17.8 C
São Paulo
quarta-feira, outubro 27, 2021

Fake em Nóis: A verdade sobre o Triângulo das Bermudas

- Advertisement -spot_imgspot_img
- Advertisement -spot_imgspot_img

No episódio de hoje do Fake em Nóis, Gilmar Lopes e Pirulla explicam tudo sobre o Triângulo das Bermudas! O que é verdade e o que é fake nesse local?

O Triângulo das Bermudas é uma área de cerca de 1 milhão de quilômetros quadrados que fica entre a Flórida, Porto Rico e as ilhas de Bermudas (que tem apenas 53 km quadrados). É nesse triângulo onde, segundo a crença popular, muitos navios, aviões e pessoas desapareceram misteriosamente, sem nenhum vestígio deles. 

Qual é a explicação para esse fenômeno?

A duplinha de pesquisadores mais lindos das internets explicam o que é verdade e o que é fake nas histórias que circulam há décadas sobre o Triângulo das Bermudas e você assiste na íntegra, clicando no player abaixo:

 

Muito obrigado pela audiência! O Fake em Nóis vai ao ar toda terça-feira, às 10 da manhã, e você pode assinar o canal clicando aqui!

Essa foi uma sugestão do Rodrigo Teixeira Lima. Você também pode sugerir temas para o Fake em Nóis nos comentários dos vídeos!

Links pesquisados

- Advertisement -spot_imgspot_img
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!
Latest news
- Advertisement -spot_img
Related news
- Advertisement -spot_img

3 COMENTÁRIOS

  1. Minha sugestão: sabe aquela briguinha dos pró e dos contra o Aquecimento Global? Então! Agora, com o CoronaVírus detonando os meios de produção nas indústrias e no transportes, a poluição e o consumo de produtos tidos como nocivos à atmosfera que gera o efeito estufa, como andam as coisa? A temperatura continua subindo, ou o efeito estufa está menor com menos poluição graças a essa praga virótica da ocasião, no caso, o vírus da Covid-19. “Vamo lá bora pesquisar”?

  2. Sugetão> Máquina do tempo e se colocarem no lugar de quem realmente passou por lá e “se foi” naquele tempos. A história desse fatídico lugar não se resume só a tão pouquíssimos casos descritos aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui