Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

É verdade que empresários de Cuiabá fretaram avião para se vacinarem em Cuba?

Dinheiro

É verdade que empresários de Cuiabá fretaram avião para se vacinarem em Cuba?

É verdade que empresários de Cuiabá fretaram avião para se vacinarem em Cuba?

Notícia afirma que 120 empresários vão pagar R$30 mil cada para fretar um avião que irá levá-los para serem vacinados em Cuba! Será verdade?

A notícia surgiu no dia 16 de março de 2021 e afirma que o presidente de Cuba irá autorizar a entrada de um grupo de empresários brasileiros para receber a vacina Sputnik V em seu país.

De acordo com a notícia, o presidente Raul castro receberá R$ 1 milhão de empresários de Cuiabá (MT), que fretaram um avião apenas para receber o imunizante na ilha caribenha, gastando cerca de R$ 30 mil cada um.

Será que isso é verdade ou mentira?

É verdade que empresários de Cuiabá fretaram avião para se vacinarem em Cuba? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 16 de março de 2021, um site publicou a notícia afirmando que um grupo de 120 empresários da capital de Mato Grosso iria fretar um avião para receber doses da vacina russa Sputnik V em Cuba.

Acontece que, logo de cara, a reportagem dá uma informação equivocada quando diz que o presidente de Cuba se chama Raul Castro. Na verdade, o atual presidente da ilha é Miguel Díaz-Canel desde 19 de abril de 2018, quando o então presidente Raúl Castro deixou a presidência.

Raúl Castro prossegue no poder como primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba e comandante em chefe das Forças Armadas Revolucionárias Cubanas.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Além disso, Cuba resolveu apostar no desenvolvimento e fabricação de suas próprias vacinas contra o novo coronavírus (chamadas de Soberana 1 e 2, Abdala e Mambisa). Nada de Sputnik V por lá.    

O Consulado Geral de Cuba desmente

No dia 17 de março de 2021, o Consulado Geral de Cuba em São Paulo publicou uma nota em sua página no Facebook desmentindo essa história. Segundo o Consulado, Cuba nunca faria isso que foi noticiado pois, dentre vários motivos, não dispõe da vacina Sputnik V, muito menos para comercializá-la:

Nota publicada pelo consulado no dia 17/03/2021 em sua página no Facebook

A seguir, a transcrição da nota na íntegra, traduzida pela jornalista Taís Paranhos:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

Foi publicado um artigo pelo portal  ‘O Documento’  onde se afirma que empresários de Cuiabá – MT, Brasil, iriam fretar um avião para se vacinarem em Cuba, com a vacina Sputnik V, por um custo de 30 mil Reais por pessoa.

ESTA NOTÍCIA É COMPLETAMENTE FALSA

Cuba nunca faria tal coisa com a finalidade de cobrar somas volumosas em troca de um serviço humano. Por outro lado, Cuba não dispõe, em nenhum caso, da Vacina Sputnik V, muito menos para comercializá-la. As notícias falsas têm o propósito de causar danos, o que é doloroso em uma conjuntura tão difícil, como a que vive agora a Humanidade.

Consulado Geral de Cuba – São Paulo”

O primeiro site que publicou a notícia

No dia seguinte à publicação, o primeiro site que espalhou a “denúncia” fez uma nova publicação sobre o assunto, mas dessa vez apenas para comemorar o sucesso da reportagem do dia anterior. Segundo o site, a matéria teve grande repercussão, mas a postagem não acrescentou nada à notícia.

Sites apagaram após perceber erro

Alguns sites de notícias que acreditaram nessa desinformação removeram a publicação após apuração cautelosa. Um exemplo é o site do jornal O Tempo, que apagou a reportagem após perceber que caiu num boato digital.

Conclusão

Não encontramos provas de que Cuba estaria vendendo lotes de vacinas vindas da Rússia para empresários de Cuiabá! A informação também foi desmentida pelo Consulado Geral de Cuba em São Paulo!

Continue lendo
10 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo