9.2 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 19, 2022

Criança de 5 anos lembra que morreu num incêndio na vida passada!

- Publicidade -

Luke Ruehlman é um norte-americano que, aos 5 anos de idade, afirmou ter sido uma mulher negra na sua vida passada e que teria morrido em um incêndio! Será verdade?

A notícia surgiu na web na primeira semana de fevereiro de 2015, apesar do assunto ter sido tema de um programa de TV nos Estados Unidos em agosto de 2013. De acordo com a manchete, o pequeno Luke, que vive com a família em Ohio (EUA), teria afirmado que lembrou de sua vida passada, quando se chamava Pam. O garoto teria dito que era uma mulher negra na sua encarnação anterior e que teria morrido aos 30 anos em um terrível incêndio!

A mãe do menino que, a princípio, se mantinha cética, acabou acreditando nas histórias narradas por Luke, depois de pesquisar na internet e descobrir que anos antes uma mulher chamada Pamela Robinson havia mesmo morrido em um incêndio ocorrido em hotel!

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Luke, aos 5 anos de idade, teria afirmado que foi uma mulher negra em outra encarnação! Será? (foto: Reprodução/Facebook)
Luke, aos 5 anos de idade, teria afirmado que foi uma mulher negra em outra encarnação! Será? (foto: Reprodução/Facebook) 

 

Verdade ou farsa?

O menino Luke Ruehlman existe mesmo e vive na cidade de Cincinnati, em Ohio. A mãe do garoto, Erika, levou o seu rebento para diversos programas de TV e de rádio para contar a história dele para o mundo. O garoto pouco fala, mas confirma com acenos de cabeça a tudo o que a mamãe diz.

O sucesso do garoto que teria se lembrado da sua vida passada veio depois da sua aparição no programa de TV The Ghost Inside my Child, um seriado que trata de assuntos paranormais e de reencarnação sem que haja nenhuma investigação sobre a veracidade das histórias exibidas.

A história de Luke foi exibida em 2013 nos Estados Unidos, mas foi desenterrada em 2015 como se fosse algo recente! (foto: Divulgação)
A história de Luke foi exibida em 2013 no “reality” The Ghost inside my child, mas foi desenterrada em 2015 como se fosse algo recente! (foto: Divulgação)

Vários episódios exibidos nesse programa – que é feito por uma produtora que possui o sugestivo nome de Joke Productions (se traduzíssemos nomes próprios, seria algo como “Piada Produções”, em inglês) – já foram questionados por muita gente por causa da falta de provas que validem os casos mostrados.

- Publicidade -

Nos créditos finais do programa há um aviso dizendo que nenhum especialista foi contratado para avaliar os relatos narrados ao longo do The Ghost Inside my Child.

Além disso, as histórias exploradas no “reality” sempre mostram casos de pessoas que tiveram mortes “espetaculares” e/ou que tinha, algum cargo importante na vida passada, como nesses exemplos:

  • James era um piloto de caça que morreu em batalha
  • Cade foi uma das vítimas dos atentados às Torres Gêmeas de 11 de setembro
  • Carson foi vítima no atentado de Oklahoma City.
  • Luke foi uma mulher negra que teve uma morte horrível em um incêndio
  • Andrew foi um fuzileiro naval que morreu no Líbano em uma explosão
  • Jamey morria de medo de água até descobrir que havia morrido no Titanic

(Fonte: IMDB)

Parece que ninguém se lembra de vidas passadas quando se era um simples agricultor que morreu aos 80 anos, em uma cama, ou quando se era um faxineiro que morreu “de velhice”, aos 90 anos…

História desenterrada é de 2013

No episódio de Luke Ruehlman – que foi ao ar em agosto de 2013, no terceiro episódio da primeira temporada – , os produtores usaram “como prova” apenas um teste que consistiu em colocar diversas fotos de várias mulheres negras em uma mesa. O garoto entra na sala e, no meio desse monte de fotografias, reconhece justamente o retrato de Pamela Robinson!

  • Será que isso foi apenas uma coincidência? É possível!
  • Será que o garoto foi induzido pela mãe (ou por algum parente) para escolher a foto daquela moça? É bem possível!
  • O garoto pode ter visto a fotografia de Pamela na internet? É muito mais que provável!

É muito fácil encontrar fotos da moça devido ao terrível incêndio em um hotel que matou ela e mais 18 pessoas. Pamela Robinson morreu ao se jogar de uma das janelas do prédio e sua morte foi bastante noticiada na época!

Pamela Robinson tinha 30 anos quando se jogou de uma janela para tentar fugir de um incêndio! (foto: Reprodução/YouTube)
Pamela Robinson tinha 30 anos quando morreu ao se jogar de uma janela fugindo de um incêndio! (foto: Reprodução/YouTube)

Erika disse à CBS que não está recebendo nenhum tostão por essa história (é claro que está ganhando dinheiro, além da fama) e que começou a acreditar no que seu filho dizia depois de ler um dos livros de Ian Stervenson (um dos mais respeitados pesquisadores na área de experiências espirituais). Será que o tal livro não teria “inspirado” a mãe a incentivar o garoto a “ter” essas ideias de reencarnação?

Forjar esse tipo de história (ou fazer com que a criança acredite que era um rei na outra encarnação) é muito simples de fazer e apenas um teste como esse feito pelo programa de TV não prova nada. Isso só serve mesmo para gerar audiência e, é claro, dinheiro.

Não podemos afirmar que os pais de Luke estejam tentando lucrar em cima do filho, como fizeram os pais de Alex Malarkey, que o fizeram escrever um livro junto contando sua experiência de ter ido aos céus enquanto estava em coma (chegando a se sentar ao lado de Jesus). Em janeiro de 2015 (quatro anos depois de ter vendido centenas de milhares de exemplares), o garoto foi à publico explicar que toda a sua história narrada no best-seller “The Boy Who Came Back From Heaven” era mentira e que tudo foi inventado por ele, em parceria com seu pai!

Conclusão

Erika Ruehlman é a mãe de um garoto que, de acordo com ela, teria afirmado que foi uma mulher na sua vida passada e que teria morrido em um incêndio. A única “prova” da veracidade da história do garoto foi um teste –  feito em um programa de TV “especializado” em histórias não confirmadas de reencarnações – onde foram colocadas várias fotos de diversas mulheres e o pequeno Luke escolheu justamente a fotografia de Pamela Robinson, uma mulher que havia morrido em um incêndio em 1993. E você, acredita nessa história de reencarnação? Deixe nos comentários!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

69 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Gilmar!
    O fato é que, como cristã, devo comentar que a reencarnação anula o sacrifício de Jesus na cruz.
    Se houvesse reencarnação para a pessoa buscar por si própria a salvação, não faria nenhum sentido Jesus passar por tudo que passou, morrendo na cruz sem nunca ter cometido pecado para nos dar gratuitamente a vida eterna.

    • Cristã e não acreditar em reencarnação é que não tem sentido. Você acredita em Deus mesmo? Então Ele é injusto, pois porque uns são ricos e outros passam fome? Porque uns nascem com deficiências e outros com o corpo digno de prêmios?
      A vinda de Jesus foi para passar ensinamentos, onde sua “morte”, serve como exemplo para nós, exemplo se humildade e para vermos como somos ignorantes. A reencarnação permite melhorarmos. Para você ver como Deus é bom, sempre nos dá oportunidades.

      Obd: se alguém não acredita em Deus, apenas ignore esse comentário, meu amigo. Não esses you aqui para discutir se Deus existe. Obrigado.

    • caramba hein Lucila vc esta muito alienada em seus fundamentos absorvidos pela visão ainda limitada,qndo Jesus disse ao um certo senhor que para ele chegar ao “reino dos ceus” precisaria morrer e nascer muitas e muitas vezes,então se isso não é reencarnação,ressureição que jamais será,vcs religiosos vão demorar para entender que precisamos desenvolver não só nossa espiritualidade mas tmbm nosso intelecto,então comece a usar o seu querida,e pense mais antes de falar uma coisa assim!

      • Desculpe Nelson mas o alienado aqui nesse assunto é vc!!

        1º Jesus nunca falou isso!!!!

        2º a parte que ele falou em renascer através da água(Batismo)e através do espirito santo(Aceitação de jesus Cristo a assim o espirito santo estará em nós e seremos uma nova criatura) mais posteriormente nesse mesmo capitulo ele explica tudo isso!! então leia o capitulo inteiro para não falar mais coisas que não são verdades!!

        Leia todo o contexto e não apenas trechos isolados da bíblia!!

    • Ele executou ritual do Deus Sacrificado pra limpar o karma da Humanidade.

      Sem isso, as pessoas seriam incapazes de serem “salvas”, pq tinham karma pesado em imensa quantidade pra ser pago.

      Com o Sacrifício, todo o karma foi limpo e perdoado, e bastava se arrepender e aceitar a salvação q seria salvo imediatamente.

      Os q naum aproveitaram a oportunidade, agora estão com karma novo pesando outra vez…

    • Lucila, não é bem assim. Jesus não morreu na cruz para nos salvar, ele foi assassinado. Ele vivo seria mais útil para a humanidade, não acha?
      A morte dele não tem fundamento nenhum para nossa salvação. Isso é uma questão muito ampla pra escrever aqui, mas a morte de Jesus não tem nada a ver com nossa salvação. Repito, ele foi assassinado.
      Ele, durante a vida, falou diversos ensinamentos que nos é útil para a vida, e se ficasse vivo mais tempo falaria mais. Infelizmente, suas falas foram distorcidas, ocultadas durante 2 milênios. Muitos de seus ensinamentos foram jogados fora, simplesmente porque não tinha interesse da igreja. Muita coisa é para usar como domínio, para impor medo. É através desse medo que inibe muitos de pensarem, muitos de viverem.
      Como exemplo disso, é a morte de Jesus sendo vista como a salvação da humanidade, não foi! A humanidade continua “perdida” desde o início da civilização.

    • Jesus foi crucificado pq os homens são maus! O assassinaram porque ele estava levando esclarecimento ao povo, essa história de que ele morreu pra lavar nossos pecados é uma baboseira e serve de justificativa para muitas pessoas fazerem coisas erradas e depois se “converterem”. Jesus era um missionário, veio mostrar o bem àquele povo bárbaro e cruel e foi morto por causa dessa crueldade deles, assim como outros missionários estiveram na terra também para praticar o bem, cito madre Teresa e Mahatma Gandhi.

  2. Estou impressionado com a quantidade de energúmenos comentando. Um diz que “Ser inteligente é saber que não é o dono da verdade, já começa por aí!”

    Disse o cara que quer impor que reencarnação existe. Provas? Nenhuma. Evidências? “fulaninho disse pelo zapzap”

    Como tem gente burra, estúpida e iletrada nessa Terra.

    E aprendam: Ceticismo não é descrer das coisas simplesmente. É esperar que P-R-O-V-E-M o que estão falando. Sem provas, é mentira. Deal with it.

    Não é à toa que o país está atrasado: cambada de gente que é capaz de acreditar em pratos de pipoca com poderes mágicos arriados num gramadinho. O melhor uso para o gramadinho seria se comessem.

    • Conforme foi apurado no texto, a única “prova” da veracidade da história do menino foi o teste feito com várias fotos de diversas mulheres e o pobre garoto escolheu justamente o da Pamela Robinson. Convenhamos, isso não prova nada, né?
      Além disso, essa história é de 2013 e de lá pra cá não houve nenhum novo desdobramento no caso do menino reencarnado, como se não tivesse ocorrido mais nenhuma coisa “sobrenatural” com o pequeno garoto (explorado pela mãe)!
      Caso essa história tivesse algum fundo de veracidade, com certeza estaria sob o olhar da ciência até hoje. Mas parece que foram apenas 15 minutos de fama mesmo…

    • André,em primeiro lugar, eu deixei bem claro que não sou espírita, e não tenho religião. Aponte onde eu tentei impor alguma coisa relacionada a qualquer religião!!
      Apenas disse que o site não comprovou nada, apenas questionou. Você precisa aprender a interpretar texto, volte para a escola.
      Engraçado foi você dizer “não é à toa que o país está atrasado” e o caso nem ocorreu aqui, leia novamente, tente prestar mais atenção ao ler, sua leitura dinâmica tá péssima.
      Mais uma vez, não tenho religião e nem disse que acredito, e mesmo que acreditasse isso não mudaria nada na bagunça que está esse país, seu jumento! Se o país está assim, é porque temos gente ignorante como você, e não é só o Brasil, é o mundo todo, já tivemos mais mortes por causa de religião do que por qualquer outro motivo!

    • E vc é super inteligente hein! Há pessoas tão cegas que a verdade pode aparecer em sua frente e ele ainda vai dizer que é mentira, que é coisa da imaginação. Vc é o tipo de pessoa que um espírito pode aparecer na sua frente, materializado, e vc não vai acreditar, vai encontrar mil e uma justificativas para dizer que aquilo não aconteceu e não existe. Vc não é só cético, vc é orgulhoso, materialista e desprovido de um mínimo de humildade. Pense o quanto a vida é frágil, o quanto uma situação que hoje é confortável, pode mudar repentinamente. Comece a pensar além dessa vidinha minúscula e sem sentido e se questionar se realmente a vida é só isso mesmo. Do nada se cria alguma coisa? Analise a sua personalidade e tente ver características suas que diferem das dos seus familiares e que pra vc não foram adquiridas com o tempo ou convivência. Questione! Pense! Pare de Achar que a verdade vai cair no seu colo. Vc não é especial, nem melhor do que ninguém pra achar que merece uma prova de que a vida é muito mais que isso! A lei divina não comporta privilégios.

  3. O dia em que for psicografado, por exemplo, os seis números da mega sena de fim de ano, aí haverá uma prova. Ou a cura do câncer. Ou da AIDS. Ou da esclerose múltipla amiotrófica. Ou etc. O ceticismo é bom, pois ao dizer que sabemos tudo ou que a resposta está no livrinho do bolso do colete, negamos toda nossa evolução. Estamos aqui como espécie há 200 mil anos ou 40 mil gerações. Se adotássemos a opção de não duvidar, aí estaríamos morando em cavernas e vestindo peles. Ficamos na escuridão e adorando estrelas uns 195 mil anos. Após este tempo alguns começaram a se questionar e há uns 400 anos o pensamento científico foi elaborado para podermos sistematizar e replicar o conhecimento adquirido. Não foram os ets… Só que psicografias, ets, deuses etc. ficam na categoria: “Existem e pronto. Prove que não existe…” Mas a vida segue e um dia nos libertaremos destas amarras e avançaremos mais ainda, melhorando como espécie.

    • Quem disse para você que o ser humano ficou adorando estrelas nas cavernas por 195 mil anos? O que, cientificamente, comprova essa sua afirmação? O que, hipoteticamente, impede de terem se desenvolvido civilizações e mais civilizações nesse tempo todo, e terem passado pelos seus períodos de crescimento, ascensão e queda, como TUDO no Universo?
      O fato é que o ser humano não sabe nada sobre seu passado. Não sabe nada sobre seu futuro.
      Não é quase nada comparado ao universo
      E quer ser arrogante pedindo “Provas” para “acreditar”. Números da Mega-Sena, sim, Deus está muito interessado e ocupado neste momento em provar a sua existência através dos números da Mega Sena. Mentes curtas, pensamentos rasos.

  4. Adoro o e- farsas, mas realmente este assunto ficou no “vácuo”. Não disseram que era farsa e nem disseram que era verdade. Qual o objetivo da matéria então? o E- farsas não é justamente para nos mostrar com provas se o fato é verídico ou não? Não compreendi a intenção desta vez. E um monte de pessoas discutindo o fato cada um com as suas verdades. Se alguém tiver provas de que é mentira ou que é verdade, contribuam para o site poder afirmar ou não esta estória. De restante, somente o que vi foi especulação. Se a mãe do garoto ta querendo IBOPE, essa matéria saindo totalmente do objetivo do site também.

    • Seria muito leviano de nossa parte afirmar que isso seja mentira sem ter nenhuma prova (ao contrário de um monte de gente acreditar que isso seja verdade sem que haja nenhuma prova disso). Como deixamos claro no artigo, acreditamos, sim que a mãe do garoto está tentando se promover a custa da história do garoto e que foi feito apenas um teste com o menino e isso não ser de prova.
      Além disso, outros casos apresentados no mesmo programa se mostraram falsos posteriormente.

          • “Quem afirma é que tem que provar”

            Certo, e quem afirmou que é uma farsa???

            Simples e básico isso, não??

          • Isso que você escreveu não faz o menor sentido!
            Imagine que eu diga que tenho uma bola quadrada e você duvide disso. Basta eu mostrar a bola para as dúvidas acabarem, não é?
            Agora imagine que você fique todo bravo dizendo que não existe bola quadrada e eu, ao invés de mostrar a minha bola quadrada, exijo que você prove que não tenho essa bola na verdade.
            Viu como é difícil eu provar que algo não existe? Se quem está fazendo a afirmação não consegue provar aquilo que está dizendo, como eu posso “desprovar”?
            Essa situação absurda se chama “inversão do ônus da prova”, onde quem faz a afirmação transfere a obrigação da prova para outra pessoa.
            É muito fácil eu sair dizendo para todo mundo que eu tenho uma bola quadrada sem precisar provar que ela realmente exista. se alguém duvidar, eu simplesmente posso dizer: “Ah é? Prove que eu não tenho!”.
            Aqui no E-farsas, tento mostrar através de links de credibilidade (nunca escrevo “eu acho” nos artigos) que aquilo que estão espalhando por aí é verdadeiro ou falso. Infelizmente, não encontrei provas de que essa história seja real, mas encontrei vários estudos que sugerem o contrário.
            também é bom que fique claro (acho que já escrevi isso várias vezes) que NÃO SOU O DONO DA VERDADE e que se alguém tiver provas da veracidade dessa notícia, terei o maior prazer em publicar uma atualização no artigo admitindo o erro.

          • Esse caso não tem como provar!
            Se eu tiver um lembrança de uma vida passada eu não tenho como provar, acredita quem quiser, se você não tem como provar que eu estou mentindo você não pode afirmar isso!
            O que estou questionando desde o começo é que você não provou nada, só isso.
            E não vai conseguir provar, como o garoto não tem como provar que a “lembrança” dele é verdadeira.

          • Chegamos a um ponto em comum!
            Enquanto quem está afirmando não provar, não dá pra dizer que é verdade.
            por exemplo, pra eu te provar que me lembro da minha vida passada, eu poderia te dar detalhes de locais onde eu não visitei (nessa vida). Somente isso já seria prova para você?
            É claro que eu poderia ler a respeito desse lugar e inventar que me lembro de lá (ou meus pais sugerem isso para mim durante a minha infância). Suponha que só isso já sirva de prova… cadê as provas de que essa história do garoto seja verdade? Você viu alguma entrevista do garoto onde ele tenha dado alguma prova do que está sendo dito?
            Por enquanto, não nenhuma prova de que exista reencarnação. Se você encontrar algum estudo sério a respeito, manda pra nós porque eu não achei.

          • Eu pesquisei sim o caso, não tem nada que prove a veracidade e nem que é uma farsa.
            Bom, eu não sei se realmente existe, mas eu mesmo tive uma experiência que não tem como explicar, só que para mim e as pessoas que estavam comigo vale muito mais do que uma experiência “científica”. Mesmo assim eu não tenho como provar, só temos a lembrança desta experiência, eu acredito que tem algo que não descobrimos ainda, mas não sei o que.
            Obs.: Não somos religiosos e não fumamos nada rsrsrsrssr

  5. O Espiritismo é uma Ciência de observação e casos como estes só servem para atrapalhar a sua propagação. Por isto recomenda em suas Obras Básicas

    Evangelho Segundo o Espiritismo.
    Advento do Espírito da Verdade
    ESPÍRITO DE VERDADE
    Paris, 1860

    Espíritas; amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo. Todas as verdades se encontram no Cristianismo; os erros que nele se enraizaram são de origem humana; e eis que, de além túmulo, que acreditáveis vazios, vozes vos clamam: Irmãos! Nada perece. Jesus Cristo é o vencedor do mal; sede os vencedores da impiedade!

    O Livro dos Médiuns – Questão:
    230. A instrução, sobre este assunto, nos foi dada por um Espírito de que já reproduzimos muitas comunicações:……………………
    Na dúvida, abstém-te, diz um dos vossos antigos provérbios. Não admitais, pois, o que não for para vós de evidência inegável. Ao aparecer uma nova opinião, por menos que vos pareça duvidosa, passai-a pelo crivo da razão e da lógica. O que a razão e o bom senso reprovam, rejeitai corajosamente. Mais vale rejeitar dez verdades do que admitir uma única mentira, uma única teoria falsa(11).
    (11) Essa regra de ouro do Espiritismo, dada, como se vê, pelo Espírito Erasto, discípulo do apóstolo Paulo, espalhou-se como sendo o próprio Kardec e em forma diferente, ou seja: Mais vale rejeitar noventa e nove verdades do que aceitar uma mentira. Foi por esse motivo que a grifamos no texto. Trata-se, realmente, de uma regra que deve ser constantemente observada nos trabalhos e nos estudos espíritas. (N. do T.)

    Nosso site http://www.vademecumespirita.com.br, reúne para 2.400 assuntos diferentes uma bibliografia espírita média de 15 livros com nome do livro, autor e nº de página

      • São pessoas como você, que resgatamos em trabalhos mediunicos, tentar explicar o espititimos para você é a mesma coisa de querer explicar sobre o universo para um bebê recém nascido. Tente ao menos respeitar, pois um trabalho como do Chico Xavier é incontestável.

  6. “James era um piloto de caça que morreu em batalha”. Essa história me interessa MUITO. Ao menos na perspectiva de quem apenas leu o livro, é bastante convincente; queria muito ver uma opinião crítica sobre esse livro.

  7. Essa história pode ser ou não verdadeira, mas, isso não muda a verdade…. Há os ateus, há os agnósticos, os que não negam um Criador, mas querem ver para crer… Há os que creem num Criador e numa vida além desta, mas, creem que vivemos apenas uma vida e temos apenas UMA chance, indo para um “céu” eterno ou um “inferno” eterno… E há os que já sabem que sendo o Criador justo, todo poderoso, perfeito, Ele não poderia fazer uns nascerem com graves deficiências físicas ou neurológicas, pois seria imperfeito, injusto e não seria todo poderoso ou onipotente….. Também não poderia, sendo a vida uma só, como alguns creem, dar a uns uma vida maravilhosa, como vemos por aí, enquanto a outros daria uma vida horrenda, só de sofrimentos, como também podemos ver vários exemplos… Só na reencarnação se encontra sentido em todas essas coisas, que aparentemente fazem do Criador uma pessoa muito injusta, argumento ou exemplo muito utilizado pelos ateus…. O Criador (ou Deus, como queiram) é mais justo, piedoso, misericordioso, amoroso, dando-nos apenas uma chance, uma vida, ou nos dando quantas vidas forem necessárias ???? É só pensar, raciocinar bem, refletir… buscar um sentido em tudo que vemos neste mundo…. É claro que há provas Bíblicas da existência da reencarnação, mas é claro, também, que os que não creem vão sempre negar e encontrar mil desculpas ou argumentos ou “provas” para negar…. Vejam que o apóstolo João disse em
    Apocalipse 13: “se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a paciência e a fé dos santos.” Não está mais do que claro ????? O mal que fizermos a outro, passaremos pelo mesmo! E não há outra forma disso acontecer que não seja em outra vida, em outra encarnação. Mas quem nega, quem não aceita, vai encontrar sempre uma desculpa, um argumento, uma “prova” para negar…. E por isso a paciência e a fé! Sabendo essa verdade, não precisamos nunca pensar em vingança, em “justiça” com as próprias mãos…. Enfim, é como disse o grande Mestre: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”! Mas tudo tem seu tempo…. Aqueles que ainda não conseguem VER a verdade, é porque ainda não estão “preparados” para vê-la… Mas a esses serão dadas quantas encarnações sejam necessárias até que entendam, até que VEJAM a verdade…. E essa é justamente a prova do quanto o Criador nos ama, é misericordioso… e paciente!

    • Ateu acreditar em criador? KKKKKKKKKKKKKKKKK.
      É mais fácil acreditar em fadas, vocês só acreditam em deus por que os malditos portugueses enfiaram a goela abaixo o cristianismo para os índios que habitavam o Brasil, e aquele que não se convertessem seriam mortos e torturados. E tu acha que realmente Ateus acreditam nessa baboseira de Deus tu está bem enganado.
      A humanidade criou as religiões pelo o simples fato do medo de morrer, isso conforta a todos.

      • heheh… Cara Paola, quando vc “morrer” vai VER a verdade, vai ver que estava enganada, que perdeu tempo… Aí vai chorar, reclamar, implorar uma nova chance, uma nova oportunidade… Você está engatinhando em relação à VERDADE da vida, mas é assim mesmo, há quem esteja mais adiantado, há quem esteja ainda no ponto de não acreditar em nada que seus olhos não possam ver… Infelizmente vc ainda está nesse ponto, muito atrasada… É como uma criancinha, espiritualmente falando. Dá pena, mas, se vc não quer (ainda) mesmo crer, ninguém pode lhe forçar, não é mesmo? Mas um dia vc vai crer, um dia vai, inevitavelmente!, lembre-se disso no futuro, além desse mundo… lembre-se que eu lhe avisei, hein… Boa sorte! 🙂

  8. Amiga Lucila,

    A reencarnação não anula o sacrifício de Cristo. Se trata de um presente de Deus para a evolução do espírito! Para quem não conhece ou servem fervorosamente outras religiões, o espiritismo é uma religião complicada mesmo. Mas é sempre bom abrirmos nossas mentes e tentar perceber as coisas de uma forma não tão restrita, mas buscar o sentido amplo dos ensinamentos de Cristo e das dádivas que Deus nos concede.

    Abraços.

  9. Infelizmente, ninguém pode julgar ninguém. Sou cristã, mas não julgo nenhuma religião. Afinal… Todos precisam acreditar em alguma coisa, pra viver nessa terra, seja ela religião ou ciência. Então, cada um com a sua opinião e crença.

  10. Vim aqui buscando dados de investigação sobre o fato. Entretanto, o site não demonstrou nem apurou nada, apenas discutiu brevemente sobre como o trabalho alheio não é válido. Não apresentou novos fatos nem foi a fundo no assunto. Se a noticia do menino não é válida por não apresentar provas suficientes, esse artigo menos ainda pois se baseou totalmente na noticia e no experimento do programa.

  11. Gilmar, o que esta estranho eh que parece que vc tenta por de uma forma sua opinião, como no trecho: ”Forjar esse tipo de história (ou fazer com que a criança acredite que era um rei na outra encarnação) é muito simples de fazer e apenas um teste como esse feito pelo programa de TV não prova nada. Isso só serve mesmo para gerar audiência e, é claro, dinheiro.” isso esta claro que vc impõe a sua opinião. como todo artigo, é de praxe que o autor seja imparcial, o que não demonstra em seu artigo, por isso ficou estranho, por isso muitos estão questionando a questão de não existir provas contrarias as do menino…..pois dês do inicio de seu artigo, fica claro que em algum momento vc revelaria, mas apenas coloca o seu próprio questionamento, o que acaba sendo antiético. desculpa, não quero ser chata, mas esse é o motivo de alguns te questionarem….abraços…

    • Não se pode provar que algo não existe!
      Me explica como provar que algo não existe. Quem faz a afirmação é quem tem que provar. Isso que muitos fazem é uma falácia chamada de inversão do ônus da prova!
      Em um mundo ideal, quando uma pessoa afirma alguma coisa é ela quem tem que provar o que está dizendo.
      Vamos supor que eu diga que tenho uma bola quadrada e outra pessoa duvida que eu a tenha. Eu não posso obrigar a pessoa a provar que não tenho essa bola. Eu é que teria que mostrar a tal bola quadrada pra provar que eu a tenho.
      O mesmo vale para esse tipo de afirmação. Se eu digo que me lembro da minha vida passada e alguém duvida disso, eu não posso obrigar a pessoa a provar que a reencarnação não existe.
      Apesar disso, tento aqui no E-farsas provar que certas afirmações não são reconhecidas e não foram provadas pela ciência, mas é claro que cada um acredita no que quiser.
      Abração e obrigado pela participação.

  12. – Uma médica estudiosa do cérebro, diz que lembranças reais, e imaginação provocam os mesmos efeitos neurológicos no cérebro quando observado por ressonância, o argumento dos pseudocéticos é que isso “prova” que tudo pode ser imaginação… mesmo as lembranças reais, para o cérebro é como imaginação, a diferença entre imaginação e lembrança real, para o cérebro, é… nenhuma! Então, seguindo a lógica dos pseudocéticos, se eu tiver uma lembrança real, mas eles não querem acreditar no que digo, eles podem dizer apenas que eu “imaginei” afinal pouco interessa se é lembrança, ou imaginação, para o cérebro, tanto faz. Acredito que criminosos iriam adorar esse tipo de lógica sofistica, a policia perguntaria – “você matou tal, ou qual pessoa?” – O criminoso responderia – “Olha… eu tenho imagens de assassinatos sim no meu cérebro, mas acho que é apenas a minha imaginação! Pode ver isso ai na ressonância magnética, veja como eu tenho toda a razão!” – isso claro, é pura sofisma…

    sei que vc nao quer acreditar, mas faça o teste: morra…kkkk brinkss 😛
    credo, to brincando, ate pq como vc nos contaria depois, nao é?!
    mas deixando brincadeiras a parte, (ate pq, pra isso existem os mediuns) é interessante e importante estudar sobre isso, nao dói saber um pouco mais….ja ouviu falar sobre cienciologia? vai se surpreender em saber como ciência e espiritismo andam juntos, eh interessantíssimo!! serio!
    claro, so estou dando uma dica, pq sei q falar sobre religiao eh muito complexo e chato, nao gosto disso
    hoje se alguem me perguntar qual eh a minha religiao, eu digo, sou espirita, mas antigamente, tinha receio, pq as pessoas sempre foram, e ainda sao, preconceituosas, entao nao dizia, mas como eu fui conhecendo, (claro, essa eh a minha opiniao) vi o quanto ela eh bonita, e como fazia muito mais sentido do as outras, pensei: pq ter vergonha de algo tao completo e real pra mim….
    desculpa, sei q vc nao tem nada a ver com isso….rsrs….
    de qualquer maneira, tenho certeza q vc nao se arrependera, mesmo q seja so a titulo de curiosidade!
    boa sorte!

  13. Muito legal a tentativa (pouco sucedida) de tentar desvendar essa história. mas pra ajudar ou colocar atrasadamente um pouco mais de lenha na fogueira, que tal o e-farsas incluir ou criar uma nova pesquisa sobre James Leininger , Gus Taylor e, Edward Austrian, .. todos casos parecidos com de luke, cada um com detalhes diferentes.. Acho q seria bacana se e-farsas puder encontrar indícios de farsas. E ai, topa o desafio?? Não né? muito complexo e pode ficar mais em dúvida ainda!!

    • O ruim é tentar trabalhar em cima de relatos e de sentimentos. Fica muito difícil de se medir isso.
      Algumas pessoas acreditam tanto em certas coisas que, pra elas, aquilo acaba virando verdade em sua mente.

  14. Engraçado gente usando a bíblia para ‘refutar’ a reencarnação.

    Isso já seria errado porque não se tem como provar que a Biblia realmente conta tudo ou mesmo que conte ‘a’ verdade.

    Mas o mais engraçado ainda é que Jesus deixa muito claro que a reencarnação existe., Tanto que Jesus chama João de Elias (alguém que já havia morrido há séculos), e diz: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” – João 3.3.

    Ai vem alguém e diz: “mas ele tava se referindo ao batismo na água”. Ridiculo. Que relevância teria um simples mergulho num rio para uma salvação espiritual. Pq Jesus iria perder tempo dizendo isso?

  15. Eu acredito, mesmo porque na minha vida tem um exemplo que vou narrar em poucas palavras:
    Tenho um neto que tinha 5 anos, nascido em 1998. Um dia, sem mais nem menos ele disse para sua mãe, minha filha, o seguinte: “eu fui avô com 49 anos”
    Meu filho mais velho nasceu em 1964 ( o primeiro neto do meu sogro )
    Meu sogro nascido em 1915, falecido em 1989 ( 1964 – 1915 = 49 )
    Tudo corrobora para que este meu neto Giovanni seja a reencarnação do meu sogro.

    em tempo: Se a impressão digital puder comprovar, ainda é possível informar as impressões do meu sogro, disponham.

  16. Todos os seres humanos têm crenças e todos acreditam que estão certos! Isso deve ser a base para qualquer análise, investigação, confrontação ou questionamento. Se olharmos todos os comentários, cada um postou aquilo que acredita, simples assim! As “provas” que cada um pede ou usa são os chamados “viés confirmatório”, um aspecto psicológico humano que busca as provas que confirmam as suas próprias e anteriores crenças. Me parece que neste caso a família não está tentando “provar a existência da reencarnação”, mas relatando um fato que eles mesmos acreditam. Como seria possível provar cientificamente a existência da reencarnação? Quais provas seriam necessárias e irrecusáveis? E como provar, cientificamente, que a crucificação de Jesus garantiu a eliminação do Pecado Original da humanidade? Historicamente, como disse a Sônia acima, “A reencarnação foi retirada da Bíblia pela igreja no ano 553, durante o 2º Concílio de Constantinopla, a pedido do então imperador Justiniano.” A partir deste momento, a reencarnação foi considerada “anátema”.

  17. Dentre as religiões do mundo, o Hinduísmo, o Budismo, o Espiritismo e o Judaísmo (Kaballah) aceitam a reencarnação como parte das suas crenças. Na época de Jesus as linhas principais do Judaísmo eram os Fariseus, os Saduceus e os Essênios. Paulo de Tarso era Fariseu e por isso disse em sua defesa no Sinédrio: “E Paulo, sabendo que uma parte era de saduceus e outra de fariseus, clamou no conselho: Homens irmãos, eu sou fariseu, filho de fariseu; no tocante à esperança e ressurreição dos mortos sou julgado” Atos 23:6. Já João Batista era Essênio e por isso batizava com água, prática comum entre eles. Os Essênios aceitavam a reencarnação, assim como os judeus atuais. Por isso Jesus reconhece João Batista como o antigo Elias: “Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João. E, se quereis dar crédito, é este o Elias que havia de vir. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” Mt 11:13-15 Outra pergunta que fizeram para Jesus era sobre um cego de nascença: “E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?” Jo 9:2 Como ele “poderia pecar para nascer cego”? Os que perguntavam estavam buscando saber a qual das vertentes Jesus apoiava; mas nesta questão, ele responde: “Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.” Jo 9:3 Mostrando que o tema estava acima dos conflitos ideológicos das linhas religiosas. Na sequência do discurso de Paulo de Tarso, mostra-se a dissenção entre eles: “E, havendo dito isto, houve dissensão entre os fariseus e saduceus; e a multidão se dividiu. Porque os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito; mas os fariseus reconhecem uma e outra coisa.” Atos 23:7,8

  18. Ou seja, estas discussões já existiam na época de Jesus e continuam ainda hoje, 2000 anos depois! E estas dissensões não vão acabar, independentemente de existirem ou não “provas” científicas da reencarnação. Os bilhões que creem nela, não precisam de provas e os que não creem, não existirão provas suficientes evidentes para resolver a questão. Como disse Stuart Chase, “Para aqueles que acreditam, nenhuma prova é necessária. Para aqueles que não acreditam, nenhuma prova é possível.” E assim caminha a humanidade, cada um com sua crença, cada um tendo certeza das suas visões do mundo e discutindo ‘ad nauseam’ qualquer detalhe discordante. Para quem se interessa pelo tema, recomendo 4 livros: “Reencarnação e Judaísmo” Dovber Pinson; “Vinte casos sugestivos de reencarnação” de Ian Stevenson; “Vida Pretérita e Futura” Hemendra Nath Banerjee, “A reencarnação na Bíblia” Hermínio Miranda. Para quem não se interessa, continue em Paz e Bem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui