas, três, cem pessoas. Independente de consanguinidade: não precisa ser do mesmo sangue para fazer parte de uma família. Acho que tá faltando é estudar interpretação de textos.

    • Gerardo

      22 de agosto de 2019 em 3:58

      “União” é casamento. Não existe união na adoção. Logo o texto é mal intencionado sim.

      • Wilson Barros

        22 de agosto de 2019 em 20:13

        Rapaz como é que não existe união na adoção? Existe o quê, separação? É cada uma…

  4. DEYVES DE SOUZA GUEDES

    20 de agosto de 2019 em 14:12

    Cara passar pano para esse detalhe é no mínimo infame. Ou não prestou atenção ou a honestidade intelectual foi tirar férias.

    Consanguinidade.
    substantivo feminino
    1.
    qualidade ou condição do que é consanguíneo.
    2.
    parentesco entre os que descendem de um mesmo pai; laço de sangue.
    3.
    ANTROPOLOGIA
    parentesco social entre os que descendem de um mesmo pai, ou de um ancestral comum, real ou imaginário.
    4.
    JURÍDICO (TERMO)
    parentesco por linha paterna.
    5.
    POR EXTENSÃO
    qualquer parentesco de sangue, seja por linha paterna ou materna.
    6.
    FIGURADO (SENTIDO)•FIGURADAMENTE
    relação ou conexão estreita entre (duas ou mais coisas).
    POR ANALOGIA•PETROLOGIA (OU LITOLOGIA)
    parentesco genético entre rochas da mesma província geológica, tendo em comum a mesma composição mineral ou química.
    Origem
    ⊙ ETIM lat. consanguinĭtas,ātis ‘parentesco consanguíneo, laços de sangue’

    • Gilmar Lopes

      20 de agosto de 2019 em 14:24

      E a palavra casamento, vem do latim também?

      • Alex Mamed

        22 de agosto de 2019 em 13:40

        HUHEUAHUEHAUEHUIAHEA

        Vai estudar o que é hermeneutica… não existem palavras sem sentido na lei

        Aproveita e estuda revogação de leis também, pois lei nova revoga lei velha e lei especial revoga lei geral

        Esse lixo legaliza sim

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 14:26

      Muuuuuuuuuu!

    • Maria

      20 de agosto de 2019 em 22:53

      @DEYVES DE SOUZA GUEDES , de que adianta consultar o dicionário e escrever em latim se você prefere acreditar em “notícias” SENSACIONALISTAS e BIZARRAS sem ao menos desconfiar? 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  5. Cuca Beludo

    20 de agosto de 2019 em 14:33

    E o “INCLUINDO SEUS FILHOS” significa O QUE?
    Site esquerdista!

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 15:29

      Significa que FILHO TAMBÉM É FAMÍLIA, GADO! MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

    • Adestrador de Cuca Beludo

      20 de agosto de 2019 em 15:44

      MUUUUU

  6. Túlio Braga

    20 de agosto de 2019 em 14:35

    infelizmente o Brasil tá infestado de ignorância e de imbecis, aqui é o melhor lugar pra ver como Umberto Eco tem razão 🙁

  7. Uuri

    20 de agosto de 2019 em 15:30

    Claro que fala sobre incesto e varios casais.

    Só idiota não não consegue enxergar!

    • Gilmar Lopes

      20 de agosto de 2019 em 15:35

      Claro que sim! Claro…

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 15:46

      Muuuuuuuuuuuuuuuuuu!

  8. Rei DroGado

    20 de agosto de 2019 em 15:45

    Claro que fala sobre incesto e varios casais.
    Claro que não fala sobre incesto e varios casais.
    Só idiota não não consegue enxergar!
    Claro que você é um gado analfabeto funcional! MUUUUUUUUUUUU!

    • Gilmar Lopes

      20 de agosto de 2019 em 15:47

      Vamos concordar com o sujeito pra ver se ele vai embora!

  9. Gildásio Monteiro

    20 de agosto de 2019 em 15:48

    A pedofilia também fica subentendida, quando o texto faz ligação do trecho “todas as formas de união…” com “incluindo seus filhos”. Ora, se não fosse essa a intenção, por qual razão “seus filhos” entrariam em um texto que fala sobre “união” que, evidentemente, diz respeito ao envolvimento sexual? #nuncacomunismo

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 15:58

      Outro gado analfabeto funcional! MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!
      #GADOSIDIOTAS

    • Karl Lenin Castro

      20 de agosto de 2019 em 16:03

      Uma dúvida, desde quando o comunismo prega poliamor e incesto???

      • Virginia

        20 de agosto de 2019 em 18:42

        Na Escola de Frankfurt.

  10. JOEL CARVALHO - DF

    20 de agosto de 2019 em 16:00

    Não adianta tentar dar salto triplo carpado hermenêutico, para tentar desqualificar as denúncias dessa aberração! O texto é muito claro que, INDEPENDENTEMENTE DE CONSANGUINIDADE, todas as formas de união serão reconhecidas como família.
    Está claro a parcialidade desse site, ou o redator tem problemas com a leitura.
    O redator do site defende essa Lei esdrúxula dizendo:
    “Perceba que no texto do PL não é citado em nenhum momento o casamento entre pais e filhos…”
    Sério mesmo que precisa ser mais explícito que o permissivo “INDEPENDENTEMENTE DE CONSAGUINIDADE?”

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 16:42

      todas as formas de união serão reconhecidas como família.
      Perfeito. FAMÍLIA. Não casal. Seus filhos não fazem parte da sua família? Nem por isso você quer casar com eles, não é mesmo?MUUUUUUUUUUUUUUUU!

      • JOEL CARVALHO - DF

        20 de agosto de 2019 em 17:47

        Rei DroGado, caro idiopata, não discuto com ANALFABETO FUNCIONAL. O texto deixa bem claro que, INDEPENDENTEMENTE DE CONSANGUINIDADE, a união será reconhecida como família. Por EXTENSÃO, isso significa que, será reconhecida a união matrimonial entre CONSANGUÍNEOS! O que significa que, nada impede que pais e filhos contraiam matrimônio! Quer um desenho, APEDEUTA?

        • Gerardo

          22 de agosto de 2019 em 4:06

          JOEL CARVALHO, MUUUUUUITO BEM! Deixou o DroGado caladinho. Ou não? Ih, ele continua mugindo lá embaixo, haja capim!

  11. Dinei

    20 de agosto de 2019 em 16:28

    Uma pena que este site digno, tenha se rendido a uma interpretação tão superficial do assunto e divulgado como uma farsa.
    A redação como está permite sim a interpretação de permissão, autorização da lei mal redigida para aceitação legal das múltiplas formas de união que uma mente possa elaborar.
    Modificações precisam ser inseridas ou este PL precisa ser integralmente rejeitado.

    • Rei DroGado

      20 de agosto de 2019 em 17:33

      Muuuuuuuuuuuuu!

      • Paulo Neves

        13 de setembro de 2019 em 2:29

        A nova viadagem é chamar quem raciocina de gado??? Vc pega uma idéia pré-formatada e deturpada de um site pé-de-chinelo de bosta, toma pra si e fala como se fosse algum catedrático!!! Típico dos comunas… falam um monte de merdas copiadas de outros tão merdas quanto eles mesmos, não ouvem nada do que se fala e ainda saem de nariz empinado!!! Prefiro ser “gado” do que ser pombo que é um bicho sujo, só faz cagada e ainda sai de peito estufado. Se interna comunista!!!

    • Maria

      21 de agosto de 2019 em 2:18

      @Dinei , não, é VOCÊ que se rendeu. Rendeu-se a dar crédito a “notícias” com manchetes ABSURDAS, BIZARRAS e SENSACIONALISTAS, sem ao menos ter o BOM SENSO de questionar se é verdade ou não, tudo isso para satisfazer seu VIÉS DA CONFIRMAÇÃO relacionado a política, religião etc. Em outras palavras, você lê, vê e escuta SOMENTE O QUE QUER ler, ver e escutar, não o que é de fato. 😉

  12. David

    20 de agosto de 2019 em 16:33

    O texto fala da família, não assim do casal.

    * A família é a união entre duas ou mais pessoas(pai, mãe, filhos), não assim um casal pois não existe poliamor.
    * Independente da consanguinidade.- Podem ser filhos adotados.

    Pessoas de má fé querem distorcer o texto.

  13. Vladmir

    20 de agosto de 2019 em 17:17

    No Projeto de Lei fala que pode casar pessoas da mesma família. Por que não colocam o trecho que fala isso? Entre no site oficial e veja no art. 2
    “na socioafetividade, independentemente de consanguinidade…”

    “independentemente de consanguinidade” = Pode casar mãe com filho, pai com filha, etc.

    • ELENAOMEREPRESENTA

      20 de agosto de 2019 em 17:32

      No Projeto de Lei fala que pode casar pessoas da mesma família.
      Não, não fala.
      Por que não colocam o trecho que fala isso? Entre no site oficial e veja no art. 2
      Não, não fala.
      “na socioafetividade, independentemente de consanguinidade…”
      Não estão falando em casamento. Mas sim em FAMÍLIA.
      “independentemente de consanguinidade” = Pode casar mãe com filho, pai com filha, etc.
      Não, não pode. Mas podem ser considerados família. E usando da mesma “lógica” de vocês direitistas, sobre a posse de armas: “Estão liberando o posse, se não quiser ter uma arma, não compre uma”.

      • NAY

        20 de agosto de 2019 em 22:24

        Art. 2º São reconhecidas como famílias todas as formas de união ENTRE DUAS OU MAIS PESSOAS que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na
        socioafetividade, INDEPENDENTEMENTE DA CONSANGUINIDADE, gênero, orientação sexual,
        nacionalidade, credo ou raça, INCLUINDO SEUS FILHOS ou pessoas que assim sejam
        consideradas.
        Parágrafo único. O Poder Público proverá reconhecimento formal e garantirá todos os
        direitos decorrentes da constituição de famílias na forma definida no caput.

        e-FARSAS É UMA FARSA! É SÓ LER! COMO SEMPRE COMUNISTA DANDO DE LOUCO!

      • Marco

        22 de agosto de 2019 em 9:33

        Ora, que projeto de lei fanfarrão é esse? Se fosse para definir família assim não precisaria de porcaria nenhuma de PL. Já está na Constituição. Então é um lixo inútil mesmo.

      • Mariolla Eixpierta

        31 de agosto de 2019 em 12:50

        Sabe de nada, animal! rsrs Você não está lá, como eu estou e nem o Gil também, para ter certeza das tramoias e aberrações que tentam jogar e impor como lei.

    • Adri Vogada

      20 de agosto de 2019 em 17:38

      Eu posso formar uma família com minha irmã, criar os filhos dela junto com sem que haja casamento ou até mesmo algum tipo de contato físico. Isso é família e é isso que querem que seja reconhecido como família. Socioafetividade = família.

      • Maria

        21 de agosto de 2019 em 11:15

        @Adri Vogada , de todas as interpretações que um texto mal redigido pode ter, esses militantes fanáticos imbecis irão escolher justamente a MAIS ABSURDA e SURREAL ao invés da mais plausível e/ou provável e ainda tem a ousadia de desafiar a inteligência e o bom senso dos VERDADEIROS LEITORES do E-Farsas insistindo na mentira mesmo depois de desmascarada. 😐

      • Gerardo

        22 de agosto de 2019 em 4:10

        E precisava de uma lei pra isso? É claro que não. Ai tem truta.

  14. Maria

    20 de agosto de 2019 em 18:06

    @Gilmar Lopes , eu acho que esta matéria é um dos melhores exemplos do que significa a expressão “PROCURAR PELO EM OVO” ou, ainda, do filme Matrix: tome a pílula azul, fim da história e vai acordar na sua cama “ACREDITANDO NO QUE VOCÊ QUISER ACREDITAR”. 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Gilmar Lopes

      20 de agosto de 2019 em 18:12

      Pois é! Tinha um personagem do Chico Anysio que representa muito bem o que essa turminha tá pensando. Era o Doutor Salgado, que via sexo em tudo!

      • Maria

        20 de agosto de 2019 em 18:19

        @Gilmar Lopes, KKKKKKKKKKK! 😀 Bem lembrado! Nostalgia pura! Saudades dessa época! 🙂

  15. Bianca

    20 de agosto de 2019 em 19:28

    E a parte do “incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam consideradas.”

  16. Zezin

    20 de agosto de 2019 em 20:09

    Imparcialidade política é uma caracterisca que eu prezo, chagamos aqui buscando informações e somos surpreendidos com apologia política disfarçada de matéria séria,fica clara a intenção de atacar o governo bolsonaro, não só nessa, mas em várias outras matérias desse site. Ah, e antes que venham me chamar de qualquer nome, saibam que não estou defendendo governo nenhum, estou me opondo a apologia política onde ela não é necessária,apenas isso, penso igual sob qualquer apologia

    • Maria

      20 de agosto de 2019 em 21:10

      @Zezin , bom, do jeito que você escreveu está claríssimo a sua OPINIÃO ENVIESADA em favor do Bolsonaro, somado ao fato de que você disse que “preza” a imparcialidade política o que caracteriza HIPOCRISIA PURA sua. Cuidado pois, para bons leitores e olhos treinados, a maneira como as pessoas escrevem um texto pode denunciar muitas coisas, incluindo MENTIRAS! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Gustavo Lins

      18 de setembro de 2019 em 15:59

      Não existe imparcialidade política, aliais, não existe imparcialidade nenhuma, é um idealismo utópico, ninguém faz nada sem vieis, tudo tem porque, imparcialidade política é uma falácia.

  17. Pingback: Deputados bolsonaristas espalham fake news para descaracterizar PL sobre novas configurações de famílias | Revista Fórum

  18. Maria

    20 de agosto de 2019 em 23:16

    Lição a aprender ou aprendida hoje no E-Farsas: se a manchete de uma notícia parecer ABSURDA, SURREAL, SENSACIONALISTA, BIZARRA ou, em resumo, ALARMISTA, então no mínimo DESCONFIE, pois são indícios de se tratar de uma Fake News. NOTA: esta dica está citada no vídeo do E-Farsas intitulada “8 dicas para identificar Fake News” (mais precisamente a dica nº 3) 😉

  19. Sergio

    21 de agosto de 2019 em 7:24

    Olha, o lance é interpretativo pela redação ruim. Lei mais nova e especifica se sobrepõe a lei Geral, como o codigo civil, e não há obrigatoriedade de se revogar expressamente lei em sentido contrário, exatamente pela regra geral de hermenêutica acima descrita.

  20. Marcílio Felippe

    21 de agosto de 2019 em 8:50

    Há uma palavrinha capciosa nesse texto: “união”. Hoje você conviver com pessoas, já se caracteriza família, independente de leis. Então pra que essa lei? União se refere a cônjuges. Você não fala “união” de pai e filha. Você caracteriza isso como uma ligação de parentesco, nunca de união. É uma lei enviesada, com um texto ruim que dá margem sim a outra interpretação.

  21. Pingback: Verdade ou Mentira que querem legalizar casamento entre pais e filhos no Brasil? - Boa Informação

  22. Wilson

    21 de agosto de 2019 em 9:57

    Kkkkkkkkkkk, mas eu fico feliz, fiz uma estatística dos comentários. Pelo menos constatei que existem mais pessoas sensatas, normais, que fanáticos, sejam Bolsonaristas ou Lulistas.

  23. Pingback: Deputados bolsonaristas espalham fake news para descaracterizar PL sobre novas configurações de famílias - Polêmica Paraíba

  24. SAN

    21 de agosto de 2019 em 11:37

    Este site perdeu credibilidade para mim, pois ao invés de informar deixou a dúvida ainda no ar. E não explicou nada!

    • Maria

      21 de agosto de 2019 em 15:06

      @SAN , explicou sim e não deixou NENHUMA MARGEM à dúvidas. Agora se, mesmo assim, você quiser continuar acreditando nessas Fake News ABSURDAS e SENSACIONALISTAS de blogs fajutos, semelhantes àqueles antigos JORNAIS POPULARES de qualidade duvidosa, sem trazer ARGUMENTOS CONVINCENTES ou PROVAS ROBUSTAS de suas alegações/crenças, então esteja à vontade para deixar o E-Farsas, tome a PILULA AZUL e ACREDITE NO QUE VOCÊ QUISER ACREDITAR. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  25. Benjamim

    21 de agosto de 2019 em 12:06

    O é farsas “mentindo”
    olhem o texto do projeto de lei artigo Art. 2º: São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na socioafetividade, independentemente de consanguinidade, gênero, orientação sexual, nacionalidade, credo ou raça, incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam consideradas.

    https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=0B350D4199D8987D83DAAB23CCA358CE.proposicoesWebExterno2?codteor=1402854&filename=PL+3369/2015

  26. Marlei

    21 de agosto de 2019 em 14:12

    O termo usado pelo senho como “Bolsonarista” só piora a divisão entre a nação.
    Ao que parece algo de interesse para vossos ideais.
    Quanto às fake, devo salientar que tambem é uma maldita arma muito usada pelos Lulistas, Dilmistas, petistas e oposicionistas que podem até ter pulblicado esse absurdo no afã de criar uma celeuma entre o povo que só faz sofrer.
    Procure apasiguar e unirnos e nos convença com bons progetos para a nação..

    • Wilson

      21 de agosto de 2019 em 16:15

      Quanto a isso, infelizmente, concordo. A resposta do deputado é lamentável.Mas faz muito tempo que os parlamentares se comportam como desequilibrados, logo eles, que como autoridades deveriam dar bons exemplos, e como você diz, procurar a estabelecer consensos e governar para todos. Lamentável mesmo.

    • Maria

      21 de agosto de 2019 em 18:33

      @Marlei , acredito que o E-Farsas não tem a pretensão de “apaziguar” e/ou “unir” a nação e nem de tomar partido de qualquer ideologia (política, religiosa, social ou ALIENÍGENA). O papel do E-Farsas é simplesmente trazer FATOS e/ou descobrir a VERDADE (doa a quem doer) a respeito de boatos, hoaxes, Teorias Conspiratórias, Mitos, Fake News, enfim, sobre as MENTIRAS que circulam nas redes sociais e na Internet, utilizando a própria Internet contra ela mesma. 😉

      • Wilson

        22 de agosto de 2019 em 16:35

        Acho que ele estava se referindo à fala do Deputado autor do projeto, publicada lá em cima.

        • Maria

          23 de agosto de 2019 em 3:42

          @Wilson , hummm…. 😐 Acho que você tem razão! É que eu acho estranho ele se dirigir ao deputado, sendo que aqui não é a página oficial dele. 😉

  27. Elias Pereira

    21 de agosto de 2019 em 18:01

    texto de lei muito ruim, deveria ser bem claro e objetivo, para não haver dúvida

    • Gerardo

      22 de agosto de 2019 em 4:18

      …e justamente por isso foi retirado para uma nova redação. Se não houvesse algo errado, para que retirar então? Isso prova que essa pretensa Fake News é Fake.

  28. Jennifer

    21 de agosto de 2019 em 23:16

    Na minha opinião esse site já foi sério e comprometido com a verdade. Mas nitidamente se tornou um reduto político apoiando causas e buscando apenas a “verdade” que lhe interessa. Engraçado a que a “verdade” é que a “mentira” é baseada em Uma interpretação de um texto “pobre” muito conveniente. Nítido caráter libertino dessa parte do projeto de lei. Triste ver o suporte dessa prática, ainda mais em um país com tantos casos de violência doméstica e sexual com abuso da autoridade familiar. Procurem outro lugar pra verificar hoax… pq aqui virou reduto eleitoral. Se não sabe escrever não se candidata para um cargo onde a atividade precípua é a redação de regras e leis para um país inteiro.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 10:14

      @Jennifer , vai pro INFERNO militante política fanática e CHATA! O E-Farsas SEMPRE foi e continua SÉRIO! Você acha que os VERDADEIROS LEITORES do E-Farsas não iriam, no mínimo, DESCONFIAR de uma “notícia” BIZARRA, ABSURDA e SENSACIONALISTA? Um deputado queria aprovar o “incesto” e a “pedofilia” numa PL!? É sério isso!? E quando a gente analisa essa porcaria de “noticia”, constatamos que não é NADA DISSO que vocês estão falando, criando, espalhando e compartilhando de forma IRRESPONSÁVEL e MALICIOSA! 😐

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 10:26

      @Jennifer , se você acredita e/ou curte “notícias” de blogs políticos FAJUTOS, semelhantes àqueles antigos JORNAIS POPULARES de qualidade duvidosa, com manchetes do tipo “MATOU A MÃE E FEZ CHURRASCO DELA”, então vai fundo e o problema é SEU! O E-Farsas e seus verdadeiros leitores são de OUTRO NÍVEL. Aqui, você deve trazer ARGUMENTOS CONVINCENTES e PROVAS ROBUSTAS de suas alegações para tentar nos convencer. Caso contrário, continue com seu MIMIMI e curta a sua “carapuça” de MENTIROSA! 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

  29. AMARILDO BRAGA DE CASTRO

    21 de agosto de 2019 em 23:16

  30. Andre

    21 de agosto de 2019 em 23:59

    Ja comeca mentindo nesse texto… Primeiro que incesto não é casamento, é relação sexual entre pais e filhos. Só esse detalhe já desmente e deixa claro que vcs que fazem fake News.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 10:18

      @Andre , quem espalhou esse negócio de “incesto”, “pedofilia” etc foram VOCÊS, oras. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

      • André

        22 de agosto de 2019 em 21:25

        Exatamente. Fomos nós que alertamos a sociedade pra essa pouca vergonha de lei. Ridícula e mal redigida, por sinal, que vc assina em baixo. Porém o autor do texto apresentado aqui no e-farsas já inicia o assunto partindo de uma premissa falsa. A de que casamento entre filhos e país seria incesto. Quando na realidade ele não informa as pessoas corretamente. Se vc passa pano pra desinformação o problema é seu. Segundo que uma redação ridícula desta abre espaço pra dezenas de interpretações, INCLUSIVE a de casamentos ou união entre pessoas de mesmo sangue, seja país e filhos ou entre varia pessoas. E terceiro, vc deveria pesquisar sobre, INCLUSIVE, sobre o que é uma família e os direitos dela. Uma família, e todo o direito familiar que daí se inicia, só passa a existir quando se firma um CASAMENTO!!!!! Portanto, sugiro q antes de vc sair comentando um monte de baboseiras, procure estudar e se informar sobre o assunto.

        • Maria

          22 de agosto de 2019 em 23:00

          @André , não, eu não “passo pano”. O problema da PL desse deputado é que, simplesmente, ele REDIGIU MAL, tornou-se ambígua e deu margem à diversas interpretações. PORÉM, de todas as interpretações que o texto dele poderia ter, ao invés de vocês usarem o BOM SENSO e terem escolhido a mais plausível e/ou provável, você optaram pela mais ABSURDA, SURREAL e SENSACIONALISTA querendo FORÇAR A BARRA através de JOGO DE PALAVRAS. Logo, como já postei antes, é NÍTIDA a MÁ-FÉ por parte de vocês. Em outras palavras, vocês estão “PROCURANDO PELO EM OVO” e tentando fazer os verdadeiros leitores do E-Farsas de idiotas! Pense duas vezes e quem precisa estudar é VOCÊ! 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

        • Maria

          22 de agosto de 2019 em 23:25

          @André , o ÓDIO de vocês (militantes e simpatizantes políticos FANÁTICOS) pela Esquerda e vice-versa nessa Polarização Política IDIOTA está tornando todos vocês CEGOS, BELICOSOS, IRRACIONAIS etc. Aos olhos das pessoas de BOM SENSO, vocês estão se tornando RIDÍCULOS, MONSTROS ou ABERRAÇÕES. Você se parecem, por exemplo, com aqueles FANBOYS da Apple vs Samsung, que são pessoas FANÁTICAS, que defendem sua marca favorita até a morte e perderam todo o BOM SENSO e o SENSO CRÍTICO. 😉 KKKKKKKKKKK! 😀

        • Maria

          23 de agosto de 2019 em 2:01

          @André , como disse o grande PIRULA em parceria com o E-Farsas, na dúvida NÃO PUBLIQUE/COMPARTILHE, pois na Internet sempre é exigido as FONTES FIDEDIGNAS e/ou PROVAS ROBUSTAS de suas alegações/acusações em notícias POLÊMICAS. Como vocês publicaram/compartilharam essa porcaria sem ter PROVAS ROBUSTAS, agora vocês estão desesperados fazendo “MALABARISMOS SEMÂNTICOS” através de “JOGO DE PALAVRAS FORÇADAS”. Que situação lamentável, heim!? Agora VOCÊS QUE SE VIREM para tentar convencer aos outros suas alegações. Eu não estou convencida! 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Paulo Neves

            13 de setembro de 2019 em 2:36

            Arrotando um monte de palavrinhas difíceis, hein Maria? Esse estilo intelectualóide já não está ulteapassado??? Ou vc ainda pense que colocar um monte de badulaques e floreios no seu discursinho vai fazer com que as pessoas pensem: “Nossa! Como é que eu vou contrargumentar com alguém tão culto?”? Cuidado que aquela anta fo Jean Wyllys já se ferrou por esse mesmo motivo…

  31. Le

    22 de agosto de 2019 em 10:00

    e farsa o q o e-farsas diz? simmmmm kkkkk tomo no tobá…kkk http://sensoincomum.org/2019/08/21/checamos-checadores-lei-pcdob-casamento-poligamico/

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 12:17

      @Le , KKKKKKKKK! 😀 Que porcaria é essa? Agora tem Blog FAJUTO querendo dar uma de “Anti-Anti- Fake News”!? Qual é o próximo passo? Será que irão aparecer mais blogs Anti-Anti-Anti-Anti- Anti- … -Anti Fake News? 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Andre

        22 de agosto de 2019 em 21:31

        Pq o e-farsas seria o blog da honestidade? Todos são sujeitos a críticas e questionamentos. Inclusive este blog aqui. Afinal, ninguém tem o poder de se auto-intitular o racional, o honesto e o verdadeiro. Mas se vc cegamente aceita tudo que aqui está escrito, o problema é seu.

        • Maria

          22 de agosto de 2019 em 22:27

          @Andre , é porque você pode CONTESTAR aberta e livremente o E-Farsas, DESDE QUE, vou repetir, DESDE QUE você traga ARGUMENTOS CONVINCENTES e PROVAS ROBUSTAS de suas alegações. A maioria não traz, fica com o rabo entre as pernas e deixa pra lá na esperança de que esqueçam. Além do mais, eu não acredito em tudo que E-Farsas escreve, já detectei algumas pequenas falhas e critiquei, mas sempre com CRÍTICAS CONSTRUTIVAS no sentido de ajudá-los a melhorar cada vez mais. 😉

        • Gustavo Lins

          18 de setembro de 2019 em 16:04

          Simples, prove que o Efarsas é desonesto.

    • Wilson

      22 de agosto de 2019 em 16:41

      Rapaz, como tem gente tola no mundo. Um texto desse só depõe contra os Bolsonaristas.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 22:17

      @Le , para ser considerada uma Agência Anti Fake News tem que ter HISTÓRICO e MÉRITO. O E-Farsas, fundado por Gilmar Lopes, é ESPECIALISTA e desvenda farsas eletrônicas de TODOS OS TIPOS desde 2002, foi a PIONEIRA em fact-checking, faz palestras, tem parceria com Record, UOL, Rádio Bandeirantes e, atualmente, com o Grande YouTuber Pirula. Não vai ser um blog FAJUTO ENVIESADO qualquer que irá tirar todo esse trabalho construído ao longo dos anos. 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

  32. Joao

    22 de agosto de 2019 em 10:13

    E-Farsas cada vez menos confiável.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 10:37

      @João , mais um leitor de JORNAL POPULAR revoltado com o E-Farsas. Adoro isso! 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Gustavo Lins

      18 de setembro de 2019 em 16:06

      Argumentos: nenhum.

  33. Rob

    22 de agosto de 2019 em 12:39

    Nuss…de cima embaixo nos comentários, dá p constatar o quanto a humanidade se apresenta cada vez mais agressiva uns com os outros quando vão discutir pontos de vistas diferentes!É xingamento que não acaba mais o tempo todo, só porque o outro ser humano difere nas ideias ou forma de ver! Não se discute mais os temas, se achincalha as pessoas com MUUUU, jumento, gado, idiopata e assim vai! Pergunto, não seriam essas mesmas pessoas q pedem tolerância, não discriminação, aceitação, que são a favor do poliamor, do amor, de toda forma de amor e etc?
    Vi até dizerem que é nesse site que estão as pessoas “NORMAIS, SENSATAS, EQUILIBRADAS, CRÍTICAS, CÉTICAS, DESCONFIADAS, CURIOSAS etc que só querem saber a VERDADE ou FATOS” mas que mesmo com tantas virtudes se degladiam esbanjando impropérios! Normais, sensatas? Pessoas que estão armadas até os dentes (mesmo os desarmamentistas) para apontarem e atirarem no outro quando não pensam da mesma forma que elas?
    Observa-se que no meio desse tiroteio de palavras mordazes tem mediador que aceita e tolera esse linchamento, xingamento, baixaria! Acostumado já ao ponto de não se opor? OK…só uma observação! Divirtam-se!

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 17:55

      @Rob , esteja à vontade para você tentar ser educado e/ou civilizado com Militantes (religiosos, políticos, sociais etc) FANÁTICOS. 😉

  34. Umberto

    22 de agosto de 2019 em 13:45

    O texto diz clara e enfaticamente “TODAS as formas de UNIÃO”. Realmente ainda tem gente que ache que tal projeto não visa, mesmo que futuramente, uma tentativa de legalizar incesto? Realmente ou essa galera que acha que a proposta não da pelo menos uma margem para isso ou também querem realizar tal prática.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 18:14

      @Umberto , isso depende se você tem BOM SENSO, sabe analisar o CONTEXTO e estudou a LÍNGUA PORTUGUESA (concordância, pontuação etc). Por exemplo, na frase: “Vou ali comer gente!”, por causa de uma virgula faltando, você vira um Canibal. 😉 KKKKKKKKKKK! 😀

    • Maria

      23 de agosto de 2019 em 0:22

      @Umberto , o Brasil é majoritariamente Cristão, o INCESTO e a PEDOFILIA são, respectivamente, TABU e CRIME violentamente condenáveis não só pela sociedade brasileira como em quase todo mundo (incluindo países socialistas/comunistas). Logo, SABENDO-SE DESTE CONTEXTO, para pessoas SENSATAS é muito mais provável e/ou plausível presumir que o deputado Orlando Silva (PCdoB) tenha simplesmente redigido mal o texto dele do que você apostar que ele literalmente quis dizer isso que vocês alegam/acusam, gerando um ABSURDO SURREAL, cujo ÔNUS DA PROVA é toda de vocês! 😉

  35. Gisele

    22 de agosto de 2019 em 14:24

    Alguém defina então o que seria: “união de duas ou mais pessoas independentemente de consanguinidade”

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 20:58

      @Gisele , leia direito e na íntegra (não tenha preguiça) a matéria do E-Farsas. Se você tiver BOM SENSO, irá perceber que a “consanguinidade” refere-se à “família” e não à “união”. Esse deputado apenas e tão somente apenas REDIGIU MAL o seu texto na PL dele e, e, e, e…, e MAIS NADA além disso! 😉

  36. Andre

    22 de agosto de 2019 em 21:40

    Pra fim de conversa: 2 pontos precisam ser esclarecidos:

    1) Incesto não é casamento entre pais e filhos. Incesto é relação sexual entre pais e filhos.

    2) Família só existe ou começa a existir a partir de um CASAMENTO.

    Portanto, tentar excluir uma coisa da outra só reforça uma narrativa equivocada e mentirosa da esquerda pra tentar ludibriar o leitor para cair no discurso da esquerda e imaginar q a direita inventa fake News. Além de mostrar que este site pode reproduzir o discurso da esquerda e suas fake News.

    • Maria

      22 de agosto de 2019 em 22:40

      @Andre , não, não precisa! O “incesto” e a “pedofilia” foram VOCÊS que inventaram e espalharam na rede, portanto, VOCÊS que se VIREM para esclarecer esse ABACAXI. Já “Família” atualmente é um conceito AMPLO, pode ser seus pais, filhos, tios, tias, avós, amigos, companheiros de guerra, colegas de trabalho, cachorros, gatos etc. Além do mais, o E-Farsas também já desvendou Fake News de Esquerda, larga a mão de ser preguiçoso e vai procurar. KKKKKKKKKKKK! 😀

    • Gustavo Lins

      18 de setembro de 2019 em 16:09

      Já Essa é a questão cara pálida, hoje dia não se considera mais que ” família só existe ou começa de casamento”, um filho e uma mãe solteira por exemplo são família.

  37. DULCELY CERQUEIRA LEITE

    23 de agosto de 2019 em 8:41

    Texto pobre mal fundamentado q abre brechas para várias interpretações! Num país onde um pingo é letra, melhor reescrevê-lo, agora, ou estes deputados são incompetentes ou são desonestos, acredite no q quiser!

  38. Gisele

    23 de agosto de 2019 em 9:02

    Essa Maria é sócia do e-fakenews, quer dizer e-farsas….

    • Gilmar Lopes

      23 de agosto de 2019 em 16:39

      Não sei quem é essa Maria, mas já considero pacas! 🙂

      • Maria

        23 de agosto de 2019 em 18:00

        @Gilmar Lopes , obrigada! 🙂 Como VERDADEIRA leitora do E-Farsas, também quero reiterar que deposito minha FÉ no seu trabalho e na sua equipe na busca pela Verdade e/ou Fatos no combate às mentiras, hoaxes, boatos, mitos, Teorias Conspiratórias, falácias, Fake News ou seja lá o que chamam tudo isso e que circulam na Internet e redes sociais, doa a quem doer, ok? 😉

      • Mariolla Duvidosa

        29 de agosto de 2019 em 18:08

        Isso é fake! Sabe sim, e muito bem, Gilmar!

  39. Antonio Pedro Loureiro

    23 de agosto de 2019 em 9:40

    Vocês esquerdistas, se fossem russos, não teriam coragem de propor uma coisa dessas no país de Putin, porque lá a coisa é diferente. Se pensam que esse absurdo vai ser aprovado aqui, estão completamente, mas, completamente enganados. Tirem seu cavalinho da chuva, senão ele irá morrer de pneumonia.

    • Maria

      23 de agosto de 2019 em 18:11

      @Antonio Pedro Loureiro , e QUEM lhe disse que somos “esquerdistas” e/ou que aqui só tem “esquerdistas”? 😐 Eu, por exemplo, sou ANÁRQUICA com uma das características de que NÃO GOSTO DE MENTIRAS seja de quem for. E “absurdo” é essa PORCARIA que vocês criaram e publicaram: “INCESTO”? “PEDOFILIA”? “POLIAMOR”? Vai pro INFERNO cara! A quem vocês estão querendo enganar? Não pensem que do outro lado da telinha dos seus PCs/Smartphones só há idiotas como vocês, heim!? Se eu PEGAR VOCÊS criando, espalhando ou compartilhando Fake News vão levar ESPORRO, não importando se vocês são de Direita, Esquerda, Centro ou da PIC@ das Galáxias, ok? 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  40. Rob

    23 de agosto de 2019 em 23:29

    Maria, eu fico á vontade sim, pois não preciso de esforço para isso, sai naturalmente! No entanto o que sai naturalmente, comumente e mais que frequentemente por aqui é a má educação, a agressividade a não aceitação de outros pontos de vista sem que haja sempre um xingamento, um esculacho pessoal, etc! Mesmo que se lide com fanáticos, militantes, etc (o que existe de ambos os lados) se a tendência fosse discutir as ideias para um maior entendimento e até um aproveitamento construtivo pelas diferenças, se houvesse a tão almejada “tolerância” e a não menos propagada pregação do amor sobre o ódio, não teríamos esse lamentável cenário de guerra com pessoas armadas desse jeito…repito, mesmo as desarmamentistas!

    • Maria

      26 de agosto de 2019 em 10:12

      @Rob , cada pessoa reage de uma forma diferente. Por exemplo, Gilmar Lopes se sente TRISTE quando é criticado injustamente e/ou xingado por esses FANÁTICOS. Como ele é dono do canal, precisa ter “PACIÊNCIA INFINITA” e/ou ignorá-los. Já eu como leitora e internauta simples não sou obrigada a isso e reajo conforme a situação. 😉

  41. Rob

    23 de agosto de 2019 em 23:31

    Continuando, Maria, isso mostra a contradição que estamos vivendo: pedem paz, menos ódio, mais amores e vemos , no entanto, a derrocada da gentileza, do respeito ao próximo, da ética! Valores agora que caem por terra, desde que se “ganhe a discussão no grito”

    • Maria

      26 de agosto de 2019 em 10:20

      @Rob , não tenho a pretensão de pregar paz com militantes FANÁTICOS e que, eventualmente, faltem-lhe com o respeito e eu não “grito”, apenas DESTACO ALGUMAS palavras por falta de opções de formatação de texto no site. Se VOCÊ quiser pregar a paz com eles, esteja à vontade. BE MY GUEST! 😉

  42. Rob

    23 de agosto de 2019 em 23:33

    Maria, desculpe fazer a resposta em etapas, mas não foi tudo na primeira vez.Continuo…Por isso, não dá p encher a boca e dizer que os leitores desse site são pessoas bem qualificadas… aí vc forçou muito, menina, achei até engraçado quando eu li…KKKKKKKK …é só dar uma lida nos comentários de quase todas as publicações q envolvem a política e vc vai ver do que estou falando! Mas não posso também entender como os mediadores permitem tanta “delicadeza” sem interferir! A minha tese ainda é q isso se tornou banal, costumeiro e normal para as pessoas, lamentavelmente!

    • Maria

      26 de agosto de 2019 em 10:38

      @Rob , eu acredito ou, pelo menos quero acreditar, que os VERDADEIROS LEITORES do E-Farsas que ainda permanecem aqui são aqueles que simplesmente NÃO GOSTAM DE MENTIRAS e/ou NÃO SE COADUNAM COM MENTIROSOS, independentemente de sua ideologia, religião, lado político etc, i.e., SEM VIESES COGNITIVOS.

  43. Yeshaiahu Hanabi

    24 de agosto de 2019 em 17:52

    O texto é mal redigido.Concordo, porém acho que a grande questão é o uso da palavra “união”, pois este termo é utilizado de outra forma para configurar um vínculo entre duas pessoas análogo ao casamento, a união estável. Imagino que a intenção primária era reconhecer famílias “não convencionais”. Faltou clareza ou faltou honestidade? Melhor ser claro e direto em se tratando de legislação. De todo modo foi uma boa matéria, Gilmar, ajuda a pensar sobre a questão.

  44. Elko Beludo

    26 de agosto de 2019 em 21:13

    Se for aprovada essa lei, vai ser criado o dia do incesto? Vai ser feriado nacional e o pessoal daqui, do e-farsas, adepto a tudo o que não presta vai poder desfilar na Orla de Copacabana com carro de som e com o Gilmar como destaque? Se sim, legal!!!! Eu sou de esquerda, vivo a esquerda, meu sangue é rubro, respiro Lula Livre, sou fã incondicional de Lenin, Chê, Dilma, Jean, Haddad, Fidel….

    • Maria

      26 de agosto de 2019 em 22:15

      @Elko Beludo , não, nós não somos “adeptos a tudo que não presta”. Nós não gostamos de MENTIROSOS que ficam criando, espalhando e/ou compartilhando Fake News na rede como VOCÊ que, com certeza, NÃO PRESTA! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Elkho Beludo

        29 de agosto de 2019 em 18:14

        Não e também não sabem interpretar certas coisas. Ou seria falta de interesse em interpretar e com isso, criar celeuma, discursos de palanque e defesa de indefensável? Bom, Afinal de contas, defender o que não presta, mas ao mesmo tempo e paradoxalmente, se proteger dele (pois ninguém é tão idiota ao ponto de botar a mão no fogo), gera ibope. rsrs

        • Maria

          30 de agosto de 2019 em 17:36

          @Elkho Beludo , para você o que é “indefensável”? A teoria de que esse deputado tenha redigido mal o texto dele OU a teoria de que essa PL realmente esteja defendendo o INCESTO, PEDOFILIA, POLIAMOR etc? 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

          • Elkho Melown - Ex Elkho Beludo

            30 de agosto de 2019 em 23:00

            Boneca, você vive no mundo da Lua ainda?! Gilmar tomou conta de seu corpinho, de você tal qual o Sr. Smith?! hum hum hum…. Vocês sabem de nada, inocentes!!!!!

          • Maria

            1 de setembro de 2019 em 15:24

            @Elkho Melown – Ex Elkho Beludo , desista cara! Vocês tentaram enganar a gente, fazerem os verdadeiros leitores do E-Farsas de bobos e não conseguiram. TENTE OUTRA VEZ, se puderem! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  45. Rob

    27 de agosto de 2019 em 12:42

    Maria, vc contesta, mas tudo que eu disse está em quase todos os comentários aqui, expondo exatamente a beligerância que abrange o lado pessoal, qdo discutir ideias e pontos de vista diferentes não necessitam desse comportamento!
    Vc pode até justificar a sua luta contra mentiras, mas não pode negar o quanto aqui, nos comentários, nesse site, se tem uma amostragem do que as pessoas têm como comportamento adquirido atualmente e mais nem notam, se tornou banal, aceitável…e digo, até pelos mediadores que poderiam barrar comentários agressivos, com ofensas pessoais e não fazem!
    Claro que não tenho pretensão alguma de “educar” ninguém, mas apontar já pode ser alguma ajuda para quem quer se aprimorar, desde que tenha boa vontade e bons princípios!
    A esses, espero ter contribuído, quem sabe…uma semente plantada!

    • Maria

      27 de agosto de 2019 em 15:46

      @Rob , ser a favor no combate à MENTIRAS não que dizer, necessariamente, que eu, como simples internauta, também seja à favor e/ou tenha que pregar a PAZ entre FANÁTICOS neste site. Uma coisa nada tem a ver com outra. Se não está satisfeito, procure um canal ZEN ou mais “politicamente correto”, pois aqui a prioridade é o COMBATE À MENTIRAS/FARSAS seja de quem for. Saiba o contexto e onde você está. 😉

    • Maria

      27 de agosto de 2019 em 15:47

      @Rob, quanto à MEDIAÇÃO, é ÓBVIO que existe alguma aqui no E-Farsas, pois todo comentário postado é submetido à avaliação antes de ser efetivado. Eu NUNCA vi, neste site, eles liberarem algum comentário com PALAVRÕES e/ou OFENSAS ESCANDALOSAS gratuitas e acredito que está num NÍVEL ADEQUADO (opinião pessoal). Além do mais, eu gosto disso no E-Farsas: eles dão uma liberdade mais ampla para gente expressar nossas opiniões, inclusive emoções na forma de manifestações de raiva, mas com moderação é claro! 😉

    • Maria

      27 de agosto de 2019 em 15:48

      @Rob , tenha em mente uma coisa de forma CLARA e CRISTALINA: eu, como simples internauta e leitora do E-Farsas, NÃO TOLERO MENTIRAS e/ou pessoas que ficam criando, espalhando e/ou compartilhando FAKE NEWS de qualquer espécie na rede, pois SE você fizer isso e eu for algum parente, amiga, colega de escola/trabalho, chefe, conhecida e/ou desconhecida na sua lista, então tenha a CERTEZA ABSOLUTA de que, NO MÍNIMO, coisa boa não vou pensar a seu respeito, ok!? 😐

  46. Rob

    28 de agosto de 2019 em 13:12

    Maria, vc disse:”@Rob , ser a favor no combate à MENTIRAS não que dizer, necessariamente, que eu, como simples internauta, também seja à favor e/ou tenha que pregar a PAZ entre FANÁTICOS neste site. Uma coisa nada tem a ver com outra.”
    Entenda meu texto, menina, não estou exigindo nd de vc, nem de ninguém, vc está inferindo q minha intenção seria essa, ou q espero q vc faça isso! Questão de estar ou não satisfeito seria algo q devo admitir que não estou, mas não exatamente com esse site, estou falando de um macro comportamento q foi cabível dizer aqui, devido aos exemplos, à amostragem, que pode tornar clara a minha observação, foi só isso!

    • Maria

      29 de agosto de 2019 em 18:17

      @Rob , a sua observação sobre o comportamento é ÓBVIA e de CONHECIMENTO GERAL e PÚBLICO. Infelizmente, há nitidamente uma POLARIZAÇÃO POLÍTICA ESTÚPIDA no Brasil, portanto, é de se esperar que haja belicosidades e animosidades por ambos os lados. Nunca neguei ou fechei os olhos, ouvidos e a boca para isso. É uma REALIDADE que, infelizmente, temos que aceitar que EXISTE. 😉

  47. Rob

    28 de agosto de 2019 em 13:14

    Continuando, Maria, repito, se essas observações de que esse comportamento belicoso e intolerante entre pessoas que diferem nas ideias, servirem para que comecemos a nos conscientizar que não é necessário (creio até q faria mais efeito de esclarecimentos de cd posicionamento se não se partisse para o lado pessoal com xingamentos e ofensas) eu já me daria por satisfeito! Se começarem, no mínimo, a tomar consciência que isso está virando uma epidemia e a contaminação dessa “doença” chegando a se tornar uma normalidade (“acredito que está num NÍVEL ADEQUADO”, como vc disse) já estaria de bom tamanho! Os costumes vão se cristalizando e assim não se percebe mais se estão extrapolando a educação, o respeito, a inteligência de se brigar por ideias e não com pessoas q as emitem!

    • Maria

      29 de agosto de 2019 em 18:24

      @Rob, para mim, neste caso em específico, não se trata de uma “diferença de ideias”. Trata-se de uma MENTIRA DESCARADA, ABSURDA, SURREAL e SENSACIONALISTA, criada, espalhada e compartilhada por IGNORANTES e pessoas/grupos de MÁ-FÉ querendo fazer os verdadeiros leitores do E-Farsas de IDIOTAS com argumentos rasos e/ou xingamentos! Não me peça para ser tolerante com esse tipo de gente. Se VOCÊ quiser com eles, vá em frente, BE MY GUEST! 😉

  48. Rob

    28 de agosto de 2019 em 13:16

    Maria, acho q meu comentário anterior ao “continuando” não foi! Ei-lo aqui:
    Maria, vc disse:”@Rob , ser a favor no combate à MENTIRAS não que dizer, necessariamente, que eu, como simples internauta, também seja à favor e/ou tenha que pregar a PAZ entre FANÁTICOS neste site. Uma coisa nada tem a ver com outra.”
    Entenda meu texto, menina, não estou exigindo nd de vc, nem de ninguém, vc está inferindo q minha intenção seria essa, ou q espero q vc faça isso! Questão de estar ou não satisfeito seria algo q devo admitir que não estou, mas não exatamente com esse site, estou falando de um macro comportamento q foi cabível dizer aqui, devido aos exemplos, à amostragem, que pode tornar clara a minha observação, foi só isso!

  49. Mariolla Puxão de Orelha

    29 de agosto de 2019 em 18:20

    Maria(o), se tirarem um RX das partes baixas do Gilmar, sua caveira surgirá, em alto relevo, nele! Talvez, Maria, por falta de tempo, ou talvez por ter dislexia, ou um outro problema qualquer de falta de atenção e/ou interpretação de texto, muita coisa, grave, passe batida por você. E por muitas outras pessoas também que não se atém a certos “mínimos detalhes”. Mas isso não deve ser motivo de tanta preocupação. Só não seja radical demais em crer que tudo é farsa porque foi rotulado como tal, ou como provável farsa pelo Gilmar. Afinal de contas, ele pesquisa, o que é o trabalho dele, mas não sabe a fundo de tudo.

    • Maria

      30 de agosto de 2019 em 16:20

      @Mariolla Puxão de Orelha , não. Pessoas de bom senso sabem que a maneira como você ESCREVE reflete e muito a maneira como você FALA e/ou PENSA. Então, fica fácil perceber que EU NÃO SOU O GILMAR, pois nós pensamos, falamos e escrevemos de maneira, às vezes, COMPLETAMENTE DIFERENTES! 😉 Além do mais, ninguém disse que o Gilmar e/ou E-Farsas são Deuses oniscientes, onipresentes, infalíveis etc. Eles também comentem algumas pequenas falhas de vez em quando e, por isso, esteja à vontade para corrigi-los, DESDE QUE, é claro, você traga ARGUMENTOS CONVINCENTES e PROVAS ROBUSTAS! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Mariolla Respondona à Maria Muleta

        30 de agosto de 2019 em 23:10

        Você é uma verdadeira pseudo genia intelectual, Maria! Sentiria orgulho de ser sua filha, irmã, mãe, avó… e poder te apreciar em vossa prosa, pessoalmente, sentada num banquinho à sua frente. Infelizmente, isso não será possível, inclusive pela distância que nos separa(podia ser a que nos une também). Pessoas com o seu dom são tão desprezadas que se perdem no limbo do auto vácuo. São tipinhos que pensam, raciocinam de uma forma tão demasiada que extrapolam. Mas, abro uma exceção, de muitas e múltiplas, à vossa pessoa e darei parte do meu precioso tempo para rir e alimentar nossa conversa e, com isso, rir ainda mais de suas respostas. Me sinto bem lidando com pessoas que precisam de ajuda, mas que são teimosas. Bjs

        • Maria

          1 de setembro de 2019 em 15:19

          @Mariolla Respondona à Maria Muleta , eu só sou uma pessoa que NÃO GOSTA DE MENTIRAS de qualquer tipo e seja de quem for. Simples assim! 😉 E cuidado, heim!? Existem MUITAS pessoas que pensam como eu. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  50. Maria

    29 de agosto de 2019 em 18:46

    @Rob , pelos seu dois últimos dois posts lá atrás, para mim está NÍTIDO que a sua intenção é de pregar a PAZ entre todos e que estes sigam esta direção. Lamento, mas não me incluia nisso em se tratando de FANÁTICOS. Faça por VOCÊ MESMO. Aqui não é exatamente um site Zen e/ou de Paz e Amor. Aqui é um site aberto para discutir FARSAS DIGITAIS que circulam na Internet e Redes Sociais e, se você discorda, então esteja à vontade para trazer PROVAS ROBUSTAS da sua discordância para que a matéria seja retificada e/ou, até mesmo, refutada por completo. 😉

    • Rob

      31 de agosto de 2019 em 1:46

      Oi, Maria, eu aqui de novo te respondendo pq creio q ainda não ficou clara a minha intenção! Vc diz:”Aqui é um site aberto para discutir FARSAS DIGITAIS que circulam na Internet e Redes Sociais e, se você discorda, então esteja à vontade para trazer PROVAS ROBUSTAS da sua discordância para que a matéria seja retificada e/ou, até mesmo, refutada por completo.”
      Mais uma vez explico, não está me interessando concordar ou discordar dos conteúdos! Se postei meu comentário foi para chamar a atenção (de quem está disposto a ver e talvez mudar) para a forma com que as pessoas se tratam (agressivamente) qdo discordam entre si! Diferente de discordar do q está sendo proposto pela publicação!
      Bem, espero ter sido claro definitivamente agora, pq a conversa está mto estendida e poderia já ter sido abreviada se vc interpretasse de forma correta o que estou explicando em todas as minhas respostas!
      Quem entender e quiser aproveitar essa análise, talvez siga discordando de outros de forma mais cordial e inteligente, caso contrário, q siga com sua forma de se comportar e para mim tudo bem também! Fiz minha parte!

  51. Glaucio da Silva Noronha

    30 de agosto de 2019 em 18:29

    Vejo que o texto dá margem e múltiplas interpretações para o conceito de família que deverá ser reconhecida pelo Estado.Acho que esses conceitos devem sem revistos mas com textos objetivos e não com interpretações individuais que provavelmente não será aplicado da mesmo forma na sociedade.Esse tema está longe de ter um consenso

    • Mariolla & Elkho

      30 de agosto de 2019 em 23:03

      A “margem” e à margem… Coisas distintas inseridas no texto e no contexto para “bagunçar, ou bagunçarem o coreto” da Nação Brasileira. Mas, tem gente que sobrevive às custas disso! hum hum hum

  52. Adália Serra

    31 de agosto de 2019 em 6:23

    Não pois já existe lei contra isso.
    O Artigo 1521 do Código Civil proíbe casamentos consanguineos.

    Essa lei deve ser só para garantir herança pensão pq a lei da previdência proibiu pensão para concubinato.

    • Mariolla Erohína das Galácéas

      31 de agosto de 2019 em 13:01

      Isso! Perfeito! Querem criar um “anti projeto de lei”. Maria, Gilmar, Ele não…Pois Sou Inútil ao Extremo e afins não chegaram à borda desse entendimento. Ou são pagos para “tentarem” manipular o que o gado produz, ou ainda são néscios enfeitiçados por governos passados que lhes geriram $$$$, deram de mamá nas nossa tetas… Estamos de olho!!!! A covardia está lá fora, na mão do que sobrou da esquerda derrotada, mas que ainda tenta sobreviver com o velho argumento de que “se alguém lhe pedir um peixe, dê. Não precisa ensiná-lo a pescar”, pois esse elemento vai comer na sua mão, sempre, qualquer migalha.

      • Maria

        1 de setembro de 2019 em 15:13

        @Mariolla Erohína das Galácéas , uma vez o texto mal escrito, dá início às mais variadas interpretações, ou seja, pode significar QUALQUER COISA. O mais SENSATO é ignorar e descartar, como fez o próprio deputado que redigiu essa PL. O erro de quem soltou essa Fake News sobre “INCESTO”, “PEDOFILIA”, “POLIAMOR” etc foi o EXAGERO e/ou SENSACIONALISMO BARATO, fez TEMPESTADE EM COPO D’ÁGUA, é um AMADOR e foi facilmente desmascarado. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  53. Neoclécio

    7 de setembro de 2019 em 19:36

    Saca só amigo -> Eu sou adulto. Meu pai é adulto. Ambos consentimos.

    O que você tem a ver com isso? Pega sua opinião e enfia…

  54. Paulo Neves

    13 de setembro de 2019 em 2:40

    Arrotando um monte de palavrinhas difíceis, hein Maria? Esse estilo intelectualóide já não está ulteapassado??? Ou vc ainda pense que colocar um monte de badulaques e floreios no seu discursinho vai fazer com que as pessoas pensem: “Nossa! Como é que eu vou contrargumentar com alguém tão culto?”? Cuidado que aquela anta fo Jean Wyllys já se ferrou por esse mesmo motivo…

  55. Paulo

    14 de setembro de 2019 em 1:13

    não parece ser uma farsa, porque depois da indignação de parlamentares, o relator retirou o texto da pauta. talvez essa seja uma farsa do e-farsas.

    • Gilmar Lopes

      14 de setembro de 2019 em 10:43

      Foi retirada da pauta por causa do barulho que fizeram nas redes sociais. Como explicamos no artigo, o texto do projeto é pobre e, com certeza, não ia passar na votação!

  56. Paulo Cesar

    14 de setembro de 2019 em 19:07

    Muito fácil acabar com a discussão o que distingue família de casamento?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo