15.3 C
São Paulo
terça-feira, outubro 4, 2022

A CNN noticiou a morte do mesmo jornalista no Afeganistão e na Ucrânia?

- Publicidade -

É verdade que a CNN publicou a morte do jornalista Bernie Gores em 2021, no Afeganistão, e novamente em 2022, como uma das vítimas dos conflitos na Ucrânia?

As colagens de tuites em nome da CNN começaram a se espalhar nas redes sociais no final de fevereiro de 2022 e mostram que a agência de notícias teria publicado a morte do mesmo repórter duas vezes e em ocasiões diferentes. Segundo o que é mostrado nas colagens, o jornalista Bernie Gores teria morrido no Afeganistão em 2021 e novamente em 2022, durante a invasão russa à Ucrânia!

O texto compartilhado com as imagens dá a entender que a CNN (assim como demais veículos de imprensa) estaria manipulando as notícias para mostrar ao público que o conflito na Ucrânia está mais complicado que é na realidade.

Será que a CNN errou mesmo? Essa história é real?

A CNN teria noticiado 2 vezes a morte do jornalista Bernie Gores em ocasiões diferentes! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou mentira?

Analisando as imagens usadas na colagem, podemos notar duas contas de perfis do Twitter: a @CNNUKR e a @CNNAfghan. Só que uma busca por ambas contas já mostra que elas estão suspensas pelo Twitter.  

A rede social do passarinho azul diz apenas que as contas “violaram regras da comunidade” e, por esse motivo, foram suspensas.

Como a internet não esquece, temos várias formas de recuperar publicações antigas de contas suspensas, como o excelente WayBack Machine. Aqui está a publicação arquivada da conta @CNNUKR e aqui o perfil arquivado @CNNAfghan.

Perceba que nenhuma das duas contas possuem o selo azul de “verificado” (selo concedido apenas aos usuários cuja conta foi devidamente certificada pelo Twitter). Ou seja, nenhuma das duas contas era oficial e usavam o nome e logotipo da CNN para tentar conquistar mais credibilidade dos seguidores:

Confira o selo azul na conta oficial da CNN no Twitter com a conta falsa que usava o nome da rede de notícias indevidamente! (Reprodução/Twitter)

- Publicidade -

Apenas com essa simples busca poderíamos dar como encerrada essa checagem, mas ainda falta um detalhe: quem é o homem da foto?

Uma busca por “Bernie Gores” no site da CNN de língua inglesa e não encontramos nada…

Através de uma busca reversa utilizando a excelente ferramenta gratuita TinEye, descobrimos que a foto do homem que foi usada como a de um jornalista da CNN é, na verdade, do youtuber norte-americano Jordie Jordan.      

No vídeo abaixo, transmitido ao vivo no dia 02 de março de 2022, o rapaz aparece jogando Elden Ring e, pela forma como ele está se mexendo e falando enquanto joga, parece não estar morto:

Conclusão

Não é verdade que a CNN noticiou que um jornalista que havia morrido no Afeganistão em 2021 teria “morrido de novo” em um conflito no Ucrânia em 2022. Perfis falsos criados no Twitter usaram indevidamente o nome da CNN e a foto de um YouTuber para espalhar desinformação!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui