BBB11 por Luis Fernando Veríssimo

Share Button

Texto sobre o Big Brother Brasil 11 atribuído à Luis Fernando Veríssimo é falso!

O texto, supostamente assinado pelo escritor Luis Fernando Veríssimo, fala (de forma negativa) sobre um dos programas mais populares da TV brasileira, o Big Brother Brasil.

Essa mensagem sobre o BBB11 começou a circular em janeiro de 2011, porém, o texto é bem mais antigo do que isso! Em março de 2010, já recebemos textos semelhantes.

Em abril de 2010, o blog São Miguel Paulista postou a mensagem e, no Yahoo Respostas o artigo foi postado há 10 meses, ou seja, em abril de 2010, com algumas modificações.

Afinal, Luis Fernando Veríssimo é mesmo o autor do texto?

Não! Veríssimo não escreveu o artigo!

Em nota enviada ao jornalista Ricardo Noblat no dia 4 de abril de 2010, o próprio Luis Fernando Veríssimo afirma que o texto não é seu:

 

Luis Fernando Veríssimo

 

…Não fui eu que escrevi. Não poderia escrever nada sobre o “Big Brother Brasil”, a favor ou contra, porque sou um dos três ou quatro brasileiros que nunca o acompanharam.

Com seu humor característico, LFV brinca que, às vezes, assume a autoria de algum dos vários textos que lhe atribuem, para não brigar com as pessoas!

Ainda, na mesma nota, Veríssimo também deixa bem claro que não possui nenhuma conta no Twitter. Nenhum dos perfis no microblog são criações suas.

Como já mostramos aqui no E-farsas.com em diversas oportunidades, os criadores de boatos eletrônicos, na maioria das vezes, usam nomes de pessoas conhecidas para dar mais veracidade aos textos. Nesse caso, aproveitaram o nome do escritor Luis Fernando Veríssimo.

Se o texto não é do Veríssimo, de quem é?

Segundo o portal Usina da Letras, o desabafo contra o Big Brother foi escrito por Marcelo Guido. O texto seria uma crítica ao BBB 10.

Esse não é o 1° texto que atribuem a Luis Fernando Veríssimo. No excelente Rosangela Liberti há uma lista com vários artigos que circulam pela net em nome do escritor, mas que são, na verdade, de outros autores.

No Flores na Janela há um pequeno guia ensinando como se detecta o falso Veríssimo!

Share Button
Cinema / TV, Correntes, Falso, Famosos
, , , , ,

Comente pelo Facebook

20 comentários

    • Pouco importa, agora, se o artigo é,ou não, de autoria de Luís Fernando Veríssimo. A propósito,não mudo minha opinião e reproduzo mensagem postada na suposição de que a matéria emanara desse grande jornalista, como se segue:
      “A indignação dita e aflorada das palavras de Luís Fernando Veríssimo, esse gaúcho expoente da boa crônica contemporânea, sintetiza e traduz a indignação da consciência nacional, na qual me incluo. Ela é lúcida, objetiva, coerente, completa. Reitero o que falei na mensagem anterior: ‘A qualidade e os objetivos da programação televisiva no Brasil é tão rasteira que é lugar comum atirá-la ao lixo. Simplesmente pouco a vejo e de modo muitíssimo seletivo. A quem devemos à venda do peixe: ao pescador ou ao peixeiro? ao nutriconista ou ao freguês que se deixa levar pelo grito de ‘olhe o peixe!’? A grande diferença de postura de um povo está na tradição em instruir os filhos, fazê-los cidadãos conscientes. E vemos isso entre nós? A resposta, nua e crua, é um tremendo NÃO! Daí, os bolsas família da vida subsidiam a ingnorância, o curralismo eleitoral e a festa dos ‘tubarões’, que mudam de pele, não se tornam cordeiros mas permanecem lobos sempre espertos e forazes. O resto, meu amigo, é o que indignados assistimos de braços cruzados, cegos e sem ação. Com fraterna indignação’.” Permaneço indignado.

  1. Pingback: Suposta crônica de Veríssimo sobre o BBB « #prontofalei

  2. Pingback: Caio e Clarice…Nãoooooooo | Mulherzinhas

  3. BIG BROTHER

    Por favor não sejam injustos
    Xingando de bobo e de inculto
    Um homem como Pedro Bial
    Lembrem que quem incentiva o Big Brother
    É o povo de cabeça pobre
    Que acha tal programa sensacional.

    O Bial apenas apresenta
    O programa que se alimenta
    De telespectadores sem essência
    Os quais perdem o seu tempo precioso
    Achando aquele embuste gracioso
    E assim vão lhe dando audiência.

    O Bial está ganhando o seu dinheiro
    Enquanto o povo brasileiro
    Ajuda a pagar o seu salário
    Ao telefonar em cada paredão
    E assim de tostão em tostão
    Seres fúteis se tornam milionários.

    Tanta gente com conteúdo
    Passa a vida fazendo de tudo
    Para destacar-se na sociedade
    Enquanto o Big Brother como uma máquina
    Faz a proeza fantástica
    De transformar tolos em celebridades.

    Use o seu poder de cidadão
    Desligando a televisão
    Quando entrar no ar tal programa
    Vá ler um livro de romance
    Saia para comer ou mesmo dance
    Ou se preferir vá para a cama.

    Mas não fique criticando o Bial
    Pois não é nele que está o mal
    Causado por este programa escroto
    Demonstre ser alguém gentil
    E com educação mude o Brasil
    Apertando o controle remoto.

    Eduardo de Paula Barreto
    http://www.opoetizador.com
    11/01/2012 – SP – SP

  4. Pingback: Artigo sobre o BBB* | A Inconformada

  5. Pingback: Artigo sobre o BBB, de Autor desconhecido « Blog do Celso Gomes

  6. Emilio Medeiros

    é lamentável o que se ve em nossos meios de comunicação os proprios telejornais com crimes roubos estupros só nos tras o que é de ruim o bbb então nem se comenta é um absurdo esperamos que um dia mude este tenebroso quadro…

  7. MILTON SOUZA GOMES

    Senhores leitores,

    Não importa que escreveu o texto, se Veríssismo ou outra pessoa qualquer, o que importa sim, é que alguém escreveu um texto que eu e dezenas de milhões de brasileiros gostariam de fazê-lo. Parabéns! ao autor pelo inteligência, lucidez, visão política e patriotismo externados. Sobre o assunto temos que nos indignar e mostrar a nossa rebeldia contra estes colonizadores baratos que a todo custo insistem em colocar marcha ré no Brasil.
    Saudações democráticas,

    Milton Gomes

  8. Texto sobre o Big Brother Brasil 11 atribuído à Luis Fernando Veríssimo é falso?!

    “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

    Se o texto é ou não é do Luis Fernando Veríssimo, não importa. O importante é que ele é extremamente esclarecedor e que está circulando na net com muita aceitação. Parabéns para quem o escreveu. E quem o escreveu logrou êxito em seu propósito, que penso ser o de tirar a venda dos olhos da nação brasileira, mostrando que a Rede Globo é o ópio de nosso povo. E é a mais poderosa ferramenta de alienação e instrumento de promoção dos políticos corruptos que se perpetuam no Poder. É a maior praga deste país, como um câncer não diagnosticado – é a morte do Brasil. Estaríamos evoluídos a milhões de anos luz, seríamos país de primeiro mundo, talvez, se não existisse a TV Globo no ar, mas por culta dela retrocedemos – vivemos no obscurantismo, no medievalismo, na século das trevas, em sentido lato da expressão.

    Diz a máxima bíblica: “Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor”. Mas o “Senhor” do Brasil, infelizmente, parece ser a Rede Globo.

    Infelizmente, o Brasil é democrático, mas o país toma o rumo que a Rede Globo aponta – a voz da Globo é a “voz do povo” e a voz do povo é a “voz de Deus”.

    O Brasil não é democrático, é “globocrático” – porque enxerga, ouve e reproduz o que a Globo prega.

    O formato de TV aberta no Brasil carece urgentemente de uma reforma.
    A TV aberta que temos é um lixo (e lixo não reciclável) – nada se aproveita.

    Ao pobre não resta outra escolha senão esta TV deplorável e vergonhosa que é a TV aberta brasileira (e aqui insiro todas as demais emissoras – nenhuma se salva – todas com o mesmo formato.

    E pensar que meu tempo é tão curto pra fazer as coisas boas que gosto (livros apaixonantes, uma visitinha a um amigo, um bate-papo com um vizinho, um bom filme, o estar com a família, o passear com o cachorro etc., etc.) e ainda tem gente com tempo pra ver programas como BBB.

    Lastimável! Mas a culpa não é dos brasileiros. A gente brasileira tem fome de comida, mas também tem fome de cultura, fome de lazer e cultura e lazer neste país é acessível a poucos. O pobre rala pra sobreviver, ganha um mísero salário mínimo – precisa ter jogo de cintura pra garantir à família sustento, educação, saúde, lazer – porque nada se tem de graça neste país, apesar dos incontáveis absurdos impostos arrecadados.. Vai sobrar outra opção senão a TV? É “de graça”, mais cômodo.

    O brasileiro não tem grana pra visitar teatro, cinema, etc., livro é produto de luxo, nem internet em casa tem…

    O povo quer lazer – e eu fico pensando: por que o brasileiro gosta tanto de festa, a exemplo do carnaval? Porque ele só rala, sofre que só sovado de aleijado pra sobreviver…

    Vivemos num país utópico idealizado pelo PT – O PAÍS DE TODOS! Agora “O MAIS RICO, SEM MISSÉRIA”, fome zero… FOME ZERO?! Essa é boa… Nem boa alimentação o brasileiro tem na mesa… Fome zero não é ter na panela feijão com arroz… O POVO MORRE DE INANIÇÃO…

    QUE PAÍS É ESTE?

  9. BaHalus

    Cara, o programa é bobo e idiota e a fórmula já se saturou faz tempo. Provavelmente só deve existir no Brasil agora. Na TV fechada vemos diversos outros tipos de reality shows, muito mais interessantes e mesmo intrutivos, como TOP CHEF, TOP DESIGN, entre outros.

    Agora, quem escreve esse texto tá reclamando de que? O BBB é o único programa bobo e ruim da TV brasileira? Nem de longe. Sinceramente, eu devo ter visto um pouco dos primeiros BBB, em geral na reta final e só, a fórmula cansa rápido. E, atualmente meu único contato com BBB são os inúmeros posts no facebook reclamando do BBB. Para cara uma pessoa falando algo neutro ou positivo do BBB há 1000 falando contra. Sério, isso enche o saco, eu preferia ficar ignorante sobre a existência do BBB. Um programa se alimenta da audiência. Falem mal mas falem de mim. A melhor forma de fazer o programa deixar de existir é para de ver e de divulgar ele (campanha negativa não deixa de ser uma divulgação).

  10. EUDES

    Trata-se de afronta à capacidade pensante do brasileiro. A Globo ENCLAUSURA homens e mulheres (gay/sapatão) e lhes dá toda a INFRAESTRUTURA que consiste em aposentos regados a CAMAS, MUITA BEBIDA, CALÇÃO JUSTO, FIO DENTAL, PISCINA E MUITAS CÂMERAS DISTRIBUÍDAS POR TODOS OS ESPAÇOS, INCLUSIVE OS “PRIVATIVOS”. São ANIMAIS ENCLAUSURADOS E BEM ALIMENTADOS. Enfim, a MAIOR CONTRIBUIÇÃO DA TELEVISÃO À DEPRAVAÇÃO DA JUVENTUDE E DA FAMÍLIA BRASILEIRA, COMO NUM TODO! Coniventes, também, os patrocinadores e, infelizmente, OS INCAUTOS VOTANTES..!!!

  11. Capelão Plínio

    Percebo pelo texto que o escritor “anônimo” faz um desabafo, principalmente contra a emissora mencionada, retratando assim a realidade daquilo que acontece no mundo “modernizado”. Entretanto, não focaria somente em um veículo de comunicação, responsabilizando-o pelos erros de milhares de pessoas que insistem em caminhar distante dos ensinos de Deus.

    Qualquer programa indecente (em qualquer emissora de rádio ou TV), qualquer tipo de droga ou qualquer indústria de iniquidade só prospera por conta da demanda e ou audiência. Sem consumidor o “fabricante” está fadado a enfrentar inevitavelmente a falência.

    Exerça seu direito de dizer não a tudo quanto não trás benefícios a você e a sociedade de um modo geral. Agindo desta forma, você, sua família e a Terra vão viver com mais dignidades e muito provavelmente as grandes catástrofes se dissiparão ou ao menos diminuirão sensivelmente.

    Li e avaliei o texto. Com todo respeito ao escritor “desconhecido”, peço licença para acrescentar ao último parágrafo a leitura e meditação na PALAVRA DE DEUS (Bíblia). Por quê? “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração” – (Hebreus 4:12). É justamente isto que o homem precisa – “D I S CE R N I M E N T O” para avaliar com profundidade as propostas e antever as consequências de cada uma dela.

    Abraços e boa leitura, principalmente as Escriutras Sagradas.

    Capelão – Plínio.

  12. BBB é coisa de uma sociedade imbecilizada e dominada por governantes corruptos que vislumbram apenas a detenção do poder…! Nos vivemos uma desordem social sem precedentes no Brasil e basta de fazermos relação entre pobreza e violência ou pobreza e anarquia…! Nem um outro país da América do Sul tem as características nocivas do povo e dos políticos brasileiros…! Os brasileiros são pobres é de espírito, por isso somos o povo mais desorganizado do mundo e temos os políticos mais inescrupulosos e canalhas…! Não enxergo qualquer saída para tal desordem, infelizmente. Prof. Almir Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *