As fotos de leilão de escravos na Líbia são reais?

Share Button

Será que as fotos que se espalharam pelas redes sociais de negros sendo maltratados são mesmo de leilões de escravos na Líbia?

No final de novembro de 2017, uma série de fotos chocantes se espalhou através do Facebook e de grupos no WhatsApp. Nelas podemos ver pessoas sendo torturadas e amontoadas em galpões escuros e o texto que acompanha as imagens afirma que tratam-se de flagrantes fotografados durante leilões de escravos na Líbia!

Em uma das fotos, 3 homens aparecem presos pelos pés, amarrados nas grades de uma janela!

Será que essas fotos são mesmo de leilões de escravos na Líbia?

Essa foto é de escravos sendo leiloados na Líbia? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Infelizmente, o comércio de escravos não é novidade na Líbia. Conforme apurou o jornal El País, jovens africanos são vendidos em leilões como escravos, surrados, sequestrados em troca de resgate durante rota migratória para a Europa. Apesar de vários grupos internacionais estarem denunciando isso há anos, só agora que um vídeo divulgado em novembro de 2017 pela rede CNN contando como funciona esse comércio ilegal de humanos, é que uma onda de indignação tomou conta da África (e do mundo).

Esse artigo da Carta Capital mostra que ainda temos cerca de 40 milhões de escravos no mundo!!! Mulheres e meninas representam 71% dos escravos…

A Carta Capital também divulgou que cada escravo é vendido por cerca de R$ 1,5 mil em média na Líbia!

Mas… e as fotos?

A imagens que estão sendo compartilhadas nas redes sociais juntamente com o texto sobre o comércio de escravos na Líbia são uma mistura de fotos tiradas em locais distintos e reunidas como sendo de um local só, como explicaremos a seguir.

A imagem que usamos lá no começo desse artigo (e que foi retirada de uma fanpage como se tivesse sido flagrada na Líbia), que mostra 3 homens virados de cabeça pra baixo e amarrados pelos pés é de uma notícia que circulou em outubro de 2017 de ladrões que foram presos e interrogados pela população por suspeita de roubo!

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

Outra foto usada para ilustrar o texto sobre o comércio de escravos na Líbia é essa a seguir, que mostra várias pessoas amontoadas no chão! A imagem é de uma reportagem feita em 2014, sobre as péssimas condições das prisões no Senegal:

Em outra imagem, podemos ver outras pessoas igualmente amontoadas em uma espécie de quarto. Na verdade, essa foto é da Casa Central de Detenção de Bamako, em Bali.

A foto seguinte é de uma reportagem de 2011, sobre uma guerra civil ocorrida na Costa do Marfim:

Foto sobre guerra civil ocorrida na Costa do Marfim! (foto: Reprodução)

As fotos que mostram vários corpos sendo enterrados na areia é, na verdade de uma tragédia ocorrida em maio de 2017, quando 44 nigerianos foram mortos no deserto enquanto tentavam chegar às costas da Europa, pouco antes de chegarem na Líbia!

A imagem abaixo é, sim, de migrantes africanos que chegaram na Líbia para, de lá, tentarem chegar à Europa:

Migrantes africanos em um centro penitenciário em Trípoli (Líbia). (Reprodução)

Essa foto é de um fato ocorrido em março de 2016 na Argélia, quando centenas de imigrantes ilegais sub-saarianos  foram transferidos para o sul do país onde esperariam pela sua expulsão para os seus países de origem:


Fotos tiradas na Líbia são piores

imagens reais de chacinas na Líbia, como podemos ver nesse link. Não há necessidade de se usar fotos de outros países para ilustrar o comércio de escravos naquele lugar.

Também há imagens reais de migrantes e refugiados que sofrem ao passar pela Líbia, como se pode conferir aqui. As imagens reais sobre os escravos líbios podem ser vistas aqui.

Conclusão

O comércio escravo na Líbia é real e está chamando atenção do mundo. No entanto, algumas das imagens usadas para ilustrar a notícia que está se espalhando pelas redes sociais são de outros fatos ocorridos longe da Líbia!

Share Button
Conspirações, Crimes, Verdadeiro
, , , , , ,