Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Livros infantis à venda na Bienal incentivam práticas sexuais! Será verdade?

Conspirações

Livros infantis à venda na Bienal incentivam práticas sexuais! Será verdade?

Livros infantis à venda na Bienal incentivam práticas sexuais! Será verdade?

Os livros infantis “As Gêmeas Marotas” e “Vingadores: A Cruzada das Crianças” estariam à venda Na Bienal e ensinam práticas homossexuais! Será verdade?

O alerta surgiu em grupos do WhatsApp na primeira semana de setembro de 2019 e chama a atenção das mães para o comércio indiscriminado de livros aparentemente feitos para as crianças, cujo o conteúdo estaria ensinando práticas sexuais. 

No texto, acompanhado de várias fotos de páginas dos livros “As Gêmeas Marotas” e “Vingadores: A Cruzada das Crianças”, é explicado que os exemplares vem lacrados e que seu conteúdo é extremamente pornográfico!

Será que isso é verdade ou mentira?

Texto de uma das versões compartilhadas através do WhatsApp: “Mamães , Pedro foi a bienal esse final de semana, e comprou um livro de super heróis que vou mostrar nas fotos, um livro lacrado, com um tema bem propício a ele, super heróis crianças… prestem muita atenção nos livros que seus filhos adquirirem, pois se não tivéssemos folheado o livro ele teria tido acessos coisas horríveis…Bienal do Livro, evento e reconhecidíssimo da Educação e motivação a leitura, e que não gosta dos Vingadores? Compra “A Cruzada das Crianças” vem em em embalagem lacrada e olha o que encontra dentro quando chegam em casa…     divulguem e alertem com sobriedade..

Verdade ou mentira?

As fotos são reais e os livros existem, de fato! Mas não há motivo para preocupações e já vamos explicar as razões.

Gémeas Marotas

O livro “As Gêmeas Marotas” não é brasileiro e tampouco infantil. Foi lançado na década de 1970 em Portugal, relançado em 2012, e é assinado pelo pseudônimo Brick Duna. Conforme apuramos, a obra é uma paródia feita para adultos sobre a obra de um autor holandês chamado Dick Bruna, o criador do personagem infantil Miffy e que tem mais de 85 milhões livros vendidos no mundo todo em seu currículo (Dick, o verdadeiro, faleceu em 2017, com 89 anos de idade).

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Sobre o livro com a versão adulta, procuramos em livrarias brasileiras e não encontramos para comprar. Aliás, nem em Portugal tem esse livro à venda (talvez em algum sebo português seja possível de se adquirir).

Vingadores: A Cruzada para Crianças

Quanto ao livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças”, trata-se de uma das nove edições do especial dos Vingadores, da Marvel Comics. Protagonizada pelos Jovens Vingadores, a saga foi publicada em 2010 pela Marvel e relançada em 2016 aqui no Brasil pela editora Salvat. 

Capa da Graphic Novel Vingadores: A Cruzada das Crianças, de 2010. A obra não é destinada ao público infantil! (foto: Reprodução/WhatsApp).

Diferente do que a corrente espalhou no WhatsApp, o livro não é direcionado para público infantil! Na época do lançamento, o relacionamento afetivo entre os personagens Wiccano e Hulking gerou um debate sobre relacionamentos homoafetivos em histórias em quadrinhos e o romance, abordado de forma direta e objetiva na HQ, fez com que a Marvel ganhasse vários prêmios importantes nos Estados Unidos.

Conclusão

Dos livros mostrados na corrente que circula através do WhatsApp, o “Gémeas Marotas” não está à venda na Bienal do Livro – por se tratar de um livro antigo e lançado em Portugal – e o outro é de uma saga lançada em 2010 nos Estados Unidos e, mesmo que esteja à venda na Bienal do Livro, não é direcionado para o público infantil. Aliás, nenhum dos dois livros são para crianças!

Atualização: 10/09/2019

Até o momento da publicação do artigo, a informação que tínhamos era que nenhum dos dois livros estavam à venda na Bienal. Posteriormente, a Bienal divulgou que o livro Vingadores: A Cruzada das Crianças estava, sim, à venda, porém a obra se esgotou em poucas horas. A direção da Bienal também explicou que os livros estavam lacrados, mas que não continham nenhum aviso de advertência por não se tratar de algo pornográfico.

Continue lendo
126 Comentários

126 Comments

  1. Maria

    5 de setembro de 2019 em 22:46

    Esses malditos usuários IGNORANTES e IRRESPONSÁVEIS do Whatsapp prejudicam a imagem e a reputação da Bienal do Livro, consequentemente, prejudicam as vendas, arruínam os autores etc. Deveria existir PUNIÇÃO do Facebook para quem cria/compartilha Fake News tanto na plataforma social como no Whatsapp tipo, por exemplo, se o sujeito compartilhar determinado número de Fake News, teria a conta BLOQUEADA ou SUSPENSA. Vamos ver se o Facebook toma alguma providência efetiva com o tempo. 😐

    • Marcos

      6 de setembro de 2019 em 14:23

      O bom senso passou longe, né? Lançar um título como “Vingadores: A Cruzada das CRIANÇAS” e dizer que não pretendia alcançar o público jovem é muita demagogia. Pode esbravejar, chingar, dar chilique e ofender, mas o fato é que isso não é uma fake news. Se o autor teve algum prejuízo, foi muito merecido pela sua extrema má fé!

      • Rita Felizardo

        7 de setembro de 2019 em 17:04

        Exatamente o que pensei. Acham que somos idiotas.

        • THIAGO ANTONIO BARBOZA DE MELLO

          9 de setembro de 2019 em 13:06

          DEVEM TER CERTEZA QUE TU É IDIOTA

          • Plinio

            12 de setembro de 2019 em 1:38

            Todo esquerdopata quando é contestado fica assim, irritadinho.

      • Ester

        7 de setembro de 2019 em 18:33

        Você sequer sabe a que se refere cruzada das crianças?? ou acha que isso é título infantil mesmo??? se for a segunda opção sinto muito por você

        • Joan

          21 de outubro de 2019 em 11:30

          As crianças acham. Uma tradução sugerida que poderia esclarecer a real estória, seria: a saga (ou poderiam manter- a cruzada) dos ‘herdeiros’, ou ‘filhos’, ou qq palavra sinônima de próxima geração… Pois em inglês children envolve todas essas variáveis…

      • Maria

        7 de setembro de 2019 em 19:00

        @Marcos , bom, se vocês tivessem pegado alguma criança ou pais comprando esse livro para a mesma seria mais convincente o seu argumento. Como não pegaram é apenas ESPECULAÇÃO sua. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

        • Rutilo Rocha

          9 de setembro de 2019 em 10:05

          Esses fenômenos que estamos presenciando está relacionado diretamente a uma constituição que precisa ser revisada. Essa constituição foi criada e redigida dentro de um momento revanchista e permeado de socialistas e comunistas , terroristas ou não e que teve como arcabouço final essa merda de constituição que temos hoje, anacrônica, sem freios e que está dando margem a esse tipo de aberração. Está escrito que todos tem direito a liberdade etc. Mas também tem o ECA e temos nós. Nós estamos querendo manter a unidade da família tradicional. Não importa o que esses decrépitos seres queiram, nós seremos contra e vigilantes. Reformar a constituição é urgente e junto com essa reforma, também a reforma do sistema judiciário, legislativo e executivo. Todos estão entoxicados com excesso de leis decentes e claras, falta de punho forte e um certo emponderamento de seus representantes, todos funcionários públicos e a serviço do cidadão.
          Aí não teremos Bienal alguma com essas presepadas.

          • Maria

            9 de setembro de 2019 em 16:10

            @Rutilo Rocha , vocês não irão conseguir “manter a unidade da família tradicional” e/ou “reformar a constituição” brasileira para uma mais justa apoiando-se em MENTIRAS, FAKE NEWS, INTOLERÂNCIA, PRECONCEITO, VIOLÊNCIA, HOMOFOBISMO, CENSURA, etc… 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Camejo

            9 de setembro de 2019 em 23:15

            Aproveita toda essa sanha por reformas e reforma seu cerebro.

          • Fulano

            12 de setembro de 2019 em 9:59

            Vcs só falam merda 😂

          • Natalia

            19 de setembro de 2019 em 22:18

            Intoxicados*
            Empoderamento*
            Logo se nota que você é contra a Bienal e, consequentemente, foge dos livros mesmo, rsrs

      • Maria

        7 de setembro de 2019 em 20:19

        @Marcos , quem está alegando que tais livros pretendem alcançar e/ou são destinados ao público infanto-juvenil, com conteúdo e incentivo sexuais e que estão à venda na Bienal SÃO VOCÊS, ORAS! Você está querendo fazer um JOGO DE PALAVRAS para inverter o ÔNUS DA PROVA? Não pense que somos IDIOTAS como vocês, heim!? O ÔNUS DA PROVA é, principalmente, responsabilidade de QUEM FEZ A ACUSAÇÃO/ALEGAÇÃO! 😉

      • Maria

        7 de setembro de 2019 em 20:34

        @Marcos , da parte do E-Farsas, eles provaram/mostraram que: 1) Ambos os livros NÃO SÃO DESTINADOS ao público infanto-juvenil; 2) Somente o livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças” pode estar sendo comercializado na Bienal e 3) NÃO HÁ conteúdo sexual no caso do livro Vingadores, somente beijos homo afetivos, o que não é considerado crime e nem amoral nos dias atuais. Ou seja, vocês foram DESMENTIDOS/DESMASCARADOS no mínimo 3 VEZES a respeito desta POLÊMICA! 😐

        • GLAUCIO

          8 de setembro de 2019 em 23:18

          O E-Farsas não conseguiu provar nada. Sim, o livro a que me refiro (Cruzada das Crianças) é destinado ao público infantil, goste ou não o E-Farsas ou vc. Minha cara, não existe classificação legal de livros por faixa etária – então vc dizer que não são destinados ao público infantil, com tb se dissesse simplesmente que são, você estaria errada, assim como este sitezinho infame do E-Farsas está. Não basta dizer se é ou não é para se ter essa definição. O E-Farsas não é autoridade nenhuma para definir com afirmações desprovidas de fundamentação. A faixa etária é definida pelos pais, quando se trata de menores… são os pais que definem se a criança-adolescente poderá ler ou não…!!! Vc falou merda, assim com este site. O que é conteúdo sexual tb é outra coisa sem definição legal. no ECA está bem claro: “Art. 78. As revistas e publicações contendo material impróprio ou inadequado a crianças e adolescentes deverão ser comercializadas em embalagem lacrada, com a advertência de seu conteúdo.

          Parágrafo único. As editoras cuidarão para que as capas que contenham mensagens pornográficas ou obscenas sejam protegidas com embalagem opaca.”
          e…..”Art. 81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:

          I – armas, munições e explosivos;

          II – bebidas alcoólicas;

          III – produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por utilização indevida;

          IV – fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial sejam incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;

          V – revistas e publicações a que alude o art. 78;”
          Ainda temos que definir o que é pornografia: “Significado de Pornografia
          substantivo feminino
          Tudo o que se relaciona à devassidão sexual; obscenidade, licenciosidade; indecência.
          Caráter imoral de publicações, gravuras, pinturas, cenas, gestos, linguagem.” Então, minha cara – esse livro teria de ser proibido – se não foi já está errado. Pode o Gilmar Mendes , Lewandowski, a Dodge escreverem as merdas que escreveram – não passam de advogados de terceira categoria… advogados de criminosos… caterva. Então, por A + B, esta merdalhada está exposta como irracionalidade dos seus defensores.

          • Gilmar Lopes

            9 de setembro de 2019 em 13:56

          • Maria

            9 de setembro de 2019 em 15:43

            @GLAUCIO , nós não temos culpa da sua IGNORÂNCIA em não saber que HQs da Marvel Comics e DC Comics NÃO SE DESTINAM A CRIANÇAS (1~5 anos). Não temos culpa se você é o tipo de cliente que compra produtos/serviços SEM SABER OU PROCURAR SABER O QUE ESTÁ COMPRANDO. E não adianta só citar artigos jurídicos, você tem que MOSTRAR onde tais artigos se aplicam ao caso em questão. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Gustavo Lins

        7 de setembro de 2019 em 21:52

        Antes de querer dá opnião aprende pelo menos a escrever xingar.

      • Josemar

        8 de setembro de 2019 em 2:39

        Santo Deus, Marcos! É o título da história! O título! Pelo título de uma história não se infere o público alvo!

        Pelo seu raciocínio estúpido deveríamos supor que o livro “A Menina que Roubava Livros” seria reservado ao público feminino e infantil, por exemplo?

        Ou ainda, “O Caçador de Pipas” deveria ser outro reservado aos garotos que gostam de empinar pipas?

        Eu precisaria ser um alquimista para ler a obra de mesmo nome?

        Vamos raciocinar um pouco antes de digitar, né? Não faz nenhum sentido o que você disse!

      • Ana

        8 de setembro de 2019 em 9:00

        O bom senso em interpretar o texto passou longe né? O livro foi publicado em 2010 e só porque tem a palavra crianças no título não quer dizer que foi escrito para crianças. Leia com atenção a conclusão descrita abaixo e mesmo assim não compreender recomendo pegar algumas dicas de como interpretar textos

        “Conclusão
        Dos livros mostrados na corrente que circula através do WhatsApp, o “Gémeas Marotas” não está à venda na Bienal do Livro – por se tratar de um livro antigo e lançado em Portugal – e o outro é de uma saga lançada em 2010 nos Estados Unidos e, mesmo que esteja à venda na Bienal do Livro, não é direcionado para o público infantil. Aliás, nenhum dos dois livros são para crianças!”

      • Victor

        8 de setembro de 2019 em 9:31

        o nome a cruzada da crianças é por causa do vingadores jovens que são considerados crianças no livro e não porque é direcionado à crianças

        • Gilmar Lopes

          8 de setembro de 2019 em 11:18

          E mesmo que fosse, são apenas duas pessoas se beijam, caramba! Qual é o problema nisso?
          Eu a minha ex-esposa ensinamos ao nosso filho desde pequeno que é perfeitamente normal duas pessoas se beijarem, independente de gênero ou cor de pele.

          • claudio

            8 de setembro de 2019 em 21:11

            que bom
            o teu filho de cinco anos procurar um gaoroto na escola para brincar de super-heroi e depois beijar na boca dele… porque será normal…..

          • Cris

            12 de setembro de 2019 em 0:46

            Ótimo Gilmar! Tem muito fiscal da sexualidade alheia. 🤭😆😆

          • André

            25 de setembro de 2019 em 14:05

            Solta seu filho numa Parada Gay e deixa ele ser feliz kkkkkk

          • Gilmar Lopes

            25 de setembro de 2019 em 14:13

            Já participei de uma parada gay e achei bem divertido. Levaria meu filho sem problemas. Ele é que tá naquela idade em que não quer sair de casa pra nada… Só quer saber de ficar jogando videogame, uma pena!

        • Maria

          8 de setembro de 2019 em 23:04

          @Gilmar Lopes , essas Fake News que estão soltando ultimamente são MUITO FRACAS e SEM GRAÇA. Apelam para o ABSURDO, SURREAL, SENSACIONALISTA, BIZARRO, MONSTRUOSO etc. São FACILMENTE DESMASCARADAS e qualquer internauta de bom sendo, no mínimo, DESCONFIA! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

        • Maria

          8 de setembro de 2019 em 23:06

          @Gilmar Lopes , *correção: bom senso.

      • Lindolfo

        8 de setembro de 2019 em 14:56

        Concordo 100% com você marcos,agiram de má fé e mais isso é feito para enganar os pais que não se enteressam a ler e compram por impulso e dão a crianças esse tipo de material.

        • Maria

          9 de setembro de 2019 em 23:26

          @Lindolfo , não. São VOCÊS é que são 100% IGNORANTES, IRRESPONSÁVEIS e/ou de MÁ-FÉ! Não procuram se informar, não perguntam nem mesmo ao vendedor se determinado produto é próprio ou não para crianças. Compram por impulso, conforme você diz, e depois vem reclamar aqui falando M3RD…, hã…, digo, ASNEIRAS! 😐

      • Remi Pedro Brizot

        8 de setembro de 2019 em 23:33

        Com certeza ! Se fossem pessoas serias e honestas nem colocariam no mercado um livro contendo tantas baixarias, pois na prática sempre existiu que tudo aquilo que é ou que deveria ser proibido sempre desperta entre jóvens maior curiosidade, e com isto os autores se aproveitam e fazem a fésta!

        • Maria

          9 de setembro de 2019 em 16:54

          @Remi Pedro Brizot , se você fosse honesto consigo mesmo, então saberia o ÓBVIO: NINGUÉM É OBRIGADO A COMPRAR AQUILO QUE NÃO QUER! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Beth

        9 de setembro de 2019 em 21:24

        Verdade

      • Jules

        12 de setembro de 2019 em 6:13

        A tradução é literal do original, só que acaba tendo um sentido diferente por aqui. “The Children’s Crusade” não soa tão infantil quanto “A Cruzada das Crianças”. Mas, fazer o quê? Tem uma tradução melhor pra sugerir?

        • Jmmy

          20 de setembro de 2019 em 17:59

          Maria 07/09 16:30
          Maria 06/09 13:21
          Maria 07/09 20:35
          Maria 09/09 15:58
          Maria 09/09 23:31
          Maria 09:09 16:54
          Maria 09/09 23:26
          Maria ……………………….
          Cansei de anotar
          Maria quanto ganha por esse trabalho a tempo cheio?

      • Ozena Alves de Almeida

        24 de setembro de 2019 em 11:04

        Concordo com vc , duvido que as crianças não tenham acesso.

        • Gustavo Lins

          24 de setembro de 2019 em 19:16

          Teram acesso se os pais permitirem, a responsabilidade é deles.

    • ANA C M MONTEIRO

      8 de setembro de 2019 em 19:44

      Ué, a censura é válida pro cara que dissemina a notícia? Quem vai fiscalizar fake News e ficar punindo compartilhadores de correntes? É muita falta do que fazer não é? Também acho que é muita falta do que fazer, quem cria notícias falsas na internet. Também é muita falta do que fazer, um prefeito ficar se preocupando em censurar HQ na Bienal.

    • CLAUDIO

      8 de setembro de 2019 em 21:08

      Escreva um livro para homosexuais e nao para crianças!
      Se eu esscrever um livro de um personagem para terminar com todos os retardados que escrevem livros idiotas… voces iriam reclamar.

      AI AMIGA ME DE O CU AGORA…PORQUE AMANHA NOS VAMOS TER QUE LUTAR IGUAL HOMENS!!!!

      • Maria

        9 de setembro de 2019 em 23:31

        @CLAUDIO , os dois livros NÃO SÃO PARA CRIANÇAS (1~5 anos). Os autores não tem culpa da sua IGNORÂNCIA e desinteresse em se informar a respeito de produtos/serviços que adquire. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Silvio Souza

      9 de setembro de 2019 em 3:37

      Maria, em primeiro lugar maldita é vc q não entende a defesa às CRIANÇAS!!!
      Em segundo lugar, vc deveria procurar um psiquiatra e tratar os problemas mentais q lhe afligem, pq vc está criticando a censura do livro e ao mesmo tempo solicitando q o Facebook e o WhatsApp censurem usuários.
      Realmente, viver em um mundo onde existem pessoas loucas e idiotas como vc é muito complicado.
      Eu até acredito que vc seja apenas um fake pra justificar a falta de bom senso do Gilmar de um tempo pra cá.
      Eu, como leitor assíduo, q acompanha este site diariamente, observei q Gilmar, após ter dado abertura a outra pessoa para concluir suas análises, fez a maior merda de sua vida, pois as conclusões eram enormes e sem a mínima lógica.
      Não consigo entender o pq dele ter feito isso, pois descaracterizou todo um trabalho de anos.

      • Maria

        9 de setembro de 2019 em 15:58

        @Silvio Souza , defender crianças SEMPRE! Soltar e/ou apoiar MENTIRAS ou Fake News NUNCA! E vocês foram DESMASCARADOS 3 VEZES nessa porcaria que soltaram, heim!? E você está MENTINDO, você NÃO É LEITOR VERDADEIRO do E-Farsas. Você é um leitor de JORNAIS POPULARES que acredita em “notícias” SENSACIONALISTAS e BIZARRAS, tipo “MATOU A MÃE E FEZ CHURRASCO DELA!”, só para satisfazer seu VIÉS político, religioso, social, cultural etc. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Eliana

      10 de setembro de 2019 em 22:16

      Me desculpe nas o livro é para crianças sim. Cada um faz o que quer mas nossas crianças têm que ser protegidas. Tudo tem seu tempo.

      • Gustavo Lins

        12 de setembro de 2019 em 1:34

        Fonte: Vozes na minha cabeça.
        Argumentos: essa ideia agrada minhas convicções então é verdade.
        😂👍

  2. Matheus Henrique dos Santos

    6 de setembro de 2019 em 12:15

    Ainda vale lembrar que, o Vingadores ainda não sendo para público infantil, não traz conteúdo sexual nenhum. São dois personagens em um momento de proximidade, é um momento bem menos (e bem menos mesmo) íntimo que de vários personagens héteros que ninguém nunca se importou.

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 20:35

      @Matheus Henrique dos Santos , bela e importante OBSERVAÇÃO! 🙂

    • Jules

      12 de setembro de 2019 em 6:25

      Eles brigam e esperneiam pra não admitirem que o problema não é o beijo, mas o fato de ser entre pessoas do mesmo sexo. São pegos na hipocrisia porque não querem admitir a própria discriminação.

  3. Maria

    6 de setembro de 2019 em 13:21

    O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, tentou censurar a venda do livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças”. Ele alegou que o livro é destinado à crianças e, pior, achou que deveria estar lacrado e com plástico preto como se fosse uma REVISTA PORNOGRÁFICA. Ahhh, pelo amor de Zeus. O que ele está querendo? Criar POLÊMICAS e/ou Fake News para se favorecer nas próximas eleições? 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  4. Marcos

    6 de setembro de 2019 em 14:20

    Sério que vcs têm a petulância de dizer que um livro chamado “Vingadores: A Cruzada das Crianças” não pretende alcançar o público infanto-juvenil???
    Dizer que isso é uma farsa compromete a credibilidade deste site!

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 19:30

      @Marcos , só se VOCÊ COMPRAR (são os pais que compram) e der para suas crianças lerem, oras. 😉 KKKKKKKKKKKK! 😀

    • Ana

      8 de setembro de 2019 em 9:03

      Marcos vc leu o livro? Só porque tem a palavra crianças no título não quer dizer que foi escrito para crianças. Leia com atenção a conclusão descrita abaixo e mesmo assim não compreender recomendo pegar algumas dicas de como interpretar textos

      “Conclusão
      Dos livros mostrados na corrente que circula através do WhatsApp, o “Gémeas Marotas” não está à venda na Bienal do Livro – por se tratar de um livro antigo e lançado em Portugal – e o outro é de uma saga lançada em 2010 nos Estados Unidos e, mesmo que esteja à venda na Bienal do Livro, não é direcionado para o público infantil. Aliás, nenhum dos dois livros são para crianças!”

  5. Luiz Dantas

    6 de setembro de 2019 em 16:31

    Não é fake news, é verdade que o livro está a venda e sim o livro é vendido lacrado, e ninguém espera que um revista de heróis que passa os filmes nos cinemas encantando as crianças tenha algo parecido, qual adulto vais e interessar pelos jovens vingadores? que deveria ser exclusivo para adultos com a informação etária em destaque

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 19:09

      @Luiz Dantas , ué!? Gilmar disse que o livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças” pode estar à venda sim na Bienal do Livro, o que não está à venda é o “Gémeas Marotas” (LEIA a conclusão). Quanto à faixa etária, se este livro não estiver na ala para o público infantil, eu acho que é o suficiente. 😉

    • Ana

      8 de setembro de 2019 em 9:08

      Luiz Dantas vc foi na Bienal do livro? caso não tenha ido não se pode afirmar que o livro estava a venda e lacrado. Leia a conclusão abaixo.

      “Conclusão
      Dos livros mostrados na corrente que circula através do WhatsApp, o “Gémeas Marotas” não está à venda na Bienal do Livro – por se tratar de um livro antigo e lançado em Portugal – e o outro é de uma saga lançada em 2010 nos Estados Unidos e, mesmo que esteja à venda na Bienal do Livro, não é direcionado para o público infantil. Aliás, nenhum dos dois livros são para crianças!”

      • Rodrigo

        9 de setembro de 2019 em 8:54

        @ Ana, algumas perguntas para refletirmos. Se o tal livro PODE estar à venda na Bienal, ao invés de ESTAR À VENDA na Bienal, então me explica o por quê de tanto reboliço sobre censura? Qual o problema do livro (que não está à venda) ter sido recolhido na Bienal? E, por fim, se tal livro não estava sendo vendido na Bienal, qual livro então foi recolhido?

        • Maria

          9 de setembro de 2019 em 16:20

          @Rodrigo , o livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças” realmente estava à venda na Bienal, só que acabou, compraram tudo. A tentativa de CENSURA e clara demonstração de HOMOFOBIA do prefeito Marcelo Crivella foi um “TIRO QUE SAIU PELA CULATRA”. Causou indignação, revolta e, principalmente, QUESTIONAMENTOS se o prefeito não tinha coisa melhor para fazer como, por exemplo, resolver outros problemas mais graves que ocorrem no Rio. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  6. Renan Castro Almeida

    6 de setembro de 2019 em 18:50

    A gente está tendo um ensaio na prática de algo parecido com o que foi a ascensão nazista. Esse caso ai não foi um fato isolado, setores da sociedade e governo estão trabalhando juntos pra seguir a risca suas cartilhas ideológicas que 99% tem base em preconceitos. Se a gente vivesse uns 100 anos atras numa situação parecida com a da Alemanha, podem ter certeza que todo mundo tido como “esquerdista” morreria de uma forma talvez até pior que judeus. É absolutamente inacreditável o que estamos vivendo hj em dia.

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 21:32

      @Renan Castro Almeida , estou desconfiada (opinião pessoal) de que essas recentes Fake News ou notícias duvidosas a respeito de crianças – esta matéria, o caso da Prefeitura de Fortaleza, o Dória ter recolhido material supostamente sexualizado para a 8ª série etc – nada mais são do que uma tentativa de ganhar POPULARIDADE e antecipar PROPAGANDAS PRÉ ELEITORAIS MUNICIPAIS E ESTADUAIS de 2020 através de POLÊMICAS. Mas não adianta fazer isso não, o que conta é o DESEMPENHO, principalmente no campo econômico, que tais políticos/partidos alcançaram ou não durante seus mandatos. Além do mais, as Agências Anti Fake News estão aqui vigilantes para combater essas PRAGAS! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Lindolfo

      8 de setembro de 2019 em 15:01

      Você é doido ?

    • Pica Pau

      9 de setembro de 2019 em 3:29

      Renan, “cabuloso, mano”, seu comentário é ridículo camarada…vai se tratar.

    • PEDRO FELDON

      10 de setembro de 2019 em 6:34

      Cara… vai capinar um lote. Você está precisando trabalhar para curar essa paranóia.

  7. Pingback: Livros infantis à venda na Bienal incentivam práticas sexuais! Será verdade? – Zip Viral

  8. Cesar Crash

    6 de setembro de 2019 em 22:12

    O grande problema é que no Brasil, o pessoal acha que todas a s HQs e vídeo game é para criança. E hoje, há uma febre de heróis Marvel e DC entre crianças, elas querem, os pais compram, mas esta literatura nunca foi escrita para esse público.

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 19:46

      @Cesar Crash, esses IGNORANTES não sabem que muitas dessas HQs apresentam cenas de violência, mortes, assassinatos, erotismo etc, incluindo nos filmes que passam livremente nas seções da tarde na Televisão e/ou Netflix e os pais nem ligam. O Batman, por exemplo, usava arma de fogo letal nos primeiros quadrinhos e MATAVA SIM criminosos. Então está mais do que CLARO que muitas dessas HQs definitivamente não se destinam à crianças e sim para Jovens ou Adultos. Se os brasileiros IGNORANTES desconhecem isso, azar deles! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Lindolfo

        8 de setembro de 2019 em 15:04

        Oh lesada demente o problema eo titulo do livro,qualquer pai acharia que é direcionada ao público infantil.

        • Gustavo Lins

          10 de setembro de 2019 em 19:16

          Qualquer pai não, um pai lesado que não conhece o ue dá pro filho e da qualquer porcaria que não conhece o conteúdo.

      • Luiz

        8 de setembro de 2019 em 15:36

        Perfeito comentário Maria. Os pais q querem “proteger” suas criancinhas, a família, a moral e os bons costumes, nem se preocupam com as cenas violentas q tem na maioria das HQs e videogames, mas se incomodam com uma demonstração d afeto e carinho entre duas PESSOAS, SERES HUMANOS, (independe d gênero). Acho q eles pensam q os filhos deles vão se “tornar” homossexuais só pq estão vendo uma cena dessas. É lamentável o q a ignorância faz na cabeça das pessoas viu…

        • Maria

          9 de setembro de 2019 em 23:13

          @Luiz , pois é! Você pode observar muito bem a IGNORÂNCIA, IRRESPONSABILIDADE e/ou MÁ-FÉ desses canalhas que ficam criando e espalhando “notícias” POLÊMICAS, ALARMISTAS, BIZARRAS, SENSACIONALISTAS etc na Internet e Redes Sociais. Quando a gente vai verificar a “notícia” a fundo, NÃO É NADA DISSO que esses imbecis estão alegando. 😐

  9. Claudia

    7 de setembro de 2019 em 4:48

    Sempre procuro saber se as notícias são verdadeiras antes de partilhar. E qdo algum amigo partilha algo absurdo (acredito que com a melhor das intenções), anexo o link da e-farsas procurando estimular as pessoas a não partilharem antes de averiguar. Mas ao ler no e-farsas a pesquisa que vcs fizeram sobre “Vingadores – a cruzada das Crianças” eu me decepcionei, pois o livro está sendo realmente mostrado na Bienal e sendo vendido com o tema totalmente direcionas às crianças. E aqui no e-farsas vcs alegam a veracidade do livro, alegam a venda na Bienal e afirmam que eh mentira embasando que o livro não eh direcionado às crianças! Lógico que eh direcionado as crianças. Primeiro porque no livro TODOS conhecem a Marvel que eh uma marca que faz inclusive brinquedos dos super heróis, pra piorar o título do livro eh “Vingadores a cruzada das CRIANÇAS e ainda o livro vem lacrado, e tudo isso fazendo com que mtos país pensem que não tem nada demais. Eu particularmente não sou contra homossexuais ou qualquer outro tipo de gosto sexual, mas acho um absurdo um livro destes ser para o público homo com título pra crianças fazendo com que país é filhos caem em erro. ABSURDO!!! E aqui no e-farsas,

    • Claudio Santos

      7 de setembro de 2019 em 18:37

      Você tem filhos? Quando um deles escolhe um brinquedo numa loja, você compra sem verificar se ele é indicado pra idade do seu filho? Você verifica se o brinquedo possui o selo do INMETRO?

      A responsabilidade de adquirir produtos direcionados a crianças é da criança ou dos pais?

      O jornal A Folha de São Paulo publicou em sua primeira página a imagem que causou tanta polêmica: um beijo entre dois rapazes.

      Milhares de revistas, jornais, livros, cartazes, outdoors, banners e etc apresentam beijos entre pessoas de sexos opostos todos os dias. Como você explica esses beijos pros seus filhos? Você entra nos detalhes como são feitos os bebês ou limita-se a dizer que é uma demonstração de carinho entre adultos?

      • Rodrigo

        9 de setembro de 2019 em 9:33

        @ Cláudio Santos. Quanto aos teus questionamentos a seguir: “Você tem filhos? Quando um deles escolhe um brinquedo numa loja, você compra sem verificar se ele é indicado pra idade do seu filho? Você verifica se o brinquedo possui o selo do INMETRO?

        A responsabilidade de adquirir produtos direcionados a crianças é da criança ou dos pais?”

        Acredito que eu possa te responder. Sim, tenho filhos. Sim analiso os brinquedos para ver se são adequados. Sim a responsabilidade é dos pais. Mas se os pais são INDUZIDOS a erro, tal como na capa do tal livro aparecer personagens que estão no dia a dia das crianças, ser de uma produtora conhecida (Marvel), que inclusive faz brinquedos para crianças com os referidos personagens, e que NÃO consta na capa a classificação ETÁRIA, tal qual qualquer brinquedo que tu referiste dever ter o selo do INMETRO, então tem algo extremamente errado, seja na venda do livro, seja para o público a que se destina, ou mesmo pela análise feita pelo e-farsas que disse que o livro PODE ESTAR À VENDA, quando na realidade ESTÁ à venda, uma vez que algum livro foi recolhido da Bienal.

        • Maria

          9 de setembro de 2019 em 16:26

          @Rodrigo , de acordo com o CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, você pode devolver a mercadoria e pedir ressarcimento caso tenha se enganado, arrependido ou por qualquer outro motivo em 7 dias. Você só não pode, neste caso em específico, acusá-los falsamente de “propaganda enganosa”, pois ainda não está regulamentado totalmente Faixas Etárias em livros e também porque NÃO ESTÁ ESCRITO que o livro se destina à crianças. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

        • Claudio Santos

          9 de setembro de 2019 em 20:17

          Se você compra um livro pro seu filho sem antes verificar o conteúdo só por causa do título e porque ele é popular, sinto muito em lhe informar, mas você está sim sendo irresponsável.

          Já que você pretende “proteger” o seu filho de conteúdo que VOCÊ julga inapropriado, não seria o caso de VOCÊ primeiramente se inteirar PESSOALMENTE sobre esse conteúdo?

          Se o material está lacrado e não lhe é possível verificar seu conteúdo antes de adquiri-lo, penso eu, o mais aconselhável é não comprar, correto?

          Mas não deixa de ser intrigante o fato de que, no universo desses personagens, a violência seja um fator central. Tudo lá gira em torno da agressividade.

          Aparentemente, pra você isso não vai influenciar seus filhos a se tornarem mais violentos, mas o beijo entre dois personagens do mesmo sexo vai influenciá-los a ser LGBT?

          Do que exatamente você tem medo? É o fato de que você tem dificuldade de entender a natureza dos LGBTs ou porque você tem medo que seus filhos venham a se descobrir como um(a) quando crescer? E se eles o forem, você vai renegá-los? Você acha que uma pessoa se “torna” LGBT porque é influenciada por outros LGBTs? Qual a evidência que você tem disso?

    • Maria

      7 de setembro de 2019 em 21:16

      @Claudia , quem realmente CONHECE a Marvel Comics e a DC Comics SABE que suas obras NÃO SÃO DIRECIONADAS À CRIANÇAS (1 a 5 anos), o E-Farsas disse que o livro “Vingadores – a cruzada das Crianças” PODE estar à venda na Bienal (LEIA a Conclusão) e você, como a grande maioria dos brasileiros, é PÉSSIMA leitora (ou talvez nunca tenha lido um livro): JULGA O LIVRO PELA CAPA e/ou somente dá importância ao TÍTULO/TEMA sem ao menos pesquisar sobre o conteúdo, autor, contexto, a quem se destina etc. Eu, por exemplo, quando pretendo comprar um livro, filme, revista etc, NO MÍNIMO, pesquiso essas coisas. 😉

      • Rodrigo

        9 de setembro de 2019 em 8:49

        @ Maria, algumas perguntas para refletirmos. Se o tal livro PODE estar à venda na Bienal, ao invés de ESTAR À VENDA na Bienal, então me explica o por quê de tanto reboliço sobre censura? Qual o problema do livro (que não está à venda) ter sido recolhido na Bienal? E, por fim, se tal livro não estava sendo vendido na Bienal, qual livro então foi recolhido?

        • Maria

          13 de setembro de 2019 em 3:42

          @Rodrigo , é simples! Se o E-Farsas disse que o livro Vingadores: A Cruzada das Crianças PODE estar à venda, então há duas possibilidades: ou o livro está à venda ou não está à venda. Simples assim! 😉

    • Gustavo Lins

      7 de setembro de 2019 em 22:00

      Nem tudo com super Herói é destinado a crianças gênio, tem muita HQ e outros produtos voltados pra colecionadores( inclusive bonecos que são vendidos como figuras de ação) que são destinados a adultos, realmente tem que ser muito mal intencionado ou burro mesmo pra afirmar que alguém realmente faria algo com essa temática para crianças abertamente sabendo que poderia ter muitos problemas, uma editora iria mesmo arriscar sua credibilidade e vendas criando essa polêmica.

    • Silvio Souza

      8 de setembro de 2019 em 7:22

      Concordo plenamente! A partir de hoje o efarsas perdeu um leitor assíduo. Eu não acreditava q havia partidarismo ou ideologias nas análises do Gilmar. Mas agora percebo q a maior farsa de todas é o próprio Gilmar.

      • Gilmar Lopes

        8 de setembro de 2019 em 11:16

        Que bom! Assim só ficam os leitores que sabem interpretar texto!

        • Luiz

          8 de setembro de 2019 em 15:41

          Isso mesmo Gilmar, falou tudo. É preferível qualidade a quantidade!

        • Silvio Souza

          9 de setembro de 2019 em 3:19

          Gilmar,
          Com este comentário vc acabou de decretar seu fracasso diante do que vc conquistou, pois ninguém conquista algo tão importante como um leitor e diz q acha bom se ele deixar de ser seu seguidor após anos. Vc deveria pedir desculpas por algum mal entendido e respeitar quem te acompanha desde o início. Vc nem sequer observou em sua análise q toda essa discussão sobre a bienal se dá sobre um livro q tem o tema criança como título!
          Eu voltei ao site para ver sua resposta e fiquei mas triste e decepcionado com a seu desrespeito para com a minha pessoa.
          Só mais um detalhe, eu sei interpretar textos sim, apesar de ter demorado tanto pra perceber q nas suas análises existia um fundo tão ideológico como o q vc apresentou agora.

          • Gilmar Lopes

            9 de setembro de 2019 em 13:55

            Paciência! Tenho tido muita paciência e sendo muito tolerante com as pessoas que vem “aqui na minha casa” para me atacar!

          • Maria

            9 de setembro de 2019 em 16:33

            @Silvio Souza , @Pica Pau , vocês são LIVRES para deixarem o E-Farsas e acreditarem no que QUISEREM ACREDITAR. Os VERDADEIROS LEITORES do E-Farsas são de OUTRO NÍVEL! Aqui não tem leitores de JORNAIS POPULARES, BLOGS FAJUTOS e/ou da IMPRENSA MARROM. 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

        • Pica Pau

          9 de setembro de 2019 em 3:39

          Ou seja Silvio!…Se você não concordar com a conclusão do blog e expressar suas convicções,sera calado e dado como persona non grata…lamentável.

          • Maria

            9 de setembro de 2019 em 16:37

            @Pica Pau , @Silvio Souza , se fosse verdade isso que você está falando seu comentário não apareceria aqui. Está claro que vocês NÃO SÃO leitores do E-Farsas. Aliás, CENSURA é muito comum nesses BLOGS FAJUTOS, ENVIESADOS e SENSACIONALISTAS que vocês dois frequentam. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Gustavo Lins

            10 de setembro de 2019 em 19:13

            Quem te calou? você falou que bem entendeu, apenas escutou quem pensa diferente.

  10. Lucineia

    7 de setembro de 2019 em 16:32

    Tenho achado bem estranho as informações do e-farsas, algumas parecem maquiagem para enganar

    • Gilmar Lopes

      8 de setembro de 2019 em 11:20

      Olá! Você tem novas informações pra gente acrescentar no artigo? Manda pra nós, por favor!

  11. Maria

    7 de setembro de 2019 em 19:24

    @Claudia, ué!? Gilmar disse que o livro “Vingadores: A Cruzada para Crianças” pode estar à venda sim na Bienal do Livro, o que não está à venda é o “Gémeas Marotas” (LEIA a conclusão). Quanto à faixa etária, se este livro não estiver na ala para o público infantil, eu acho que é o suficiente. Lembre-se: é VOCÊ e/ou pais que COMPRAM e verificam (ou deveriam verificar) se é apropriado a crianças. Além do mais, o livro Vingadores não tem conteúdo “sexual”, no máximo só beijos homo afetivos, o que NÃO É considerado crime e nem amoral na sociedade atual. É HOMOFOBIA PURA por parte de vocês e isso sim pode ser considerado CRIME! 😉

  12. Marcio

    7 de setembro de 2019 em 21:05

    E-Farsas errou feio em dizer que o livro Vingadores não é direcionado ao publico infantil, por duas razões, primeira o título induz ao consumo infantil “Vingadores Cruzada das Crianças”, segunda, não há qualquer aviso sobre o conteúdo direcionado ao público adulto.
    O Meu filho vai decidir em momento certo qual será a sua preferência sexual, sem qualquer prévio direcionamento, não podemos escravizar nossas crianças, elas precisam de liberdade para amadurecerem, e isso só vai acontecer quando já tiverem idade para decidir o que querem.

    • Maria

      8 de setembro de 2019 em 14:08

      @Marcio , mais um que julga o livro pela CAPA e/ou pelo TÍTULO/TEMA, como tem gente IGNORANTE, heim!? Nem tudo tem que ter indicação de faixa etária. Por exemplo, gibis da Turma da Mônica não tem, assim como a revista VEJA, que obviamente não é indicado à crianças, também não tem. Cabe a VOCÊ que é pai pesquisar ou, no mínimo, ter inteligência o suficiente para PERGUNTAR à quem sabe e/ou vendedor se tal produto é adequando ou não aos seus filhos. 😐

    • Pica Pau

      9 de setembro de 2019 em 3:54

      Na boa, este blog tá meio “estranhão”, hein!?

      • Maria

        9 de setembro de 2019 em 16:39

        @Pica Pau , para quem não é um VERDADEIRO LEITOR do E-Farsas é “estranhão” mesmo. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  13. Vera

    8 de setembro de 2019 em 9:40

    Então o porque da Globo a toda hora dizer, que não sobrou nem unzinho do livro pois foram todos vendidos? E a estorinha em desenho com exposição sexual? E aquela passeata dentro da bienal com direito a bandeirinhas e gritos dos creio simpatizantes da causa? E no corredor aquela distribuição de livro sobre o tema, desta feita, observei, embalada? Será que existe pais de infanto juvenis , que permitiriam que seus filhos tivesse acesso a esse tipo de leitura ?

    • Maria

      8 de setembro de 2019 em 14:12

      @Vera , aqui no Brasil tem coisa BEM PIOR! Tem “pais” que obrigam seus filhos a se prostituirem, a fazerem trabalho infantil, a roubar, traficar etc. 😐

    • Ronaldo Perrotta

      8 de setembro de 2019 em 19:09

      Sabe aquela frase: Não tampe o sol com peneira.
      A Homosexualidade está aí escancarada, é só ver a saída das Escolas e ver meninas andando de mãos dadas, só cego não quer ver!!!!!

    • Gabriel Brito

      9 de setembro de 2019 em 10:48

      Se alguém te engravida e te dá uma criança pra criar, o que por si só é um absurdo, não vejo problemas na leitura do material.

  14. Fábio

    8 de setembro de 2019 em 18:20

    Como um título desses não é designado para o público infantil ? Não tem ingênuo nesse meio.

    • Maria

      9 de setembro de 2019 em 23:47

      @Fábio , tem sim e MUITOS aqui no Brasil! Clientes INGÊNUOS, IGNORANTES, IRRESPONSÁVEIS e/ou de MÁ-FÉ que tem o péssimo costume de não saber e/ou não querer se informar a respeito de produtos/serviços que adquirem e/ou pretendem adquirir. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • PEDRO FELDON

      10 de setembro de 2019 em 6:48

      Então o filme das brasileirinhas “as garotas colegiais” é educativo e direcionado para as crianças? Isso é falta do que fazer. Descarregar um caminhão de sacos de cimento para aprender a não fazer tempestade em copo d’água

      • Gilmar Lopes

        10 de setembro de 2019 em 8:41

        kkkkkk excelente contra-argumento

  15. Ronaldo Perrotta

    8 de setembro de 2019 em 19:04

    Querer esconder a Homosexualidade das crianças é como não aceitar o Sol, a Lua, a Cordilheira dos Andes, não quer que seu filho(a) saiba da Homosexualidade?
    Tire ele da Escola, não deixe ele sair mais de casa, esconda a Televisão,Pai e Mãe deixem de ser IGNORANTES!!!!!!!!!

  16. Isaac

    8 de setembro de 2019 em 21:55

    Depois dessa, adeus e-farsas, A MAIOR DE TODAS AS FARSAS SÃO VOCÊS!… huahuahaaa!

    Que vergonha, e-farsas… que ver-go-nha!

    • Maria

      9 de setembro de 2019 em 16:58

      @Isaac , esteja à vontade, pode ir embora e ACREDITE NO QUE VOCÊ QUISER ACREDITAR. BE MY GUEST! 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

  17. MARCIO ABREU

    9 de setembro de 2019 em 13:30

    Se é verdade que o livro Vingadores não é direcionado ao publico infantil, por quê não cumpriram a lei que determina que nesse tipo de material a embalagem seja lacrada e conste a expressa (prévia, pois!) advertência acerca do seu conteúdo, como determina a lei?
    LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990.
    Texto compilado
    Vigência
    (Vide Lei nº 13.869, de 2019) (Vigência)
    Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.
    Capítulo II
    Da Prevenção Especial
    Seção I
    Da informação, Cultura, Lazer, Esportes, Diversões e Espetáculos
    Art. 74. O poder público, através do órgão competente, regulará as diversões e espetáculos públicos, informando sobre a natureza deles, as faixas etárias a que não se recomendem, locais e horários em que sua apresentação se mostre inadequada.
    Parágrafo único. Os responsáveis pelas diversões e espetáculos públicos deverão afixar, em lugar visível e de fácil acesso, à entrada do local de exibição, informação destacada sobre a natureza do espetáculo e a faixa etária especificada no certificado de classificação.
    Art. 75. Toda criança ou adolescente terá acesso às diversões e espetáculos públicos classificados como adequados à sua faixa etária.
    Parágrafo único. As crianças menores de dez anos somente poderão ingressar e permanecer nos locais de apresentação ou exibição quando acompanhadas dos pais ou responsável.
    Art. 76. As emissoras de rádio e televisão somente exibirão, no horário recomendado para o público infanto juvenil, programas com finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas.
    Parágrafo único. Nenhum espetáculo será apresentado ou anunciado sem aviso de sua classificação, antes de sua transmissão, apresentação ou exibição.
    Art. 77. Os proprietários, diretores, gerentes e funcionários de empresas que explorem a venda ou aluguel de fitas de programação em vídeo cuidarão para que não haja venda ou locação em desacordo com a classificação atribuída pelo órgão competente.
    Parágrafo único. As fitas a que alude este artigo deverão exibir, no invólucro, informação sobre a natureza da obra e a faixa etária a que se destinam.
    Art. 78. As revistas e publicações contendo material impróprio ou inadequado a crianças e adolescentes deverão ser comercializadas em embalagem lacrada, com a advertência de seu conteúdo.
    Parágrafo único. As editoras cuidarão para que as capas que contenham mensagens pornográficas ou obscenas sejam protegidas com embalagem opaca.
    Art. 79. As revistas e publicações destinadas ao público infanto-juvenil não poderão conter ilustrações, fotografias, legendas, crônicas ou anúncios de bebidas alcoólicas, tabaco, armas e munições, e deverão respeitar os valores éticos e sociais da pessoa e da família.
    Irrespondível!!!

    Aliás, muito estranhas vem sendo as informações do e-farsas!!!

  18. Lilian Henriques

    9 de setembro de 2019 em 15:53

    Se não estavam á venda na Bienal…pq o Felipe Neto comprou todos e distribuiu de graça???
    Muito mal contada e-farsas…

    • Maria

      9 de setembro de 2019 em 23:05

      @Lilian Henriques , não, pelo contrário! Foi muito bem contada e DESMASCARADA pelo E-Farsas. Criaram e espalharam a “notícia” de que os dois livros estavam sendo vendidos na Bienal, era para CRIANÇAS e que continham CENAS SEXUAIS. TUDO DESMENTIDO! Vão todos para o INFERNO quem espalhou essas porcarias de MENTIRAS! 😐

  19. Juliano

    10 de setembro de 2019 em 14:48

    “Livro não é destinado a crianças” VERDADEIRO.
    “Nenhum dos 2 livros estava a venda na Bienal” FALSO!

    E-Farsas vc erraram neste ponto, não podem usar meias verdades, mas pra lacrar vale tudo.

    Devo estar no times dos ignorantes que acham que criança deve brincar se divertir em paz, criança não tem a mente nem corpo para estar envolvida nestes assuntos.

    Por esses absurdos grande parte da população aceita tomar remédios muito amargos como eleger Bozo.

    Porque não assumem que erraram em deixar o livro com acesso para crianças? assunto resolvido, mas pra lacrar tem que eleger os ignorantes, intolerantes etc… assim aumentam a pose de intelectual liberal.

    • Gilmar Lopes

      10 de setembro de 2019 em 15:38

      Fizemos uma atualização no artigo para acrescentar um detalhe na frase. Até o momento da publicação do artigo, a informação que tínhamos era que nenhum dos dois livros estavam à venda na Bienal. Posteriormente, a Bienal divulgou que o livro Vingadores estava, sim, à venda, porém o artigo se esgotou em poucas horas: https://observatoriog.bol.uol.com.br/noticias/2019/09/apos-tentativa-de-censura-hq-de-vingadores-esgota-na-bienal-do-rio
      A direção da Bienal também explicou que os livros estavam lacrados, mas que não continham nenhum aviso de advertência por não se tratar de algo pornográfico.

  20. Lucas Pereira

    11 de setembro de 2019 em 9:27

    • Maria

      12 de setembro de 2019 em 1:11

      @Lucas Pereira , erro jurídico por parte dos advogados da Bienal a respeito do livro ‘As gémeas marotas’, não é? Advogados erram ou se enganam de vez em quando, acontece. 😐

  21. Henrique Costa

    11 de setembro de 2019 em 23:36

    Tudo bem, e se fosse um beijo hétero, teria esse estardalhaço todo? O HQ teria que ser lacrado?

    • Maria

      12 de setembro de 2019 em 14:37

      @Henrique Costa , esses ignorantes que compatilharam essa porcaria não querem ser pegos e/ou taxados de modo claro como HOMOFÓBICOS, PRECONCEITUOSOS e INTOLERANTES como são. Também não querem ser pegos praticando CRIMES. Então, a única “saída” para eles é tentar denegrir a imagem dos LGBTs através de MENTIRAS ou Fake News, o que eu acho uma atitude bastante COVARDE por parte deles. 😐

    • arnaldoluizestevao

      12 de setembro de 2019 em 21:07

      Se tiver conotação sexual sim ! Não interessa se é gay ou não putaria não é pra crianças !

      • Maria

        13 de setembro de 2019 em 10:16

        @arnaldoluizestevao , MENTIRAS e/ou Fake News também cara e se vocês soltarem alguma NÃO INTERESSA quem vocês sejam, mas aparecerão aqui para todo mundo ver! 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Gustavo Lins

        17 de setembro de 2019 em 14:52

        E desde quando tem beijo com conotação sexual e outros não? Só por que você quer? Kkkkkkkkkkkk.

  22. Marcos Lopes Feitosa

    26 de setembro de 2019 em 15:29

    Que bosta de site…

    • Gilmar Lopes

      26 de setembro de 2019 em 15:36

      E você ainda perde tempo comentando aqui? Cuidado pra não sujar as mãos de fezes!

  23. Patricia

    3 de outubro de 2019 em 9:46

    Esse site tem um lado! Tudo o q for certo, q for verdadeiro, vão colocar aqui como errado, falso, ou seja, td ao contrário! E qdo não tem p onde correr, qdo a “farsa” não é farsa, vão aliviar, dar um jeitinho p não dicar tão feio! Td a favor dessa ideologia absurda e asquerosa, q tenta dizimar a inocência das crianças! Como um livro c a palavra CRIANÇAS no título, c temática de super heróis famosíssimos e ilustrações voltadas p público infantil, não é p o público infantil?? Não importa se está lacrado e independentemente de ter aviso externo sobre conteúdo pornográfico, a capa já atraiu e prendeu a atenção das crianças e adolescentes! O mal organizado neste mundo, se esforça p destruir as crianças, e este site é um colaborador! Site sujo, baixo, desinformante! Colunisna tal qual! Não são seus filhos q serão atingidos c esse lixo de “literatura” né?! Todos os “lacradores” do politicamente correto são gdes hipócritas, pois seus próprios filhos passam longe desse lixo ideológico, mas pregam p os filhos alheios! O tal do “faça o q eu digo mas não faça o q eu faço”! Mas a vida ensina! A maldade q plantam hj, colherão no amanhã!

    • Gilmar Lopes

      3 de outubro de 2019 em 11:53

      Acredite no que quiser!

  24. Pingback: Livro adulto que faz paródia de personagem infantil não era vendido na Bienal – Santinho

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo