Conecte com a gente

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

Marielle Franco posou para uma foto no colo de Marcinho VP?

Falso

Marielle Franco posou para uma foto no colo de Marcinho VP?

Será que a foto mostrando a vereadora Marielle Franco sentada no colo do traficante Marcinho é uma prova de que eles foram casados?

A imagem se espalhou através das redes sociais na segunda quinzena de março de 2018 e mostra uma mulher de cabelos encaracolados e claros, sentada no colo de um rapaz. De acordo com o texto que acompanha a foto, essa mulher seria Marielle Franco na época em que supostamente estava casada com o traficante Marcinho VP.

Será que essa história é verdadeira?

A mulher da foto era mesmo a vereadora assassinada Marielle Franco?

Casal da foto seria Marielle Franco e Marcinho VP na época em que estavam casados! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Logo após a nossa publicação aqui no E-farsas desmentindo a informação que dizia que a vereadora já foi esposa de traficante, vários leitores entraram em contato com essa dúvida: Se a vereadora não é a ex do tal do Marcinho VP, como explicar ela sentada no colo dele nessa foto?

Acontece que essa fotografia não é nem do “Marcinho” e tampouco da vereadora.

Essa foto foi publicada pela primeira vez no saudoso serviço de hospedagem de fotos Fotolog em 2005.

Como podemos ver nesse link, o usuário Ktaputas_ publicou essa fotografia, afirmando que ela teria tirado a foto há uns 5 anos no “Cabaré de Jaqueline”, em Pau dos Ferros (RN).

Em outras fotos tiradas posteriormente, podemos ver que o sujeito da fotografia não se parece em nada com nenhum dos dois “Marcinhos VP”.  

Fotos: Reprodução/Google Images

Conclusão

A mulher de cabelos cacheados sentada no colo de um rapaz não é a vereadora assassinada no Rio de Janeiro. O rapaz que aparece na foto também não é nenhum dos dois traficantes conhecidos como Marcinho VP!

Continue lendo
18 Comentários

18 Comments

  1. Afonso Martins

    18 de março de 2018 em 0:32

    O problema é: a moça morreu. Quem a matou e qual o porquê? No youtube tem vários pronunciamentos dela. Assistam e sem paixão analisem. Não é porque eu sou filho de índio e de repente resolvi dar o boga que eu vou levantar uma bandeira e sair agredindo a todos que são brancos, amarelos ou azuis e não fazem do tubo de descarga válvula de entrada. Para os que arrotam terem curso superior, quem escravizou o negro e o vendeu para o branco foram os próprios negros.

    e-farsas, me responde: quem é o pai da criança.
    Negar é fácil, provar com contraponto válido, é mais difícil, né?
    Quanto foi gasto na campanha dela?
    Quem financiou?
    Dizer que não foi o Comando Vermelho, as FARCS, o Foro de São Paulo, a CEF, ou a Arquidiocese do Rio, até eu digo. Moleza!
    Apresentem a contraprova.
    Best regards!

    • fff

      18 de março de 2018 em 10:20

      achava que o onus da prova eh de quem acusa…

    • Alexander

      18 de março de 2018 em 12:15

      Afonso, pq vc não chega aqui e apresenta provas de que a filha dela é de traficante, que ela ja foi casada com traficante ou ainda que a campanha dela foi financiada pelo comando vermelho? vc tem como conseguir esse tipo de prova? pq até onde a lógica pede, é vc quem precisa apresentar no mínimo evidencias pra que seja uma acusação válida, agora vc vem aqui e faz a caveira da pessoa que morreu, não apresenta uma prova ou evidencia se quer e ainda diz que os outros precisam provar o que vc ta acusando? faça-me o favor né!!! Toma vergonha nessa cara!!!

      Não sei qual o problema dessa pessoas, vcs saem aceitando post de facebook como verdade absoluta e quando alguém desmente com evidencias do qual vcs mesmos podem procurar a qualquer momento, vem achar ruim e dizer que é mentira, que tem que se explicar, que se não é filha de traficante é filha de quem, e bla bla? Em primeiro lugar NÃO É DA CONTA DE VCS de quem é a filha da mulher, e se vcs estão tão preocupados assim vão la pesquisar vcs mesmos, ou será que são tão preguiçosos e incoerentes que fica mais fácil aceitar qualquer mentira da net e se revoltar com qualquer um que ousar dizer que vc esta errado? vergonhoso…

    • Alípio Martins

      18 de março de 2018 em 12:36

      Na verdade não é preciso nem ter não precisa arrotar ter curso superior, pra saber que o ônus da prova recai sobre quem acusa e não sobre quem é acusado. Pra saber isso basta não ser burro. O que não é o seu caso.

    • Filipe Barrientos Batista

      19 de março de 2018 em 0:54

      Afonso Martins, acho que você não conseguiu entender o básico de uma argumentação, quem deve mostrar provas é o acusador, no caso qual a prova do envolvimento entre ela e o traficante? As pessoas falaram que era a foto, como contra argumentação ele demonstrou a falsidade da prova e assim anulando a validade da mesma, mas ele não tem que mostrar uma prova de que ela não era casada com esse cara pois a própria acusação não passa de uma invenção, como analogia somente imagine a seguinte questão: Amanhã eu começo a falar que você é amante de um traficante do morro, e mostro uma foto antiga com pessoas que eu afirmo ser você e este traficante, se você chegasse e mostrasse que esta foto que eu mostrei foi forjada ou não é você na foto, você acha que ainda assim seria obrigação sua achar uma prova( que no caso nunca vai existir) de que você não conhece e nem é amante deste traficante para desmentir uma história que não possui nenhuma base para se sustentar? O que você na verdade está fazendo é uma falácia da inversão do ônus da prova, que seria você acusar alguém de alguma coisa qualquer sem ter nenhuma prova do acontecimento e exigir que a acusada que busque provar que não fez isto caso contrário a falta de prova dela viraria prova de que ela fez, apesar da sua falta de provas não significar que ela não o fez.

  2. Luiz Guilherme

    18 de março de 2018 em 11:18

    Afonso Martins, o foco é saber quem matou e não quem é o pai da criança! Deixa um pouquinho de ser lixo, se não tem nada produtivo pra escrever, se vale é respeite a dor da família, seu merda! Uma vereadora do PSOL morre assassinada, vocês são desmentidos uma e outra vez, e ao invés de se desculpar, ficam procurando pelo em ovo e atacando o Lula e o PT que nada tem a ver com a história! Esse ódio já virou doença, bicho!

  3. Fabio

    18 de março de 2018 em 15:53

    Bem, o post (e o assunto) não se trata da questão de vc ser filho de indio, ou não …

    Quanto à última parte: o e-farsas diz a respeito de (parte, no minimo) da argumentação usada para a alegação do titulo não se mostra válida;

    “Dizer que não foi o Comando Vermelho, as FARCS, o Foro de São Paulo, a CEF, ou a Arquidiocese do Rio, até eu digo. Moleza!
    Apresentem a contraprova.”

    O dever de provar algo não é justamente de quem afirma isso?

  4. Daniel

    18 de março de 2018 em 16:16

    Legal a explicação mais então quem são o casal?

    • Douglas

      19 de março de 2018 em 12:57

      Isso não interessa, o que interessa é que não são eles.

  5. valeria rodrigues

    19 de março de 2018 em 9:34

    Acho que não foi o suficiente matarem a moça, tem que matar também a história dela, muitos fuxicos, uma pena!

    • Claudia

      19 de março de 2018 em 14:44

      Pena mesmo, falta amor e respeito com a família.

  6. Herbert Lopes Conservador

    19 de março de 2018 em 11:46

    Ela atacava a intervenção militar, e só vi críticas dela a respeito da PM e do Exército.
    Mas a grande verdade é que o vídeo mostra os autores: Foi executada por bandidos.
    O PSOL defende:
    Aborto livre
    Ativismo de diversas minorias e disseminação das lutas entre as classes
    Desarmamento da população civil
    Descriminalização das drogas
    Todos os direitos possíveis e imagináveis às “pobres vítimas da sociedade, oprimidos pela elite branca e rica”.

    Ocorre que foram exatamente as pobres vítimas que mataram a vereadora.
    Então, o PSOL vai defender que os assassinos também sejam pobres vítimas da sociedade, ou vão uivar pedindo justiça?

    • Eu™

      19 de março de 2018 em 18:41

      >Ela atacava a intervenção militar, e só vi críticas dela a respeito da PM e do Exército.

      Então você além de tudo é desinformado.

      >Mas a grande verdade é que o vídeo mostra os autores: Foi executada por bandidos.

      Sim. Qualquer um que mate alguém inocente é bandido. Seja civil ou MILITAR. Você tem razão. Quem matou a moça foram bandidos.

      O PSOL defende:
      Aborto livre
      Ativismo de diversas minorias e disseminação das lutas entre as classes
      Desarmamento da população civil
      Descriminalização das drogas
      Todos os direitos possíveis e imagináveis às “pobres vítimas da sociedade, oprimidos pela elite branca e rica”.

      E?

      >Ocorre que foram exatamente as pobres vítimas que mataram a vereadora.

      Consegue provar?

      >Então, o PSOL vai defender que os assassinos também sejam pobres vítimas da sociedade, ou vão uivar pedindo justiça?

      Você claramente não faz ideia do que sejam os direitos humanos, né, analfabeto funcional?

  7. Antonio Pires

    19 de março de 2018 em 12:16

    Não sei quanto à foto, mas em seus discursos eka deixava claro que era contra a existência da polícia e contra a intervenção no Rio. Fato: PROVOU DO PRÓPRIO VENENO.

    • Gilmar Lopes

      19 de março de 2018 em 13:40

      Acho que não era bem isso que ela defendia, não!

    • Eu™

      19 de março de 2018 em 18:36

      E você é um idiota analfabeto funcional que não pode ver uma vergonha e corre lá pra passar, né?

  8. Renato

    19 de março de 2018 em 14:03

    O site G1 descaradamente copiou parte da análise aqui do e-farsas. Está lá na página principal (Seção É ou Não É). O texto e composição é muito parecida. Deveriam dar-lhe o crédito (Gilmar) pelo fantástico trabalho que tu fazes há anos na rede. Sou fã e leitor antigo do site.

  9. luis felipe

    20 de março de 2018 em 15:24

    eu queria saber se o vidio é verdadeiro do parque florestal de zhangjiapjie , em Juan na china é verdadeiro

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo