Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Bandeira antifascista no prédio do Partido Comunista Alemão é verdadeira ou falsa?

Fotos

Bandeira antifascista no prédio do Partido Comunista Alemão é verdadeira ou falsa?

Bandeira antifascista no prédio do Partido Comunista Alemão é verdadeira ou falsa?

Circula nas redes sociais, principalmente no Twitter (arquivo), uma foto que mostraria a bandeira antifascista na fachada da sede do antigo Partido Comunista Alemão (“Kommunistische Partei Deutschlands” ou “KPD” em alemão)!

Trata-se de uma foto em preto e branco, que retrata o antigo prédio (Casa Karl Liebknecht) que abrigava esse partido, que por sua vez foi dissolvido em 1956.

Tuíte publicado na manhã de hoje (12).

Atualmente, o prédio, que passou por inúmeras reformas, mas que continua se chamando Casa Karl Liebknecht, abriga a sede do Partido de Esquerda (“Die Linke“, em alemão).

A Casa Karl Liebknecht que atualmente abriga a sede do Partido de Esquerda (“Die Linke”, em alemão).

Interessante destacar nesse ponto, que na Alemanha Oriental o KPD foi fundido, por decreto soviético, com remanescentes do Partido Social Democrata (SPD) para formar o Partido Socialista Unificado (SED), que governou a Alemanha Oriental de 1949 até 1989-1990. Essa fusão forçada foi contestada por muitos social-democratas, que acabaram fugiram para as zonas ocidentais. Mais para frente vocês vão entender o porquê eles não curtiram muito essa ideia.

Após a queda do Muro de Berlim, os reformistas assumiram o comando do SED e o renomearam para Partido do Socialismo Democrático (PDS). Em 2007, o PDS posteriormente se fundiu com um outro partido chamado “WASG” para finalmente formar o que conhecemos atualmente como “Partido de Esquerda” (o tal “Die Linke“).

Voltando ao Objeto de Nossa Análise!

Enfim, voltando ao objeto de nossa análise, muitos usuários rapidamente alegaram que a foto se tratava de uma montagem!

Muitos usuários rapidamente alegaram que a foto se tratava de uma montagem.

Entretanto, será que estamos realmente diante de uma montagem ou será que a foto é autêntica? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

A foto é verdadeira, ou seja, não estamos diante de uma montagem! Ela foi tirada pelo fotógrafo alemão Carl Weinrother, em 1932! Além disso, a fotografia consta no Bundesarchiv (Arquivo Federal Alemão) com a seguinte legenda:

Propaganda eleitoral na Casa Karl Liebknecht para a eleição do Reichstag (Parlamento) em 1932

A fotografia consta no Bundesarchiv (Arquivo Federal Alemão)!

Calma aí, o artigo não acaba aqui! É interessante destacar o que aparece escrito ao redor dessa bandeira: “Antifaschistische Aktion“.

Antifaschistische Aktion

Antes de mais nada, o verdadeiro significado do termo “antifa” é algo complexo na Alemanha desde que o finado Partido Comunista da Alemanha (KPD) adotou o termo e o símbolo composto pelas duas bandeiras para a campanha eleitoral de 1932. Eles bagunçaram a história toda, e usaram o termo ao bel prazer deles, meio que surfando na onda do antifascismo ao criar uma espécie de guerra de narrativas, onde só eles queriam ter a razão (daqui a pouco chegaremos nesse ponto).

Assim sendo, por definição, podemos dizer que o “Antifaschistische Aktion” foi um movimento militante antifascista da então República de Weimar, que foi iniciada por membros do KPD. E, oficialmente, esse movimento durou apenas dois anos (entre 1932 e 1933). Depois disso veio o Hitler e sabemos que ele não curtia muito esse negócio de oposição.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Ah, só para ninguém ficar perdido, a República de Weimar é a designação histórica pela qual ficou conhecida a república estabelecida na Alemanha após a Primeira Guerra Mundial, em 1919, e que durou até o início de 1933.

Todo Mundo era Fascista para o KPD

O KPD via o fascismo, primordialmente, como o “estágio final do Capitalismo”, não como um movimento ou grupo específico. Portanto, o KPD aplicava o termo a todos os outros partidos, que não pensavam como ele. Sim, todo mundo que não concordava com o KPD era fascista ¯ \ _ (ツ) _ / ¯ .

Assim sendo, o KPD atirava para todo lado e comumente atacava o Partido Social Democrata da Alemanha (SPD), de centro-esquerda, a quem eles se referiam como fascistas sociais e consideravam o “principal pilar da ditadura do Capital”. Tava na cara que isso não ia dar certo!

Para vocês terem uma ideia, eis a irônica descrição que o KPD dava ao “Antifaschistische Aktion” :

Uma frente vermelha unida sob a liderança do único partido antifascista, o KPD“.

Congresso do Antifaschistische Aktion organizado pelo Partido Comunista da Alemanha em 1932.

Até hoje, no entanto, não se sabe quantas pessoas faziam parte do movimento, visto que não havia carteirinha de filiação ou algo do tipo.

A Inspiração Pós-Guerra

Na era pós-guerra, o movimento “Antifaschistische Aktion” inspirou inúmeros movimentos, grupos e indivíduos diferentes na Alemanha e em outros países, que amplamente adotaram variantes de sua estética e algumas de suas táticas. Contudo, segundo a cientista política alemã Antonia Grunenberg, os grupos modernos autointitulados “Antifa” não teriam uma conexão organizacional direta com o “Antifaschistische Aktion” original.

Para vocês terem uma ideia da extensão da divisão atual, os grupos antifa não conseguem nem mesmo concordar com a formato do símbolo utilizado por eles. Alguns, por exemplo, preferem deixar a bandeira maior na cor preta, com uma bandeira vermelha menor abaixo, dentro de um círculo com a borda preta. Definitivamente, o consenso não é o ponto mais forte do movimento.

Um Detalhe Peculiar que Pode Passar Despercebido!

Sabe aquele símbolo utilizado pelo “Antifaschistische Aktion“? Então, o símbolo original do movimento criado pelo KPD eram duas bandeiras vermelhas (socialistas), soprando para a direita, com os mastros inclinados para a esquerda. A maioria agora mostra as bandeiras soprando para a esquerda. E, provavelmente, a versão mais comum agora possui a bandeira inferior na cor preta, não vermelha, como uma espécie de aceno para o elemento anarquista do movimento, e também para o lado socialista.

Uma vez que estamos diante de fotos em preto e branco esse detalhe pode passar despercebido!

O símbolo original do movimento criado pelo KPD eram duas bandeiras vermelhas (socialistas), soprando para a direita, com os mastros inclinados para a esquerda.

Com a Palavra, a Bundesverfassungsschutz

Segundo um artigo recentemente publicado no site da “Deutsche Welle”, a agência de inteligência interna da Alemanha, a Bundesverfassungsschutz, descreve o movimento antifa como o “principal campo de agitação” para grupos esquerdistas autônomos.

A agência também observa que alguns adeptos também apoiam “ações militantes voltadas, principalmente, para oponentes políticos, especialmente ‘nazistas’ reais ou supostos. Isso geralmente pode resultar em danos consideráveis à propriedade, mas também, às vezes, a indivíduos “.

Conclusão

A foto é verdadeira, ou seja, não estamos diante de uma montagem! Ela foi tirada pelo fotógrafo alemão Carl Weinrother, em 1932! De qualquer forma, recomendamos fortemente a leitura deste artigo para que vocês possam ter ao menos uma ideia de como o movimento chamado Antifaschistische Aktion nasceu e para qual finalidade ele foi criado!

Continue lendo

Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

38 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo