Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O Dr. Yamamoto criou uma ilusão de ótica que mede o estresse?

Falso

O Dr. Yamamoto criou uma ilusão de ótica que mede o estresse?

O Dr. Yamamoto criou uma ilusão de ótica que mede o estresse?

É verdade que uma imagem de uma ilusão de ótica criada por um professor de neurologia mede a quantidade de estresse do observador?

A imagem curiosa surgiu nas redes sociais na penúltima semana de novembro de 2018 e quem a espalhou afirmava que ela teria sido criada por um neurologista para ser usada como um teste de estresse. O texto bastante compartilhado também afirma que o dr. Yamamoto, professor de neurologia, descobriu que quem vê a imagem se mexendo estaria com estresse elevado e quem vê a ilustração estática estaria saudável.

Será que essa história é verdade ou mentira?

Texto que acompanha a imagem acima: “Esta imagem foi criada pelo Professor de Neurologia Dr. Yamamoto:
Se ela não se movimenta, significa que você está saudável e dormiu bem.
Se ela está se movimentando bem devagar, mostra que você está estressado ou cansado.
Se ela está se movendo continuamente e rápido, mostra que você está muito estressado e podem haver alterações de ordem psicológica.” (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

Procuramos saber quem é o tal Dr. Yamamoto, mas não encontramos nenhum professor de neurologia com esse sobrenome e que poderia ter criado esse método. Como o texto não dá maiores informações de onde esse professor dá aulas, fica muito difícil de se comprovar os dados citados. Em versões estrangeiras (sim, essa história ganhou o mundo), o doutor ganhou o nome de Yamamoto Hashima.

Uma busca reversa dessa imagem e descobrimos que ela é, na verdade, uma criação do artista digital ucraniano Yurii Perepadia, feita em 2016. Ele mesmo explica isso em uma postagem no seu perfil do Instagram, aproveitando para desmentir que um doutor de sobrenome oriental seria o autor da ilustração:

View this post on Instagram

I drew this optical illusion in Adobe Illustrator on September 26, 2016. To create it, I used the effect of Akioshi Kitaoka. This is a white and black stroke on a colored background, this is a white and black stroke on a colored background, which sets in motion the focus of vision and it seems to a person that the details of the image are moving. Japanese psychotherapist Yamamoto Hashima has nothing to do with this picture. Moreover, Yamamoto Hashima does not really exist. Google to help.
А теперь на русском.
Эту оптическую иллюзию я нарисовал в Адобе Иллюстраторе 26 сентября 2016 года. Для ее создания я использовал эффект Акиоши Китаока – это белая и черная обводка на цветном фоне, которая приводит в движение фокус зрения и человеку кажется что детали изображения движутся. Японский психотерапевт Ямамото Хашима не имеет никакого отношения к этой картинке. Более того, Ямамото Хашима не существует на самом деле. Погуглите ради интереса.

A post shared by Yurii Perepadia (@yuryfrom) on

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

“Eu desenhei essa ilusão de óptica no Adobe Illustrator no dia 26 de setembro, em 2016. Para cria-la, usei o efeito de Akioshi Kitaoka. É um efeito de traços em preto e branco por cima de uma imagem colorida de fundo, que ativa o foco da visão e dá a impressão de que a imagem está se movendo. O psicoterapeuta japonês Dr. Yamamoto Hashima não tem nada a ver com essa imagem. Na realidade, Yamamoto Hashima nem existe realmente”

A imagem ficou famosa em outubro de 2018, quando Alice Proverbio, uma professora de neurociência cognitiva da Universidade de Milano Biccoca (Itália), a publicou no Twitter:

Alice explicou, na ocasião, que existem duas áreas do cérebro responsáveis por este efeito: uma chamada V5, que se dedica ao processamento do movimento, e outra designada V4, que processa a cor e a forma. Quando os neurônios V4 ficam muito saturados, são ativados os neurônios V5, que processam o movimento. Essa “compensação” entre os dois tipos de neurônios causam essa sensação de movimento.

Ou seja, nada a ver com estresse!

Conclusão

A imagem espalhada como se fosse um teste para se medir a quantidade de estresse é, na verdade uma ilustração criada por um artista ucraniano e nada tem a ver com testes anti-stress!

Continue lendo
1 Comentário

Comente

1 Comentário

  1. Lucho

    7 de dezembro de 2018 em 17:21

    Quem ainda não recebeu essa imagem pelo zapzap levanta a mão.

    E que bom seria de todas as fake news que circulam pelo zapzap fossem desse nível.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros


Voltando a Circular

Publicidade

Topo