10.4 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 10, 2022

O TRE-RJ apoiou uma publicação da Anitta incitando jovens a votarem contra Bolsonaro?

- Publicidade -

É verdade que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro comentou em uma publicação anti-bolsonarista feita pela cantora?

A notícia surgiu em vários sites e blogs no final de março de 2022 e afirma que a cantora Anitta teria feito uma publicação em seu perfil do Twitter incitando os jovens a não votarem no Bolsonaro nas próximas eleições e, além disso, que o TRE do Rio de Janeiro teria curtido e apoiado a postagem da artista, o que caracterizaria crime eleitoral!

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro teria apoiado uma publicação feita pela cantora Anitta incitando os jovens a votar contra o presidente Jair Bolsonaro! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou mentira?

No dia 23 de março de 2022, a cantora Anitta fez uma publicação em seu perfil no Twitter pedindo para seus fãs mais jovens irem tirar o título de eleitor. Em sua postagem, a artista brinca dizendo que a partir de agora só vai tirar foto com quem tiver título de eleitor nas mãos (no caso dos jovens maiores de 16 anos de idade):

Perceba que, em seu texto, Anitta não pede voto para nenhum candidato, apenas chama os jovens maiores de 16 anos para tirar o título de eleitor.  

O TRE-RJ respondeu ao tuite da cantora, como faz com várias outras celebridades:

Resposta do TRE-RJ ao tuite da Anitta (via twitter.com/desmentindobozo)

Note que o TRE ainda complementa com “…a escolha é sua, apenas sua.”.

- Publicidade -

O texto do TRE-RJ é o mesmo que foi usado em resposta à ex-BBB Juliette no dia seguinte:

No mesmo dia 24, a entidade publicou o mesmo chamado e endereçou à “galera gamers”:

Quem inventou essa história sobre o TRE estar apoiando publicações anti-bolsonaristas da Anitta misturou essa postagem com outras, onde a cantora direciona o voto de seus fãs, como essa que foi feita no mesmo dia 23 de março de 2022:

Por que o TRE-RJ apagou o tuite?

Entramos em contato com a entidade para que explicassem o motivo do TRE-RJ ter excluído a publicação que respondia à Anitta. Em resposta, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro nos disse que:

“Prezado Gilmar, obrigado pelo trabalho que restaura a verdade e amplia a nossa admiração pela cuidadosa atividade profissional de checagem. Fica aqui nosso reconhecimento da relevância social desse trabalho em favor da cidadania consciente, e, no caso específico, pela missão sempre admirável do e-farsas de identificar e combater a desinformação, mediante a correta e precisa informação.

A decisão de apagar o tuíte foi para não alimentar polêmicas desnecessárias, na linha do que foi recentemente orientado pelo TSE, sempre muito cauteloso, quanto à necessidade de preservar essa brilhante, informativa e muito bem-vinda campanha.

É muito claro, contudo, que o Tweet objetivava unicamente incentivar os jovens a tirar o primeiro título de eleitor, sem fazer referência, qualquer que seja – neutra, positiva ou negativa – a candidatos.”

Conclusão

É falsa a afirmação de que o TRE-RJ apoiou uma postagem feita pela Anitta pedindo votos contra o presidente Jair Bolsonaro. Quem espalhou essa desinformação misturou postagens diferentes da artista!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui