Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Foto famosa do planeta Terra usada no iPhone é falsa!

Blue Marble - Versão final de Robert Simmons - NASA

Falso

Foto famosa do planeta Terra usada no iPhone é falsa!

Blue Marble é o nome da foto mais famosa que se tem do planeta Terra, mas você sabia que ela não é real?

O site do observatório da Agência Espacial Americana – NASA – publicou no dia 6 de outubro de 2011 um artigo sobre a Blue Marble, a foto que mostra o nosso planetinha e atualmente é a imagem padrão do papel de parede do iPhone – o smartfone da Apple.

A surpresa foi saber que a foto não é real! Isso mesmo, a Blue Marble é falsa!

Na verdade, a foto com a maior resolução que se tem da Terra é uma composição feita por Robert Simmon a partir de várias imagens da Terra. No artigo publicado pelo próprio Simmon, ele conta que: “Uma das melhores surpresas da minha vida estava se transformando no meu novíssimo iPhone, antes mesmo de ter sido ativado, olhando para baixo na tela, e vendo uma imagem que eu tinha feito. A Apple escolheu a Blue Marble da NASA para a tela de boas-vindas padrão e papel de parede, e eu não nem tinha idéia de disso!

Robert explica que, em 2002, seu colega chamado Reto Stöckli havia reunido mais de 10.000 fotos do planeta (cada uma, com cerca de 300 MB) e com esse imenso material criou, assim, uma única fotografia com 43.200 por 21.600 pixels que, depois de removidas as nuvens e outras “sujeiras” dos arquivos, ficou com a “cara” da nossa casa.

Imagem com a compilação de várias fotos da Terra - Robert Simmon, NASA

Imagem com a compilação de várias fotos da Terra - Robert Simmon, NASA

Para deixar a Terra com uma aparência mais natural, Simmon “inspirado” por uma imagem – feita em dezembro de 1972, pela tripulação da Apollo 17 – e baseando-se em vários números de estudos da NASA sobre os oceanos e mais de 200 imagens de satélites sobre as superfície do nosso “mundão velho sem porteira”, coloriu a parte azul da foto e demais detalhes da Blue Marble.

Retoques na Blue Marble - Robert Simmon - NASA

Retoques na Blue Marble - Robert Simmon - NASA

Depois, com a ajuda de softwares gráficos, Robert moldou sua imagem em uma esfera e, com mais uma tonelada retoques aqui e ali, foi chegando no resultado que ele tinha imaginado:

Detalhes do projeto da Blue Marble - Robert Simmon - NASA

Detalhes do projeto da Blue Marble - Robert Simmon - NASA

O resultado final, a Blue Marble como a conhecemos, está aí:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Blue Marble - Versão final de Robert Simmons - NASA

Blue Marble - Versão final de Robert Simmon - NASA

 

Aqui, um video da criação de Robert Simmon, onde a Terra pode ser vista em movimento:

[iframe: width=”590″ height=”330″ src=”http://www.youtube.com/embed/KRdi5ElayK4″ frameborder=”0″ allowfullscreen]

E mais um, com a atmosfera terrestre no decorrer de um ano:

[iframe: width=”590″ height=”330″ src=”http://www.youtube.com/embed/BkufnhwverE” frameborder=”0″ allowfullscreen]

Curiosidades sobre a Blue Marble:

Segundo Simmon, algumas pessoas notaram que há nuvens repetidas na foto, principalmente nas regiões próximas à linha do equador. Ele explica que essas imperfeições se devem ao fato de que não há dados sobre a área.

Robert também explica que o mapa do planeta Terra, na sua versão, está centrado na América do Norte por escolha sua. Como ele passou a maior parte da sua vida nos Estados Unidos, optou por deixar a aquela parte do continente em evidência, mas ele já prometeu que fará outras versões e está trabalhando em um novo mapa onde  – nessa versão – o centro ficará no Sul da Ásia.

Ah! As fotos e todas as fases de elaboração da Blue Marble são livres e podem ser usadas à vontade (desde que a NASA seja avisada). Quem quiser usar as imagens, Robert Simmon as disponibilizou para downlaod no site da NASA.

Conclusão

A foto é falsa, mas é linda mesmo assim!

Sites pesquisados:

Continue lendo
16 Comentários

16 Comments

  1. Alexandre

    8 de novembro de 2011 em 12:00

    Realmente, a foto é muito bonita, mesmo sendo falsa.

  2. D

    8 de novembro de 2011 em 14:15

    Quase toda foto do espaço, passa por retoques para ficar mais bonita, como as fotos da ida a lua, dai qualquer um menos instruido (idiota) pega ve que foi manipulada diz que tudo é uma farsa, o homem não foi para a lua, não enviou sondas para oe spaço, não existe outros planetas e a nasa é do diabo…
    mas existem por ai as fotos reais e sem retoques, e são igualmente belas. (ao menos para mim)

  3. Alice

    8 de novembro de 2011 em 15:41

    Vi essa reportagem e fiquei intrigada.
    Eles não garantem a veracidade, lógico, é dificil acreditar mesmo, mas eu fiquei bem curiosa.

    http://www.mataohojeemdia.com/2011/11/fios-de-metal-crescendo-no-corpo-de-uma.html

    Não estou fazendo propaganda alguma do site, eu só vi lá, ok. ^^
    Fiquei em duvida, é bem surreal, mas alguem tem alguma informação sobre o caso, ou só uma opinião?
    Obrigada pela atenção, gente, desculpa se minha duvida é boba ^^. Boa tarde e beijos.

  4. Laurus

    8 de novembro de 2011 em 20:51

    Eu nem chguei a conhecer essa imagem, mas dá para ver que não é só a foto que é falsa mas também aquela agência de monitoramento espacial que esconde as verddes e mente na maior cara de pau.

  5. Rodrigo Portillo

    11 de novembro de 2011 em 15:02

    Isso é velho… uso esse mapiamento no 3DsMax há pelo menos 6 anos…

  6. Pingback: Foto do papel de parede do Windows XP é verdadeira ou falsa? | E-farsas.com - 9 anos desvendando as farsas da web!

  7. Ver el Espacio en Vivo

    17 de julho de 2012 em 17:26

    buenas acabo de enterarme de tu web y la verdad es que me parece genial no sabia de mas personas interesadas en estos temas, aqui tienes un nuevo lector que seguira visitandote constantemente.

  8. tomas vieira

    24 de agosto de 2013 em 22:05

    Então a foto é VERDADEIRA !!..todo mundo sabe que é feita de pedaços nítidos tratados e juntados em um planisferio! mas são de fotos de satélite, fotos da
    Terra, então é realmente REAL! não acho que alguém pensaria que num único clique tirou a foto..Então também deve-se dizer que: É falsa a imagem da evolução humana naquela fila indiana…eles nunca fizeram aquela fila do macaco ao homem moderno!

  9. carlos

    1 de dezembro de 2014 em 11:57

    Os EUA parece ser um pais que vive de marketing, tudo neles parece ser fantasia, é um povo muito criativo porém sua elite é muito desconfiável, inclusive o próprio povo tem desconfiança sobre a sua elite política, razão pela qual possuem tantas armas em casa, eles temem uma ditadura nazi-capitalista baseada na força militar que a elite possui. Uma prova disto é que inclusive o ônibus espacia,que seria uma replica de um projeto alemão da década de trinta é retratado em diversas fotos com várias escotilhas, o questionamento é para que tantas escotilhas se o veiculo era um veículo destinado a pesquisa e não para transporte de turista???
    Devemos também refletir sobre o fato de que a vários anos eles estão alugando os veículos lançadores russos e os cargueiros russos para levar os astronautas para a estação espacial, que por sua vez só pode ser construída depois que a Russia fez um tratado de cooperação científica com a Nasa , porque como todos sabemos a estação espacial americana caiu pro falha na sua construção a Skaylab, a qual a imprensa americana faz questão de esquecer e as novas gerações desconhecem.Daí o por quê dos estados Unidos e a Europa promoverem tantas guerras, é para destruir o progresso científico dos outros países, como China, Russia e Iram e Coréia do Norte, onde eles tentam atrapalhar a reunificação porque a do Norte tem tecnologia e a do Sul tem espaço e mão de obra e tecnologia copiada dos USA.

  10. carlos

    1 de dezembro de 2014 em 12:23

    O cinturão de Van Allen não é matérias densa o perigo que ele oferece é energético por isso, as naves são blindadas com ligas especiais bem como a roupa dos astronautas, mas leia com atenção estude como um cientista e não como um religioso, a ciência não está aqui para rivalizar com religião, se você for um religioso aberto você vai chegar a conclusão que uma confirma a outra, veja bem o que está escrito nas linhas ,3, 4, 5, da mesma matéria da Wikipedia. Ler sobre ciência, não é interpretar textos que foram compilados e retraduzidos,centenas de vezes, de dialeto morto, que na sua versão original, o dialeto, não a escrita, já desapareceu a milhares, ou centenas de anos atrás!!!

    • Paulo Felix

      27 de dezembro de 2016 em 20:22

      Bom você ter tocado nesse tema: o cinturão de Van Allen. A NASA está desenvolvendo uma nave espacial de nome Orion para “uma primeira expedição humana tripulada em 2021, circundando a Lua”. (Wikipedia…) Ela contém um complexo sistema de navegação e tentará ultrapassar a atmosfera baixa da terra pela primeira vez! Oras, se a lua dista a cerca de 400 mil quilômetros da terra, somente saber que a NASA ainda não ultrapassou a atmosfera baixa já em si é uma evidência sólida que jamais o homem esteve antes na lua! É lamentável o uso que as pessoas fazem do termo ciência para rotular aquilo sobre o qual se faz alardeantes afirmações, muitas das quais desprovidas de verdadeiro respaldo empírico. Você tem razão: “Ler sobre ciência, não é interpretar textos que foram compilados e retraduzidos,centenas de vezes, de dialeto morto, que na sua versão original, o dialeto, não a escrita, já desapareceu a milhares, ou centenas de anos atrás”. Hoje a ciência que é lida e ensinada nas escolas é desprovida de qualquer apoio empírico, sendo baseada em achismos e teorias (e até na astrologia mítica originária da Mesopotâmia e do Nilo) e pior, na maioria das vezes é “bem sucedida” por que tem o respaldo dos homens mais ricos e poderosos que possuem interesses puramente egotistas em nos manter na mais completa ignorância … Prefiro pegar um livro antigo como a Bíblia e ler uma verdade que ninguém jamais pode contestar de verdade: “No princípio Deus criou os céus e a terra” – Gênesis 1:1.

      • Eu™

        28 de dezembro de 2016 em 9:31

        >Bom você ter tocado nesse tema: o cinturão de Van Allen.

        Vamos lá! Adoro quando o assunto é sobre OS CINTURÕES (não é só um, viu? Começou errado!) de Van Allen!

        >A NASA está desenvolvendo uma nave espacial de nome Orion para “uma primeira expedição humana tripulada em 2021, circundando a Lua”. (Wikipedia…) Ela contém um complexo sistema de navegação e tentará ultrapassar a atmosfera baixa da terra pela primeira vez!

        Uma NOVA nave espacial. E sim, por ser NOVA, vai ser a PRIMEIRA VEZ que a ÓRION vai ultrapassar a órbita baixa.

        >Oras, se a lua dista a cerca de 400 mil quilômetros da terra, somente saber que a NASA ainda não ultrapassou a atmosfera baixa já em si é uma evidência sólida que jamais o homem esteve antes na lua!

        E você acaba de cometer uma falácia, a da FALSA PREMISSA. A ÓRION é uma NOVA nave, logo, vai ser a primeira vez para ELA. Não para a NASA. As Apollo fizeram isso nas décadas de 60/70. Os soviéticos já fizeram isso nas décadas de 60/70. Depois das missões Apollo VÁRIAS sondas e satélites fizeram isso, inclusive medindo a radiação dos cinturões, e olha só como você está desatualizado, a PRÓPRIA ÓRION já fez isso, no final de 2014, voltou incólume e todos os níveis de radiação medidos estão dentro do esperado, do detectado anteriormente, e são seguros para os humanos! Precisa ATUALIZAR SUAS FONTES!

        https://www.nasa.gov/sites/default/files/atoms/files/eft1_radiation_results_7_29_15.pptx

        http://www.aulis.com/orion_vanallens.htm

        >É lamentável o uso que as pessoas fazem do termo ciência para rotular aquilo sobre o qual se faz alardeantes afirmações, muitas das quais desprovidas de verdadeiro respaldo empírico. Você tem razão: “Ler sobre ciência, não é interpretar textos que foram compilados e retraduzidos,centenas de vezes, de dialeto morto, que na sua versão original, o dialeto, não a escrita, já desapareceu a milhares, ou centenas de anos atrás”.

        Lero lero, mimimi, nenhuma evidência, bla bla bla.

        >Hoje a ciência que é lida e ensinada nas escolas é desprovida de qualquer apoio empírico, sendo baseada em achismos e teorias (e até na astrologia mítica originária da Mesopotâmia e do Nilo)

        Claramente você desconhece o que uma TEORIA CIENTÍFICA significa. E vem falar sobre EMPIRISMO quando não consegue nem entender o básico do básico, ou repele as evidências apresentadas. Assim fica fácil falar qualquer coisa!

        >e pior, na maioria das vezes é “bem sucedida” por que tem o respaldo dos homens mais ricos e poderosos que possuem interesses puramente egotistas em nos manter na mais completa ignorância … Prefiro pegar um livro antigo como a Bíblia e ler uma verdade que ninguém jamais pode contestar de verdade: “No princípio Deus criou os céus e a terra” – Gênesis 1:1.

        E continua as acusações e falácias sem evidências. Continue assim, se você passar roupa tão bem quanto passa vergonha, vai ter emprego garantido como diarista!

  11. Rinaldo

    19 de dezembro de 2016 em 19:12

    Um belo Photoshop como todas as outras imagens “reais” da Terra, ninguém nem NASA nem outra agência subiu alto o suficiente pra ver o real formato da nossa querida Terra.
    #aterraéplana

    • Eu™

      28 de dezembro de 2016 em 9:22

      A Terra é plana e sua cabeça é oca, pombo cagão. XÔ POMBO!

  12. Jango

    22 de julho de 2019 em 21:11

    Interessante, não sabia disso.

  13. Marcelo

    2 de outubro de 2019 em 0:40

    Parem de acreditar nas mentiras dos globalistas! A Terra é plana, não existe Universo, espaço sideral, planetas, cometas, galáxias… NADA! A Terra NÃO é um planeta, é plana, está imóvel em suas bases e inabalável, conforme descrito na Bíblia. Vocês foram todos enganados por seus professores comunistas no colégio. E os próprios Galileu, Copérnico, Giordano e Newton, que afirmavam ser a Terra esférica, não passavam de comunistas travestidos de cristãos.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo