Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Uma enfermeira foi agredida por bolsonaristas quando voltava do trabalho?

Crimes

Uma enfermeira foi agredida por bolsonaristas quando voltava do trabalho?

Uma enfermeira foi agredida por bolsonaristas quando voltava do trabalho?

Desde ontem (2), uma publicação vem viralizando nas redes sociais, mais especificamente no Facebook, sobre uma enfermeira que teria sido agredida por “bolsonaristas” quando voltava do trabalho (arquivo).

Na foto, a suposta enfermeira aparece como o rosto bem machucado, mas não foram mencionados mais detalhes sobre o caso. Não foi divulgado seu nome, a cidade onde a agressão teria acontecido, a data ou qualquer outra informação mais relevante. Ainda assim, isso não impediu que a foto e a narrativa viralizasse e obtivesse mais de 700 compartilhamentos em menos de 12 horas.

Publicação disseminada no Facebook.

Enfim, será que essa agressão realmente aconteceu aqui no Brasil? Estamos realmente diante de uma profissional da área da saúde? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! A narrativa em que “bolsonaristas” teriam agredido a mulher que aparece na foto, em razão da COVID-19, é falsa. Na verdade, essa foto foi publicada no dia 22 de abril de 2020, num perfil mexicano do Twitter (arquivo) chamado “*(M)(A)(T)(A)(D)(O)(R)*” (@Matador08640286).  O perfil do usuário destina-se prioritariamente a disseminação de conteúdo político e claramente mostra-se um apoiador do atual presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador.

Tuíte do usuário “(M)(A)(T)(A)(D)(O)(R)”.

No tuíte o usuário menciona que o nome da mulher seria “Claudia Mira”, e teria sido atacada por “sujeitos ignorantes” assim que saiu de seu turno num hospital. A mulher teria passado na mesma calçada onde os agressores estavam, e teria sido agredida sob o pretexto que ela estaria expondo-os ao COVID-19.

A Mulher que Aparece na Foto é uma Profissional da Área da Saúde?

Entretanto, temos um enorme problema aqui. Não há nenhuma comprovação que a mulher que aparece na foto seja uma profissional da área da Saúde! Isso porque, quase que imediatamente após a publicação, o perfil da Procuradoria Geral da Cidade do México solicitou mais informações sobre a suposta ocorrência.

Foi questionado por duas vezes se a suposta ação tinha ocorrido na Cidade do México. No entanto, houve apenas o silêncio por parte do usuário e das demais pessoas que comentaram no tuíte.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

O o perfil da Procuradoria Geral da Cidade do México solicitou mais informações sobre a suposta ocorrência, mas não houve respostas.

Outros usuários e o site de um jornal mexicano também compartilharam essa foto, mas não ofecereram mais informações.

Houve até quem dissesse que a ação teria acontecido no Estado do México, mas ao ser questionado em que parte do estado isso teria acontecido, novamente, não houve qualquer resposta. Portanto, não há nenhuma informação confiável de que a mulher que aparece na foto seja uma profissional da área da Saúde, tenha sido realmente agredida por uma questão de intolerância relacionada a COVID-19, tampouco seja, de fato, mexicana.

Houve até quem dissesse que a ação teria acontecido no Estado do México, mas ao ser questionado em que parte do estado isso teria acontecido, novamente, não houve qualquer resposta.

O que sabemos de mais concreto é que a mulher que aparece na foto não foi agredida por “bolsonaristas” em razão da COVID-19, visto que já havia uma narrativa anterior relacionada ao México, além da ausência de indícios, anteriores ou posteriores a disseminação da foto por parte desse perfil mexicano, de que ela represente uma ocorrência desse gênero, independentemente de sua motivação, no Brasil.

Conclusão

Falso! A narrativa em que “bolsonaristas” teriam agredido a mulher que aparece na foto, em razão da COVID-19, é falsa. Na verdade, essa foto foi publicada no dia 22 de abril de 2020, num perfil mexicano do Twitter. No tuíte o usuário disse que a mulher, uma suposta profissional mexicana da área da Saúde, teria sido atacada por “sujeitos ignorantes” assim que saiu de seu turno num hospital. A mulher teria passado na mesma calçada onde os agressores estavam, e teria sido agredida sob o pretexto que ela estaria expondo-os ao COVID-19.

No entanto, desde então nenhuma outra informação mais relevante foi mencionada. Não há nenhuma informação confiável de que a mulher que aparece na foto seja uma profissional da área da Saúde, tenha sido realmente agredida por intolerância relacionada a COVID-19, tampouco seja, de fato, mexicana.

O que sabemos de mais concreto é que a mulher que aparece na foto não foi agredida por “bolsonaristas” em razão da COVID-19, visto que já havia uma associação anterior relacionada ao México, além da ausência de indícios, anteriores ou posteriores a disseminação da foto por parte desse perfil mexicano, de que ela represente uma ocorrência desse gênero, independentemente de sua motivação, no Brasil.

Continue lendo

Jornalista, redator, e pesquisador de comunicação social com foco no combate a disseminação de notícias falsas. Colaborador do site de verificação de fatos E-farsas.com desde janeiro de 2019. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos, além de casos supostamente sobrenaturais.

11 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo