18.8 C
São Paulo
terça-feira, novembro 29, 2022

O fenômeno Aphelion, quando o Sol ficará mais distante da Terra, deixará o planeta mais gelado?

- Publicidade -

É verdade que até agosto o Sol ficará tão distante da Terra devido fenômeno do afélio que sentiremos mais frio no planeta?

O texto ganhou força em compartilhamentos através de grupos do WhatsApp na segunda quinzena de abril de 2022 e alerta para um fenômeno chamado Aphelion ou Afélio, que deixará o planeta Terra muito mais frio a partir de amanhã até o mês de agosto.

Segundo o que diz a publicação, a distância da Terra ao Sol é de cerca 90.000.000 km, mas com o tal fenômeno do afélio, o astro estará a 152.000.000 km, fazendo com que a temperatura aqui fique mais baixa e gerando inúmeros problemas respiratórios para os seres humanos.

Será que isso é verdade?

Texto de uma das versões compartilhadas via WhatsApp: “A partir de amanhã, às 05h27, vivenciaremos o FENÔMENO APHELION, onde a Terra estará muito distante do Sol.
Não podemos ver o fenômeno, mas podemos sentir seu impacto.  Isso vai durar até agosto.
Teremos um clima frio mais do que o clima frio anterior, o que afetará a gripe, tosse, falta de ar, etc. Portanto, vamos todos aumentar a imunidade bebendo ou tomando muitas vitaminas e/ou suplementos para que nossa imunidade seja forte. A distância da Terra ao Sol é de 5 minutos-luz ou 90.000.000 km.  O fenômeno do afélio a 152.000.000 km.  66% a mais.
Assim, o ar fica mais frio e o impacto no corpo não é bom porque ele não está acostumado com essa temperatura. Por esse motivo, manter nossas condições de saúde para nos mantermos saudáveis ??com tais condições climáticas.….. Não deixe que isso seja uma desculpa para a próxima fase do Corona. NOTA: Por favor, compartilhe esta informação com todos que você conhece.” (imagem: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

Apesar do texto afirmar que o fenômeno Afélio irá começar amanhã, essa história já circula há alguns anos na internet. Em julho de 2018, uma versão indonésia já havia sido desmascarada por especialistas daquele país.

Na época, o Dr. Urip Haryoko, especialista em climatologia da agência meteorológica da Indonésia, explicou para os jornais que o afélio não afeta o clima da Terra.

Logo de cara, podemos verificar que o texto erra na distância entre o Sol e a Terra. Uma rápida consulta no Google e temos a resposta correta: a distância que separa o Sol da Terra é em média 150 milhões de km, podendo variar uns 2 milhões pra mais ou pra menos dependendo da época do ano. Essa variação é irrisória para o nosso clima.

Como a órbita da Terra é elíptica (e não redonda como é representado em modelos e nos livros da escola), há momentos em que o nosso planeta fica mais perto do Sol (chamado de periélio, em janeiro) e em alguns meses fica pouco mais distante (época chamada de afélio, em julho). No entanto, essa diferença de distância não chega a influenciar no clima da Terra. O que causa diferenças no clima ao longo do ano é o ângulo de inclinação do nosso planeta em relação ao Sol. Conhecemos isso aqui como primavera, verão, outono e inverno.

Conclusão

Não é verdade que o fenômeno afélio fará com que a temperatura da Terra abaixe drasticamente! Essa história circula em vários idiomas desde 2018 e não tem nenhuma comprovação científica! 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui