O Senador Magno Malta disse que navios com refugiados estão vindo para o Brasil?

Share Button

Será verdadeiro ou áudio onde o senador Magno Malta alerta a população sobre a vinda de 1,8 milhão de refugiados muçulmanos para o Brasil?

O áudio surgiu nas redes sociais na segunda quinzena de junho de 2017, se espalhando rapidamente através das redes sociais e, principalmente, pelo WhatsApp. Nele podemos ouvir a voz do senador Magno Malta alertando que o Brasil vai receber 13 navios com 1,8 milhão de refugiados muçulmanos e que até uma cidade está sendo construída para abrigá-los!

Será que essa gravação é mesmo do senador? Será verdade que o Brasil vai receber 13 navios com mais de um milhão de refugiados?

Ouça o áudio e descubra aqui no E-farsas:

 

Verdade ou farsa?

Em primeiro lugar, a voz que circula no áudio não é do senador Magno Malta! Ele mesmo desmente essa história em um vídeo, no YouTube:

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

O senador também desmentiu esse áudio e explica que ele não é de sua autoria em sua página oficial no Facebook!

E os navios?

Bom, a primeira parte dessa e-farsa resolvida, vamos à segunda parte: Será que o Brasil irá abrigar mais de um milhão de refugiados muçulmanos que estão chegando em 13 navios?

Para desmentir essa história, basta uma simples conta:

Ao dividir 1,8 milhão de refugiados por 13 navios, teremos mais de 138 mil pessoas em cada navio!

Só para se ter uma ideia do absurdo que isso seria, o maior navio do mundo – o Harmony of the Seas, que será entregue em 2018 – vai comportar 6.000 passageiros e 2.394 membros da tripulação. Ou seja, mesmo com o maior navio do mundo (que ainda não está disponível), seriam necessárias 300 viagens…

No site da Agência da ONU para Refugiados (Acnur) não há nenhuma menção a respeito desses 13 navios que estariam vindo para o nosso país! Em nota, a Acnur diz que desconhece tal informação. Igualmente, não há nenhuma nota sobre a essa vinda de muçulmanos ao Brasil no site do Ministério das Relações Exteriores.  

Conclusão

A voz alertando a vinda de 1,8 milhão de refugiados muçulmanos para o Brasil não é do senador Magno Malta e o alerta é falso!  

Share Button
Falso, Política
, , , , , , , ,
  • A direitalha com seu conservadorismo está se tornando tão forte no Brasil, que estamos correndo sério risco de virar uma Alemanha nazista. Eles já tem até o seu fuhrer: Bolso Asno.

    • foreliza

      Walldo, Você tinha todo o direito de ficar calado, mas ao falar já saiu merda. fale mas não.

      • Walldo

        A juventude Bolsonista, o equivalente a Juventude Hitlerista já apareceu pra defender seu fuhrer?

        • eunice

          Pelo que eu sei quem financia a ESQUERDALHA na America Latrina é um sujeito bonzinho chamado GEORGE SOROS atraves da ONG OPEN SOCIETY…quem é mesmo nazista?? Mane nem sabe o que é nazismo, mas vai agindo como um camisa preta da SS… melhor ficar calado do que falar bosta, mas esperar o que de um moleque de idade mental de 11 anos de idade??

    • Sirlei Ramalho

      Walldo, Hitler era de esquerda.

  • Pra que serve matemática, não é mesmo? Pra que eu tenho que aprender essa merda inútil?

    Crianças, aprendam matemática. Do contrário, vocês podem virar atendente ou chapeiro no McDonalds ou Burger King. Ou pior. Pode virar blogueiro político ou dono de página política do facebosta. Ou pior ainda. Pode virar público de ambos.

  • Leo

    Walldo seu comunista respeite o bolsonaro seu bosta vcs idolatram che guevara mariguela… que direito tem pra falar do mito? Voce pensa que ele e homofobico racista xenofobico e tal procura saber a verdadeira face oculta sobre seus idolos intolerantes a gays negros e membros de outras religioes

  • foreliza

    Walldo. kkkkkk ..Rindo ate 2018 quando bolsonario for presidente.

    • Walldo

      A juventude Bolsonista, o equivalente a Juventude Hitlerista já apareceu pra defender seu fuhrer?

  • SUZI

    Esse áudio foi feito por algum fascista de extrema direita, é uma demonstração de como o Brasil está infestado dessa gente doente, com intuito de aterrorizar.