E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • Youtube

A verdade sobre o Activia

Postado por Gilmar Lopes no dia 22 de outubro de 2009 63 Comentários

Share Button

E-mail afirma que o iogurte Activia, da Danone, é composto de bactérias vindas das fezes humanas!

Antes de comerçarmos, uma coisa deve ficar bem clara aqui: NÃO estamos fazendo propaganda de nenhum produto e/ou de nehuma marca.
Como fazemos há vários anos, estamos apresentando os fatos e tentando desmistificar os boatos que rodam as nossas caixas de entrada. Nesse caso, a Danone está sendo a “vítima” do boato e, por isso, seu nome e o do seu produto aparecerão nessa nossa pesquisa.

Em forma de artigo, assinado por uma nutricionista, o texto afirma que o iogurte Activia, da Danone, que auxilia no funcionamento regular do intestino, seria feito a partir de fezes humanas.

Começamos a receber essa mensagem em setembro de 2009. Um texto com informações desencontradas, citando nome de uma empresa conhecida e assinado por uma nutricionista que não existe. Parágrafos inteiros escritos em letras maiúsculas dão um tom alarmista ao conteúdo. Tudo isso nos leva a crer que, mais uma vez, estamos lidando com um típico hoax da internet.

Logo nos primeiros parágrafos temos:
Bifidobacterium animalis é uma bactéria anaeróbica gram-positiva encontrada nos intestinos de animais de grande porte, inclusive humanos.

E em um outro parágrafo mais abaixo:
Muitas empresas têm tentado registrar subespécies específicas como uma técnica de marketing,renomeando estas subespécies com rótulos pseudo-científicos.

O autor do texto não disse de onde ele tirou essas duas afirmações. Apenas jogou um texto entre aspas e o leitor menos atento aceita os parágrafo sem se questionar da veracidade. Se você quiser testar, copie um dos dois parágrafos acima e cole no Google. O resultado mostrará apenas os blogs e sites que reproduziram o texto, ou seja, é uma cópia da cópia.

O leitor dessa nossa pesquisa poderia estar pensando: “Puxa! Mas o autor pode ter retirado essas citações de algum livro! Por isso não aparece no Google!”.

Bem pensado, querido leitor! Mas você não acha que uma nutricionista formada, que tantos trabalhos academicos já deve ter feito em sua vida, não teria o cuidado de colocar o nome do autor e/ou nome do livro em seu “artigo”? Isso ajudaria até mesmo para dar mais credibilidade ao texto.

Na verdade, a Bifidobacterium animalis é uma bactéria que realmente está presente no intestino humano, mas isso não quer dizer que colocaram fezes no iogurte. Conforme a própria Danone afirma em seu site, ” é obtido da replicação em meio de cultura estéril, da mesma forma que outros fermentos utilizado em iogurtes, queijos, pães e etc. Não é absolutamente obtido de fezes. “.

Também entramos em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Danone, e a resposta foi a mesma:

Sr Gilmar, bom dia!

Sobre seu contato, a Danone gostaria de esclarecer que:

– O Dan regularis é o nome comercial do bacilo exclusivo da Danone, registrado com nome científico Bifidobacterium animalis, cepa DN 173 010, no Instituto Pasteur em Paris, onde estão depositadas as amostras deste bacilo
– O Danregularis que você encontra em Activia é obtido da replicação em meio de cultura estéril, da mesma forma que outros fermentos utilizado em iogurtes, queijos, pães e etc. Não é absolutamente obtido de fezes.
– O Bifidobacterium animalis não apresenta nenhuma característica que irrite ou agrida a mucosa intestinal, já que outras espécies do gênero Bifidobacterium podem ser encontradas naturalmente no trato intestinal de indivíduos saudáveis. Não seria possível “viciar” o organismo em um bacilo, já que este é um ser vivo e não um produto químico.

 

 

De acordo com o excelente blog Alimentação sem Mitos, em seu artigo sobre o Bifidobacterium animalis, Gaby, Nutricionista formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, nos mostra que “Todos os iogurtes têm bactérias, pois são elas que fermentam o leite para que ele se transforme em iogurte. E esse tipo específico de bactérias contidas nesse iogurte apresenta alguns outros benefícios à saúde, o que caracteriza o alimento que contém esse tipo de bactéria como probiótico: alimento que além de nutrir por si só, oferece benefícios à saúde.“.

E mais: em um outro artigo publicado pela professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP, Susana Saad, explica que “Os microorganismos probióticos sobrevivem ao trato gastrintestinal humano e ocupam o intestino. Eles produzem compostos inibidores como as bacteriocinas, proteínas que inibem a proliferação de microorganismos patogênicos, causadores de diarréia e outras doenças.“.

Em um dos parágrafos, o texto afirma:

NÃO, você não está enganado. São as FEZES HUMANAS., SIM, SIM E SIM!

Como já mostramos em várias pesquisas aqui no E-farsas, a prática de se utilizar letras minúsculas dentro do texto dá um tom alarmista ao assunto, é feito para se chamar a atenção. Cá pra nós… você acha que fariam iogurte de fezes humanas e ninguem tomaria nenhuma providencia até hoje?

Prosseguindo no texto:

O motivo pelo qual a bebida láctea Activia ajuda na digestão é o simples fato de que a bactéria adicionada pela Danone pertence a uma cepa mais irritante para a mucosa intestinal, que ao entrar em contato trata de expelir o mais rapidamente possível o material fecal.

Pense conosco: Se no começo do texto, a autora (ou o autor) afirma que o Bifidobacterium animalis já está presente em nosso intestino, porque mais abaixo é dito que a bactéria causa irritação na mucosa intestinal?

Ah! Porque é uma cepa mais irritante da bactéria! Sei…

Então, nesse caso, o autor estaria afirmando que a tal bactéria seria um tipo tratado, ou seja, não é um “bichinho” simplesmente tirado de um cocô e colocado no iogurte. Ou então, o tal do Bifidobacterium animalis que é usado para se fazer o Activia estaria sendo retidado das fezes de pessoas que já estariam com diarréia? Difícil de acreditar!

De qualquer maneira, o texto não é de todo perdido. Num dos parágrafos, o autor (ou autora) aconselha:

Mas, sinceramente, prefira as verduras ao leite de cocô doce.

Segundo a nutricionista responsavel pelo blog Alimentação sem Mitos, uma alimentação saudável, a base de verduras e legumes e rica em fibras, em conjunto com a prática de exercícios físicos ajuda bastante no bom funcionamento do intestino. “Mas,” – afirma a nutricionista – “em algumas fases da vida, em que o intestino fica mais preguiçoso, como durante a gestação e pessoas com idade mais avançada, eu acho que é melhor usar esse tipo de iogurte do que o uso de laxantes.“.

Nas últimas linhas:

EM OUTRAS PALAVRAS, A TAL DE BEBIDA LÁCTEA TEM MERDA MESMO!!!!!!

Outra vez, o uso de letras maiúsculas chama a atenção. Também é difícil de se acreditar que uma pessoa com nível superior escreveria um texto com um liguajar tão chulo.

E pra encerrar com chave de ouro, quem assina o “artigo” é uma nutricionista de São Paulo. Procuramos por “Marília C. Duarte” e o que encontramos foi um aviso no site do Conselho Regional de Nutricionistas, avisando o seguinte:

Os outros resultados para esse nome foram todos de blogs e sites que haviam reproduzido esse mesmo boato a respeito do iogurte.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Conclusão:

Os iogurtes probióticos não são feitos de fezes! Também não fazem milagres. Junto com os probióticos, hábitos alimentares mais saudaveis e atividades físicas ajudarão no bom funcionamento do intestino. Ah! e na dúvida, pergunte pro seu médico!

Sites Pesquisados!


- Mundo das marcas - http://mundodasmarcas.blogspot.com/2009/08/activia.html
- Nutri Total - http://www.nutritotal.com.br/perguntas/?acao=bu&categoria=27&id=468
- Agencia Fapesp - http://www.agencia.fapesp.br/materia/4353/noticias/a-microbiota-intestinal-agradece.htm
- Universidade de São Paulo - http://www.usp.br/agen/bols/2005/rede1704.htm
- Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Bifidobacterium
- NCBI - (em inglês) - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11590374?dopt=Abstract
- NCBI - (em inglês) - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12583961?dopt=Abstract
- Bifidobacterium species - Inra - (em francês) - http://www.inra.fr/bifid
- Conselho Regional de Nutricionistas - http://www.crn3.org.br/atualidades/newsletter_vis.php?cod_mail=233
- Alimentação sem Mitos - http://alimentacaosemmitos.blogspot.com/2009/10/bifidobacterium-animalis.html
- Danone - http://www.danone.com.br/activia/index.php?gclid=CJWpuLSIvJ0CFQtN5QodoRMZiA







Mensagem Original:

A verdade sobre o Activia.
Afinal, o que é Activia?
O que são os bacilos DanRegularis?
"Bifidobacterium animalis é uma bactéria anaeróbica gram-positiva encontrada nos intestinos de animais de grande porte, inclusive humanos."
Qual seria então a fonte para se obter o famoso DanRegularis?
NÃO, você não está enganado. São as FEZES HUMANAS., SIM, SIM E SIM!
Mas o absurdo não para aí.

"Muitas empresas têm tentado registrar subespécies específicas como uma técnica de marketing,renomeando estas subespécies com rótulos pseudo-científicos."

A Danone (Dannon) protocolou como marca registrada a cepa DN 173.010, e comercializa o organismo nomeando-o de:
Bifidus Digestum (Reino Unido),
Bifidus Regularis (EUA e México),
Bifidubacterium Lactis ou B.L. Regularis (Canadá),
DanRegularis (Brasil) e Bifidus Artiregularis
(Argentina, Áustria, Bulgária, Chile, Alemanha, Itália, Irlanda, Romênia, Rússia e Espanha).

Cientificamente, o nome correto desta cepa é Bifidobacterium animalis subsp. animalis, strain DN-173.010.

O motivo pelo qual a bebida láctea Activia ajuda na digestão é o simples fato de que a bactéria adicionada pela Danone pertence a uma cepa mais irritante para a mucosa intestinal, que ao entrar em contato trata de expelir o mais rapidamente possível o material fecal.

Sejamos honestos. É saudável, a longo prazo, acostumar o sistema digestivo (ou mais modernamente, sistema digestório) humano a somente funcionar pela introdução de um material irritante/estimulante? Isso não seria viciar o organismo? Não seria mais coerente consumir mais fibras e menos pão branco, o verdadeiro culpado pelos problemas intestinais?

Alimento probiótico, eles dizem... Até quando vamos ser ingênuos (ou seria mais correto otários) de acreditar cegamente em propagandas e em campanhas de marketing??

A bebida láctea contendo Bifidobacterium animalis sp vem sendo comercializada pela Danone pelo mundo afora desde 1990, mas somente no Brasil tiveram a cara-de-pau de colocar o nome da marca Danone (DanRegularis) no nome científico registrado.

Mas, sinceramente, prefira as verduras ao leite de cocô doce.

EM OUTRAS PALAVRAS, A TAL DE BEBIDA LÁCTEA TEM MERDA MESMO!!!!!!

Marília C. Duarte
(Nutricionista)
São Paulo - SP

63 respostas para “A verdade sobre o Activia”

  1. Shirley disse:

    Eu n costumo repassar correntes pois acho uma tremenda falta do q fazer mais o q me deixou mais intrigada com esse texto qd recebi foi a menção do site folha em um artigo de 2008 e ainda ter comerciais e etc, segue o link.
    www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u416847.shtml

    Devo ressaltar que agora este link faz parte do e-mail.

    • Jaqueline disse:

      Esse site da folha, apenas cita que as propagandas tinham sido proibidas, nao dando maiores detalhes. Nada fala que proibiu por conta de ser feito com fezes humanas e se assim o fosse, nao seria proibida a propaganda, mas sim a comercialização do produto.

  2. Marcos R. Silva disse:

    Oi Gilmar.
    Gostaria que, para que o assunto ficasse melhor explicado, você escrevesse algo sobre o que o link abaixo fala.

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u416847.shtml

    Obrigado.

    • Gilmar Lopes disse:

      Não conheço! Sinto muito!

    • Fábio disse:

      Amigos;

      A reportagem apenas repreendeu a Danone, pelas propagandas incorretas.
      Deve-se lembrar que, da mesma forma como a Danone anunciou seu produto como a “solução” para intestino prezo, sugerindo o consumo de seu produto diariamente, a alguns anos os antigripais tiveram que mudar o foco de suas propagandas, que antes, sugeriam ser a cura para a GRIPE.
      Nenhum produto pode ser anunciado em mídia como sendo a cura para determinada enfermidade, esta função é do médico, além disso, caso realmente o fossem, deveriam ser vendidos exclusivamente em farmácias, por isso da punição à Danone e é por isso que não encontra-se mais remédios para dor de cabeça fora das farmácias…

      Abs…

  3. robert disse:

    se for assim vou começar a vender bosta !

  4. Julian disse:

    O que o Marcos R. Silva quis dizer, é que nos e-mails sobre o actívia que estão circulando agora, trazem anexada uma notícia, que consta no site da uol, onde no conteúdo na notícia, diz que a anvisa teria proibido a divulgação do actívia. Se você colocar lá no Google: “Anvisa proíbe propaganda do iogurte Activia (Folha Online)”, irá aparecer em 1º lugar a página. O endereço é o mesmo que o Marcos citou. Porém, se copiarmos e colarmos na barra de endereço, ele não funciona. Peço um esclarecimento sobre o assunto.

    • Ana disse:

      Eu vi essa reportagem, mas se fosse um problema como descreito no email, que ele fazem o activia a partir de fezez, a anvisa teria proibido a comercialização do produto. nao somente a propaganda, vc não acha?

  5. Clara Valentine disse:

    Apresentar-se de modo tão submisso em concordância com grandes empresas só mostram o quanto o autor deste site de “descubra a verdade” é pernóstico. Lamentável.

    • Gilmar Lopes disse:

      Interessante comentário! Pelo que pude entender, só porque estou falando de uma grande empresa não posso concordar com ela? É isso?
      Na verdade, se você notar em minhas pesquisas no E-farsas, não determino se o que rola na web é verdadeiro ou falso pelo tamanho das empresas envolvidas. Se é verdade, coloco que é verdade, quando é mentira, digo que é mentira. Quando fico em dúvida, nem publico. Obrigado!

  6. Cibele Rinaldi disse:

    Pessoal, sou Engenheira de alimentos e gostaria de esclarecer que existem varios alimentos hoje produzidos com a utilização de fungos e bactérias. Trata-se do que chamamos de Biotecnologia (utilização de organismos para produção de um novo produto ou resolvermos algum problema tecnológico na produção de alimentos). Alguns exemplos: iogurtes, queijos.. Existem bactérias beneficas e maléficas ao homem. Para fins da utilização na indústria alimentícia utiliza-se a técnica de isolamento de bactérias ou fungos (purificação de culturas) para a utilização apenas do organismo desejado.

    “Isolamento consiste na obtenção de culturas puras que envolvem somente o organismo de interesse. Na fase do isolamento, ocorre a seleção de uma colônia através da observação da produção de determinado produto ou da morfologia da colônia”.

    Portanto a Danone não irá colocar “cocô”. Tal reportagem assima confirma a ignorância da população perante as tecnologias e engenharias durante a fabricação de produtos alimentícios. A proibição da propaganda da Anvisa não tem nada a ver com a utilização ou não da bactéria em questão. Apenas em questão apelativa para que o consumidor não consuma achando que é remédio, que tem poderes curativos..

    Espero ter esclarecido.. Abraços!

    Cibele Rinaldi

  7. silvia disse:

    estou preucupada com tudo isso e na verdade esta tudo nao muito esclarecido acho q deveria ir na rede de televisao e exclarecer todas as duvidas e para deixar nos consumidores mais tranquilos e tenho motivos maiores pois quem consome aqui em minha casa e meu filho de apenas 5 anos mas ja nao estou dando ele mais ate q tudo se exclareca por favor vao ate a midia e divulguem

    • Silvério disse:

      Olha querida, é até elogiável de sua parte se preocupar com a saúde de seu filho. No entanto este tipo de informação que se espalhou por e-mail não é verdadeiro e sim informações sensacionalistas. Uma descoberta assim, nestas proporções, teriam uma exploração e divulgação sem precedentes por toda mídia. Isto só não aconteceu porque a informação é falsa. Seria impossível a ANVISA liberar tal produto sem as devidas pesquisas necessárias para liberação. Pode continuar dando o produto sem medo!

  8. julio disse:

    Li o texto da Folha e não está dizendo nada sobre ter “merda” no produto. Também não acredito nisso, mas se alguém acha tanto que é verdade, não acha que algum grande veículo de comunicação teria divulgado?

  9. Mariana Sorc disse:

    Sobre o texto da Folha, acho que a reclamação da ANVISA é sobre a Danone vender o produto como se fosse um remédio para o intestino.
    Mas por favor, o texto é de 2008. Estamos em 2011, e as propagandas do Activia são novamente vinculadas à TV, logo, o problema (qualquer que tenha sido) já foi esclarecido.

  10. Acredito que o blogueiro deveria rever a sua matéria, pois o outro blog sobre alimentaçãosemmitos, está fora do ar, foi retirado. Ou seja isso deixa uma coisa errada no ar. Poderia dá alguma explicação??
    grato.

  11. Edson disse:

    Ótima matéria, bastante embasada, recebi o email hoje e pra mim ficou claro que se trata de mais uma corrente infundada e de mau gosto, talvez fruto de alguma concorrencia ou de alguem desinformado.

  12. [...] verdade, a Bifidobacterium animalis é uma bactéria que realmente está presente no intestino humano, mas isso não quer dizer que colocaram fezes no iogurte. Conforme a própria [...]

    • Burro pensador disse:

      Bom, não sou cientista nem quimico nem qualquer profissional da area ligada com isso, não tomo activia e nem gosto, mas em primeiro lugar da pra imaginar que ninguem seria burro de dar uma deixa dessa, usando fezes no iogurt, porque é ministerio da saude e imprensa na certa.

      E segundo, que muito provavelmente fazem como qualquer quimico\cinetista faria : analizar amostrar em microscopio ou coisa do tipo, indentificar algo interessante, isolar o dito cujo, e reproduzir para entao utilizar em determinado fim.

      Ou seja, o tal dan regularis é a mesma bacteria que abita as fezes, mas reproduzida em laboratorio, “limpa” (eu acho), e então incluida no processo de fermentação do iogurte.

      “Ahhhhhhh mas eu não quero bacterias vinda das fezes no meu alimento, mesmo que sejam apenas “filhas” delas…”

      Bom amigo, infelizmente hoje em dia a agua que voce toma na torneira tem mais coliformes fecais (sim nesse caso merda pura direto do traseiro de alguem e não apenas uma bacteria reproduzida) do que esse iogurte.

      Provavelmente a agua mineral que voce toma deve ter mais “fezes pura” do que essa bacteria, ou seja é mais facil esse iogurte ter “cocô” que veio parar ali por causa da agua mineral utilizada no processo, doque pela propria bacteria dan regularis.

      Pensando assim, esse iogurte tem tanta merda quando a agua mineral engarrafada importada que voce toma, tanto quanto qualquer refrigerante ou iogurte que voce toma que tambem utiliza agua no processo, e qualquer outro alimento!!!

      Sim, porque qualquer alimento fabricado na terra, usa componentes encontrados na terra, nada veio de outro planeta, E VOS APRESENTO A TEORIA DO AQUARIO.

      Sabe aquele peixe no aquario, comendo, cagando, nadando, comendo, cagando, nadando, tudo na mesma agua?

      A terra é nada mais que um aquario gigante.

      Aos “puristas ” paranoicos, Sem mais.

      • Ana disse:

        Na agua, dependendo do tratamento nem tanto viu….
        Mas na sua escova de dente, melhor nem comentar…
        Acredite, as suas escovas de dentes são tao suja e infecctadas por colifomes fecais, que vcs nem imaginam.
        PAREM COM ESSA PARANOIA!!!
        (ja que letras garrafais funcionam! ahahah)

  13. Glaucia disse:

    tambem recebi esse email, e como nutricionista logo vi que se tratavam de fatos infundados. e muitas pessoas acreditam nessas coisas! e sempre que recebo esse tipo de email, respondo dizendo que é mentira, mas parece que essa “corrente” nao segue adiante. preferem repassar as mentiras. rs… ;)

    • Nilton Thadeu disse:

      Bom dia,
      Eu fui um dos que repassaram essa informação para os contatos até pq se tendo dinheiro no nosso país podemos fazer muitos falar ou principalmente muitos se calar, apesar das informações acima mencionadas por pessoas que são estudas e trabalhão na área na minha modesta opinião a forma que a Danone coloca para consumo do produto é errada, pois assim como qualquer tipo de substancia ou produto que consumimos a informação que os médicos passam é para não fazer o uso prolongado pois, acostumaremos o nosso organismo deixando-o debilitado ou neste caso dependente do produto parando de produzir ou até mesmo produzindo em pouca quantidade para não sobrecarregar nosso intestino ou ficar compatível com o que se adquire fazendo utilização do produto, vimos em algumas MSN acima que uma mãe fazia uso continuo para uma criança de apenas 05 anos será que não estaria acostumando ou criando uma dependência deste produto na criança, eu pelo menos prefiro a utilização de meios naturais como ingerir mais fibras ou até mesmo beber mais líquido que iram normalizar a situação do intestino, deixo uma observação o Activia é um produto relativamente caro só para esse beneficio se levando em consideração uma serie de produtos naturais e mais saborosos que ajudam e não utilizam nenhuma bactéria nem são industrializados, caso a pessoa faça uso deste produto (Activia) por um período prolongado digamos 01 ano todos os dias como é recomendado e aconteça perda de emprego ou ate mesmo tenha que ser feito o corte de algumas coisas supérfluas do orçamento domestico como o organismo desta pessoa reagiria com a carência do produto? Esse é o meu questionamento.
      Fiquem com Deus e tenham um ótimo dia.

  14. Jorge Luiz disse:

    A vcs acham se activia fosse feia de merda a vigilancia sanitaria nao irtaria em sima ela olha tudo nos minimos detalhes na firma do meu pai q é uma distribuídora pela perdigão a vigilancia ta toda vida em sima o mais vcs mentem mesmo so pra esses tanso acreditarem ate esses burros daqui dessa merda de site….

  15. nome disse:

    só queria saber QUANTO vc ganhou da danone para botar sua mão no fogo, formulando este…..

  16. Ricardo M. Lima disse:

    Escrever assima não está errado pois se assim procedermos, estaremos cometendo preconceito linguístico.É o que diz o Ministério da Cultura nas cartilhas enviadas as escolas.

  17. Microbiologista disse:

    O Activia está vendendo que nem água… A garrafa de 900 ml + os impostos + marketing + embalagem na fábrica tem custo de R$ 0.87 e a Danone sugere que o activia seja vendido a R$ 5,99 é uma margem de lucro exorbitante (500%) são bem merecidos e indica que iniciativas simples e diferenciadas pode tornar qualquer um em Milionário.
    Se algu’rm de latícinios deseja um excelente profissional de microbiologia para aperfeiçoar e tornar os seu produtos mais lucrativos, estou ã disposição.
    Saúde a todos!

  18. Microbiologista disse:

    O Activia está vendendo que nem água… Oa 900 ml do produto + os impostos + marketing + embalagem na fábrica tem custo igual a R$ 0.87 e a Danone sugere que o activia seja vendido a R$ 5,99 é uma margem de lucro exorbitante (500%) são bem merecidos e indica que iniciativas simples e diferenciadas podem tornar qualquer um em Milionário.
    Se algum empresário do ramo de latícinios deseja um excelente profissional de microbiologia para aperfeiçoar e tornar os seu produtos mais lucrativos, estou à disposição.
    Saúde a todos!

    • carlos disse:

      EVOLTA TOTAL, SEMPRE FUI UM CONSUMISTA DANONE, MINHAS FILHAS E NETA. MAS MINHA ESPOSA É ALÉRGICA A AVEIA, MAS A ACTIVIA VENDE PRODUTO DA ACTIVIA COM A DANDEIJA CONTENDO 8 POTES 4 DE AVEIA E 4 DE MAMÃO ESTE ULTIMO ELA GOSTA MUITO, ELA FOI EM UM MERCADO E SEPAROU, PARA LEVAR SOMENTE 4 DE MAMÃO, O VENDEDOR IDENTIFICADO COM ROUPA DA ACTIVIA DANONE CHAMOU ELA E DISSE QUE ELA DEVERIA DE LEVAR O DE AVEIA JUNTO OU DEVERIA DE PAGAR OS 8, ELA DISSE QUE ERA ALÉRGICA O VENDEDOR DISSE QUE ELA DEVERIA DE LEVAR OU PAGAR. DISCUTIRAM, ELA LEVOU OUTRA MARCA. HOJE A TARDE DIA 20/06/2013 AS 13:30 EU LIGUEI PARA 08007017561 FALEI COM A ATENDENTE KELY, EXPLIQUEI A SITUAÇÃO PARA ELA E A MESMA DISSE QUE O VENDEDOR ESTA CERTO QUE AS PESSOAS SÃO OBRIGADOS A COMPRAR TUDO JUNTO E É PROIBIDO SEPARAR O PRODUTO. E A MESMA DISSE SE ELE QUERIA COMPRAR O DE MAMÃO ERA PARA TROCAR DE MARCA OU COMPRAR A VENDA CASADA E COLOCAR OS DE AVEIA NO LIXO. POIS ISTO É LEI DA EMPRESA. PERGUNTEI O SOBRENOME DELA PARA FAZER UMA DENNCIA A MESMA DISSE QUE NO 0800 TEM SOMENTE UMA KELY E QUE ELA É PROIBIDA DE DAR O SOBRENOME DELA. MAS QUANDO EU LIGUEI ELA PEDIU O MEU NOME COMPLETO A CIDADE E ESTADO. ENFIM ELA FOI MUITA GROSSA EM ME ATENDER. E DISSE QUE CLIENTES COMO EU ELES NÃO PRECISAM, POIS A EMPRESA DELES É UMA POTÊNCIA MUITO GRANDE E ELES SE PODEM DAR AO LUXO DE VENDER VENDAS CASADAS OU SEJA OBRIGAR O CONSUMIDOR A LEVAR PRODUTOS QUE NÃO PODEM COMER, MAS PAGAR POR ELES. REALMENTE ESTA É UMA EMPRESA COMO MUITAS QUE DAQUI A MUITOS ANOS IRÃO DESAPARECER DO MERCADO, POIS NÃO SE DÃO CONTA QUE QUEM PAGA O SALÁRIO DOS COLABORADORES E DA DIREÇÃO SÃO OS CLIENTES. É TRISTE MAIS É A REALIDADE DESTA EMPRESA. ESTOU REVOLTADO ABRAÇOS A TODOS
      Responder

      Read more: http://www.e-farsas.com/a-verdade-sobre-o-activia.html#ixzz2WmOsn71z

  19. daniel disse:

    pode custar so 0,87 centavos mais inclua aí tbm os gastos com logistica, profissionais que trabalham na area(promotores,entregadores, gerentes, enfim) merchandising, e mais os gastos que a empresa tem qdo o produto é devolvido em virtude do vencimento do produto ou qualquer tipo de deterioracao, ja que, a empresa paga o valor total.
    atenciosamente,
    Daniel – profissional da area

  20. Liliane disse:

    Ontem eu estava num supermercado e fui abordada por um homem, dizendo: NÃO BEBA ISSO!!! OLHE NA INTERNET E VEJA DO QUE É FEITO! Desculpem…mas já havia recebido essa corrente, que na minha opnião, nada mais serve doque para parasitas de apoderarem de e-mais e depois venderem como mailling ou para inibir a compra de determinados produtos, acredito que esse tipo de marketing viral seja encomendado por empresas concorrentes e sempre que posso venho a sites como esse onde admiro muito a iniciativa e expresso minha opnião. é muita ignorancia acreditar em boatos ou deixar de consumir determinados produtos apenas pro preconceito. Seria o mesmo que não tomar um soro antiofídico, por achar que está tomando veneno. “Dizem que a diferença entre o veneno e o remédio está na dose” Então, deixem esse tipo de explicação para aqueles que estudam o assunto e consumam os produtos pelos que eles representam, ou seja consumam apenas por gostar ou não.

  21. Vinícius disse:

    kkkkkkkkkkkKKKKKkkkkkk… GENTE SÓ AQUI MESMO PARA TER ESTES COMENTÁRIOS….KKKKKKKKK…..
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  22. Ana disse:

    O que diz a materia

    Acompanhe a Folha.com no Twitter 27/06/2008 – 13h33
    Anvisa proíbe propaganda do iogurte Activia
    Publicidade
    da Folha Online

    A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou nesta sexta-feira a suspensão de todas as propagandas do iogurte Activia por problemas na divulgação de suas propriedades.

    Para a agência, a Danone, responsável pelo produto, anuncia o iogurte como se ele fosse “uma forma de tratamento para o funcionamento intestinal irregular.” O decreto, de “interesse sanitário”, foi publicado hoje no “Diário Oficial da União”.

    Em seu site, a Danone afirma que “tomar Activia diariamente, como parte de uma dieta equilibrada e de um estilo de vida saudável, proporciona uma quantidade suficiente de bacilos DanRegularis para ajudar a regularizar o seu sistema digestivo.”

    A Danone foi procurada pela reportagem por meio de sua assessoria de imprensa, mas ainda não se manifestou.

  23. Cris disse:

    Conforme comentário acima, consta link com reportagem mencionada aqui:
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u416847.shtml
    Onde está a verdade quando se trata dessa email-corrente?!

  24. bob disse:

    O ser humano é um ecossistema composto das células ditas “humanas”, mais os microorganismos que vivem conosco, seja em simbiose, comensalismo, parasitologia, etc, enfim relações ecológicas. Dentre esses microorganismos temos vírus, bactérias, fungos e protozoários.

    Esse conjunto de seres vivos (coexistência de células e “microorganismos”) forma uma entidade complexa chamada “ser humano”. Esse meu ponto de vista contrasta com a visão até agora usual de se considerar o ser humano como composto unicamente de células com DNA humano.

    A flora intestinal tem de fato capacidades que podem qualificá-la como “mais um orgão humano”.

    Há uma enormidade de bactérias que convivem com o ser humano desde sempre. Todas as pessoas possuem bactérias dentro e fora de si, sem que isso signifique obrigatoriamente prejuízos ao “sistema humano”. Há desde microorganismos extremamente patogênicos, até aqueles que são quase que essenciais para uma boa saúde.

    As pessoas deveriam saber mais sobre as interações entre o ser humano e seus “micro-hospédes”.
    []s

  25. Clara silva disse:

    Bem se a Danone quizer podemos negociar minhas vezes to desempregada e necessito encontrar um meio de obter trabalho então fica ai meu pedido a Danone vendo vezes ,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Agora virou piada niguém se manifesta com a verdade as duvidas sempre faz parte de nossas vidas!
    Quer saber cansei de ler estes assuntos de gente que não tem o que fazer, vou tomar um activia agora depois to reprodusindo pra vcs tomar falow

  26. vanusa souza disse:

    No texto sitado acima está um erro de ortografia,”Segundo a mutricionista responsavel pelo blog Alimentação sem Mitos”.

  27. José Carlos disse:

    Vai ser bom, vai acabar com o ploblema do rio tietê, nao vai mais rolor bosta no rio vai tudo pra geladeira kkkkkk…..

  28. rosane disse:

    que tal fazer a autora ou autor tomar a tal bactéria do ‘coco’ pra ver o que acontece? Daí ela terá conhecimento da causa nas suas afirmações kkkkkkkkkkkkkkk

  29. Dario Antonio Rodrigues Coelho Neto disse:

    Faço iogurte caseiro há anos.Sempre usei copinhos de iogurte natural de diversas marcas. Nunca havia utilizado o Activia natural. Dando,poucos minutos atrás,uma olhada no rótulo,peguei o 0800 e telefonei. Mandaram eu ligar mais tarde. Mas é que eu quero multiplicar o Activia natural no meu processo caseiro de muito tempo. Perguntaria ao nobre Gilmar Lopes se eu conseguirei transferir as qualidades probióticas do Activia para o meu iogurtezinho aqui de casa. Com relação à polêmica, não estou um pingo preocupado. É apenas sensacionalismo de alguns, distorcendo situações para obter fama ou não sei mais o quê. Em sã consciência, não cabe na cabeça de ninguém que uma empresa como a Danone, com o próprio nome a zelar e sujeita que é à fiscalização governamental (Sei da existência da corrupção, mas nada alcançaria tamanho despropósito!!), cometeria a barbaridade, o crime de colocar “fezes” para a população – crianças, inclusive – se alimentar! Bobagens. Quando eu como gelatina, estarei comendo couro de boi podre? Quem acredita em algo tão espalhafatoso, vindo de uma “nutricionista” meio invisível, arredia, desconhecida; que não dá as caras para debater o que pensa, está sendo apenas precipitado. Existem muitas coisas no processo industrial que essas pessoas desconhecem. Para quem é de São Paulo (eu sou maranhense, atualmente residindo no Piauí): já repararam nas represas que fornecem água limpa para o povo beber? Até cadáveres são encontrados por lá. Nem por isso alguém diz que estão comendo carne humana podre, não é mesmo? São processos que, se não todos, pelo menos muitos mais deveriam conhecer um pouco. Estou tranquilo. Vou tentar fazer o meu iogurte em casa. E continuarei me aproveitando do sabor e das qualidades probióticas deste produto Danone, o tal Activia. Sem medos.

  30. Marcelo disse:

    Na minha opinião deveriam caçar quem inventou essa loucura e por na cadeira, por passar informações que levem a esteria coletiva e também perdas e danos p Danone que teve o nome comprometido por besteira de um louco, etc…, para evitar que futuros blogs e loucos tentem de novo. Ai quem publicar algo terá que fazer consciente e se indentificar provando para alertar não p/ sujar, de repente foi até sujeira grossa da concorrente! Se for uma indenização de milhões vai acalmar até o fechamento. Sou consumidor Danone e vou continuar, só de raiva vou comer um enquanto digito…Queria saber quem foi q inventou isso, dá p caçar com peritos em internet é só contratar a firma certa.

  31. Fernanda Ávila disse:

    Eu tô fazendo o curso de nutrição e, por uma coincidência, um trabalho sobre probióticos e a matéria de microbiologia. A bifidobacterium é uma bactéria ácido-lática e com certeza é sim obtida através de meios de cultura estéreis, imagina se iriam colocar cocô em um iogurte?! Que estória sem pé nem cabeça; imaginem o cheiro que iria causar, e a proliferação sem controle de microrganismos? Todos iriam passar mal de comer uma coisa já podre! Existem orgãos competentes que ficam responsáveis por fiscalizar qualquer alimento industrializado. Quem não conhece sobre o assunto deveria cuidar dos seus afazeres ao invés de causar fofoca para alertar as pobres pessoas que caem nessas estórias.
    Imagina, ainda mais, se uma nutricionista que se preze, teria um palavreado desse, faria um “artigo cientifico” tão mal feito e colocaria o nome a dar tapa pra uma coisa tão absurda sem fundamentos científicos. Ah va…

    • Gil Cleber disse:

      Prezada Fernanda:

      Vide meu comentário abaixo. Será que esses órgãos competentes de fato querem proteger a saúde da população? Então por continuam permitindo ingredientes como o aspartame e o glutamato monossódico? Esclareça-me outro ponto: por que os ditos “especialistas” no assunto não se entendem, e cada qual diz uma coisa? Como disse no meu comentário, e ressalto aqui, acerca do óleo de canola x gordura e da manteiga x margarina: são médicos formados, conceituados, que exprimem opiniões inteiramente opostas. Afinal, isso ciência ou conversa fiada?

  32. Gil Cleber disse:

    Fato é que a indústria de alimentos empurra, muitas das vezes, o que há de pior para o consumo das pessoas. Não sei se é o caso da Danone, mas diversos componentes encontrados em produtos comercializados já foram apontados como prejudiciais à saúde, como o aspartame, encontrado em produtos dietéticos e adoçantes, e o glutamato monossódico, encontrados em temperos (Caldo Maggi, Caldo Knnor) e outro produtos como realçador de sabor.
    O pior é, em certos casos, nem mesmo os médicos se entendem. Vejam o caso do óleo de canola: alguns “nutricionistas” afirmam que é ótimo para a saúde; alguns médicos afirmam que todo óleo é ruim para a saúde e o de canola é o pior de todos (já que nem mesmo existe uma planta chamada canola!), e que o indicado para consumo como saudável é a gordura de coco ou, então, a gordura de porco mesmo.
    No caso da manteiga: alguns médicos dizem que causa o aumento do mau colesterol e que se deve usar margarina, de preferência a famosa Becel; outros já dizem que deve-se usar a manteiga, já que a margarina, e em especial a Becel, é uma pasta artificial muito prejudicial ao organismo.
    No meio dessa babel, o consumidor fica perdido, porque nem os especialistas parecem saber o que falam.

  33. luana disse:

    gente minha pprof me falou e eu nao acreditei agora vi e e muirto nogento

  34. karen disse:

    Cara naum sei si é verdade mais em todos os buatos tem um fundo de verdade…

  35. Eva Motta disse:

    Olha pode ser que seja mentira!Mas a verdade é que eu nunca mais consegui colocar iogurte na boca!Pelo sim ou pelo não activia eu não tomo mais.Se era essa a intenção sinto muito conseguiram.

  36. Rogerio disse:

    Citação:
    “é obtido da replicação em meio de cultura estéril…”
    Então, a primeira bactéria veio de qual cocô?

  37. Thiago de Sá disse:

    Caro colega,

    é louvável a iniciativa de desmistificar as correntes que recebemos todos os dias, principalmente aquelas com impacto direto na saúde pública. Ressalto apenas que é necessário o mesmo critério na hora de refutar tais mensagens. Susana Saad, professora da FCF-USP cujas afirmações foram utilizadas em seu texto, tem em seu currículo a participação em pelo menos dois eventos da Danone em anos recentes (
    https://uspdigital.usp.br/tycho/CurriculoLattesMostrar?codpub=97A26047E559).

    Não quero afirmar com isto que a colega pesquisadora haja de má-fé, mas há um inequívoco conflito de interesses, suficiente para repensar o uso de suas afirmações em defesa do argumento da indústria.

    Para saber mais sobre a intensificação das relações entre a indústria de alimentos e pesquisadores mundo afora (inclusive no Brasil), vale a leitura de interessante série lançada este mês na Plos Medicine, revista em que todos os artigos são de livre acesso. (http://www.ploscollections.org/article/browseIssue.action?issue=info:doi/10.1371/issue.pcol.v07.i17)

    Abraços;

  38. maiara disse:

    Tomei essa porcaria de activia por uma semana, e acabou com meu intestino, até fezes com muco eu tive..
    Não recomendaria nem pro meu inimigo uma MERDA dessa!!!!
    se é verdade ou não essa matéria q circulou pela net nao sei, só sei q vejo mais pessoas falando mal do que bem sobre esse danone!!!

Deixe uma resposta

Mais Populares de 2014

Criança prevê tragédia durante a Copa no Brasil e morre em seguida!

Texto conta a triste história de uma criança que teria ...

Neymar fingiu lesão depois de vender a Copa para a Fifa?

Sites mostram que um sósia do jogador da seleção brasileira ...

6 Notícias falsas publicadas pela TV Revolta

A TV Revolta, uma das maiores fanpages do Facebook, publica ...

As urnas eletrônicas brasileiras são 100% seguras?

É verdade que as urnas eletrônicas são totalmente à prova de ...

É verdade que Jucelino da Luz previu a morte de Eduardo Campos?

Cópia de uma carta espalhada pela web mostra que vidente ...