19.9 C
São Paulo
sexta-feira, janeiro 21, 2022

Fotógrafo tira foto do Monstro do Lago Ness! Será verdade?

- Publicidade -

Será que a foto de um grande monstro tirada por um escocês no Lago Ness é verdadeira ou falsa? Estamos diante de uma prova de que o Monstro Nessie existe mesmo?

No dia 16 de setembro de 2016, o registro fotográfico feito por um fotógrafo amador da Escócia deixou bastante gente intrigada. Ian Bremner capturou o que parece ser a mais nítida imagem do mítico “Monstro do lago Ness”!

De acordo com a notícia amplamente espalhada através das redes sociais, o homem estava passando próximo do lago quando viu o enorme animal se movimentando na água! Ele tirou as fotos e só quando chegou em casa é que percebeu que podia se tratar do famoso Nessie!

Será que essa história é verdadeira ou falsa? O Monstro do Lago Ness existe mesmo?

monstro_lago_ness1

Verdade ou farsa?

O Monstro do Lago Ness (Nessie) é uma criatura mítica que faz parte do folclore escocês e, apesar de nunca ter sido visto a olho nu, ainda é uma das mais fortes atrações turísticas da Escócia. Todas as fotos tiradas desse animal (que seria um tipo de serpente gigante) se provaram falsas e/ou enganos e a cada ano mais e mais gente aparece com fotografias desse suposto réptil marinho pré-histórico.

A bola da vez apareceu no final da primeira quinzena de setembro de 2016, quando o fotógrafo amador Ian Bremner ficou famoso ao entregar sua preciosa fotografia ao tabloide de língua inglesa The Sun, que adora publicar assuntos sem nenhuma verificação prévia.

Em entrevista ao jornal, Bremner afirma que era cético em relação ao Mostro Nessie até ver essa foto – um depoimento clássico de pessoas que querem dar mais credibilidade ao assunto que deseja espalhar.

Além disso, é impossível acreditar que o fotógrafo não tenha visto o animal no momento do clique (ele disse que só percebeu que se tratava da Nessie quando viu as fotografias em casa), visto que o “monstro” está completamente em foco na foto!

Um zoom na cabeça do “monstro” e podemos ver claramente que se trata de uma foca:

- Publicidade -

Olha aí a cabeça do bicho!
Olha aí a cabeça do bicho!

Compare com essa foto de uma foca:

grey-seal

O local onde Ian Bremner disse ter tirado as fotos (convenientemente, ele afirma “não se lembrar o local exato”) é conhecido por abrigar focas. O pesquisador Dick Raynor documentou a presença desses animais na área, em 1999:

foca2
Foto: Reprodução!

Anos antes, em 1984, pesquisadores já haviam fotografado esses bichinhos nadando no lago Ness:

foto: Reprdução
foto: Reprdução

Dentre vários registros, podemos citar também esse, de maio de 2015, quando o dr. Jonathan Wills fotografou uma lontra no mesmo local. Compare a foto de Wills com a de Brenmer:

Reprodução
Reprodução

Conclusão

Não temos como afirmar 100% que se trata de uma foca ou lontra (ou 3 animais nadando em fila – note os respingos no meio do “corpo” do “monstro’), mas está evidente que não se trata do folclórico Monstro do Lago Ness, infelizmente!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

11 COMENTÁRIOS

  1. Quando eu vi essa foto, na hora percebi que se tratava de uma foca. E ainda acho mais, que é a mesma foca, porem em fotos diferentes e montadas (photoshop) em seguida. hehehehe

  2. Que é uma foca é. Mas o grande mistério é o que uma foca tava fazendo no Lago Ness. Até aonde eu sei na minha humilde ignorância, foca é um animal oceânico…

    O Lago Nessa é um lago de água doce.

    Não parece ser uma lontra. A lontra tem uma cabeça menor, mais fina, lembra mais um rato enquanto as ficas lembram um cachorro.

    A não ser que exista uma espécie de lá mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui