27.2 C
São Paulo
sábado, novembro 27, 2021

Corpo de uma mulher de 800 milhões de anos foi descoberto na Rússia?

- Publicidade -

É verdade que o corpo de uma mulher foi descoberta intacta enterrada em uma mina na Rússia e exames revelaram que ela teria 800 milhões de anos?

A notícia foi publicada em diversos sites e blogs na primeira semana de janeiro de 2016. De acordo com a manchete, uma uma descoberta incrível teria sido feita em 1969, em uma mina de carvão na Rússia: um caixão de mármore contendo um líquido cor-de-rosa e azul não identificado e, embalsamada dentro desse líquido, uma mulher de aproximadamente trinta anos de idade com grandes olhos azuis que não parecia estar morta!

Um helicóptero teria transportado o caixão para outro local para estudos que teriam revelado que o corpo da tal mulher tinha pelo menos 800 milhões de anos de idade!!!

Será que essa descoberta desmente a teoria darwiniana da evolução?

Será que isso é verdade ou farsa?

Mulher de mais de 800 milhões teria sido encontrada intacta em um caixão de mármore na Russia! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Apesar dessa notícia ganhar destaque nas redes sociais após sua publicação no site Extraterrestres Online (no dia 06 de janeiro de 2016), ela é apenas uma cópia traduzida de um artigo postado no site de língua inglesa Disclose TV. Esse site, por sua vez, é bastante conhecido por publicar notícias duvidosas e sem nenhuma checagem. Seu catálogo vai de vídeos de extraterrestres (falsos) a filmagens de fantasmas (igualmente falsas), passando por “comprovações” de fenômenos paranormais e todas essas bobeiras que ainda hoje enganam muita gente.

O mais curioso dessa história é que ela teria acontecido no verão de 1969, mas não conseguimos encontrar nenhuma postagem a respeito anterior a 2013. Foi nesse ano que um site russo chamado Funk News (que posta factoides “apenas para fins de entretenimento!) postou a lenda da mulher de 800 milhões de anos pela primeira vez. Antes disso, nada (pelo menos, não encontramos).

Além disso, essa incrível história possui alguns aspectos que tornam a farsa ainda mais evidente:

  • Todos os envolvidos na história estão mortos e/ou não podem ser revelados
  • A tecnologia descoberta surpreendeu a todos
  • O achado coloca em xeque a ciência atual
  • O carbono não serve para datar algo com 800 milhões de anos
  • O Governo teria escondido o corpo e abafado o caso
  • O achado desapareceu para sempre
  • Não há nenhuma nova notícia a respeito dos desdobramentos desse achado

Outras falhas do artigo

Além do erro da datação por carbono já mencionado anteriormente, o artigo erra ao mencionar que testes genéticos foram feitos no corpo da mulher, pois os primeiros testes de impressão genética começaram a ser feitos em 1985. Antes disso, tudo o que você tinha era digitação de sangue. Um teste de DNA com um material de 800 milhões de anos também é impossível devido à meia-vida do DNA.

- Publicidade -

Os testes teriam sido feitos por “um professor” que, por sua vez, não tem nome e não há nenhum artigo científico publicado a respeito!

As “provas” fotográficas

A foto usada para ilustrar essa lenda foi tirada do episódio 22 da primeira temporada da série Once Upon a Time! Podemos ver a cena ao 1:40 do vídeo abaixo:

 

Já a foto do “caixão de mármore” que teria sido encontrado com o corpo da “mulher de 800 milhões de anos” é, na verdade, de um sarcófago descoberto em 1916, em Taman – na Rússia – mas nada tem a ver com essa lenda!

“Caixão de mármore” é, na verdade, um sarcófago descoberto em 1916! (foto: Reprodução)

E a múmia mostrada em algumas versões é do corpo de uma princesa chinesa, como podemos ver aqui nesse site!

Corpo usado em “documentário” é de uma princesa chinesa! (foto: Reprodução/YouTube)

Conclusão

A história da mulher de 800 milhões de anos que teria sido encontrada intacta em um caixão de mármore na Rússia é apenas uma lenda nascida em 2013 em um site russo de notícias duvidosas!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

16 COMENTÁRIOS

  1. Os tipos que inventam esse tipo de hoax são retardados mentais e as pobres idiotas que acreditam – e propagam essa porcaria – são ainda mais desprovidos de neurônios. Oitocentos milhões de anos ?!? Então ela já vivia no planeta antes mesmo dos primeiros seres multicelulares aparecerem ? Deveria ser uma solidão e tanto,hein ?

    • Sim. Inclusive consta isso no texto. “A foto usada para ilustrar essa lenda foi tirada do episódio 22 da primeira temporada da série Once Upon a Time!”.
      Tem até o vídeo do episódio de onde a imagem foi tirada.

    • Acho que vc não leu a matéria. Preguiça, falta de tempo?

      “A foto usada para ilustrar essa lenda foi tirada do episódio 22 da primeira temporada da série Once Upon a Time! Podemos ver a cena ao 1:40 do vídeo abaixo:”

  2. Parabéns galera! Tem muita desinformação na NET, isso nós já sabemos, mas essa da mulher ter mais de 800 milhões de anos de idade, essa doeu meu fígado! kkkkkkkkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui