Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Decathlon recomendou que pessoas do grupo de risco da COVID-19 não entrassem em suas lojas?

Fotos

Decathlon recomendou que pessoas do grupo de risco da COVID-19 não entrassem em suas lojas?

Decathlon recomendou que pessoas do grupo de risco da COVID-19 não entrassem em suas lojas?

Desde o último fim de semana, a foto de um suposto cartaz da Decathlon uma das maiores redes varejistas de artigos esportivos do mundo vem causando polêmica nas redes sociais (1,2,3)!

Isso porque o cartaz contém os seguintes dizeres:

“PARA A SUA SEGURANÇA

RECOMENDAMOS QUE NÃO ENTRE SE FOR DO GRUPO DE RISCO*

*Acima de 60 anos, Fumante, Doente Crônico, Obeso, Hipertenso, Funcionário de Saúde”

Publicação contendo o suposto cartaz da Decathlon.

Em nosso grupo, no Facebook, também recebemos essa dúvida de um de nossos seguidores! Inicialmente, o autor da dúvida acreditou que pudesse ser uma espécie de “fake news” feita contra a empresa, porque ela teria retirado anúncios de determinados sites.

Entretanto, será que houve alguma manipulação digital? Será que o cartaz é falso? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Verdadeiro ou Falso?

O cartaz é verdadeiro, ou seja, não houve manipulação digital! No entanto, de acordo com algumas informações que cruzamos, esse cartaz teria sido instalado em apenas uma única unidade brasileira da Decathlon (supostamente na cidade de São José dos Campos/SP), numa atitude isolada de um colaborador, e não refletiria o posicionamento da empresa em relação as medidas de prevenção a COVID-19.

A Nota da Assessoria de Imprensa da Decathlon

Questionamos a Decathlon sobre esse assunto e recebemos uma nota da assessoria de imprensa.

Para sermos completamente transparentes, fomos pegos de surpresa com esse caso isolado. Tratou-se de uma atitude insensata de um colaborador de uma de nossas unidades. Informamos que todas as providências já foram tomadas e aproveitamos para reforçar nossa missão e valores com toda a rede. Lamentamos profundamente os danos causados a todas as pessoas que se sentiram ofendidas por essa mensagem infeliz. 

Repudiamos qualquer tipo de discriminação e reconhecemos o papel fundamental dos profissionais de saúde ontem, hoje e sempre. Inclusive, desde o início da pandemia, estamos trabalhando em parceria com especialistas da área médica através de doações de máscaras de mergulho que foram adaptadas e transformadas em respiradores artificiais.

Reiteramos que a Decathlon é uma empresa que tem como missão democratizar o esporte para o maior número de pessoas. O momento ainda requer muita cautela, mas todos são sempre bem-vindos em nossas lojas

Conclusão

O cartaz é verdadeiro, ou seja, não houve manipulação digital! No entanto, de acordo com algumas informações que cruzamos, esse cartaz teria sido instalado em apenas uma única unidade brasileira da Decathlon (supostamente na cidade de São José dos Campos/SP), numa atitude isolada de um colaborador, e não refletiria o posicionamento da empresa em relação as medidas de prevenção a COVID-19.

Continue lendo
8 Comentários

8 Comments

  1. Maria

    16 de junho de 2020 em 12:47

    Meu Zeus dos céus, heim!? 😐 Ainda bem que, mesmo sendo verdadeira, a empresa tomou uma posição/atitude RAPIDAMENTE e se um internauta questionou isso no e-Farsas e/ou outra agência de Fact-Checking é porque deu o BENEFÍCIO DA DÚVIDA, retardando um pouco a disseminação para que não ocorresse maiores estragos. De qualquer forma, as empresas precisam conscientizar seus funcionários a não tomarem atitudes isoladas sem discussão ou aviso prévio, pois isso pode custar a reputação e, consequentemente, a perda de emprego não só do envolvido como de todos os demais empregados. 😐

  2. Maria

    16 de junho de 2020 em 13:11

    Por outro lado, se fosse FALSA, é importante que as empresas também monitorem e identifiquem rápido o envolvimento do seu nomes ou marcas na Internet para tomar atitudes, caso contrário, o estrago poderia ser grande qualquer jeito. Caso você não tenha recursos ou um canal de interação, uma dica é que eu acho (não tenho certeza, já que não sou especialista) que dá para “programar” para que você receba no seu e-mail um AVISO/ALERTA quando aparecer alguma palavra chave (por exemplo, o nome da sua empresa) ou frase específica no motor de busca da Google (link abaixo). NOTA: não sei se funciona em Redes Sociais fechadas, ok? Mas eles devem ter algum mecanismo/ferramenta semelhante dentro de suas plataformas. 😉

    https://www.google.com/alerts?hl=pt-br

    https://resultadosdigitais.com.br/blog/google-alerts/

    https://support.google.com/websearch/answer/4815696?hl=pt-BR

  3. Maria

    16 de junho de 2020 em 15:16

    Hummmm… 😐 Fui lá na página da Decathlon observar a reação dos internautas e vi diversos tipos: uns compreensíveis, outros indignados, raivosos, ofendidos, que jamais voltariam a comprar (não sei se realmente são clientes e/ou Haters) etc. De qualquer forma, algum estrago à imagem e reputação da empresa foi feito, não adianta “chorar o leite derramado” e que sirva ao menos como experiência. Ouvi dizer que algumas empresas adotam o sistema de administração/gestão DESCENTRALIZADA (não sei se esse é o caso do Decathlon). Se por um lado há vantagens como flexibilidade, autonomia, agilidade, estímulo a competição etc, por outro lado, também há desvantagens como possível descontrole, falta de comunicação, atitudes isoladas etc. 😐

    https://www.facebook.com/decathlonbrasil/photos/a.211019172266474/3039687409399622/

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Descentraliza%C3%A7%C3%A3o_e_centraliza%C3%A7%C3%A3o_organizacional

    https://b2midia.com.br/gestao-centralizada-e-descentralizada/

  4. LEONARDO MARTINS

    16 de junho de 2020 em 22:57

    Mas ai parem para pensar: na situação presente, você acha que é melhor um profissional da saúde, que pertence ao grupo de risco de ser contaminado e consequentemente transmitir para outras pessoas, ir direto para casa (ou ir apenas em locais de extrema necessidade, ex: comida, farmácia, etc) ou que fique transitando por ai em diversas lojas, na qual se inclui a Decathlon? Enquanto uns veem preconceito, vejo um “FIQUE EM CASA”, pois você é vulnerável e não quero ver você morrer ou que transmita a doença para outras pessoas. Enfim, cada um com sua interpretação.

    • Maria

      17 de junho de 2020 em 7:19

      @LEONARDO MARTINS , hummmmm… 😐 Vi alguns comentários nesse sentido lá na página do Facebook deles. Alguns disseram que não houve “discriminação” nenhuma e que foi só uma “recomendação”, só que isso não é completamente verdade. Houve discriminação sim no sentido de apontar ou identificar QUEM são os que pertencem ao “Grupo de risco”. Se eles não tivessem colocado isso, acho que seria mais brando e até passaria despercebido. As pessoas precisam aprender que o brasileiro, no contexto atual, está muito sensível e intolerante, logo é preciso tomar muito CUIDADO e CAUTELA na mensagem, comunicado, propaganda etc que uma determinada empresa quer transmitir aos seus clientes. 😐

  5. ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES

    17 de junho de 2020 em 12:12

    A maioria dos que dizem “nunca mais compro lá” sequer entraram alguma vez na loja ou ao menos virma o site

    • Maria

      17 de junho de 2020 em 13:42

      @ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES , quanto a isso não dá para saber. O estrago na reputação poderia ser medido no desempenho de vendas mas, devido ao caos do Covid-19, nem essa informação seria confiável. De qualquer forma, NÃO É costume de brasileiros de forma conjunta boicotar empresas por um eventual erro. Eles compram onde há os menores preços e/ou os que oferecem melhores condições de parcelamento e pagamento. Quanto aos cliente fiéis, dificilmente eles trocam de marca ou de loja preferida. 😉

  6. Joselito

    17 de junho de 2020 em 17:01

    Deixa na mão do estagiário fazer o cartaz, olha o que dá…

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo