23.3 C
São Paulo
quarta-feira, junho 29, 2022

A verdade sobre o vídeo da mulher levando um tiro na cabeça!

- Publicidade -

Loira suplica pela própria vida, mas é covardemente morta com um tiro certeiro na cabeça! Será que esse vídeo é real? Descubra em 1 minuto!

Esse vídeo é chocante e sempre volta a aparecer na web! Uma mulher está chorando, implorando para não morrer, mas o criminoso sem coração acaba com a vida da moça com um tiro em sua testa. A parede ao fundo fica tingida do vermelho do sangue da vítima, que jaz com a cabeça para trás, sem vida!

A pergunta que muita gente faz é: Será que esse vídeo é real?

Para descobrir a verdade sobre esse vídeo, que circula pela web desde 1999, clique no vídeo abaixo e saiba tudo em apenas um minuto!

Esse é o Minuto Efarsas, um quadro produzido pelo E-farsas.com e que vai ao ar através do YouTube toda quarta-feira ao meio dia.

Clique no player abaixo e aproveite para se inscrever no nosso canal:

 

Prefere a nossa versão em texto?

Pode ficar tranquilho, apesar de até o FBI ter investigado o caso, o vídeo é falso!

Em primeiro lugar, o YouTube não permite a publicação de vídeos reais de morte! Alguns filminhos até chegam a passar, mas assim que o YouTube descobre, o vídeo é retirado na hora!

- Publicidade -

Além disso, podemos ver que o sangue espirra na parede num ângulo diferente do disparo!

Peritos criminais chegaram a fazer exames forenses nessas cenas, chegando à mesma conclusão: O vídeo é uma encenação!

Na verdade esse vídeo é de 1999, muitos anos antes do surgimento do YouTube, e era distribuído por email, em forma de vídeo ou de gif animado. Ele é apenas um trecho dos minutos finais do filme Shock 2.000 ou Snuff Perversions 2.

sp3

Essa cena especificamente foi filmada nos estúdios Wave, em Nova Jersey e a suposta vítima é a atriz Pamela Sutch, que trabalhou depois em mais de 80 outros filmes B dessa mesma produtora!

Anos depois, os distribuidores do filme resolveram acabar com as dúvidas a respeito desse vídeo, liberando a versão estendida dessa cena.

Conclusão

Esse vídeo é bastante impactante e violento, mas é falso!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

5 COMENTÁRIOS

  1. Realmente o YouTube não permitiria coisas assim. Vídeos com headshots. enforcamentos, decapitações, estupros de bebês quem aceita é aquele lugarzinho asqueroso chamado facebosta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui