Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Banhistas mataram um bebê golfinho para tirar selfies?

Animais

Banhistas mataram um bebê golfinho para tirar selfies?

Notícias afirmam que um grupo de banhistas retirou um filhote de golfinho do mar apenas para tirar selfies e acabou deixando o bicho morrer! Será?

O fato teria ocorrido na primeira quinzena de fevereiro de 2016. De acordo com informações espalhadas na web, banhistas de uma praia de Santa Teresita – em Buenos Aires – teriam encontrado um filhote de golfinho próximo à praia e correram para capturá-lo.

Após uma série de fotos, o pessoal teria deixado o bebê golfinho na praia, já morto!

O assunto tomou conta das redes sociais no dia 18 de fevereiro de 2016, quando muita gente ficou revoltada com a atitude dessas pessoas que, supostamente, teriam tirado um filhote de um animal raro de seu habitat natural para deixa-lo morrer fora água!

Será que essa notícia é real? Será mesmo que esses argentinos teriam feito essa maldade com o pobre animal?

Argentinos teriam matado um golfinho apenas para tirar selfies com ele! Será Verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Argentinos teriam matado um golfinho apenas para tirar selfies com ele! Será Verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

A ONG Vida Silvestre soltou uma nota lamentando o incidente e disse que pelo menos um dos dois golfinhos havia sido morto na praia naquele dia e disse que é lastimável o triste fato tenha ocorrido com um animal raro como aquele. No entanto, a ONG Mundo Marinho – que atendeu ao chamado dessa ocorrência – disse em um comunicado que não sabe se o animal (o golfinho, no caso) já estava morto quando foi tirado da água pelos banhistas ou se ele morreu de desidratação, após a sessão de selfies, e que centenas de animais morrem todos os anos nas praias argentinas!

Na ocasião, dois golfinhos apareceram nessa praia e um deles escapou com vida!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Origens

O jornal Clarín aponta o site de língua espanhola Infozona como o criador do boato. No dia 16 de fevereiro de 2016, o Infozona publicou uma matéria afirmando que os banhistas haviam tirado o golfinho vivo do mar apenas para tirar fotos e acabaram deixando ele morrer. Mesmo não apresentando nenhuma prova (além de algumas fotos), o artigo desse site acabou se espalhando rapidamente!

A verdade (ou parte dela) veio à tona

Dias depois de várias fotos do ocorrido terem se espalhado pela web, um turista chamado Hernán Coria deu entrevistas a vários veículos explicando que o filhote já estava morto ao ser resgatado pelos presentes na praia. No vídeo feito por ele podemos ver que o golfinho parece já estar desfalecido quando foi pego por um homem (perceba que no vídeo podemos ouvir algumas pessoas falando que o mamífero já estava morto e que o bicho não se debate e tampouco tenta fugir dos humanos):

https://www.youtube.com/watch?v=RlQFaVVYyG4

 

Hérnan também explicou ao jornal Telefe que estava muito quente na ocasião e que havia muitos outros animais mortos na costa argentina. O fato teria ocorrido no dia 10 de fevereiro e os banhistas estavam correndo, segundo ele, com o filhote no colo para tentar salva-lo!

Conclusão

Não está bem claro sobre o que realmente ocorreu com esses pobres animais (estamos falando dos golfinhos), mas é certo que os banhistas (pelo menos, os que aparecem no vídeo) estão claramente tentando salvar o bicho, que aparenta não estar saudável quando foi pego na água!

*Com a colaboração dos membros do nosso grupo no Facebook!

Continue lendo
40 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo