Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Goleiro Sidão disse estar voltando para o “lado escuro e triste” após constrangimento ao vivo?

Esporte

Goleiro Sidão disse estar voltando para o “lado escuro e triste” após constrangimento ao vivo?

Goleiro Sidão disse estar voltando para o “lado escuro e triste” após constrangimento ao vivo?

Um dos assuntos que mais movimentaram ontem (12) as redes sociais foi o constrangimento que o goleiro Sidão, do Vasco da Gama, sofreu ao vivo, após uma partida transmitida pela Rede Globo. O jogo era Santos x Vasco pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a partida, a TV Globo abriu votação popular, através da internet, para que o público elegesse o “Craque do Jogo”.

Após sucessivas falhas, sendo que uma delas foi atribuída diretamente ao primeiro gol do Santos, que venceu o Vasco por 3 x 0, o goleiro Sidão acabou sendo escolhido popularmente e ironicamente como o craque da partida. Após o término do jogo, uma repórter da TV Globo teve que entregar um troféu do “Craque do Jogo” ao goleiro, que estava visivelmente constrangido. Confira o momento, abaixo:

 

A repercussão nas redes sociais foi imediata. Diversos clubes, atletas e celebridades saíram em defesa de Sidão, e muitos usuários criticaram a postura da emissora. Muitos julgaram desnecessário entregar uma premiação, que havia se tornado claramente irônica e depreciativa, ainda mais considerando todo um histórico delicado que o goleiro possui. De forma igualmente rápida, começaram a circular frases supostamente ditas por Sidão. Entre elas, havia o seguinte texto:

Eu sofro com depressão, já tentei tirar minha própria vida duas vezes. Nunca quis divulgar isso na mídia, mas depois dessa humilhação que fizeram comigo, eu sinto que estou voltando para o lado escuro, e triste. Sinto muito pela mal partida feita hoje, eu estou em uma má fase, me desculpem. – Sidão

Em uma publicação feita por uma página no Facebook, essa frase já alcançou mais de 1.500 compartilhamentos:

Publicação da página “Goalkeeper Memes”, no Facebook

Entretanto, será que o Sidão realmente disse isso? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Não encontramos qualquer entrevista em que o goleiro tenha feito tal declaração ou qualquer texto escrito por ele usando tais frases. Além da curta entrevista que o jogador deu para repórter da TV Globo, Julia Guimarães, Sidão se pronunciou oficialmente pelas redes sociais. Eis o que ele escreveu em sua conta no Instagram:

Declaração oficial de Sidão em sua conta no Instagram

A página oficial do canal “Esporte Interativo”, no Facebook, também repercutiu uma outra declaração, que teria sido dada por Sidão. Confira abaixo:

Declaração atribuída a Sidão pela página do canal “Esporte Interativo”, no Facebook

Porém, conforme vocês podem perceber, não há nenhuma semelhança entre os textos.

Ao fazermos uma busca no Google, podemos perceber que a declaração falsamente atribuída a Sidão viralizou através de páginas e usuários aleatórios nas redes sociais, a exemplo da própria publicação do “Esporte Interativo”, na qual um usuário fez um comentário com o referido texto. Poucos, no entanto, desconfiaram de sua autenticidade.

Comentário de um usuário na própria publicação da página do canal “Esporte Interativo”, no Facebook

Até mesmo um site de notícias chamado “Portal CM7” repercutiu a declaração como se fosse verdadeira.

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

O Histórico de Superação do Goleiro Sidão

Sem dúvida alguma, o goleiro Sidão é um exemplo de superação. Aliás, ele foi até mesmo muito educado ao respeitar a repórter e receber o “troféu” de suas mãos.

A Entrevista para a Rádio Sagres 730 AM

Em entrevista a rádio Sagres 730 AM, de Goiânia/GO, em janeiro de 2019, Sidão, então jogador do Goiás, fez revelações sobre seu passado. Ele disse que, quando jovem, acreditava que sem esforço e sem sacrifício, conseguiria algo, bastava ter talento. Porém, aprendeu que no futebol era necessário fazer sacrifícios. Sidão admitiu ter se perdido na juventude com noitadas regadas a bebidas e drogas, citando que más companhias infelizmente teriam desviado seu caminho.

Sidão revelou dramas pessoais do passado e queria usar história para que outros evitassem os seus erros

No momento mais delicado da entrevista Sidão disse que, em seu pior momento, sua mãe faleceu e isso lhe trouxe uma depressão profunda. Ele desejou morrer, de não ter mais vontade nenhuma de estar na Terra, de não estar vivo. Contudo, ele não tinha coragem de cometer suicídio. Então, ele saía para a rua procurando confusão para que alguém ceifasse sua vida. Sidão, no entanto, acreditava que a morte da mãe era sua culpa, devido aos problemas que ele levava para casa. De qualquer forma, ele havia superado isso, e estava vivendo uma nova vida. Enfim, foi uma bela e inspiradora entrevista, que vale a pena muito a pena vocês conferirem na íntegra.

A Entrevista para o Globo Esporte

Em fevereiro de 2019, foi a vez do “Globo Esporte” entrevistá-lo. O texto dizia, que após um começo promissor na base do Corinthians, o goleiro reconhecia que havia extrapolado fora de campo e que pagou um alto preço. Desiludido, Sidão chegou a abandonar a carreira. Até então, o goleiro colecionava passagens apenas por clubes de menor expressão do interior paulista, como Juventus-SP, Taboão da Serra e União Mogi-SP. Forte e com 1,89m de altura, ele conseguia ganhar mais trabalhando como segurança em eventos e casas noturnas. Foi quando o esporte lhe deu uma nova chance e possibilitou a volta por cima.

O presidente do Taboão da Serra o viu trabalhando como segurança e falou que ele tinha que voltar a jogar bola. Assim sendo, Sidão tentou mais uma vez, e as coisas caminharam melhor. A grande virada, no entanto, veio quando ele fechou com o Audax-SP e, em 2016, foi vice-campeão paulista. A campanha abriu portas para o goleiro ser contratado pelo Botafogo e, posteriormente, pelo São Paulo, seu último clube antes do Goiás.

A grande virada, no entanto, veio quando ele fechou com o Audax-SP e, em 2016, foi vice-campeão paulista. A campanha abriu portas para o goleiro ser contratado pelo Botafogo e, posteriormente, pelo São Paulo, seu último clube antes do Goiás.

No fim de abril de 2019, o Vasco anunciou a contratação por empréstimo de Sidão como reforço para a temporada. Uma parte da torcida, no entanto, não se mostrou contente com sua chegada.

A Falta de Sensibilidade e um Problema Previsível

É muito difícil ser imparcial em momentos assim. Durante a transmissão da partida, enquanto transcorria a votação, era possível notar o narrador e apresentador esportivo Luís Roberto tentando amenizar a situação. Foi citado até mesmo que os usuários estavam solidários a Sidão, uma espécie de “Troféu Solidariedade”. Também foi citado que a enquete era democrática, que era a vontade popular. Sim, de fato, a enquete refletiu a opinião de todos aqueles que votaram, seja por deboche ou por raiva do goleiro. Porém, faltou sensibilidade. Era notório que não se tratava de solidariedade, e a tentativa da imprensa em mudar narrativas, mesmo quando está evidente diante de nossos olhos, cria essas aberrações.

Isso já era previsível desde o jogo entre o Brasil e a República Tcheca, em março de 2019, quando o jogador Ondřej Kúdela, da seleção europeia foi eleito como “craque do jogo”. Na época, não havia troféu, mas  Galvão Bueno notou a ironia por parte dos torcedores, devido ao sobrenome do jogador.

Isso já era previsível desde o jogo entre o Brasil e a República Tcheca, quando o jogador Ondřej Kúdela, da seleção europeia foi eleito como “craque do jogo”

Contra Qualquer Limitação da Liberdade de Expressão

Particularmente, sou contra qualquer limitação da liberdade de expressão. As pessoas deveriam continuar votando em quem elas querem, independentemente do motivo. Mudar o pensamento coletivo através de construção de narrativas paralelas é uma clara manipulação da realidade. No entanto, é dever da empresa promotora da enquete, nesse caso a Rede Globo, ter sensibilidade e evitar constrangimentos públicos. Poderia ter dado o troféu sem ter nenhuma câmera filmando, ou melhor, sequer ter entregue diante de todo o histórico de Sidão. Não era questão de “mimimi“. Era simplesmente desnecessário, mesmo.

Diante da polêmica, o Grupo Globo pediu desculpas ao Sidão e mudou o formato do “Craque do Jogo”. O público seguirá tendo voz através das enquetes na página globoesporte.com/craque, agora em companhia dos comentaristas da TV Globo, que terão direito a voto. A conferir.

Conclusão

A frase que circula nas redes sociais em que Sidão supostamente alega estar em uma má fase, “voltando para o lado escuro e triste”, e que teria tentado cometer suicídio por duas vezes, foi falsamente atribuída ao goleiro do Vasco. Não encontramos qualquer entrevista em que o goleiro tenha feito tal declaração. Também não encontramos qualquer texto escrito por ele nesse sentido.

Em entrevista realizada no começo do ano, Sidão disse que, em seu pior momento, sua mãe faleceu e isso lhe trouxe uma depressão profunda. Ele desejou morrer, contudo ele não tinha coragem de cometer suicídio. Então, ele saía para a rua procurando confusão para que alguém ceifasse sua vida. Sidão, no entanto, acreditava que a morte da mãe era sua culpa, devido aos problemas que ele levava para casa. De qualquer forma, ele havia superado os problemas e estava vivendo uma nova vida #ForçaSidão.

Continue lendo
4 Comentários

4 Comments

  1. ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES

    13 de maio de 2019 em 18:54

    “Particularmente, sou contra qualquer limitação da liberdade de expressão. As pessoas deveriam continuar votando em quem elas querem,” Ai vc esta se equivocando.

    A globo não vai “censurar” internautas. o que acontece é que antes os internautas votavam mas quem dava o veredito final eram os comentaristas e jornalistas esportivos. Acontece que dessa vez a globo achou melhor deixar apenas o publico escolher e deu no que deu. A verdade é que a censura praticamente ja existia.

    Outros casos ja haviam acontecido de internautas votarem em determinados jogadores não por serem bons mas para atingirem por exemplo galvão bueno. Só que agora a emissora viu que emponderar seu publico pode ser um tiro no pé.

    Sem falar que, o espaço é da emissora, ela deixa ou não o publico falar se ela quiser então não se trata de censura. censura seria se fosse um espaço publico e estivesse snedo privatizado

    • Marco Faustino

      13 de maio de 2019 em 19:07

      Olá Alexandre! Bom vê-lo por aqui novamente! Com relação a minha colocação não vejo inequívoco, até porque realmente sou contra qualquer limitação da liberdade de expressão. Tanto é que raramente exerço alguma influência sobre o que é comentado nos textos que escrevo, exceto em casos explicitamente graves. Já o critério ou metodologia que foi ou será adotado pela Rede Globo não me cabe nenhuma competência. Eles podem fazer o que quiser, desde que isso esteja claro para o telespectador.

  2. Carlos

    15 de maio de 2019 em 11:14

    Foi uma coisa horrível o que fizeram com ele. Não sei porque não seguiram os comentaristas que foram contra. A repórter deu sorte dele ter sido educado, se é um Romário mandava ela enfiar o troféu naquele lugar.

  3. Ricardo Badini

    20 de maio de 2019 em 10:57

    Toda a responsabilidade por este episódio lamentável é da Rede Globo.

    Ela se beneficia desse prêmio através da audiência nas redes e na TV, portanto deve ter todos os cuidados para que não passe para o lado da humilhação como foi o caso do Sidão.

    Ele poderia simplesmente, e pensando da mesma forma egoísta e capitalista de sempre, em entregar o prêmio a um jogador do Santos, deixar a rede reclamar e depois ir no Fantástico explicar.

    Sairia como “bacana” porque “preservou o jogador” contra um “comportamento negativo das redes” e evitaria a exposição do jogador e da repórter, que fui muito (e injustamente) criticada.

    Mas essa é a Globo, transformando todas as suas pautas em shows sentimentaloides e baratos, onde a poesia de banheiro do Régis Rozing e o foco no choro são mais importantes que as muitas notícias sérias que estão no esporte.

    Há tempos o Esporte é tratado como luxo em Copa e Olimpíadas e como lixo no dia a dia.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo