Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares?

Conspirações

Reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares?

Reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares?

Durante depoimento à CPMI das Fake News, o blogueiro Allan dos Santos afirmou que uma reportagem da Veja mostrou que Brasil e Cuba trocaram armas nucleares! Será verdade?

No dia 05 de novembro de 2019, o blogueiro e fundador do site Terça Livre, Allan dos Santos, prestou depoimento à Comissão Mista Parlamentar de Inquérito e, dentre várias afirmações, afirmou que uma reportagem feita pela revista Veja mostrava uma cooperação nuclear entre Cuba e Brasil.

Segundo o depoente, a revista teria mostrado que os dois países estariam trocando armas nucleares e, para provar a sua fala, Allan mostrou uma impressão da reportagem para todos os parlamentares presentes no local.

Será que Brasil e Cuba estão mesmo trocando (ou trocaram) armas nucleares? A reportagem da Veja mostrou isso?

Depoente afirmou que reportagem de Veja teria denunciado a troca de armas nucleares entre Brasil e Cuba! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Verdade ou mentira? 

A impressão apresentada pelo senhor Allan dos Santos em depoimento à CPMI das Fake News se refere a essa reportagem, publicada no site da revista Veja no dia 14 de abril de 2014. Analisamos a matéria assinada por Gabriel castro e verificamos que não há nenhuma menção à supostas trocas de armas entre Brasil e Cuba.

Na verdade, a reportagem intitulada “Cuba usou Porto de Mariel para vender armas à Coreia do Norte” fala sobre acordos entre Cuba e a Coreia do Norte!

Trecho do relatório elaborado pela ONU aponta que Porto de Mariel foi retirado da documentação para não levantar suspeitas sobre o carregamento de material bélico que seguiria para a Coreia do Norte (VEJA.com/VEJA)

Conclusão

A afirmação feita por Allan dos Santos, em depoimento à CPMI das Fake News, a respeito de uma matéria da revista Veja sobre a troca de armas nucleares entre Cuba e Brasil é falsa! Na matéria citada pelo blogueiro há uma apuração feita pela revista sobre negócios feitos “por baixo dos panos” entre Cuba e Coreia do Norte!  

Continue lendo
22 Comentários

22 Comments

  1. Maria

    6 de novembro de 2019 em 8:21

    Mas a CARA DE PAU desse CRETINO do “jornalista” Allan Lopes dos Santos do Terça Livre é impressionante, heim?! 😐 O meliante está numa CPMI que trata de Fake News e solta uma Fake News em plena sessão?! Eu sempre quis saber QUEM é que está criando, soltando e espalhando essas PORCARIAS. Tá ai, oh! PEGO EM FLAGRANTE e perfeitamente IDENTIFICADO! Falta ser PUNIDO! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  2. Maria

    6 de novembro de 2019 em 8:30

    Ele trocou “Coréia do Norte” pelo “Brasil”. Esse “jornalista” FAJUTO IRRESPONSÁVEL pode provocar um incidente diplomático GIGANTESCO e/ou uma situação que pode trazer GRAVES DANOS ao Brasil, fora o fato de que o Presidente Bolsonaro e Cia o mantem como “veículo de comunicação e marketing” de seu governo. 😐

  3. Claudio

    6 de novembro de 2019 em 9:44

    Ou seja, o cara vai depor na CPMI das notícias falsas e solta mais notícias falsas sem o menor escrúpulo. Eita, meu Brasil varonil!

  4. Maria

    6 de novembro de 2019 em 10:18

    @Gilmar Lopes , eu estou PASMA e IMPRESSIONADA com a rapidez e eficiência que vocês descobriram isso, analisaram e publicaram a matéria. Pensei que vocês haviam chegado a Brasília, estivessem descansando da viagem, dando um rolezinho e se preparando para a oitiva na CPMI das Fake News. Até parece que vocês não dormem e não descansam nunca! 😐 KKKKKKKKKKKK! 😀 PARABÉNS! 🙂

    • Gilmar Lopes

      7 de novembro de 2019 em 8:44

      Fiz isso enquanto esperava o voo! Foi bem rápido 🙂

  5. Marcelino Cruz

    6 de novembro de 2019 em 13:35

    é tipo o que vc e o pirula falaram no video de como cria uma fake news perfeita, cria a mentira e fala que saiu em alguma revista ou jornal para dá credibilidade a mentira.

    • Gilmar Lopes

      7 de novembro de 2019 em 8:43

      Exatamente! E olha que curioso: O Allan vive reclamando da “grande mídia”, mas usa reportagens dessas mídias quando convém!

  6. Roger A.

    6 de novembro de 2019 em 14:48

    então ele usou uma fake news pra reforçar algum argumento dele na CPMI das fake news?

    • Gilmar Lopes

      7 de novembro de 2019 em 8:33

      Infelizmente, o cidadão faltou com a verdade mais de uma vez naquele dia!

  7. ー ー

    6 de novembro de 2019 em 15:34

    Isso que é paciência. Sinceramente, não sei como você não se cansa de tanto ir atrás de provas e pesquisar, mesmo sabendo que pessoas vão simplesmente rejeitar o que você diz por conta de birra partidária… Se fosse eu já teria desistido. Continue o bom trabalho

    • Maria

      7 de novembro de 2019 em 17:12

      @ー ー , paciência e dedicação que resultaram em REPUTAÇÃO, RESPEITO, CONFIANÇA, PRESTÍGIO, RECONHECIMENTO etc, não é mesmo? O E-Farsas, junto com outras Agências de Fact-Checking e Empresas de Tecnologia foram chamadas lá em Brasília para prestar auxílio na CPMI das Fake News. Não dá para confiar na palavra de políticos, mas até o Deputado Marcio Labre (PSL-RJ) que é contra essa CPMI e acha uma que é uma “palhaçada” elogiou o E-Farsas e o Boatos.org. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  8. Carlos Luiz

    6 de novembro de 2019 em 17:35

    Allan dos Santos não é jornalista?

    • Gilmar Lopes

      7 de novembro de 2019 em 8:32

      Pelo que ele mesmo disse em audiência, ele não é formado em Jornalismo, mas isso – ao meu ver – não é demérito.

    • Maria

      7 de novembro de 2019 em 11:26

      @Carlos Luiz , a profissão de Jornalista, INFELIZMENTE, não está bem regulamentada. Não é exigida certificação, portanto, qualquer um pode se declarar como “jornalista” desde que tenha trabalhado com alguma coisa relacionado à área (marketing, rádio, televisão, comunicação etc). O resultado disso é que há muitos BLOGUEIROS, YOUTUBERS, COMENTARISTAS etc que se declaram como “jornalistas”, sendo que a grande maioria deles obviamente são FAJUTOS. 😐

  9. Pallatus

    6 de novembro de 2019 em 18:12

    Esse canalha vive de fakes e de vitimismo.

    Bom Trabalho, Gilmar.

  10. Xanda da Silva

    7 de novembro de 2019 em 7:10

    “Terça livre” está mais pra “Terça insana”…

  11. Valber landin

    7 de novembro de 2019 em 12:20

    Vcs posam de detentores da verdade, mas também colocam informação que não levam a verdade plena, ou pelo menos, deixa de lado questionamentos válidos que devem ser feitos. Por exemplo: Quem financiou o porto de Mariel? O Brasil, certo? Qual era a linha ideológica do governo brasileiro, cubano e Norte Coreano ? Comunista, certo? E vcs me vem com essa suposta ingenuidade de que o Brasil não tinha nada a haver, ou pelo menos ter conhecimento, a respeito desse envio de aramas nucleares, ou material nuclear para o governo norte coreano ? kkkk E nesse aspecto que o Alan estava se referindo.

    • Gilmar Lopes

      7 de novembro de 2019 em 13:56

      A verdade é uma só! Dizer que “Brasil e Cuba trocaram armas nucleares” é muito diferente de dizer que “Cuba e Coreia do Norte trocaram armas em um porto que o Brasil ajudou a financiar a construção”. Ou estou errado?
      Sei que você é inteligente e vai me entender:
      Vamos usar um trecho do site Brasil de Fato para tentar explicar a real sobre o Porto de Mariel:

      “Em primeiro lugar, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não financia governos e nem empresas desses países [no caso de Cuba]. O BNDES financia empresas brasileiras! O Porto de Mariel, em Cuba – por exemplo – não recebeu financiamento estatal brasileiro. Foram 400 empresas brasileiras contratadas pelo governo cubano para realizar o empreendimento. O que fez o Banco foi emprestar, financiar essas empresas, como é papel de qualquer banco de investimento estatal, em todos os países do mundo. Essas 400 empresas contratadas forneceram equipamentos para a construção do Porto. Ou seja, esses equipamentos foram produzidos no Brasil, geraram emprego aqui e ainda foram exportados. O que significa, que ajudaram na nossa balança comercial, gerando dólares para o nosso caixa.”

      Aqui mais dados sobre o projeto: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/transparencia/consulta-operacoes-bndes/consulta-a-financiamentos-de-exportacao-pos-embarque/

    • Maria

      7 de novembro de 2019 em 14:11

      @Valber landin , o E-Farsas e seus VERDADEIROS leitores DEFENDEM a Verdade e/ou Fatos. Nós NUNCA dissemos e/ou insinuamos sermos donos e/ou “detentores” dela. Quanto aos seus questionamentos, embora sejam válidas e legítimas, está fora de contexto em relação à MENTIRA que o Allan dos Santos contou a respeito do Brasil e Cuba em relação a armas nucleares e dependerá de uma eventual (não obrigatória) boa vontade de explicarmos . É aquela velha estória de vocês: “Não é verdade, MAS…blablabla, bzzbzzbzz.” 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

  12. Valber landin

    9 de novembro de 2019 em 8:01

    Esse positivismo que vcs tão apaixonadamente defendem é falho e passível de erro também. A verdade nunca é uma só, sempre há diversos aspectos a serem analisados e vcs deveriam saber disso.

    • Maria

      9 de novembro de 2019 em 21:39

      @Valber landin , é por isso que o E-Farsas e a maioria das Agências de Fact-Checking SÃO ABERTAS à críticas, sugestões, correções, erratas etc. Você pode corroborá-las ou contestá-las, DESDE QUE, eu vou repetir, DESDE QUE você traga ARGUMENTOS CONVINCENTES e/ou PROVAS ROBUSTAS! 😉

    • Maria

      9 de novembro de 2019 em 21:57

      @Valber landin , eu e alguns leitores do E-Farsas achamos muita graça e damos ALTAS RISADAS quando a mentira principal é desmascarada, vocês admitem e tentam “justificar” com um “MAS”. A estrutura mais ou menos é essa: “Não é verdade, MAS…, blablabla, bzzbzzbzz”. Ou seja, uma vez ADMITIDA a Mentira, geralmente tudo o que vem depois do “MAS” é IRRELEVANTE. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo