O perigo do óleo de Canola é real?

Share Button

Mensagens que circulam pela web alertam para o perigo mortal do consumo do óleo de Canola! Mas será que esse alerta é verdadeiro ou falso?

O texto não é novo, mas sempre volta a circular através das redes sociais e em blogs e sites. De acordo com o alerta, a Canola seria um produto transgênico, pertencente à mesma família da mostarda e é a fonte por trás do gás mostarda!

A descoberta ainda afirma que o consumo contínuo desse óleo acabaria por corroer o revestimento de proteção no cérebro, causando inúmeras doenças e que os altos níveis de ácido erúcico presentes no produto seria altamente mortal.

Será que esse alerta é verdadeiro ou falso?

Será que esse alerta é real?

Será que esse alerta é real?

Como já dissemos ali em cima, o texto alarmista não é novo! Circula pela web desde, pelo menos, o ano de 2001 e sempre volta a aparecer por aí. No alerta, o autor tenta de todas as formas mostrar que o óleo de canola é um veneno e, no entanto, até hoje não há nenhuma comprovação de que tais afirmações tenham algum fundamento.

Tanto aqui no Brasil quanto em diversos outros países a venda de óleo de canola é liberdado pelos órgãos reguladores como a ANVISA (aqui no Brasil) e a FDA (nos EUA). Aliás, em 2006, o FDA aprovou a alegação dos benefícios que o óleo de canola para o organismo em relação aos óleos tradicionais de milho e de semente de girassol.

É claro que fritura em excesso faz mal pra saúde (como tudo em exagero, né?), mas o óleo de canola não é esse vilão que pintam sobre ele.

As primeiras variedades de canola foram feitas nos anos 1970, através de cruzamentos e melhoramento de sementes. E isso foi muito antes da engenharia genética e, diferente do que é alegado por aí, o óleo de canola não é trangênico no sentido “satânico” que muitos têm medo até hoje.

Variação “boa” da colza

O site Canola Concil Of Canadá explica que a canola é uma variação da colza (Brassica napus), criada para produzir mais sementes e apresentar menores quantidades de ácido erúcico.

Ela é da mesma família da mostarda, mas isso não tem nada a ver com o gás mostarda (que é um gás tóxico e sintético, que só possui esse nome por apresentar uma cor semelhante à mostarda, mas que não é feito de mostarda. Entendeu?). Se fosse verdade o que o autor afirma, a mostarda também seria venenosa!

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

O doutor Carl Albrecht, chefe de pesquisa da da Associação do Câncer da África do Sul (CANSA), explica que a colza original já era utilizada há muito tempo como óleo combustível, mas como ela apresentava grandes quantidades de ácido erúcico, foram feitos vários melhoramentos genéticos para se desenvolver uma variedade com um pouco menos de 2% desse ácido em relação ao total de ácidos graxos, para que o óleo pudesse ser utilizado para consumo humano sem problemas.

Em 1978, todos os colzas canadenses produzidos para uso alimentar já continham ácido erúcico inferior a 2% e, foi em 1990 que os Estados Unidos começaram a consumir o óleo de canola, mas o FDA só permitiu que o produto fosse introduzido no país desde que os níveis de ácido erúcico presentes no óleo não ultrapassassem 1,0%.

O doutor Albrecht também explica que o óleo de colza é utilizado na Europa há muitos anos para cozinhar, na margarina e como alimentos para pássaros e se ele fosse tão terrivelmente tóxico, as pessoas teriam parado de usar óleo de colza e sementes há tempos. Além disso, não há nenhuma evidência de que o óleo de canola ou óleo de colza interfira na visão ou o no sistema nervoso central, como os textos alarmistas espalham por aí.

A CANSA também ressalta que foram feitos vários estudos com humanos saudáveis, que ​​foram alimentados com 75 gramas de óleo de canola, durante 21 dias, não havendo nenhuma queixa dos voluntários sobre quaisquer efeitos negativos de qualquer natureza!

Jogada de marketing

Diferente do que o boato alardeia, o nome “canola” vem de “CANadian Oil Low Acid” por apresentar baixos níveis de ácido erúcico. E, conforme explicado pelo blog Alimentando a Discussão, em 2014, a mudança do nome para Canola foi feita como parte de uma jogada de marketing, pois o nome da semente em inglês (rapeseed) poderia remeter a algo ligado a um crime (pois rape significa “estupro”, em inglês) e isso não pegava bem.

Aqui no brasil, a Embrapa explica que:

“O óleo de canola é um dos mais saudáveis, pois possui elevada quantidade de Ômega-3 (reduz triglicerídios e controla arteriosclerose), vitamina E (antioxidante que reduz radicais livres), gorduras mono-insaturadas (reduzem LDL) e o menor teor de gordura saturada (controle do colesterol) de todos os óleos vegetais. Médicos e nutricionistas indicam o óleo de canola como o de melhor composição de ácidos graxos para as pessoas interessadas em dietas saudáveis.”

Nesse link há vários estudos a respeito do óleo de canola que ajudam a desmentir esse boato alarmista!

Apelo à autoridade

Em 2007, um aluno da Universidade Federal de Lavras – MG – publicou esse mesmo texto falso sobre o “perigo da canola” no portal da instituição, dando uma certa credibilidade ao assunto, mas o artigo foi retirado do ar e a universidade se pronunciou a respeito, explicando que o texto foi publicado sem o conhecimento da instituição!   

Conclusão

O texto que circula na web há mais de 15 anos é extremamente alarmista e possui muitas inverdades! O óleo de canola é um dos óleos mais saudáveis e pode ser consumido com segurança (só não vai se entupir de frituras só por causa do que dissemos aqui, hein?)!

Share Button
Falso, Lendas Urbanas, Morte, Saúde, Viral
, , , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

112 comentários

  1. Enio Luiz Vedovello

    Aqui no Brasil, o Dr. Lair Ribeiro, é um dos que ajudaram a espalhar essa falsa notícia sobre o óleo de canola, enquanto vende seus produtos inúteis em suas palestras de autoajuda. Lair Ribeiro é para a medicina o que o Olavo de Carvalho é para a filosofia.

    • Guy Fawkes

      Cara falou merda simplesmente porque o Olavo de Carvalho é um astrólogo embusteiro um achólogo diferente do Lair Ribeiro que tem um dos melhores curriculos do Brasil inclusive sendo chamado para dar aula la fora entendeu a diferença se num entendeu pode ser que você seja uma olavete huahauhuah

      • Armênia Lima Sales

        Concordo totalmente contigo! O Dr Lair Ribeiro é um médico muito conhecido e respeitado aqui no Brasil, e também lá fora! Ele também fala sobre o mito do leite, do ovo…fala sobre os refrigerantes, e sobre o “óleo de canola”. Têm vários vídeos dele no you tube, inclusive so re a água mineral.

      • Draco

        Que currículo?????? Mostra as falácias dele pra quem tu quiser q seja nutricionista ou profissional estudioso da área pra tu ver a reação da pessoa, só experimenta… O cara fala muitas vezes de assuntos da minha área e te falo de coração amigo, essa cara só fala bosta, ele é simplesmente um mentiroso, inventa muitos dos faltos q fala e fala na maior segurança e cara de pau do mundo!

          • Mauricio

            Você é ignorante! Tudo o que você acredita nesse “Dr” é aquilo que ele diz! Ele é a unica pessoa que afirma que deu aulas em Havard e que da aulas no estrangeiro. Faça uma pequisa no Havard e veja como não existe uma única referência dele! É tudo uma grande mentira e você acredita pois leu a biografia dele na página Web dele! ahahah que burrinho povo brasileiro é

      • Rodrigo

        Pois tão burro tu és que nem sabe que Olavo é convidado para dar aulas em diversas universidade do mundo. Em Harvard é aplaudido sempre. Suas “teorias são sempre provadas ao longo do tempo.

        Vá estudar seu ignorante.

        • Gilmar Lopes
          Author

          De acordo com a bíblia, Jesus Cristo teria visitado apenas as cidades de Tiro, Sidom – Fenícia/Líbano (Mt15:21), Cesaréia de Filipe – Síria (Mt16:13) e o Egito (Mt 2:14). Já que é a quantidade de países visitados que determina a veracidade de algo, Jesus (se é que existiu) não é digno de confiança!

          • Gilmar Lopes
            Author

            Você me acha inútil por ser ateu? Pois sabia que você também é ateu? Você acredita em um deus, mas não acredita nos outros milhares de deuses das outras culturas, portanto só sou um pouco mais ateu que você.

    • Daniela Ledur

      O Dr. Lair Ribeiro deu aula em várias universidades americanas, incluindo Harvard, é a pessoa mais atualizada de que eu tenho notícia e até hoje dá aula para médicos. Em entrevistas e palestras dele com outros médicos fica evidente o seu conhecimento de causa. Desculpe, prefiro acreditar no que ele diz do que na opinião de quem vende esta porcaria.

      • Doutor Nozelo

        Falácia. O cara pode estudar na melhor universidade do mundo, não significa automaticamente que tudo o que ele disser será verdade. Cadê os estudos publicados sobre o assunto?

      • Draco

        E dai se ele deu aula nos EUA? so o que tem lá é charlatão. Quem te disse que ele é a criatura mais atualizada sobre algum coisa nessa vida? Pelas palestras e entrevistas só fica evidente que ele inventa metade do que fala, fora o fato de ele contratar gente pra entrevista-lo ne amigo!? então vc prefere acreditar num falador do que em vários nutricionistas e médicos ambos pesquisadores e em estudos??? melhor ficar com as falácias de um médico falador certo!?

      • Diego

        me mostra o nome dele no corpo docente da universidade de harvard.. lair ribeiro faz trabalho voluntário lá, em troca ele arrota para todo canto que ‘é professor de harvard’.. rsrs.. ele é professor “EM HARVARD” e não “DE HARVARD”, tem uma grande diferença, ele não é professor, nunca foi admitido na universidade como tal.

    • Wesley

      CARA, GRAÇAS AS DICAS DO DR. ALAIR SOBRE O LEITE, QUE FIZ O TESTE E PAREI A DOIS ANOS DE TOMAR LEITE, E MINHAS ENXAQUECAS SEMANAS DIMINUÍRAM EM 80%, CONSIDERANDO QUE ELE TEM VÁRIOS LIVROS EM VÁRIAS IDIOMAS, TER SIDO PROFESSOR EM VÁRIAS UNIVERSIDADES DOS ESTADOS UNIDOS. PREFIRO ACREDITAR NELE PELO QUE TESTEI E DEU CERTO DO QUE ACREDITAR EM UM MHERDA COMO VC FALANDO BESTEIRA….KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • fernando

      então está provado que este oleo é prejudical se tem esquerda defendendo e atacando Lair e Olavo aí tem truta. quem acredita na esquerda destruidora do país do lula da dilma do fhc do doria todos filhotes da nova ordem mundial

      • Eu™

        fernando

        “então está provado que este oleo é prejudical se tem esquerda defendendo e atacando Lair e Olavo aí tem truta. quem acredita na esquerda destruidora do país do lula da dilma do fhc do doria todos filhotes da nova ordem mundial”

        Rapaz, são tantas falácias em um só comentário que nem vale a pena apontar.

        Só digo uma coisa: Vá estudar, vá. Nada do que você falou faz sentido.

    • Aleluia

      Eu também. Óleo de coco e de girassol também.
      Milho, soja e canola são transgênicos, fico com o pé atrás.
      Melhor dourar na manteiga que tá ótimo!

      • Samantha Braga Rezende

        Manteiga é feita de leite cheio de pus, infecções, hormônios e antibióticos (além de outros produtos venenosos), fora que a vaca é um animal que não merece passar por todo o sofrimento que ela passa só para que o ser humano tenha alguns momentos de prazer. Animal não é produto nem alimento. Existem muitas formas de se alimentar, pesquisem.

    • Diego

      Só não usa azeite pra fritar alguma coisa, todo o seu benefício se torna malefício quando você o aquece a uma certa temperatura, para frituras o ideal é o bom e barato óleo de soja, caso não consuma frituras, Parabéns pra voce.

  2. MFelician

    Caro Sr. Ênio Luiz Vedovello, primeiro apresente o seu ‘Curriculum Vitae’ para depois tecer comentário aos trabalhos do Dr. Lair Ribeiro, renomado médico cardiologista brasileiro.

    • newton

      Esse Sr. Enio deve está ganhando uma nota para falar bem desses venenos que estão nas prateleiras dos supermercados. A maior besteira foi citar o nome desse renomado médico, conhecedor e estudioso, sem conhecer o curriculum de uma autoridade mundial como o Dr. Lair Ribeiro. Nossa colonha Brazil ta cheio desse tipo de pessoas, procurando esconder a verdade do povo sendo pago para escrever artigos mentirosos, assim como, tem médicos pagos para isso. E também para esconder a verdade sobre essa fantástica proteção natural da nossa saúde: o nosso proprio sangue que nos cura através da auto hemoterapia, e que eu faço questão de divulgar a todo mundo doa a quem doer.

    • BarbaRuiva

      Quer dizer que para discordar do Lair Ribeiro tem que ter Curriculum? Essa é boa!
      O cara é um charlatão barato, mas esperto em maquear as palhaçadas que ele faz, arrancando uma graninha do povo!

      • Wendel Francisco de Almeida

        Pesquisa de 21 dias… Vc colocaria sua saude por uma pesquisa de 21 dias?

        A CANSA também ressalta que foram feitos vários estudos com humanos saudáveis, que ​​foram alimentados com 75 gramas de óleo de canola, durante 21 dias, não havendo nenhuma queixa dos voluntários sobre quaisquer efeitos negativos de qualquer natureza!

        75 gramas é a quatidade em 1 pacote de 200 gramas de bolachas recheadas. (claro que não usam ainda o óleo de colzar.)

        • Niobe S

          Então sugiro vocês pegarem os estudos europeus, porque canola, colza é transgênico e lá na Europa é proibido transgênicos. Lá tem vários estudos que provam o quanto fazem mal. Mas vão precisar de tradutor para lê-los.

      • Luciane

        Seu Barba Roxa! Por favor…Dr Lair Ribeiro Charlatão?? Acho que tu não sabes nada sobre ele! Não vou dizer que ele é Deus…que nunca erre…mas a maioria das coisas que ele diz é verdade! Ainda mais num momento atual, onde colocam tudo que é merda para a pulação comer! Tu acha q estão ligando para a quantidade permitida?? Esse canola pode dentro da medida toleravel…igual á formol!! Mas quem respeita?Tem certeza que o oleo de canola que esta ingerindo esta mesmo coom as medidas toleráveis para consumo??? Lair defende oleo de coco, azeite de oliva…E realmente não sao bons??? O fato dele fazer propaganda de produtos caros não quer dizer nada…quem nao sabe que é caro justamente por ser bom?? Tirando as falsificações que exitem em tudo!! Prefiro ainda acreditar nele do que um site idiota que nada mais faz alem de ir atras do que já ouviu tb! Se é por isso…ouviremos Dr Lair!

        • Eu™

          A planta CANOLA já possui a quantidade informada do ácido, por isso o nome. O ácido não é adicionado durante ou depois da produção do óleo, logo a quantidade especificada é estável.

        • Draco

          HAHAHAHHA é muito engraçado mesmo como as pessoas não enxergam sua própria ignorância. Luciane amiga, sou da área academica e te digo que sim, esse Lair é um charlatão, vc acredita nele simplesmente pq vc quer acreditar e não pq vc pesquisa tudo q ele afirma a fundo e vê que é verdade ou mentira. Eu nem deveria responder seu comentário pq já da pra ver q é um caso perdido, mas enfim, desconfie!

          • Acido

            interessante tem videos em entrevistas, vou citar só um exemplo a questão do COLESTEROL que ele desafia qualquer medico , pesquisador, cientista , associação etc a PROVAR com artigos científicos papers que o colesterol (LDL) faça mal . kkkk, gostaria de ver o site e- farsas desbancar o Lair Ribeiro , desbancar as publicações cientificas que ele cita, acho bem dificel né .

      • jose Evaldo Oliveira

        Pra discordar de alguma opinião é preciso ter, no minimo, conhecimento cientifico igual ou melhor de quem se vai colocar em cheque determinada matéria. Pleo visto voce não tem nem conhecimento cientifico para o debate nem senso critico do que fala. Dispenso o curriculo e a ignorancia, sr. barbaruiva

          • Guilherme

            É uma estatística sua mula, em 1915 o cara lá que fez pós graduação na Europa (tu fez pós graduação em algum lugar acéfalo?) trouxe o eletrocardiógrafo e levou 7 anos pra descobrir um infarto (os médicos da época falavam “joga essa porcaria fora pow.. não existe ‘infarto’, isso é besteira” em 1930 morreram 3000 e em 1960 morreram 60 mil de infarto do miocárdio. Hoje infarto é uma coisa comum, adivinha porque? Continua no teu canola ai e espera teu infarto que eu continuo no meu óleo de coco e vivendo muito bem.
            A propósito, a matéria é outro lixo tbm

  3. Cesar da Silva

    Parece que o grande problema da canola é que ela “não é criação de Deus”, ou seja é criação do homem ou de “homens endemoniados”. Curiosamente, o computador também não é criação de Deus, mas mesmo assim cristãos insistem em usar essa máquina diabólica.

    • Observador Perspicaz

      A matéria acima não tem nada a ver com questões religiosas. Deixe de ser “psicótico” e pare de “respirar” temas religiosos o tempo todo. Mesmo que crenças religiosas lhe causem desconforto, não precisa falar e pensar nas mesmas o tempo inteiro.

        • Observador Perspicaz

          E por isso você generaliza, como se todos os que professassem determinada crença religiosa afirmassem tal parecer. Como eu disse, ateístas e afins são neuróticos, tão neuróticos como muito religiosos fundamentalistas. Tornou-se uma patologia.

          • Cesar da Silva

            Vc está afirmando que quem não é cristão é “ateísta”. Me parece que vc está enganado.
            Eu não generalizei, apenas esqueci de acrescentar um pronome (“esses”) que deixaria evidente a quem me referi – os que demonizam certos alimentos mas não demonizam as máquinas nem tratamentos médicos (deixei essa parte de fora).

    • Fabio

      irmão, pesquisa BEM sobre alimentos transgênicos! São plantas ou alimentos modificados pelo homem em prol duma maior facilidade em cultivá-los… PRA QUÊ? Pra gerar mais lucros!
      Então, quando dizem q o óleo de canola faz mal porque não foi criado por Deus, é isso a q se referem!
      A natureza é perfeita, não necessita de modificações genéticas. Diferentemente, o computador foi CRIADO e não modificado.. são coisas diferentes. E outra, pessoas não comem computadores!! hahahah

      Eu prezo minha saúde e não ponho qualquer coisa pra dentro não… rsss

    • Paulo

      Que estupidez. O que a matéria em questão tem a ver com religião? Isso de ser uma planta não criada por Deus, é bem provável que seja para fazer uma analogia aos transgênicos que são maléficos para a saúde.

  4. JESSÉ

    Estranho, tudo que dizem ser saudável hoje, pode vir a não ser mais saudável amanhã. Basta lembrar de como o cigarro era tratado antigamente.

    Cigarro é saudável?
    Refrigerante é saudável?
    Óleo refinado é saudável?
    Trigo é saudável?
    Cerveja é saudável?
    Vinho é saudável?
    Sal é saudável?
    Adoçante é saudável?
    Macarrão instantâneo é saudável?
    etc…

    Vários produtos são vendidos e rotulados como sendo saudáveis, vários com comprovações científicas garantindo que são saudável.

    Passa algumas gerações e alguns vão se descobrindo que não são tão saudáveis assim, então aparecem outras pesquisas informando que o que fazia bem antigamente agora não faz mais.

    Com relação ao Óleo Canola ser saudável ou não, não sabemos, até passar algumas gerações. Mas uma coisa sabemos, Aumenta cada vez mais a incidência de câncer na população.

    Quais produtos contribuem para esse aumento? Pesquisas já comprovam a influência de alguns produtos para alguns tipos de câncers.

    Ai um espertinho vai dizer que tem crianças que praticamente nasce com câncer sem nunca ter usado nenhum produto desses. Será? Será que não foi adquirido genética mente através das gerações por seus pais, avós, bisavós devido ao consumo desses produtos?

    Cada um escolhe o que faz bem pra sua própria vida, mas minha opnião é de que eu não quero arriscar. Podem vir os melhores cientistas do mundo dizendo e querendo comprovar que o produto é saudável, mas eu não vou por na minha mesa esse produto.

    Quem quiser crer que seja saudável vai enfrente e use.

  5. MFelician, apresente VOCÊ o seu currículo! Lair Ribeiro é um charlatão da auto ajuda que só ajuda o bolso dele! E ninguém, absolutamente NINGUÉM nesse País sequer lembra que ele é médico cardiologista, meu amigo.

    Médico que se acha um DEUS detected. Cuso Superior e a missão de salvar vidas é coisa séria, seu fanfarrão! Lair Ribeiro uma pessoa séria? Mesmo? Onde? na Finlândia?

    • Newton

      Cuidado!!! seu roberto, a INVEJA MATA, Dr. Lair Ribeiro não vai botar seu nome assim na internet para falar besteiras, como você que ta dizendo que ele é um charlatão.

  6. Cesar da Silva

    É verdade que cuspe de pastor cura qualquer doença?

    ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2015-09-16/pastor-cospe-na-boca-de-fiel-em-culto-evangelico-assista-ao-video.html

    • Observador Perspicaz

      E a “cruzada ateísta” persiste com seu ideal de conseguir “prosélitos”, assim como o alvo do desafeto deles fazem (os “religiosos”). Estranho ateístas “respirarem” temas religiosos o tempo todo. Já virou uma patologia. Pior que afirmam que pessoas que creem em Deus são psicóticas… Vai entender a maneira de pensar paradoxal de tais seres.

      • Cesar da Silva

        Rapaz, eu não ateu, logo esse deboche não me atinge.
        Há pessoas afirmando que o cuspe de um certo pastor cura doenças, eu tenho curiosidade de saber se isso é verdade e não me parece errado perguntar isso aqui.

        • Observador Perspicaz

          O meu comentário não diz respeito a ateus sinceros, mas ateístas e afins que só falam de religião, aliás, que criticam todas as religiões como se todas fossem iguais. Procure conhecer mais crenças religiosas e depois aborde o assunto com conhecimento. Fica muito feio falar de algo que desconhece.

          • Cesar da Silva

            “O meu comentário não diz
            respeito a ateus sinceros”.
            O que seria um ateu sincero? É o ateu que não mente? Ou é o que chamam de ateu fraco (o que não acredita na existência de divindades mas não afirma que elas não existem)??

            “que criticam todas as religiões”…
            Eu não critiquei todas as religiões, nem mesmo cheguei a criticar uma. No meu primeiro comentário, ali em cima, critiquei a incoerência de certos cristãos. Criticar cristãos não faz de mim um ateu ou “ateísta”, se fosse assim, todo teísta que discorda de qualquer atitude de qualquer cristão seria um “ateísta” inclusive os cristãos.

            “Procure conhecer mais crenças religiosas”…
            a minha dúvida aqui é sobre a cura através do cuspe de um pastor, nada tem a ver com outras religiões.

            “Fica muito feio falar de algo que
            desconhece”…
            Vc está “falando” de mim e não me conhece.

            “por que ser tão ‘fundamentalista’ ao ponto de se achar o ‘dono da verdade’ e querer ‘impor’ ideias ateístas a outrem?”…
            eu não impus qualquer coisa, menos ainda qualquer ideia “ateísta” (não entendo o porquê das aspas). Apenas critiquei a incoerência de alguns indivíduos e depois fiz uma pergunta.

            “Não estão sendo tão fundamentalistas e fanáticos quanto muitos religiosos?”
            Criticar e questionar está muito longe fundamentalismo e fanatismo.

            ” O verdadeiro ateu é”… bem, é quem não crê em divindades. O fato do sujeito militar ou não militar em defesa das suas ideias não o torna mais ou menos ateu. Mas, como eu já disse num outro comentário ali em cima: “EU NÃO SOU ATEU”, logo não faz sentido vc continuar dizendo que eu defendo o ateísmo.

        • Observador Perspicaz

          Queria entender o que leva um ateísta ou assecla a criticar algo que ele não acredita. Será que ele vai mudar o mundo? Vai conseguir transformar a todos os seres humanos em ateístas? A resposta óbvia é: NÃO, isso não sucederá. Então por que ser tão “fundamentalista” ao ponto de se achar o “dono da verdade” e querer “impor” ideias ateístas a outrem? Não estão sendo tão fundamentalistas e fanáticos quanto muitos religiosos? Meio paradoxal estar no mesmo patamar daqueles que tanto criticam, não acha? O verdadeiro ateu é aquele que não crer em um divindade e se contenta em ele só ter essa crença (ou descrença). Não fica “picando” pessoas na internet sem motivo aparente. Os outros (que professam ser ateus) são aqueles que travam verdadeira “cruzada ateísta” em busca de “prosélitos, assim como muitos religiosos o fazem. Devem ter seu motivos, mas vai saber quais são.

      • Observador Perspicaz

        Pois é, há sempre um neurótico que “espiritualiza” tudo o que ler na Internet (o que acabou por se tornar uma “doença crônica”). As religiões em geral (nem mencionei o Cristianismo ou religiões que professam ser “cristãs” nos meus comentários) causam tanto desconforto em determinadas pessoas que elas “respiram” a temática 24 horas por dia. Depois vem dizer que não é ateísta ou um simpatizante. O senhor Cesar da Silva costuma comentar sobre temas religiosos usando ideias ateístas (não afirmei que o mesmo seja ateísta, afinal não o conheço), por isso fiz os comentários acima. Pelo visto, a carapuça lhe serviu.

    • Marcelocetico

      Essa sua obsessão é patologia. Leia o livros “10 livros que estragaram o mundo” e você verá o quanto você é manipulado. Isso se você tem alguma honestidade intelectual é claro.

  7. Alison

    em quem devo acreditar? num cara que da aulas e palestras nas universidades mais importantes DO MUNDO, centenas de artigos científicos escritos, tem 70 anos e aparenta 40 OU na industria que lucra com esses óleos e blogueiros comedores de coxinha que acham que sabem tudo de nutrição pq ~pesquisaram bastante~
    HAHAHAH

  8. Marlucia Mota

    Só quem seguiu suas dicas sabe as maravilhas que acontece no corpo.Só tenho a agradecer!Quanto aos cegos quem sabe um dia.Torço que Acordem!

  9. Paula

    Realmente, as pessoas deveriam somente opinar, quando detivessem amplo conhecimento no assunto.
    Oléos vegetais ficam rançosos facilmente, e para terem vida de prateleira, sao hidrogenados parcialmente, gerando gordura trans. Ao serem aquecidos, essa gordura trans vai aumentando. Os primeiros infartos do miocardio aconteceram a partir de 1925, apos a demonizacao da gordura saturada e a adocao dos oleos vegetais pela populacao. Hj, a causa de morte numero 1 no mundo, sao os infartos. Seguido pelo cancer. Doencas novas, que nao existiam antes da Revolucao Industrial.
    E o oleo canola, tem o acido erucico, que por mais que seja apenas 1%, é um veneno em doses homeopaticas, uma vez que é amplamente usado. Apos ser aquecido, vira ácido brasídico, que é pior ainda.
    A gordura saturada nao vira trans ao ser aquecida, sendo a ideal para cozinhar. Oleos e azeites vegetais nao devem ser aquecidos. Sou especialista em nutrição esportiva.

  10. FABRÍCIO DA SILVA AMORIM

    Pois é pessoal, já que tudo que o Dr Lair Ribeiro fala é bobagem como alguns pensam, continuem usando o seu oleo de canola, de soja etc. Continue com o açúcar refinado, com o suco de caixinha, continue consumindo sua salsicha, linguiça ou tudo que é embutido de carne. Ele ja falava que tudo isso faz mal, mas tudo que ele fala é bobagem né?

    Aí eu te pergunto, de onde é que vem tantos casos de diabetes? tanto caso de colesterol alto? Pressão alta? e muitas outras doenças da atualidade, inclusive o próprio cancer.

    A resposta é simples: Vem daquilo que vc se alimenta.

    Se se alimenta de porcaria, logo logo vem uma doença pra vc gastar com remédio de farmácia que nunca cura, somente alivia os sintomas.

    Eu vejo que a população está dormindo…….. e cada dia mais adoecendo e acha q é assim mesmo

    Só tenho a dizer uma coisa: Continue se alimentando com suas porcarias e vai adoecer com o tempo. Isso é fato!

  11. marcia

    estou pasma com esse site. Sempre vinha buscar informações pra confirmar afirmações da internet e não sei como pode colocar como verdade uma informação absurda e que arrisca a vida de tantas pessoas. O que ta ganhando com isso? algum patrocínio ou falta de tempo pra pesquisar a fundo?

      • tatiana

        oi, Gilmar.
        eu li o artigo.

        também li esse: http://www.umaoutravisao.com.br/secoes/Alimentacao/conola.htm
        que fala sobre o ácido erúcico…
        “Os primeiros estudos publicados sobre o novo óleo foram desenvolvidos em 1978 com recursos de pesquisa da Unilever na Holanda. A indústria estava naturalmente interessada em saber se o novo óleo LEAR” (Low Erucic Acid Rapessed – nome anterior a Canola) “causava lesões no coração de animais de laboratório. Em estudos iniciais, os animais alimentados com colza com altas taxas de ácido erúcico mostraram retardo de crescimento e mudanças indesejáveis em vários órgãos, especialmente o coração, uma descoberta que provocou a assim chamada “crise do ácido erúcico” o que impeliu os geneticistas da planta a desenvolver versões novas da semente. Os resultados do estudo LEAR foram confusos. Ratos geneticamente selecionados para estarem propensos à lesões cardíacas desenvolveram mais lesões com óleo LEAR e de linhaça, do que com azeite de oliva e óleo de girassol, o que conduziu os pesquisadores a refletir que o ômega-3 (não o ácido erúcico) dos óleos LEAR e linhaça poderia ser o culpado. Mas os ratos geneticamente selecionados para estarem mais protegidos para lesões no coração não demonstraram nenhuma diferença significativa entre os quatro óleos testados e óleo LEAR não causou problemas do coração desses ratos, em contraste ao óleo com alta taxa de ácido erúcico que induziu à necrose cardíaca severa.”

        o comentário da Paula, logo acima, também é muito pertinente: “o oleo canola, tem o acido erucico, que por mais que seja apenas 1%, é um veneno em doses homeopaticas, uma vez que é amplamente usado”

        tenho o e-farsas como um local seguro pra tirar as dúvidas do dia a dia.
        seria legal verificar essas informações e talvez alterar seu artigo.
        um abraço!

        • Gilmar Lopes
          Author

          O ruim é que o comentário dessa pessoa não vem embasado com provas, né? Vou procurar algo a respeito, mas sem paper nada feito! Obrigado!

  12. Thales Schäeffer

    Nossa esse site que deveria ser investigado por farsas, só pode acreditar em aquecimento global (Na época comprovado por cientistas americanos) e Papai Noel, como pode na conclusão do artigo indicar inclusive esse óleo para o consumo como todos podemos ver ao longo dos tempos as pesquisas “científicas” feitas por cientistas chapa branca comprados pelas indústrias seja ela qual for nesse caso a farmacêutica o fazem para validar seus venenos e assim futuramente lucrar com remédios e tratamentos por muitos anos.
    Como pode um estudo de 21 dias indicar alguma coisa ainda mais em um óleo tão “transformista” como esse que sofreu diversas modificações e com elementos como o ácido eurúcico mesmo em baixa concentração é lógico que tem efeito cumulativo e em 21 dias não se perceberá a destruição pois levará alguns anos para a pessoa ter problemas de saúde é um veneno dado em conta gotas, qual a necessidade de fabricar este óleo? me explique já que tem tantos e ainda mais que existe os naturais como o mais indicado o de coco e o mais correto banha de porco, minha vó usava e ta ai com 90 e tantos anos forte só passou a ter diabetes depois de muitos anos na velhice quando antes veio morar na cidade e ingerir açúcar refinado e óleos vegetais enfim o FDA aprovou então tá tudo bem eles aprovaram há muito tempo o aspartame também veja:

    “um estudo recente da Universidade de Miami Miller School of Medicine e da Universidade de Columbia Medical Center, descobriram que aqueles que beberam refrigerante diet todos os dias eram mais propensos a doenças vasculares em comparação com aqueles que não tomam qualquer”

    “Alguns problemas de saúde específicos que estão associados com aspartame são:
    1. Câncer – Ramazzine Foundation, um Centro de Pesquisa do Câncer Europeia, realizou um estudo sobre o aspartame, que revelou que o aspartame aumenta o risco de câncer (leucemia, linfoma e câncer de mama).”

    2. Transtornos mentais e degeneração das células cerebrais – A ingestão excessiva de adoçantes artificiais, de acordo com pesquisadores da Universidade de Pretória e da Universidade de Limpopo, pode levar a vários distúrbios mentais e degeneração cerebral. Publicado no European Journal of Clinical Nutrition, os pesquisadores descobriram que o aspartame parece causar sinais excessivos, lesão ou morte de células nervosas. Uma vez que interrompe o aspartame o funcionamento da fonte de energia da célula, irá conduzir a uma cascata de efeitos sobre o sistema nervoso.

    Fora o resto que não vou colocar porque é demais bom basta esperarmos mais uns anos por aqui para no futuro começarem os estudos a meter o pau na canola daí eles inventarão outro óleo tóxico botam no mercado e começam as novas doenças uma coisa cheia de transformações genéticas se esforçando para diminuir o veneno e ingeri-lo aos poucos só pode tá brincando não vejo necessidade de tanto esforço e dinheiro gasto investido em pesquisas para por esse óleo no mercado a não ser que as indústrias farmacêuticas e as de grãos lucrem em conjunto uma vende o óleo homeopaticamente tóxico e a outra vende o remédio para tratar a doença que este causou é um ciclo sem fim.
    Para evitar isso simples utilizem banha de porco sempre existiu e lá no interior onde minha vó morava nunca ninguém teve pressão alta nem infarto já eu tenho um amigo de 24 anos com diabetes e pressão alta que come glúten, açúcar refinado, sal refinado, margarina, frituras com óleos vegetais e comida industrializada e toma remédio aprovado pela Anvisa e a comida aprovada pelo Ministério da Saúde e tá mais perto da morte que minha vó de 90 e poucos anos acho que isso já diz tudo não? então continue ingerindo óleo de canola daqui a alguns anos você também vai dar o “dízimo” para a indústria farmacêutica boa sorte!!

  13. Jeferson Maieto

    Eu segui religiosamente algumas coisas para saúde q Dr. Lair diz em suas palestras e só tem me trazido bons frutos assim como em exames e acredito q esse óleo canola(Canadian oil low acid)q é extraído de uma planta chamada Colza q contém um tipo de ácido manipulado pela indústria para reduzir e não para retirar q nos mata aos poucos junto com a hidrogenaçao para durar mais nas gôndolas de mercados e só tem sustentado essa afirmação de um bom produto por falta de um aprofundamento em seu estudo…sendo bom ou não prefiro evitar pra não ter q ser preciso remediar

    • Samantha Braga Rezende

      Isso não é verdade. Gorduras animais são feitas para os animais, nossa constituição física não é nem carnívora nem onívora como nos ensinaram na escola (provavelmente para que pudessem vender todos os tipos de alimentos para nós). Nosso organismo é bem mais parecido com o de um herbívoro (se estiver em dúvidas faça uma pesquisa no Google). O que acontece é que os agropecuaristas querem aproveitar todas as etapas da exploração animal. E aí, começaram a divulgar essas informações falsas sobre a banha de porco para induzir as pessoas a comprarem. Dessa forma eles não desperdiçariam nada. Sejam mais criteriosos e não acreditem em tudo!

  14. Sinceramente essa advertência não merece credibilidade alguma. Os indícios são claros, principalmente que ela retorna de tempos em tempos, sem nenhuma comprovação científica que a embase. Além disso, a declaração da EMBRAPA não deixa dúvidas sobre os benefícios do óleo. Eu consumo regularmente.

  15. Pauloro

    Quem acha que o dr. Lair é um ignorante, pega todas as suas pesquisas e pública em revistas científica, quem sabe você tenha mais artigos que ele.

  16. Paulo Cesar

    NO texto diz “Tanto aqui no Brasil quanto em diversos outros países a venda de óleo de canola é liberdado pelos órgãos reguladores como a ANVISA (aqui no Brasil) ” Desde quando a Anvisa libera só o que faz bem a saúde? Tem tanta coisa que faz mal e a Anvisa libera pelo simples interesse comercial das grandes marcas.

  17. Paula

    Acho um absurdo esse site E-Farsas, publicam matérias como se fossem donos da verdade, pior é quem acredita e segue a risca tudo que se diz aqui. CERTO ou ERRADO não existe, o que existe é CAUSA e EFEITO. Cada pessoa é livre pra escolher suas causas (exemplo, óleos…) e elas terão seus respectivos efeitos. Só porque a ANVISA diz que é seguro você acredita? Deixemos de ser IGNORANTES, cada pessoa deve se responsabilizar pelo que ingere e buscar a verdade.

    • Gilmar Lopes
      Author

      Concordo com você em tudo que disse! Apenas uma correção: NUNCA dissemos que somos os donos da verdade! Aliás, incentivamos sempre que possível que o leitor não acredite só no E-farsas. A ideia é que o leitor desenvolva o senso crítico e passe a pesquisar em várias fontes antes de sair repassando boatos por aí.
      A pessoa é livre pra consumir o que quiser e da forma que desejar. Apenas estamos mostrando que os pontos citados não condizem com a verdade.

      • Paula

        Olá Gilmar! Obrigada pela atenção. Interessante sim a ideia do E-Farsas, desmentir boatos, realmente é um boa ideia mas na minha opinião vocês precisam tomar mais cuidado e não transformar uma boa ideia numa péssima ideia…
        Aconselharia não publicar matérias sobre saúde, vocês não tem noção da responsabilidade em publicar matérias desse tipo sem ter tanta certeza assim do que estão dizendo. Do que ficar na dúvida não seria melhor evitar esse tipo de publicação? Você disse : “NUNCA dissemos que somos os donos da verdade!”, mas agora releia sua própria CONCLUSÃO:
        “Conclusão
        ….. O óleo de canola é um dos óleos mais saudáveis e pode ser consumido com segurança…!”

        Agora eu te pergunto, quem são vocês para concluírem isso? VOCÊS são cientistas??? Concluir algo assim não é ser dono da verdade???
        Vocês realmente acham que essa PESQUISA MIXURUCA (desculpe) que vocês fizeram PROVAM que o óleo de canola é saudável???
        Será que não é muita infantilidade???

        Parem e pensem um pouco, saúde é VIDA! Tem certeza que você acha certo ficar publicando pesquisas mixurucas e se acharem o máximo por estarem fazendo o “BEM” às outras pessoas? Tem CERTEZA que o óleo de canola faz bem mesmo??? Se você tem toda essa CERTEZA você é dono da VERDADE então…..
        Parabéns!!!
        Mas eu não acho ok!

        Abraços

  18. Fabio

    Mais sera que esses óleos e produtos naturais realmente funcionam, sempre vejo materias a respeito e quando aparece na televisão o negócio vira uma febre depois some, ai vem a questão se resolve ficaria mais tempo não acham !!!!

  19. Bom Dia a todos com a Paz do Senhor

    EU entrei neste site para obter informações se poderia usar o óleo de canola em frituras, quais os malefícios e benefícios deste produto? li tudo que tinha direito, porém chegando aos comentários, opiniões diversas surgiram, então cheguei a conclusão que devo grelhar e jogar fora todos os produtos de frituras, inclusive a tradicional banha de porco. E uma coisa é certa neste mundo nada é seguro, verdadeiro e correto, devemos pesquisar sim, ouvir, ver e sentir as opiniões e tirarmos nossas conclusões por um olhar amplo e a partir deste ângulo nós vermos o que é melhor e mais conveniente para nós.

    beijos em todos …paz…pesquisar sempre… o mais importante de tudo é nossa saúde, se nós não cuidarmos quem cuidará?

  20. Roberta

    ACORDAAAAA POVO!!!! O PRÓPRIO TEXTO AFIRMA QUE CONTEM ACIDO ERÚCICO!!! VENENOOO!!! SE É VENENO DEVERIA SER COMPLETAMENTE PROIBIDO!!! E NÃO ACEITAR UM LIMITE DE 1%!!! ABSURDO!!!

    • Eu™

      ACORDA, chorona. Você consome tantas coisas que são “consideradas venenosas” no seu dia a dia e não sabe. Inclusive em maiores concentrações que o ACIDO ERÚCICO encontrado no óleo de CANOLA.

      Come peixe? Mercúrio;
      Come pimentão? Morango? Uva? Abacaxi? Agrotóxicos;
      Cozinha em panela de alumínio? Já era, contaminada.

      Deixa de ser mimimizenta. Não quer usar o óleo de CANOLA? Não use. Simples assim.

    • Eu™

      Não entendi. Você afirma que o ácido erúcico faz mal, no link que você mesmo passou, o Embrapa afirma que a CANOLA (CANadian Oil, Low Acid), como o próprio nome já diz, possui MENOS ácido erúcico, e no final diz que NÃO deve ser usado?

      Você ao menos ENTENDEU o que está escrito no link?

      #logicaFAIL #analfabetismofuncional

      Chola mais.

    • Eu™

      E se você faz tanta questão assim em citar os malefícios do ácido erúcico, sugiro que você, além do óleo de CANOLA, deixe de consumir também mostarda, couve, couve de bruxelas, brócolis, rabanete, rúcula, wasabi, nabo… todas as plantas da família Brassicaceae possuem esse ácido, em maior ou menor quantidade.

      É, meu camarada chorão.. a realidade é dura! Aceite que dói menos!

      KKK

  21. Marla Prado

    Nossa, vim a procura de informação sobre o óleo de canola e fiquei mais confusa!
    Não faço frituras, mas e no arroz e feijão, o que usar? Tudo faz mal, o doutor Ribeiro fala de banha de porco,
    nem pensar, sou vegetariana.
    O que fazer, nos sites cada um defende uma coisa! Penso que o melhor é não usar óleo nenhum! Fritar os temperos com água!

  22. vanessa edna da cunha pasquini

    As indústrias alimentícias só visam o lucro, o resultado são as doenças que vemos em milhões de pessoas, inclusive criancas, as empresas farmacêuticas tratam suas doenças de forma a amenizar os sintomas, mas não curar totalmente, vamos pensar juntos? Uma vaca vive em média 20 ou 25 anos, (aquela que um homem humilde do campo tem, ele costuma vender leite aos vizinhos, porém sua vida passa e ele continua com o mesmo poder aquisitivo) porém as vaquinhas das grandes indústrias vivem em média 6 anos, foram transformadas em máquinas de produzir leite, e qual o motivo dessa redução no tempo de vida? Produzem 250% mais do que produziam a dez anos. É tão lógico que quanto mais industrializado for o produto, mais males os consumidores terão, gente, observamos apenas as estatísticas do aumento nos casos de doenças e morte resultante delas nos últimos cem anos, que parece muito, mas não é, São poucas gerações para muito “estrago”…Sem mais

  23. Marcus

    Também sou médio e temos estudado esses alimentos maléficos a saúde. Temos relatórios e pesquisas suficientes pra provar o dano que diversos alimentos causam a saúde. Mas não há interesse da mídia, mera escrava da elite.
    Temos de ser mais espertos e agirmos em silêncio. Todo veneno tem um antídoto. Ninguem precisa ouvir na televisão pra saber se faz bem. è só colsultar médicos e pesquisadores. Eu confio mais nos pesquisadores independentes do que nesses “falsos pesquisadores e pesquisa” da midia

    • Doutor Nozelo

      >Também sou médio e temos estudado esses alimentos maléficos a saúde.

      Médio? Se fosse “bom”, ou “excelente”, até acreditaria. Mas como é só “médio”, nem vale a pena… hohoho

      >Temos relatórios e pesquisas suficientes pra provar o dano que diversos alimentos causam a saúde.

      Poste aqui alguns links por gentileza. Mas tem que ser de periódicos indexados e revisados por pares, não quero ver links de sites enviesados.

      >Mas não há interesse da mídia, mera escrava da elite.

      Então ajude a divulgar os estudos, comece a postá-los aqui! E acabe com a mídia malvada!

      >Temos de ser mais espertos e agirmos em silêncio.

      Mas se agirem em silêncio, como vão ouvi-lo? Ninguém vai mudar nada, se não souberem o que você diz!

      >Todo veneno tem um antídoto.

      E o bem vence o mau, espanta o temporal!

      >Ninguem precisa ouvir na televisão pra saber se faz bem. è só colsultar médicos e pesquisadores. Eu confio mais nos pesquisadores independentes do que nesses “falsos pesquisadores e pesquisa” da midia

      E é exatamente isso mesmo! Só que tem que ser médicos e pesquisadores sérios, que publiquem seus estudos em periódicos indexados e revisados por pares, para que toda a comunidade médica e científica fique sabendo e possa confirmar ou refutar os estudos! Cadê os links para os estudos?

  24. Vanessa

    Estou decepcionada com a deselegância contra Dr Lair Ribeiro.
    Tu que atacou o pesquisador médico, com tuas idéias de fundo de quintal, é o mais ridículo vendedor de oleo de canola disfarçado!
    Sugiro vender outro produto. Ganhe seu dinheiro com dignidade.
    Canola é veneno !

  25. Ricardo Matos

    E farsa foi manipulado pela indústria dos alimentos e nem.percebeu…..os óleos vegetais e canola nem se fala são os maiores causadores de doenças junto com o trigo e falar mal de Dr Lair ribeiro é a maior burrice do mundo. O cara é professor de Havard e sabe tudo sobre alimentação

  26. Henrique

    Dúvida razoável: No dito “boato” da internet, se diz que o óleo de Canola seria aquecido a 300° durante sua produção. O e-farsas diz que ele seria rico em vitamina E. Minha dúvida é:
    – Se for mesmo aquecido, qual é a temperatura máxima que a vitamina “E” suportaria nele?
    – Seria saldavel reutilizar óleo de Canola em suscessíveis frituras, senão porque?
    – Outra dúvida: Seria então mais saldável consumir oleo de canola in natura, assim como o óleo de oliva? Se não, porque?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *