today-is-a-good-day
19.2 C
São Paulo
domingo, maio 19, 2024

A brincadeira do “Soquinho do Fusca Azul” nasceu nas fábricas de Henry Ford? 

- Publicidade -

É verdade que o jogo do “Fusca Azul”, onde uma pessoa dá um soco na outra quando vê o veículo nessa cor, surgiu de um erro numa linha de montagem de Henry Ford?

A alegação voltou a circular nas redes sociais na segunda semana de novembro de 2023, em vídeos publicados no Instagram e no TikTok, e afirma que a brincadeira do “Fusca Azul” teria surgido após um erro na pintura de alguns veículos numa das fábricas da Ford, no ano de 1914.

Segundo o que se espalhou, o empresário Henry Ford teria chegado na sua fábrica de surpresa quando notou que os veículos do modelo Ford T estavam saindo da linha de montagem com um tom azulado. A alegação ainda afirma que Henry Ford ficou tão bravo com o erro que chamou o responsável pela falha e lhe desferiu vários tapas em suas costas. 

O caso teria virado piada entre os funcionários da fábrica, que começaram a dar socos de leve uns nos outros quando um automóvel saía azul da linha de montagem. Daí, o costume foi sendo adotado e alterado pelas pessoas até chegar no fusca azul.

Será que isso é verdade?

Henry Ford teria dado socos nas costas do funcionário da sua empresa que errou a cor de um automóvel na linha de montagem! Será verdade? (foto: Reprodução/Google Images)

Verdade ou mentira?

Não há nenhuma prova de que supostos socos dados por Henry Ford em um funcionário por esse ter errado na cor de seus veículos e tampouco que isso tenha originado no jogo do “Fusca Azul”.

Em primeiro lugar, o Fusca é um veículo de outra montadora, a Volkswagen, e sua estreia data do início da década de 1930, na Alemanha. Além disso, não encontramos nenhuma comprovação de que Henry Ford tenha mesmo protagonizado essa cena violenta sobre a cor errada dos seus carros.

É verdade que Ford dava preferência para cor preta nas suas criações. Ele, inclusive, teria dito seguinte frase, durante uma reunião de vendas

“Qualquer cliente pode ter um carro pintado na cor que quiser, desde que seja preto”

Algumas fontes apontam que o empresário preferia o preto em seus carros, pois essa cor secava mais rapidamente que outras. No entanto, não encontramos nada que comprove essa alegação.

- Publicidade -

Tudo indica que, apesar de serem fabricados veículos de outras cores, Henry Ford optava pelo preto apenas por uma questão de praticidade e logística, além dessa cor ter sido escolhida por ser mais barata e durável. Também é comprovado que foram usados mais de 30 tipos diferentes de tinta preta para pintar os Modelos T, na época.

E quanto ao jogo do Fusca Azul?

Para quem não conhece, o jogo do Fusca Azul é bem simples: se uma pessoa vir um fusca azul passando na rua, deve dar um soquinho em quem estiver com ela no momento. Em algumas variações da brincadeira, há a regra de se gritar “sem soco” antes da pancada, para fugir do golpe.  

Crianças brincando com um fusquinha azul de brinquedo! (Imagem Gerada com IA/Bing ∙ 16 de novembro de 2023 às 5:42 PM)

Mas a verdade mesmo é que o azul parece ser uma exclusividade da versão brasileira do jogo, visto que em outros países a cor do fusca varia na brincadeira. No México, por exemplo, o fusca deve ser amarelo, pois “o amarelo traz boa sorte”, diz o site mexicano El universal. 

O site mexicano da Volkswagen supõem que os fuscas amarelos aparentemente são mais raros naquele país, por isso passar por um desses é um bom presságio. 

Segundo um colunista do jornal norte-americano Arizona Republic, a brincadeira teria surgido no seu país em meados dos anos de 1960, quando as crianças passaram a gritar “Punch Buggy” (uma alusão ao apelido que o veículo ganhou por seu formato, que lembra muito uma joaninha) e a socar uma as outras quando viam um fusquinha nas ruas.

O site Motor Authority tentou rastrear a origem do apelido “buggy” e descobriu que a primeira menção documentada é de 1964 e que foi somente 14 anos depois que a Volkswagen assumiu o nome para o seu veículo.   

Em 2009, a própria Volkswagen entrou na brincadeira, em uma campanha publicitária chamando o jogo de “Punch Dub“. Na propaganda, a montadora apresentou uma história fictícia e disse que seu inventor, um tal de Sluggy Patterson, teria criado o jogo “há mais de 50 anos“.

No ano seguinte, o assunto voltou a ser abordado pela fabricante alemã em outra propaganda, onde o músico cego Stevie Wonder deu um soco na comediante Tracy Morgan após “avistar” um veículo da marca:

Em um episódio de Os Simpsons, os personagens Bart e Lisa passam juntamente com seus colegas de escola em frente a uma loja de fusquinhas e todos saem machucados:

Ainda na área satírica, convém citar o livro “The Official Rules of Punch-buggy” (As Regras Oficiais do Jogo do Fusquinha, em inglês), de Ian Finlayson, Michael David Lockhart. Nessa pérola lançada em 1998, os autores inventaram que o jogo teve origem no antigo Egito!

Conclusão

Não há provas de que o jogo do “Fusca Azul” tenha surgido de um erro na linha de montagem de uma das fábricas de Henry Ford! Tudo indica que a brincadeira tenha surgido na década de 1960, nos Estados Unidos, e depois se espalhou para outros países com variações! 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla! Autor do livro de ficção Marvin e a Impressora Mágica!

Últimas Atualizações

- Publicidade -Compre o livro Marvin e a impressora Mágica de Gilmar Lopes

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui