13.2 C
São Paulo
sexta-feira, setembro 24, 2021

Reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares?

- Publicidade -

Durante depoimento à CPMI das Fake News, o blogueiro Allan dos Santos afirmou que uma reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares! Será verdade?

No dia 05 de novembro de 2019, o blogueiro e fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos, prestou depoimento à Comissão Mista Parlamentar de Inquérito e, dentre várias afirmações, afirmou que uma reportagem feita pela revista Veja mostrava uma cooperação nuclear entre Cuba e Brasil.

Segundo o depoente, a revista teria mostrado que os dois países estariam trocando armas nucleares e, para provar a sua fala, Allan mostrou uma impressão da reportagem para todos os parlamentares presentes no local.

Será que Brasil e Cuba estão mesmo trocando (ou trocaram) armas nucleares? A reportagem da Veja mostrou isso?

Depoente afirmou que reportagem de Veja teria denunciado a troca de armas nucleares entre Brasil e Cuba! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou mentira? 

A impressão apresentada pelo senhor Allan dos Santos em depoimento à CPMI das Fake News se refere a essa reportagem, publicada no site da revista Veja no dia 14 de abril de 2014. Analisamos a matéria assinada por Gabriel castro e verificamos que não há nenhuma menção à supostas trocas de armas entre Brasil e Cuba.

Na verdade, a reportagem intitulada “Cuba usou Porto de Mariel para vender armas à Coreia do Norte” fala sobre acordos entre Cuba e a Coreia do Norte!

Trecho do relatório elaborado pela ONU aponta que Porto de Mariel foi retirado da documentação para não levantar suspeitas sobre o carregamento de material bélico que seguiria para a Coreia do Norte (VEJA.com/VEJA)

Conclusão

A afirmação feita por Allan dos Santos, em depoimento à CPMI das Fake News, a respeito de uma matéria da revista Veja sobre a troca de armas nucleares entre Cuba e Brasil é falsa! Na matéria citada pelo blogueiro há uma apuração feita pela revista sobre negócios feitos “por baixo dos panos” entre Cuba e Coreia do Norte!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

29 COMENTÁRIOS

  1. Mas a CARA DE PAU desse CRETINO do “jornalista” Allan Lopes dos Santos do Terça Livre é impressionante, heim?! 😐 O meliante está numa CPMI que trata de Fake News e solta uma Fake News em plena sessão?! Eu sempre quis saber QUEM é que está criando, soltando e espalhando essas PORCARIAS. Tá ai, oh! PEGO EM FLAGRANTE e perfeitamente IDENTIFICADO! Falta ser PUNIDO! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  2. Ele trocou “Coréia do Norte” pelo “Brasil”. Esse “jornalista” FAJUTO IRRESPONSÁVEL pode provocar um incidente diplomático GIGANTESCO e/ou uma situação que pode trazer GRAVES DANOS ao Brasil, fora o fato de que o Presidente Bolsonaro e Cia o mantem como “veículo de comunicação e marketing” de seu governo. 😐

  3. @Gilmar Lopes , eu estou PASMA e IMPRESSIONADA com a rapidez e eficiência que vocês descobriram isso, analisaram e publicaram a matéria. Pensei que vocês haviam chegado a Brasília, estivessem descansando da viagem, dando um rolezinho e se preparando para a oitiva na CPMI das Fake News. Até parece que vocês não dormem e não descansam nunca! 😐 KKKKKKKKKKKK! 😀 PARABÉNS! 🙂

  4. é tipo o que vc e o pirula falaram no video de como cria uma fake news perfeita, cria a mentira e fala que saiu em alguma revista ou jornal para dá credibilidade a mentira.

  5. Isso que é paciência. Sinceramente, não sei como você não se cansa de tanto ir atrás de provas e pesquisar, mesmo sabendo que pessoas vão simplesmente rejeitar o que você diz por conta de birra partidária… Se fosse eu já teria desistido. Continue o bom trabalho

    • @ー ー , paciência e dedicação que resultaram em REPUTAÇÃO, RESPEITO, CONFIANÇA, PRESTÍGIO, RECONHECIMENTO etc, não é mesmo? O E-Farsas, junto com outras Agências de Fact-Checking e Empresas de Tecnologia foram chamadas lá em Brasília para prestar auxílio na CPMI das Fake News. Não dá para confiar na palavra de políticos, mas até o Deputado Marcio Labre (PSL-RJ) que é contra essa CPMI e acha uma que é uma “palhaçada” elogiou o E-Farsas e o Boatos.org. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

    • @Carlos Luiz , a profissão de Jornalista, INFELIZMENTE, não está bem regulamentada. Não é exigida certificação, portanto, qualquer um pode se declarar como “jornalista” desde que tenha trabalhado com alguma coisa relacionado à área (marketing, rádio, televisão, comunicação etc). O resultado disso é que há muitos BLOGUEIROS, YOUTUBERS, COMENTARISTAS etc que se declaram como “jornalistas”, sendo que a grande maioria deles obviamente são FAJUTOS. 😐

  6. Vcs posam de detentores da verdade, mas também colocam informação que não levam a verdade plena, ou pelo menos, deixa de lado questionamentos válidos que devem ser feitos. Por exemplo: Quem financiou o porto de Mariel? O Brasil, certo? Qual era a linha ideológica do governo brasileiro, cubano e Norte Coreano ? Comunista, certo? E vcs me vem com essa suposta ingenuidade de que o Brasil não tinha nada a haver, ou pelo menos ter conhecimento, a respeito desse envio de aramas nucleares, ou material nuclear para o governo norte coreano ? kkkk E nesse aspecto que o Alan estava se referindo.

    • A verdade é uma só! Dizer que “Brasil e Cuba trocaram armas nucleares” é muito diferente de dizer que “Cuba e Coreia do Norte trocaram armas em um porto que o Brasil ajudou a financiar a construção”. Ou estou errado?
      Sei que você é inteligente e vai me entender:
      Vamos usar um trecho do site Brasil de Fato para tentar explicar a real sobre o Porto de Mariel:

      “Em primeiro lugar, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não financia governos e nem empresas desses países [no caso de Cuba]. O BNDES financia empresas brasileiras! O Porto de Mariel, em Cuba – por exemplo – não recebeu financiamento estatal brasileiro. Foram 400 empresas brasileiras contratadas pelo governo cubano para realizar o empreendimento. O que fez o Banco foi emprestar, financiar essas empresas, como é papel de qualquer banco de investimento estatal, em todos os países do mundo. Essas 400 empresas contratadas forneceram equipamentos para a construção do Porto. Ou seja, esses equipamentos foram produzidos no Brasil, geraram emprego aqui e ainda foram exportados. O que significa, que ajudaram na nossa balança comercial, gerando dólares para o nosso caixa.”

      Aqui mais dados sobre o projeto: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/transparencia/consulta-operacoes-bndes/consulta-a-financiamentos-de-exportacao-pos-embarque/

    • @Valber landin , o E-Farsas e seus VERDADEIROS leitores DEFENDEM a Verdade e/ou Fatos. Nós NUNCA dissemos e/ou insinuamos sermos donos e/ou “detentores” dela. Quanto aos seus questionamentos, embora sejam válidas e legítimas, está fora de contexto em relação à MENTIRA que o Allan dos Santos contou a respeito do Brasil e Cuba em relação a armas nucleares e dependerá de uma eventual (não obrigatória) boa vontade de explicarmos . É aquela velha estória de vocês: “Não é verdade, MAS…blablabla, bzzbzzbzz.” 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  7. Esse positivismo que vcs tão apaixonadamente defendem é falho e passível de erro também. A verdade nunca é uma só, sempre há diversos aspectos a serem analisados e vcs deveriam saber disso.

    • @Valber landin , é por isso que o E-Farsas e a maioria das Agências de Fact-Checking SÃO ABERTAS à críticas, sugestões, correções, erratas etc. Você pode corroborá-las ou contestá-las, DESDE QUE, eu vou repetir, DESDE QUE você traga ARGUMENTOS CONVINCENTES e/ou PROVAS ROBUSTAS! 😉

    • @Valber landin , eu e alguns leitores do E-Farsas achamos muita graça e damos ALTAS RISADAS quando a mentira principal é desmascarada, vocês admitem e tentam “justificar” com um “MAS”. A estrutura mais ou menos é essa: “Não é verdade, MAS…, blablabla, bzzbzzbzz”. Ou seja, uma vez ADMITIDA a Mentira, geralmente tudo o que vem depois do “MAS” é IRRELEVANTE. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Gado de youtubeiro de bosta, vem com papinho típico de pessoal dazumanas condenando o “cientificismo” e o “positivismo”, e ainda por cima não sabe que o correto é “não tinha NADA A VER”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui