Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Coincidências entre os atentados ao World Trade Center e o número 11!

Imagem falsa da morte do Osama Bin Laden

Conspirações

Coincidências entre os atentados ao World Trade Center e o número 11!

Coincidências entre os atentados ao World Trade Center e o número 11!

É verdade que os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 tem muitas coincidências envolvendo o número 11? 

Essa história circulou muito nas redes sociais em novembro de 2003, dois anos após os ataques às torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque, e – de acordo com o texto – aponta as enormes coincidências entre esse crime bárbaro e o número 11. 

Será que essa teoria tem algo de verdade?

Imagem falsa da morte do Osama Bin Laden

Imagem falsa da morte do Osama Bin Laden

 

Texto que circula desde 2001:

O 11 passou a ser um número inquietante. Podem pensar que é uma casualidade forçada ou simplesmente uma tontice, mas o que está claro é que há coisas interessantes, senão, vejamos:

  1. New York City tem 11 letras.
  2. Afghanistan tem 11 letras.
  3. “The Pentagon” tem 11 letras.
  4. George W. Bush tem 11 letras.

Até aqui, meras coincidências ou casualidades forçadas (será???).

Agora começa o interessante :

  1. New York é o estado Nº 11 dos EUA.
  2. O primeiro dos vôos que embateu contra as Torres Gêmeas era o Nº11.
  3. O vôo Nº 11 levava a bordo 92 passageiros; somando os numerais dá: 9+2=11.
  4. O outro vôo que bateu contra as Torres, levava a bordo 65 passageiros, que somando os numerais dá: 6+5=11.
  5. A tragédia teve lugar a 11 de Setembro, ou seja, 11 do 9, que somando os numerais dá: 1+1+9=11.

Agora, o inquietante :

  1. As vítimas totais que faleceram nos aviões são 254: 2+5+4=11.
  2. O dia 11 de Setembro, é o dia número 254 do ano: 2+5+4=11.
  3. A partir do 11 de setembro sobram 111 dias até ao fim de um ano.
  4. Nostradamus (11 letras) profetiza a destruição de New Iork City na Centúria número 11 dos seus versos.

Mas o mais chocante de tudo é que, se pensarmos nas Torres Gêmeas, damo-nos conta que tinham a forma de um gigantesco número 11. E, como se não bastasse, o atentado de Madrid aconteceu no dia 11.03.2004 , que somando os numerais dá: 1+1+0+3+2+0+0+4=11.

Intrigante, não acham ?

E se esqueceram que o atentado de Madrid aconteceu 911 dias depois do de New York, que somando os numerais 9+1+1=11!!!!

Verdade ou mentira?

Como todos sabem, o ataque terrorista às torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque – EUA – aconteceu em 11 de setembro de 2001. É claro que esse terrível acontecimento gera assunto até hoje.

Esse e-mail surgiu logo em 2001, em inglês, e se espalhou pela rede. Infelizmente, na época não conseguimos terminar e publicar nossas pesquisas sobre essa estranha coincidência. Como, em abril de 2004, o e-mail com essa teoria do “11” voltou a circular pela Rede novamente, resolvemos aproveitar essa segunda “chance” para publicar esse modesto texto de autoria de Gilmar Henrique Lopes para que você possa tirar suas próprias conclusões.

A Teoria “furada” do 11.

Acompanhe esse trecho do e-mail:     

“O 11 passou a ser um número inquietante. Podem pensar  que é uma casualidade forçada ou simplesmente uma tontice, mas o que está claro é que há coisas interessantes.”

Por quê o número 11 passou a ser inquietante? Porque alguém quis, oras!

É fácil encontrar coincidências em coisas que queremos achar. Não estou sendo claro? Vou tentar me explicar melhor: 

Eu poderia mandar esse e-mail para você dizendo que tudo o que aconteceu no dia do ataque às torres gêmeas é culpa do número “2”. Quer ver:

  • New York City tem 11 letras = 1 + 1= 2.
  • Afeganistão tem 11 letras = 1 + 1= 2.
  • “The Pentagon” tem 11 letras = 1 + 1= 2.
  • Ramsin Yuseb (Terrorista que atentou contra as torres gêmeas em 1993) tem 11 letras = 1 + 1= 2.
  • George W. Bush tem 11 letras = 1 + 1= 2.

E por aí vai… sem contar que as torres eram duas (olha o “2” aí, gente!), os aviões eram dois, cada piloto tinha 2 testículos, etc…

O ser humano tem, quase que por instinto, a necessidade de encontrar um padrão para tudo, até mesmo naquilo que é impossível de se padronizar. Talvez isso seja alguma herança de nossos ancestrais das cavernas que usavam os padrões para diferenciar as marés ou a época que determinados animais passariam por determinado caminho.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Porém, num ímpeto em mostrar as coincidências com o número 11, o autor deu umas escorregadelas. Confira nessas linhas:

“1) New York City tem 11 letras.

2) Afeganistão tem 11 letras.

3) “The Pentagon” tem 11 letras.

4) Ramsin Yuseb (Terrorista que atentou contra as torres gêmeas em 1993) tem 11 letras.

5) George W. Bush tem 11 letras.”

Como dissemos lá em cima, essa mensagem surgiu primeiramente em inglês e alguém a traduziu para o nosso idioma. Só que para não perder a magia do “11” o autor deixou algumas palavras em inglês e mais abaixo a mesma palavra em português. Tudo bem que nomes próprios não se traduzem, mas o correto é grafar como o vernáculo manda. Por exemplo: “Brasil” lá se escreve “Brazil” com “Z”. Veja outros exemplo:

  • “New York City” se transforma (no próprio e-mail) em “Nova Iorque” – 10 letras;
  • “Afeganistão” já está aportuguesado mas em inglês dá 11 letras também, aí está uma coincidência;
  • “The Pentagon” tem 11 letras, mas “Pentágono” só tem 9;
  • “George W. Bush” = 11 letrinhas! Mas “Jesus Cristo” também tem! E daí?

E ainda, Ramsin Yuseb foi o terrorista que explodiu umas bombas no WTC. Mas isso foi em 1993! Ele não tem nada a ver com os ataques mais recentes. Apenas colocaram seu nome no e-mail porque tem 11 letras.

Vamos prosseguir:

“1) Nova Iorque é o estado Nº 11 dos EUA.”

Verdade! Nova Iorque foi o 11º estado a fazer parte dos Estados Unidos.

“[…]O vôo Nº 77, que também embateu contra as Torres, levava a bordo 65 passageiros, que somando dá: 6+5 =11.”

Falso! O vôo de número 77 tinha 64 passageiros: 58 passageiros e 6 funcionários da companhia.

“O dia 11 de Setembro, é o dia número 254 do ano. 2+5+4=11.  A partir do 11 de setembro sobram 111 dias até o fim de um ano.”

Verdade! Se contarmos no calendário, o 11 de setembro é o  254º dia do ano. Se o ano de 2001 fosse bissexto não daria certo. Ah! E do dia 11 atá o final do ano restam 111 dias mesmo. Só que o autor deveria somar esses números (como ele fez nos outros parágrafos), 1 + 1 + 1 = 3. Convenientemente, não fez!

Próximo parágrafo, temos:

“4) O famoso Nostradamus (11 letras) profetiza a destruição de Nova Iorque na Centria número 11 dos seus versos… Mas o mais chocante de tudo é que se pensarmos nas torres gêmeas, damo-nos conta que tinham a forma de um gigantesco número 11”

Falso! O nome do “vidente” Nostradamus tem 11 letras, mas ele não previu os ataques às torres gêmeas! Isso você pode conferir em uma outra pesquisa nossa, clicando nesse link. Nessa pesquisa você vai descobrir que o Nostradamus escreveu apenas 7 centúrias, apesar de muitos historiadores juram de pé junto que encontraram 10 centúrias, mas nunca 11.

Conclusão

A corrente mistura dados reais com alguma forçação de barra. Só serve de passatempo. E quem quiser achar mais coincidências… lá vai:

“Gilmar Lopes” tem 11 letras;

“E-farsas.com” tem 11 letras (contando com o hífen!);

Se os terroristas escolheram esse dia para os ataques por algum motivo especial, isso não sabemos! Só se perguntarmos para eles!

Continue lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Renato

    11 de setembro de 2019 em 14:01

    Não vou nem me ater a essas teorias acima, mas devem ser ridículas. Mas concordo que não há teorias da conspiração, pois os fatos são tão evidentes que já deixaram de ser teoria há muito tempo. Quem explica (pra mim dentre incontáveis evidências, a prova mais cabal) a BBC de Londres em plena transmissão ao vivo com seu âncora anunciando a queda do WTC prédio 7, de quase 50 andares, chamar a repórter em Nova Iorque ao vivo e esta confirma e anuncia a queda dizendo o motivo que imaginam que tenha levado ao colapso, no caso fogo! Só que no fundo da imagem enquanto ela fala o prédio está lá em pé! kkkk.. daí, por coincidência, o sinal cai, pedem o contato com ela (perceberam a m… né!) Depois o sinal volta, o âncora se desculpa e 20 minutos depois mais ou menos… adivinhem!?!?! O arranha céu de maneira ridícula realmente colapsa. Nada acometeu a ele a não ser um incêndio comum em alguns poucos pisos, sem aviões. Quem explica essa qualidade de videntes da BBC? Quem explica essa queda? Os Arquitetos e Engenheiros explicam, bela implosão.. O prédio caiu em queda livre, direto pro chão sem tender pra qualquer lado, de repente.. assim como as torres gêmeas.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo