Pitbull que atacou ladrão é condenado à morte por juiz! Será verdade?

Share Button

Notícia afirma que um cachorro que teria atacado um ladrão que tentava invadir uma casa em Paranã (TO) estaria sendo condenado à morte por um juiz local! Será?

A manchete, acompanhada de fotos, apareceu na web na última semana de dezembro de 2016 e relata a história do pitbull que, após atacar o ladrão conhecido como “Dezim” – que estava tentando invadir uma casa – teria sido preso por ordem de um juiz e será sacrificado em breve!

O texto afirma que o juiz determinou a morte do cão depois que o animal atacou em várias partes do meliante. Segundo o juiz do município, o animal ameaça a integridade física das pessoas.

Tem até fotos do ocorrido, mas será que isso é verdade mesmo?

Pitbull que atacou um ladrão para defender a casa de seus donos é condenado à morte por um juiz local em Tocantins! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

No dia 02 de janeiro de 2017, o jornal ANDA publicou a notícia do pobre cão que iria ser sacrificado a pedido de um juiz por ter defendido a residência do seu dono. No entanto, o ANDA (que é uma agência de notícias voltada para os direitos dos animais) citou como fonte uma notícia publicada poucos dias antes (no dia 30/12/2016) em um blog duvidoso chamado Geral Online – que é especializado em postar notícias falsas (muitas delas já desmentidas aqui no E-farsas).

O Geral Online, por sua vez, não cita nenhuma fonte e não apresenta nenhuma prova de que essa história tenha ocorrido mesmo.

Outros sites que pertencem à mesma rede de notícias falsas, como o BrViews, ainda acrescentam o nome do juiz que teria condenado o cão: Carlos Santos Filho.

Uma busca na lista de juízes de Tocantins e não encontramos nenhum juiz chamado “Carlos Santos Filho”.

As imagens do ataque

As fotos usadas para ilustrar essa “notícia” do ataque do pitbull ao bandido “Dezim” nada tem a ver com o incidente!

Na verdade, a fotografia do cachorro sendo levado por dois homens é de 2007, quando um  cachorro da raça pitbull atacou Jovenir Marcos Araújo, em Betim (MG). Segundo o jornal Estadão, a vítima foi levada para o hospital mas não resistiu aos ferimentos e o dono do cão vai responder a processo em liberdade.

Já a segunda foto, que mostra um homem com a orelha e costas ensanguentadas, é de um homem que foi à delegacia prestar queixa contra uma mulher que teria lhe acertado com uma barra de ferro. O caso aconteceu em 2010, na cidade de Porto Seguro (BA).

Apesar de até um abaixo-assinado ter sido criado para defender o pobre cão (foram mais de 4.000 assinaturas no Avaaz antes do criador da petição fecha-la para novas assinaturas), não há nenhuma menção desse assunto nos jornais locais. Muito incomum um assunto que viralizou nas redes sociais não ter sido explorado pela mídia local. Os sites que noticiaram esse boato apenas copiaram e colaram o mesmo texto, com poucas alterações.

Atualização 04/01/2017

No dia seguinte ao da publicação desse artigo aqui no E-farsas, a jornalista Rafaela Pietra – do jornal ANDA – entrou em contato conosco para explicar que a Agência de Notícias de Direitos Animais retirou a matéria do ar ao detectar que a notícia pode ser falsa, mas que a equipe jornalística do jornal ANDA continua nas buscas sobre a veracidade a respeito desse caso.

Conclusão

Não há nenhuma prova de que um cachorro tenha sido condenado à morte por ter defendido a propriedade de seu dono em nenhuma cidade de Tocantins! Essa notícia surgiu em uma rede de sites que propagam notícias falsas e acabou enganando muita gente!  

Share Button
Animais, Falso, Morte
, , , , , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

5 comentários

    • Eu™

      Conclusão
      Não há nenhuma prova de que um cachorro tenha sido condenado à morte por ter defendido a propriedade de seu dono em nenhuma cidade de Tocantins! Essa notícia surgiu em uma rede de sites que propagam notícias falsas e acabou enganando muita gente!

  1. Marcelo Rois

    É cada uma auehaueha Morte pra um cachorro que tenta salvar seu lar, e pros bandido cadeia comida e água fresca, por mais que seja mentira a notícia, essa é um realidade no Brasil hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *