Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Gravação de documentário quebra todas as canecas um colecionador! Será verdade?

Acidentes

Gravação de documentário quebra todas as canecas um colecionador! Será verdade?

Gravação de documentário quebra todas as canecas um colecionador! Será verdade?

É verdadeiro ou falso o vídeo mostrando o momento em que uma equipe de filmagem destrói todas as canecas de um colecionador? Descubra aqui no E-farsas!

O vídeo surgiu na primeira quinzena de setembro de 2018, tem pouco menos de 30 segundos e mostra um carismático senhor mostrando para uma equipe de filmagem o resultado de décadas de uma coleção particular de canecas. De repente, o microfone dos documentaristas enrosca no ventilador de teto do local, derrubando toda a preciosa coleção do homem!

Será que esse vídeo é verdadeiro ou falso?

Verdadeiro ou falso?

Apesar do vídeo ser bastante compartilhado nos grupos do WhatsApp em setembro de 2018, encontramos publicações dessas mesmas cenas em postagens de 2009 no YouTube.

Uma análise rápida nas reações dos participantes desse “acidente” e já podemos perceber que tudo parece ter sido muito bem ensaiado. As caras e bocas, tanto do “colecionador” quanto do “operador de áudio” mostram que eles são atores cômicos.

Além disso, os enquadramentos também mostram que tudo havia sido combinado…

Mais uma coisa que chama a atenção é que a suposta coleção tem poucas variações. O trabalho de décadas resumido a canecas tão parecidas umas com as outras não parece ser muito verossímil:

Décadas de uma coleção com poucas variações!

Para efeitos de comparação, dá só uma olhada na maior coleção de canecas do mundo (que, por sinal, é de um brasileiro):

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

 

Origem do vídeo

Sem maiores enrolações, vamos revelar a origem desse vídeo que fez bastante sucesso no WhatsApp. Graças à ajuda do jornalista Riomar Bruno, descobrimos que o filme é parte de uma propaganda de 2009, feita para uma rede de fast food da África do Sul.

O comercial completo é esse:

Alguém retirou os segundos finais do comercial para ocultar a origem do vídeo e fazer com que as cenas ficassem mais críveis.

O comercial foi dirigido por Trevor Clarence, pela agência sul africana Terraplane e a ideia era a de divulgar uma promoção que dava uma caneca de plástico para os clientes que comprassem determinado produto do menu.

Conclusão

O vídeo mostrando a destruição de uma coleção de canecas durante a gravação de um documentário é falso! Ele é um trecho de uma propaganda sul africana de 2009!

Continue lendo
9 Comentários

Comente

9 Comments

  1. Pingback: Gravação de documentário quebra todas as canecas um colecionador! Será verdade? | Gtubo

  2. Pingback: Gravação de documentário quebra todas as canecas um colecionador! Será verdade? - Blog Ultradicas

  3. Walkiria Toledo Veiga Schwab

    14 de setembro de 2018 em 8:55

    Parabéns por mais esse esclarecimento.

  4. Maria do Rolário

    14 de setembro de 2018 em 10:30

    Show! Poderiam ser de plástico – pelo menos aproveitariam as canequinhas de novo.

  5. Luiz

    15 de setembro de 2018 em 20:02

    Só que no caso o vídeo não é falso o que é falso é a historia.

    • Gilmar Lopes

      16 de setembro de 2018 em 8:27

      O vídeo retrata uma encenação, portanto: Falso!

      • Maria do Rolário

        17 de setembro de 2018 em 13:27

        Então… Se o vídeo é falso, é montagem e as canequinhas, lindas por sinal, não quebraram?! Ou o Luiz tem razão e afirmar que o vídeo é verdadeiro, ou isso tudo é um paradoxo!

        • Gilmar Lopes

          17 de setembro de 2018 em 14:19

          kkkkkkkk! Pô, aí você ME quebra!

          • Maria do Rolário

            17 de setembro de 2018 em 18:12

            Em tempo, antes que tentem me corrigir por um erro banalíssimo… “em afirmar”…. Forte abraço, Gilmar.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo