Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

PL 236/2012 de Fernando Haddad torna a pedofilia um ato legal?

Conspirações

PL 236/2012 de Fernando Haddad torna a pedofilia um ato legal?

PL 236/2012 de Fernando Haddad torna a pedofilia um ato legal?

É verdade que um Projeto de Lei apresentado pelo candidato Fernando Haddad torna a pedofilia um ato legal e que sexo com crianças a partir de 12 anos vai ser liberado?

A imagem surgiu nas redes sociais na segunda semana de outubro de 2018 e se espalhou rapidamente também através de grupos do WhatsApp. De acordo com o texto escrito em cima da foto de uma criança com a boca sendo tapada por uma mão adulta, o candidato à Presidência Fernando Haddad teria apresentado em seu programa de governo um projeto de lei que descriminaliza a pedofilia e que sexo com crianças acima de 12 reais passaria a ser algo legal.

A imagem com o texto da PL 236/2012 possui o logotipo da campanha de Fernando Haddad para o primeiro turno das eleições de 2018.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Projeto de Lei de Fernando Haddad vai descriminalizar a pedofilia! Será? (Foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Procuramos algo a respeito no plano de governo da campanha presidencial de Fernando Haddad e não encontramos nada sobre “legalização da pedofilia”. Também não encontramos nenhuma declaração do candidato sobre isso.

Até porque seria um erro do candidato descriminalizar a pedofilia, visto que essa parafilia em si não é considerada crime no Brasil. A pedofilia é um transtorno psiquiátrico caracterizado quando um adulto ou adolescente mais velho sente uma atração sexual primária ou exclusiva por crianças pré-púberes, geralmente abaixo dos 11 anos de idade.

Na legislação brasileira, o Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece no seu artigo 241 que, para efeito dos crimes previstos nesta Lei, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais.

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Em seu artigo no site Consultor Jurídico, o Promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Cleber Couto explica que:

“Os pedófilos podem se transformar em agressores sexuais ao converterem suas fantasias em atos reais, porém nem todos necessariamente assim fazem, pois a perversão sexual pode ficar em estado oculto, latente, sem manifestação exterior. Por outro lado, nem todos aqueles que agridem sexualmente de crianças são necessariamente pedófilos no sentido clínico.”

Também é bom deixar claro aqui que o Código Penal possui capítulo específico voltado para crimes sexuais contra vulneráveis, mas nada especificamente sobre pedofilia, visto que – como já dissemos – trata-se de um distúrbio mental.

Mais um detalhe importante é que quem produz, divulga ou armazena material pornográfico infantil também está cometendo crime!

Voltando ao Projeto de Lei citado na imagem compartilhada, trata-se do PL do Senado nº 236/2012, criado pelo ex-senador e então presidente do Senado José Sarney em 2012 e ainda em apreciação no Congresso Nacional (parado desde novembro de 2017).

Em resumo, o projeto prevê a alteração da idade máxima para que um menor seja considerado vulnerável. Atualmente a idade é de 14 anos e, se o PL for aprovado, diminuirá para 12 anos.

Conclusão

O plano de governo do candidato Fernando Haddad não cita o Projeto de Lei 236/2012 e este, por sua vez, não tornará sexo com menores de 12 anos algo permitido por lei!

Continue lendo
63 Comentários

Comente

63 Comments

  1. Augusto

    14 de outubro de 2018 em 16:10

    Gilmar o Vermelho! Só defende o Haddad e o PT!

    • Lucas Muniz

      14 de outubro de 2018 em 17:12

      É que o número de fake news divulgada contra o Haddad estão em maior número e com maior circulação, é só isso cara, não inventa conspiração em tudo.

      • Alex Ferraz

        18 de outubro de 2018 em 8:39

        Ué, e os tantos que aparecem contra Bolsonaro, o E-Farsas não vê?
        Os caras são VERMELHOS sim!

        • ELENAO

          18 de outubro de 2018 em 10:33

          Vê sim, você não vê?
          Você é um IDIOTA sim! E devidamente enganado, alvo de notícias deliberadamente falsas enviadas pelo Whatsapp. Vai votar em um MENTIROSO!!!

          Idiota

          • ELESIM

            25 de outubro de 2018 em 22:28

            Que feio, xingando as pessoas sem ao menos saber quem é..

          • ELENAO

            26 de outubro de 2018 em 9:39

            Que feio, xingando as pessoas sem ao menos saber quem é.
            Xiu, bot. Fica de boquinha aí, fica.

          • ELENUNCA

            26 de outubro de 2018 em 9:40

            Feio é votar em fascista e apoiador de tortura. Isso é feio. E falta de caráter.

            https://elenunca.net/

    • Max

      14 de outubro de 2018 em 18:01

      @Augusto Deixa de falar merda e ser babaca, o trabalho do E-farsas é algo incrível, no meio desse mar de informações falsas de ambas as partes deixando todos bem informado.

    • ELENUNCA

      14 de outubro de 2018 em 19:16

      Augusto o idiota! Só acredita em fake news dos grupos do zap zap e do facebunda!

    • Ozymandias Lengruber

      15 de outubro de 2018 em 18:54

      Hell Boy. rsrs

      • ELENAO

        16 de outubro de 2018 em 9:51

        E aí, não disse que iria embora? Além de idiota é mentiroso? Sem palavra! Estamos de olho, bot!

    • Ramon dutra

      17 de outubro de 2018 em 11:12

      Pedofilia é transtorno mental?!! Para véi de mimimi, é “semvergonhisse”. Eu até respeitava esse E-Farsa, agora passo é longe!! O cara abusa de um vulnerável e vai ser tratado como um doente e não como um criminoso então É?!!! Palhaçada!

      • Ed Vogado

        17 de outubro de 2018 em 12:12

        “Pedofilia é transtorno mental?!!”
        Sim, é.
        “Para véi de mimimi, é “semvergonhisse”.”
        Assim que você parar de ser analfabeto funcional.
        “Eu até respeitava esse E-Farsa, agora passo é longe!!”
        Tchau!
        “O cara abusa de um vulnerável e vai ser tratado como um doente e não como um criminoso então É?!!! Palhaçada!”
        Não é isso que está sendo discutido.”

      • Ed Vogado

        17 de outubro de 2018 em 12:17

        Vou explicar, quem sabe desta vez você compreenda… se não, eu posso desenhar pra você, que tal?

        O termo “pedofilia” parece bastante óbvio, mas não o é.

        Sendo assim, afinal, o que é pedofilia?

        Muitas coisas acerca de tal denominação são debatidas e nem sempre condizem com a realidade.

        Certamente haverá muita divergência de opinião sobre o presente escrito, porém, como o assunto aqui está sendo tratado de forma técnica, temos que assim expor ignorando o “senso doutrinário comum”.

        Conforme estabelece a nossa Constituição Federal em seu art. 5º, XXXIX, todo crime deve ter expressa previsão em lei

        Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal.
        e, assim sendo, não existe em nosso ordenamento jurídico atual, por exemplo, os crimes de pedofilia e abuso sexual por total ausência de previsão normativa.

        Apenas a título de esclarecimento, por não ser objeto da discussão do esboço em comento, todo crime sexual é um abuso sexual, mas o crime de “abuso sexual”, propriamente dito, não existe.

        A pedofilia, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é uma doença em que o indivíduo possui um transtorno psicológico e, assim sendo, apresenta um desejo, uma fantasia e/ou estímulo sexual por crianças pré-púberes.

        Vale a observação de que em nenhum momento exige-se que o pedófilo tenha contato físico com a “vítima” e, assim sendo, a pedofilia pode exteriorizar-se em diversas formas como veremos adiante.

        A pedofilia é uma doença e, como tal, deve ser encarada e tratada.

        Grande questão que surge quando tratamos deste polêmico tema é: se pedofilia não é crime, como punir o pedófilo?

        Ninguém pode ser punido criminalmente por ter alguma doença, porém, quando o pedófilo (quem tem pedofilia) exterioriza a sua patologia e essa conduta se amolda em alguma tipicidade penal, estará caracterizado o crime (da tipicidade incorrida E NÃO DE PEDOFILIA).

        Importante ressaltar que não existe cura para a pedofilia e, por este motivo, o pedófilo (que é quem padece de pedofilia) deve ter acompanhamento clínico constante para que não exteriorize a sua patologia.

        Há de se dizer que nem todo pedófilo é um “criminoso”. Só comete crime aquele que exterioriza a sua pedofilia.

        Dessa forma, que crimes tipificados em nosso ordenamento jurídico os pedófilos podem incorrer?

        Os mais comuns, que sugerimos a leitura para melhor compreensão do tema, são os tipificados nos arts. 240 ao 241-D do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e nos arts. 217-A e 218-A do CP (Código Penal).

        Vale a observação de que nem todos os que incorrem em alguma das tipicidades citadas são pedófilos.

        Muitas pessoas cometem crimes de conotação sexual sem nenhuma patologia clínica, diferentemente dos pedófilos que padecem de um transtorno mental sexual.

        Assim, como podemos observar, o pedófilo, a princípio, não é um criminoso, mas um doente. Ele torna-se criminoso a partir do momento que exterioriza a sua patologia e esta se enquadra em algum crime previsto no ordenamento jurídico como já observamos.

        Entendeu agora, apedeuta?

    • Tamires

      11 de novembro de 2018 em 16:53

      Tá precisando de tratamento psicológico!
      Deve ser alguma mania de ver conspiração em tudo!
      Se trate!

  2. cascavel

    14 de outubro de 2018 em 18:19

    Por que não existem mulheres pedofilas ou a mídia esconde?

    • Bacoh

      15 de outubro de 2018 em 12:47

      Cascavel, existe sim, só que meninos molestados por mulheres são forçados pelo machismo a se acharem mais homens por terem estados com mulheres mais velhas, se reclamarem ou denunciarem são taxados de “viados”

    • Damisa

      15 de outubro de 2018 em 18:47

      Existe simm..infelizmente…trabalho com isso e já atendi alguns casos…mas é muito mais raro

    • Onimusha

      24 de outubro de 2018 em 11:41

      Cara..kkkkkk antes de passar vergonha, busque pelo menos no Google! Tem sim, e tem vários casos, vaaaaaaaarios mesmo. O que acontece na maioria das vezes é que nós homens somos “looucos” pra ter nossa primeira relação sexual já adolescente. Então, já começa que a maioria dos homens não contam.. pq consideram uma vantagem. Mesmo assim acontece. Até mesmo de mãe com filho, como já vi uma entrevista. Embora seja horrendo, é um distúrbio comportamental mesmo.

  3. MATHEUS VICENTE MORENO

    14 de outubro de 2018 em 18:27

    E-Farsas, seu texto ta se contra diz, primeiro fala que é farsa e depois diz isso:

    Em resumo, o projeto prevê a alteração da idade máxima para que um menor seja considerado vulnerável. Atualmente a idade é de 14 anos e, se o PL for aprovado, diminuirá para 12 anos.

    Obviamente o texto da PL236 abre o precedente de se abusar de uma criança de 13 anos caso ela diga que foi sexo consentido

    Que vergonha vocês protegendo o candidato do PT.

    • Annie

      15 de outubro de 2018 em 11:24

      Nossa que decepção. Até o E-Faesas está mentindo pra defender políticos corruptos. Oh my God. Aonde vamos parar??!! Lol!!!!!!

      • Ennia

        16 de outubro de 2018 em 9:58

        Nossa que decepção. Até a “Annie” passou vergonha ao comentar besteiras aqui. Oh my God. Aonde vamos parar??!! Lol!!!!!!

  4. Josue

    14 de outubro de 2018 em 18:41

    Em resumo, o projeto prevê a alteração da idade máxima para que um menor seja considerado vulnerável. Atualmente a idade é de 14 anos e, se o PL for aprovado, diminuirá para 12 anos.

    Pelo que entendi no projeto. Sexo com crianças acima de 12 anos não é considerado menor vulnerável, tem que desenhar para se entender que é uma porta aberta para pedofilia. De fato não vejo relação atribuída ao Haddad mesmo eu sendo opositor ao pt. Mas está implícito a porta de entrada para a pedofilia

  5. Greice

    14 de outubro de 2018 em 18:59

    Em resumo, o projeto prevê a alteração da idade máxima para que um menor seja considerado vulnerável. Atualmente a idade é de 14 anos e, se o PL for aprovado, diminuirá para 12 anos.

    TAO NOJENTO QUANTO!
    Então uma criança de 13 anos, se for molestada, não será caracterizado pedofilia, e o.. (&💀) será acusado apenas como um estuprador?

    ✔️ É isso mesmo que entendi?
    Quero estar enganada por favor.

    Tá difícil e pode piorar.

    • Clarq

      16 de outubro de 2018 em 23:34

      Mas hoje já é assim. Não existe crime de pedofilia tipificado no código penal. O nome do crime é “estupro de vulnerável”.

  6. julio

    14 de outubro de 2018 em 23:25

    chupa augusto manifestoche, vota lá no seu pinóquião

    • Ruimar

      15 de outubro de 2018 em 11:19

      O cara vem de um partido que financia mostras de “arte” com homem nu, acho que isso quer dizer mais do que aqueles que espumam a boca pra defender o indefensável. Como sempre apaixonados pela figura e enganados pela mentira.

  7. Álvaro Silveira

    15 de outubro de 2018 em 1:39

    Projeto do Sarney, mas preocupa essa questão do estupro de vulnerável reduzir para 12 anos. Na lei atual, se um homem tem relações sexuais com uma menina de 13 anos, mesmo com seu consentimento, é considerado estupro de vulnerável, se aprovada a nova lei, deixa de ser…

  8. Fernando Sousa

    15 de outubro de 2018 em 3:40

    O que faz um projeto de lei que altera a idade para fazer sexo? Acredito que a solução deveria ser coerente com as demais legislações do Brasil que seria de 16 anos. Esse site continua a prestar um desserviço as pessoas.

    • Annie

      15 de outubro de 2018 em 11:26

      Nossa que decepção. Até o E-Faesas está mentindo pra defender políticos corruptos. Oh my God. Aonde vamos parar??!! Lol!!!!!!

  9. Marcia

    15 de outubro de 2018 em 4:55

    Pedofilia uma doença mental?
    Só porque vocês querem.
    Já começa por aí a idéia de descriminalisar esse ato bizarro.

    • Gilmar Lopes

      15 de outubro de 2018 em 9:08

      Nunca foi crime!

  10. Carla Monteiro

    15 de outubro de 2018 em 6:55

    Novo Código Penal (Projeto de Lei do Senado PLS 236/12), que propõe a diminuição da idade prevista para estupro de vulnerável (criança) de 14 para 12 anos de idade. Essa proposta do Senado faz com que as crianças de 13, 14 anos fiquem descobertas. Se a lei passar e uma criança dessa idade sofrer um abuso, o violentador não responderá criminalmente. Isso é um passo para a pedofilia.Em que isso favorece um adolescente entre 12 e 14 anos? Incentivar sexo de adultos com adolescentes? Incentivar a gravidez precoce pra abrir as portas para a descriminalização do aborto?
    Isso não é fake é fato.

    • Gilmar Lopes

      15 de outubro de 2018 em 9:07

      Acho que você não entendeu…

  11. Christiane Eloi

    15 de outubro de 2018 em 7:29

    Vou votar no Bolsonaro mas não gosto de mentiras. Eu li e reli ese projeto de lei cujo autor é José Sarney. .O q tem de absurdo lá é que na questão de estupro de vulnerável se for realizado ato sexual consensualmente com pessoas com menos de 14 anos não é crime e querem reduzir para 12 anos. Não encontrei posicionamento do Hadadd mas do Bolsonaro sim. Obviamente contra

  12. MARCOS MARQUES

    15 de outubro de 2018 em 8:40

    A resposta não foi tão convincente, fale mais sobre a PL!

  13. Pedro

    15 de outubro de 2018 em 8:46

    Boa tarde.
    O palavreado às vezes pode sofrer ilusões de óptica, ou de interpretação, que levem a falsos resultados.
    Factualmente pedofilia é o transtorno e não o crime, o pedófilo pode morrer de velho sem praticar qualquer crime. Factualmente o projecto em si não legaliza nada com menores de 12. Factualmente a protecção existente para crianças dos 12 aos 14, cai, deixam de ser considerados vulneráveis perante a lei. Factualmente não sei se o haddad ou o seu partido tem qualquer ligação directa com este projecto, pois os artigos que desmentem parecem interessar-se por omitir essa relação e essa explicação. Factualmente é errado descer a faixa etária protegida perante a lei, e factualmente é de forma indirecta, a legalização dos abusos sexuais para essa faixa etária.
    Estou em Portugal, sou português, entre as duas opções na vossa presidência, têm um possível ditador, e um corrupto certo, entre a hipótese e a certeza, qual escolhem? Eu sei o que escolheria se fosse eleitor brasileiro (e somente porque se todos os bolsonaristas não votassem, o haddad ganhava).
    As campanhas foram todas em volta do #elesim e #elenão, mas nada houve a favor do #elesnão .. porquê?

  14. Ronaldo hannouche

    15 de outubro de 2018 em 8:56

    A despeito de ser uma fake news, tenho duas considerações a fazer. Primeira que pedofilia e doença o cacete ! E crime mesmo. E segunda que se o tal lrkyde lei do Sarney visa diminuir a idade máxima para considerar um adolescente vulnerável ele abre caminho sim para estimular sexo com adolescentes .

    • Gilmar Lopes

      15 de outubro de 2018 em 9:02

      E você acha que o maníaco vai respeitar idade?

      • MUNIQUE LIMA

        15 de outubro de 2018 em 10:08

        ENTÃO PRA QUE REDUZIU ?, PORQUE NÃO AUMENTOU?, COM TEZES ANOS, QUALQUR LÁBIA E CONVERSA INDUZ A CRIANÇA. É SÓ MANIPULAR. CASOS DE MENINAS ABUSADAS PELOS PRÓPRIOS PARENTES POR MEIO DA MANIPULAÇÃO NÃO É POUCO.

  15. Hosana

    15 de outubro de 2018 em 9:27

    Uma eleição, feita sem propostas, Sem compromisso, e sem ética,pobre povo brasileiro.

  16. Elias

    15 de outubro de 2018 em 9:38

    Bom dia, eu tbm acho que não é fake, pois da mesma maneira que ele colocou a foto do lulaladrao na campanha dele no primeiro turno e depois tirou Quem garante que ele não fez o mesmo, e outra coisa ele disse que não tinha feito o kitgay e uma reportagem da rede Record afirmou que ele fez, se acontecer essa lei daqui a pouco vamos ter pedofilia como profissão e até com carteira assinada, isso é lamentável #B17

  17. Bruno

    15 de outubro de 2018 em 9:56

    Imagina sua filha(o) de 12 anos sendo apalpada no ônibus, fotografado e sua divulgada nas redes sociais. Imagina agora um policial do lado não podendo incrimina-lo por conta dessa merda de lei. Seria muito agradável pra vc senhor Gilmar? Se pra qualquer pessoa independente da idade isso não é legal, imagina pra um menor que não sabe direito o é sexo. O Brasil precisa se defender diante do mundo inteiro diante dessas questões e vcs petistas só estão preocupados com a propria libertinagem.

    • Gilmar Lopes

      15 de outubro de 2018 em 10:02

      Acho que você não entendeu nada!

      • bruna'

        27 de outubro de 2018 em 5:59

        Gilmar, vc nunca foi tão xingado no seu site eu acho KKKKKK
        Cara, esses eleitores manipulados e que não pensam com a própria cabeça é triste demais.
        Infelizmente, é gente assim que ”com toda razão do mundo” decidindo o futuro do país.

  18. FLAVIA REGINA ALENCAR

    15 de outubro de 2018 em 10:12

    E verdade esta errada o numero da PL e a certa è a (PL 134/2018)
    “Artigo 4º Constituem princípios fundamentais para a interpretação e aplicação desta Lei:
    I – dignidade humana, vedada qualquer conduta no sentido de tratar de forma diferenciada pessoas em razão de sua orientação sexual ou de identidade gênero;
    (…)
    Parágrafo único. Para efeitos desta Lei, entende-se:
    (…)
    II – identidade de gênero como a profundamente sentida experiência interna e individual do gênero da pessoa, (…)”

    Note que não se pode “tratar de forma diferenciada pessoas em razão de sua orientação sexual” [7] . Aqui se esconde uma “jogada de mestre”. Num hipotético futuro, onde pedofilia, zoofilia, necrofilia, entre outras aberrações forem classificadas como “orientação sexual” (para isso basta que a APA catalogue como tal e isso já aconteceu, como vimos), estaremos cometendo um crime, passível de prisão se nos opusermos ao praticante!

  19. Carlos Monari

    15 de outubro de 2018 em 11:06

    Para detalhar a PL mencionada

    Veja o vídeo

    https://youtu.be/t97A2B77dLk

  20. Edson

    15 de outubro de 2018 em 11:29

    Tratar como doença e diminuir ao invés de aumentar a idade é um absurdo. Vários projetos apoiados pelo PT não são divulgados claramente e quando são dizem ser fakenews. Temos projeto bolsa travesti que era do pt lá atrás é que ninguém divulga claramente.

  21. jefferson

    15 de outubro de 2018 em 13:11

    cara, esse site perdeu toda credibilidade que eu depositava. que porcaria de análise eim e farsa.

    • Gilmar Lopes

      15 de outubro de 2018 em 14:40

      Bom, nesse caso, não terei que moderar mais nenhum comentário seu aqui, né? Legal! Obrigado pela visita! Abração!

  22. Ozymandias Lengruber

    15 de outubro de 2018 em 18:42

    Começa assim – de 14 para 12. Não satisfeitos, esperam mais um tempinho e reduzem de 12 para dez e, não satisfeitos… Melhor votarem no Bozo, no Mito, no Fascista, no que vocês acharem que ele possa ser, pois senão isso aqui vai virar um pardieiro dos infernos, pior do que já está por conta do legado Nine Fingers e Dilmanta e sua Pátria Educadora de Asnos, com passagem pelas mãozinhas do Bento Carreiro. Em tempo, a Pedofilia realmente ainda não é considerada crime, mas sim doença. Mas os atos praticados por pedófilos e afins, assim como os praticados por psicopatas e afins é motivo, mais que de sobra, para que nossas penas sejam imputadas de forma rigorosa, radical, severa e intolerável. Ai, como eu sou fascista!!!

    • Rato Rooter

      15 de outubro de 2018 em 21:05

      Nunca vi tanta bosta. E olha que trabalho drenando fossas sépticas.

    • ELENAO

      16 de outubro de 2018 em 9:55

      “Ai, como eu sou fascista”
      Fascista não. Idiota, só.

  23. Luiz

    16 de outubro de 2018 em 16:53

    Ao invés de ficarei discutindo, porque não entram no site do Senado e votem contra a proposição do José Sarney. https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=106404&voto=contra

  24. Valdeci tenedini

    16 de outubro de 2018 em 17:05

    Não vou discutir com ninguém mais na minha humilde opinião pedófilos são criminosos dá pior espécie que existe e não doentes mentais deveria sim ter Pena de morte pra esse tipo de crime crianças são anjos não merece ser tratadas assim.

    • Ed Vogado

      17 de outubro de 2018 em 10:38

      Se um pedófilo passar a vida toda sem nunca molestar uma criança sequer, ou ter acesso a material pornográfico com crianças, ou seja, nunca externar sua pedofilia, ele também deve morrer?
      E as pessoas que não são pedófilas, mas acabam abusando de menores, esses não?

      Por favor, gostaria de entender.

  25. Tanto faz

    16 de outubro de 2018 em 21:20

    Parece que alguns não entenderam então vou explicar, existem dois tipos de pedofilia, a criminal e a mental:
    A pedofilia mental é um distúrbio que faz com que a pessoa tenha atração por crianças que ainda não passaram pela puberdade, geralmente dos 11 anos para baixo, no entanto nem todos com essa condição praticam a pedofilia e podem até procurar tratamento psiquiátrico.
    A pedofilia criminal é quando a pessoa prática atos de natureza sexual com menores de 14 anos, no entanto nem todos que fazem isso tem pedofilia, apenas praticam.

    • Ed Vogado

      17 de outubro de 2018 em 10:39

      Vou explicar de uma forma melhor e mais completa:
      O termo “pedofilia” parece bastante óbvio, mas não o é.

      Sendo assim, afinal, o que é pedofilia?

      Muitas coisas acerca de tal denominação são debatidas e nem sempre condizem com a realidade.

      Certamente haverá muita divergência de opinião sobre o presente escrito, porém, como o assunto aqui está sendo tratado de forma técnica, temos que assim expor ignorando o “senso doutrinário comum”.

      Conforme estabelece a nossa Constituição Federal em seu art. 5º, XXXIX, todo crime deve ter expressa previsão em lei

      Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal.
      e, assim sendo, não existe em nosso ordenamento jurídico atual, por exemplo, os crimes de pedofilia e abuso sexual por total ausência de previsão normativa.

      Apenas a título de esclarecimento, por não ser objeto da discussão do esboço em comento, todo crime sexual é um abuso sexual, mas o crime de “abuso sexual”, propriamente dito, não existe.

      A pedofilia, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é uma doença em que o indivíduo possui um transtorno psicológico e, assim sendo, apresenta um desejo, uma fantasia e/ou estímulo sexual por crianças pré-púberes.

      Vale a observação de que em nenhum momento exige-se que o pedófilo tenha contato físico com a “vítima” e, assim sendo, a pedofilia pode exteriorizar-se em diversas formas como veremos adiante.

      A pedofilia é uma doença e, como tal, deve ser encarada e tratada.

      Grande questão que surge quando tratamos deste polêmico tema é: se pedofilia não é crime, como punir o pedófilo?

      Ninguém pode ser punido criminalmente por ter alguma doença, porém, quando o pedófilo (quem tem pedofilia) exterioriza a sua patologia e essa conduta se amolda em alguma tipicidade penal, estará caracterizado o crime (da tipicidade incorrida E NÃO DE PEDOFILIA).

      Importante ressaltar que não existe cura para a pedofilia e, por este motivo, o pedófilo (que é quem padece de pedofilia) deve ter acompanhamento clínico constante para que não exteriorize a sua patologia.

      Há de se dizer que nem todo pedófilo é um “criminoso”. Só comete crime aquele que exterioriza a sua pedofilia.

      Dessa forma, que crimes tipificados em nosso ordenamento jurídico os pedófilos podem incorrer?

      Os mais comuns, que sugerimos a leitura para melhor compreensão do tema, são os tipificados nos arts. 240 ao 241-D do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e nos arts. 217-A e 218-A do CP (Código Penal).

      Vale a observação de que nem todos os que incorrem em alguma das tipicidades citadas são pedófilos.

      Muitas pessoas cometem crimes de conotação sexual sem nenhuma patologia clínica, diferentemente dos pedófilos que padecem de um transtorno mental sexual.

      Assim, como podemos observar, o pedófilo, a princípio, não é um criminoso, mas um doente. Ele torna-se criminoso a partir do momento que exterioriza a sua patologia e esta se enquadra em algum crime previsto no ordenamento jurídico como já observamos.

  26. Giba

    18 de outubro de 2018 em 13:54

    O Artigo proposto altera, na definição de pessoa vulnerável para efeito de estupro, a idade máxima de até 14 anos para até 12 anos.
    A quem isso beneficiaria??? A criança certamente que não.
    ***Isso no mínimo foi muito imprudente.***
    Também isso não foi comentado pelo e-farsas. Na Minha opinião, é muito importante esta análise.

  27. JEAN

    23 de outubro de 2018 em 15:46

    O post é verdadeiro sim, a única coisa que está errada que não é PLC pls Pois foi oferecido pelo Senado Claro que não foi do Fernando Haddad foi de outro político. Pesquisem e verão que é verdade que sexo com criança de 12 anos não seria crime mas o Senado não aprovou townley

    • Professor Vete

      23 de outubro de 2018 em 17:59

      Vou te ajudar:

      Conclusão
      O plano de governo do candidato Fernando Haddad não cita o Projeto de Lei 236/2012 e este, por sua vez, não tornará sexo com menores de 12 anos algo permitido por lei!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo