19.4 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

A cidade de São Lourenço zerou as internações por COVID graças ao tratamento precoce?

- Publicidade -

Será verdade que o prefeito da cidade mineira de São Lourenço conseguiu acabar com os casos de internações em UTI por COVID graças ao tratamento precoce?

A publicação se espalhou nas redes sociais e também em grupos de WhatsApp no final da primeira quinzena de março de 2021 e rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter. De acordo com o texto acompanhado de vídeos, a cidade de São Lourenço, no sul do estado de Minas Gerais – teria zerado as internações nos leitos de UTI após adotar tratamento precoce contra o novo coronavírus.

Numa outra versão, o texto afirma que a cidade já estaria há 3 semanas sem nenhuma internação em UTI ou óbito por COVID-19 e São Lourenço já estava aberta para o comércio normalmente.

Será que essas informações são verdadeiras ou falsas?

Texto de uma das versões do texto compartilhado no WhatsApp: “Cidade de MG zera internações e não tem morte por Covid-19 após investir no tratamento com invermectina e azitromicina”

Verdade ou mentira?

Buscando informações a respeito dessas afirmações no site do Ministério da Saúde, uma das fontes onde são centralizados os casos sobre a pandemia da COVID-19 no país, chegamos aos dados referentes à cidade de São Lourenço. A cidade mineira teve 45 casos de óbitos desde o início da contagem feita pelo Ministério:

Já, de acordo com dados da própria prefeitura de São Lourenço, o boletim do dia 15 apresentava 155 óbitos e o do dia seguinte 156:

- Publicidade -

No dia 08 de março, por exemplo, o hospital São Lourenço publicou em sua página no Facebook seu boletim diário, onde afirma que havia 7 pacientes na sua área de UTI (sendo 5 com COVID e 2 suspeitos). Ou seja, a afirmação de que não houve óbitos e pacientes na UTI em decorrência do novo coronavírus nas últimas 3 semanas é falsa!

Como o hospital recebe pacientes de outras cidades, vamos ter como base dois boletins emitidos pela prefeitura. Um do dia 21 de fevereiro de 2021 e o outro do dia 15 de março. No primeiro, o município informou 47 óbitos e o mais recente já foram 50:

Além disso, no dia 13 de março de 2021, a prefeitura cedeu uma parte do prédio da Unidade de Pronto Atendimento para o Hospital São Lourenço para ampliação do número de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19. O novo espaço passou a atender 24 pacientes a mais.

Também não procede a informação compartilhada nas redes sociais sobre a cidade de São Lourenço ter liberado o comércio e atividades não essenciais de funcionar normalmente. O que vale na cidade ainda é o decreto 8.178, de janeiro de 2021, que limita o funcionamento do município, além de proibir aglomerações e eventos públicos.

Não existe tratamento precoce

Por mais que algumas pessoas insistam em afirmar, não existe tratamento precoce contra a COVID-19

A única arma cientificamente comprovada para a prevenção dessa doença que já matou quase 280 mil pessoas no Brasil é a vacinação. Enquanto as vacinas não chegam para todos, o recomendável é que se evite aglomerações e que se use máscara o tempo todo. Lavar as mãos com água e sabão periodicamente e/ou higienizá-las com álcool em gel também ajuda.

Conclusão

Não é verdade que a cidade mineira de São Lourenço zerou as internações em UTI graças ao tratamento precoce contra o novo coronavírus!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

10 COMENTÁRIOS

  1. “A única arma cientificamente comprovada para a prevenção dessa doença que já matou quase 280 mil pessoas no Brasil é a vacinação. Enquanto as vacinas não chegam para todos, o recomendável é que se evite aglomerações e que se use máscara o tempo todo. Lavar as mãos com água e sabão periodicamente e/ou higienizá-las com álcool em gel também ajuda.”
    O.M.S. Esta organização o que cientificamente comprovou jamais falou alguma coisa que afirmasse isto, sim ou talvez…Prezado creio que o futuro irá vós esperar lá com Deus.

      • Segundo o site compartilhado por você, existe na parte de “o que fazer se não se sentir bem” ficar isolado e aguardar melhorar (sabemos que isso trás mais mortes que melhoras), na linha seguinte já pede pra procurar ajuda médica urgente por por telefone de preferência, e seguir os direcionamentos passados, perfeito!
        a ÚLTIMA linha pede para seguir as instruções das AUTORIDADES nacionais e locais, que recomendam ajuda médica e TRATAMENTO PRECOCE logo aos primeiros sintomas! Isso significa, nada de globo, folha, sites de “verificação de conteúdo” ou a mídia do quanto mais morrer, melhor, e sim as autoridades! Obrigado, sem mais.

        • Segundo o site compartilhado por você, existe na parte de “o que fazer se não se sentir bem” ficar isolado e aguardar melhorar

          Stay home and self-isolate even if you have minor symptoms such as cough, headache, mild fever, until you recover. Call your health care provider or hotline for advice. Have someone bring you supplies. If you need to leave your house or have someone near you, wear a medical mask to avoid infecting others.

          Sim, mesmo que você tenha SINTOMAS LEVES. Não adianta ir ao hospital sobrecarregar os funcionários sendo que as pessoas com sintomas leves costumam se recuperar sozinhas.

          (sabemos que isso trás mais mortes que melhoras)

          É mesmo? E você sabe como? Possui dados que comprovam essa afirmação? Por gentileza apresente-os para que possamos analisar juntos!

          na linha seguinte já pede pra procurar ajuda médica urgente por por telefone de preferência, e seguir os direcionamentos passados, perfeito!

          If you have a fever, cough and difficulty breathing, seek medical attention immediately. Call by telephone first, if you can and follow the directions of your local health authority.

          Se tiver febre, tosse e dificuldades de respirar procure um médico. Sim. MÈDICO. De preferência por telefone para não precisar se locomover. Médico, não Whatsapp. E o médico dirá o que fazer. Se precisar ir pessoalmente a um hospital, eles te dirão.

          a ÚLTIMA linha pede para seguir as instruções das AUTORIDADES nacionais e locais, que recomendam ajuda médica e TRATAMENTO PRECOCE logo aos primeiros sintomas!

          Keep up to date on the latest information from trusted sources, such as WHO or your local and national health authorities.Local and national authorities and public health units are best placed to advise on what people in your area should be doing to protect themselves.

          Não. A última linha fala se informar apenas por FONTES SEGURAS, como a OMS ou as AUTORIDADES SANITÁRIAS locais e nacionais. Não fala absolutamente NADA sobre TRATAMENTO PRECOCE. Curiosamente a grande maioria das nossas autoridades sanitárias NÃO recomenda o tratamento precoce. Até mesmo o atual ministro da saúde está recomendando isolamento social:

          https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2021/03/17/pazuello-muda-tom-e-defende-isolamento-social-e-restricao-de-horarios.htm

          E o próximo ministro da saúde NÃO acredita em tratamento precoce e defende distanciamento social:

          https://ndmais.com.br/saude/novo-ministro-da-saude-nao-acredita-em-tratamento-precoce-e-defende-distanciamento-social/

          Isso significa, nada de globo, folha, sites de “verificação de conteúdo” ou a mídia do quanto mais morrer, melhor, e sim as autoridades!

          Perfeito, e as autoridades recomendam isolamento social, vacina e não defendem o tratamento precoce. O único que insiste nisso (e inclusive parou, não sei se percebeu??) é seu excrementíssimo presidente, que NÃO É autoridade sanitária.

          Obrigado, sem mais.

          De nada, espero que tenha aprendido alguma coisa ou outra. 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui