13.7 C
São Paulo
quinta-feira, setembro 29, 2022

Ventos destroçam as hélices de uma turbina eólica! Será verdade?

- Publicidade -

Vídeo com mais de 5 milhões de visualizações no Facebook mostra o exato momento em que uma ventania destroi uma das turbinas de uma usina eólica! Será verdade?

O filme tem menos de 20 segundos de duração, mas já foi visto milhões de vezes no Facebook e em outras diversas redes sociais desde a segunda quinzena de fevereiro de 2019, quando surgiu na web.

Nele podemos ver uma forte ventania em um campo de geração de energia eólica, quando uma das turbinas é arrebentada pela força da natureza!

Será que esse vídeo é verdadeiro ou falso?

https://www.facebook.com/100001875631590/posts/2506512616087902/

 

Verdade ou mentira?

De acordo com um artigo publicado em 2014 no jornal “Fire Safety Science”, um dos principais desafios no setor da geração de energia eólica é a invenção de mecanismos que ajudem a minimizar os incêndios e demais acidentes causados por excessos de rotação das hélices das turbinas. O levantamento concluiu que acidentes ocorrem nesse sistema são em menor quantidade do que nas outras geradoras de energia.

Não sabemos até que ponto esses dados estão atualizados e, tampouco, o quanto que o setor estaria “puxando a brasa para a sua sardinha” nesse caso, mas o fato é que as turbinas mais modernas possuem freios que se acionam quando a rotação das hélices está acima do que é considerado seguro (o que não quer dizer que acidentes não acontecem).

No vídeo abaixo, podemos ver um acidente real, que aconteceu em 2008,  

- Publicidade -

Só que, nesse caso específico, o primeiro a publicar essas imagens foi um usuário do Instagram chamado @Yo_dojo, no dia 20 de fevereiro de 2019:

https://www.instagram.com/p/BuHvu4SF8PA/

Em seu perfil no Instagram, Travis Sattler (ou Yo_dojo) se define como um nerd com Cinema4d (um software usado para criação de cenas em computação gráfica). Abaixo, mais um dos trabalhos feitos por esse artista digital:

https://www.instagram.com/p/BemAAntngOQ/

Os usuários do Reddit perceberam algumas pequenas falhas no vídeo, como nessa cena em que um dos fragmentos das hélices aparecem na frente da cortina:

 

Conclusão

O vídeo mostrando uma turbina de energia eólica explodir em uma forte ventania é um trabalho feito em computação gráfica por um jovem artista digital!    

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

9 COMENTÁRIOS

    • Não, filhote. É falso, mas não por essa razão. Esses “moinhos” se despedaçam pela alta rotação, de fato, justamente quando o sistema de freio falha. Como os freios das demais estão funcionando, é de se esperar mesmo que estejam muito mais lentas. Veja no vídeo original que a em alta rotação está muito diferente das demais. Dessa forma, a “simulação” por CG está correta neste ponto.

    • Não, filhote. É falso, mas não por essa razão. Esses “moinhos” se despedaçam pela alta rotação, de fato, justamente quando o sistema de freio falha. Como os freios das demais estão funcionando, é de se esperar mesmo que estejam muito mais lentas. Veja no vídeo original que a em alta rotação está muito diferente das demais. Dessa forma, a “simulação” por CG está correta neste ponto.

  1. Eu presto consultoria ambiental para vários parques eólicos. Acidentes como este são realmente raros. Há todo um aparato de segurança no posicionamento das pás e sistemas de frenagem para evitar acidentes como este. A partir de determinada velocidade do vento, os aerogeradores são paralisados.
    No Brasil temos outros casos de acidentes, como o ocorrido no ano de 2014 em Santana do Livramento, Rio Grande do Sul, onde alguns aerogeradores caíram. Neste episódio, o vento chegou próximo aos 250 km/h. Há acidentes também relacionados a incêndio das naceles. Mas ainda assim é um sistema muito seguro e com impacto ambiental muito menor que as hidrelétricas. No entanto, a energia eólica, funciona como uma fonte complementar, especialmente pela sua instabilidade na geração de energia. O importante para o país é a diversificação da matriz energética, buscando utilizar várias fontes.

  2. Eu presto consultoria ambiental para vários parques eólicos. Acidentes como este são realmente raros. Há todo um aparato de segurança no posicionamento das pás e sistemas de frenagem para evitar acidentes como este. A partir de determinada velocidade do vento, os aerogeradores são paralisados.
    No Brasil temos outros casos de acidentes, como o ocorrido no ano de 2014 em Santana do Livramento, Rio Grande do Sul, onde alguns aerogeradores caíram. Neste episódio, o vento chegou próximo aos 250 km/h. Há acidentes também relacionados a incêndio das naceles. Mas ainda assim é um sistema muito seguro e com impacto ambiental muito menor que as hidrelétricas. No entanto, a energia eólica, funciona como uma fonte complementar, especialmente pela sua instabilidade na geração de energia. O importante para o país é a diversificação da matriz energética, buscando utilizar várias fontes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui