Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A incrível plataforma antigravidade de Viktor Grebennikov

Construções

A incrível plataforma antigravidade de Viktor Grebennikov

Será que a revolucionária plataforma antigravidade inventada pelo russo Viktor Grebennikov é real ou trata-se de mais uma farsa? Descubra conosco.

No começo dos anos 1990, um russo afirmou ter inventado um meio de transporte limpo, que não gasta energia e que desafia as leis da física e da gravidade. Viktor Grebennikov, que era um entomologista, teria inventado a “plataforma levitadora antigravidade” que funcionaria a partir da força antigravitacional de uma estrutura presente nas asas de um tipo de besouro.

De acordo com relatos do próprio Grebennikov, a sua máquina (que ele usava para ir do trabalho para casa e vice-versa) podia viajar aos espantosos 25km/m (1.500 quilômetros por hora)!

Mas será que esse inacreditável invento é verdadeiro ou falso?

Abaixo, fotos do veículo e de seu criador:

Plataforma levitadora de Viktor Grebennikov! Será verdade?

Plataforma levitadora de Viktor Grebennikov! Será verdade?

Verdadeiro ou falso?

Nascido em 1927, Viktor Grebennikov foi um entomologista (estudava insetos) que se autoproclamou cientista, naturalista e paranormal. Além disso, ele era um excelente pintor e autor de inúmeros livros sobre abelhas.

Em 1997, o russo afirmou ter conseguido a façanha de levitar com o seu invento, a plataforma levitadora antigravidade, e viajar a rápidas velocidades (voos sempre feitos sem a presença de nenhuma testemunha). Tudo isso sem gastar nada de energia!

Viktor Grebennikov (foto: Wikipedia)

Viktor Grebennikov (foto: Wikipedia)

O veículo criado por Viktor foi um mistério por anos, visto que só ele o dirigia e nenhum cientista e/ou pesquisador pode ter acesso ao aparelho em funcionamento. Também temos o intrigante fato de que ninguém mais, além dele mesmo, tenha presenciado a geringonça voando, de fato.

Olhando a tal plataforma, podemos imaginar como seria difícil controlar um equipamento desse tipo a 1.500 km/h. Como seria a estabilidade do veículo indo tão rápido?

plataforma2

 

Dúvidas e mais dúvidas

Outras dúvidas surgiram como, por exemplo, por que as fotos da plataforma funcionando são de baixa qualidade?

Ninguém (herdeiros, filhos, netos, cientistas) quis continuar os experimentos de Grebennikov?

Por que nenhuma revista científica publicou os resultados das experiências do russo?

Por que o mundo não soube dessa invenção?

A desculpa dada por Viktor para não divulgar tamanha descoberta que iria revolucionar o transporte para todos foi que seu invento iria iniciar uma caça aos besouros, pois as suas asas seriam o principal material da plataforma levitadora. O russo temia que a fabricação em massa da tal plataforma causaria a morte dos insetos que ele amava tanto! Ah, tá…

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Se não era para a humanidade ficar sabendo, então por que publicar livros sobre a plataforma levitadora?

Ilustrações feitas por Viktor descreviam seu invento! (reprodução)

Ilustrações feitas por Viktor descreviam seu invento! (reprodução)

 

Farsa revelada

O fato é que em 1999 – dois anos antes de sua morte -, o russo Grebennikov enviou uma carta ao cientista Ju. N. Cherednychenko  (que sempre criticou os experimentos de Viktor), reconhecendo que a sua plataforma antigravidade era uma utopia, e que nunca chegou a funcionar. O veículo que levita nas fotos (de baixa qualidade, por sinal) foi montado sobre uma base de vidro para dar a impressão do voo.

Carta enviada ao cientista Ju. N. Cherednychenko

Carta enviada ao cientista Ju. N. Cherednychenko

 

Simulando levitação

Aliás, para se criar a ilusão de levitação em uma fotografia basta simular uma sombra fora de lugar, como fez o cidadão abaixo:

O rapaz da foto não está levitando. É a mancha no chão que dá a ilusão do fenômeno! (foto: Reprodução)

O rapaz da foto não está levitando. É a mancha no chão que dá a ilusão do fenômeno! (foto: Reprodução)

E os herdeiros?

Entrevistado pelo curador do blog de língua espanhola La Mentira Esta Ahi Fuera, Andrew Grebennikov – neto de Viktor – nega a eficácia da máquina do avô.

Vídeos

A seguir, alguns vídeos sobre a farsa criada por Grebennikov e explicações da eletricidade estática influenciando nas asas dos besouros (Sim! As asas são repelidas devido à eletricidade estática e cria-se a impressão de levitação):

[iframe: width=”590″ height=”443″ src=”//www.youtube.com/embed/hYJXE4FCm7Q” frameborder=”0″ allowfullscreen]

[iframe: width=”590″ height=”443″ src=”//www.youtube.com/embed/xoxme2QNxnQ” frameborder=”0″ allowfullscreen]

[iframe: width=”590″ height=”443″ src=”//www.youtube.com/embed/ZFLnt80i11Q” frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

Conclusão

História falsa! A plataforma levitadora de Viktor Grebennikov existiu mesmo, mas nunca funcionou!

 

Continue lendo
6 Comentários

6 Comments

  1. Valdir

    12 de julho de 2014 em 22:30

    o e-farsas está começando a sofrer do mal de toda mídia no mundo… a arrogância !!! Duvidar da capacidade de indivíduos anônimos, que nunca pretenderam ficar famosos ou ricos com seu invento, é uma idiotice !!! por mais que as informações estejam incorretas ao nosso ver, tambem nada nos garante que algo assim não seja possível !!! infelizmente sempre há pessoas que preferem se achar mais sábias que quaisquer outras !!!!

    • Gilmar Lopes

      13 de julho de 2014 em 10:00

      Não se trata de arrogância! É fato que isso não funcionou!

    • Lucho

      13 de julho de 2014 em 11:00

      Como bem diz o André: Brasileiro odeia ciência.

  2. PHILIPE KLING DAVID

    22 de julho de 2014 em 12:11

    Eu também tenho serias desconfianças de que a plataforma nunca funcionou. Uma coisa que não vi ninguém levantar com relação à carta, é que dá pra notar uma claríssima diferença de espessura e estabilidade de traço entre o que está escrito e a assinatura (mais leve e tremida que o texto da carta) Ele teria ditado para alguém? Isso nos leva a questionar até que ponto a carta seria mesmo real, ou só um subterfúgio criado para evitar a encheção de saco dos curiosos acerca da plataforma. Num papel em branco assinado pelo velho, qualquer um pode escrever qualquer coisa. Aliás, isso é muito comum com os grileiros por aqui. O próprio Salvador Dali vendeu blocos inteiros de papel de desenho já assinados por ele quando estava no fim da vida. Uma pinta feita ali não se torna um desenho do Dali como uma confissão num papel assinado pelo cientista não se torna uma confissão dele.

  3. PH

    17 de maio de 2015 em 18:34

    Eu conheço esse velhinho. É o Gepeto. Ele desmontou o pinóquio e construiu uma tábua voadora que, pasmem, a geringonça ultrapassa a velocidade do som!

    • Luiz Fernando

      13 de março de 2019 em 14:19

      Na foto dele levitando, note-se que ñ está no mesmo lugar. Movimentou-se para sua direita. Note-se a emenda no piso. E tb seu corpo está menos relaxado e inclinado para frente, buscando equilíbrio. E por tudo isso é que nunca teve divulgação. Estas coisas o governo fica para sí. Ferramenta estratégica.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo