Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A mãe e a irmã de Adélio Bispo trabalhavam no gabinete de Maria do Rosário?

Conspirações

A mãe e a irmã de Adélio Bispo trabalhavam no gabinete de Maria do Rosário?

A mãe e a irmã de Adélio Bispo trabalhavam no gabinete de Maria do Rosário?

É verdade que a deputada federal Maria do Rosário empregou em seu gabinete a irmã e a mãe de Adélio Bispo de Oliveira, o esfaqueador do Bolsonaro?

A bomba surgiu em diversos posts nas redes sociais, como essa no grupo chamado “Apoio à Polícia Federal” na segunda quinzena de janeiro de 2019, além de ser bastante compartilhada também em postagens no Twitter e no WhatsApp. De acordo com o texto, a mãe e a irmã de Adélio Bispo de Oliveira – o homem que esfaqueou o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro – trabalhavam no gabinete da deputada federal pelo Rio Grande do Sul Maria do Rosário!

Com essa afirmação, a deputada estaria ligada diretamente ao crime contra o candidato, segundo o texto.

Será que isso é verdade ou mais uma farsa da web?

Será que a mãe e a irmã de Adélio trabalhavam mesmo no gabinete de Maria do Rosário? (reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Há poucos dias, desmentimos algumas afirmações de que o deputado Jean Wyllys teria sido o mandante do atentado contra Jair Bolsonaro. Logo em seguida, surgem acusações igualmente infundadas contra outra figura conhecida da oposição: Maria do Rosário.

Uma das versões que circulam pelo Twitter

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Observe que em nenhuma das publicações é apresentada nenhuma prova. Apenas “jogam no ar” as acusações… O mesmo vale para o “outro lado”, quando acusaram Flávio Bolsonaro de mandar matar a vereadora Marielle Franco apenas por ela ter se candidatado ao SenadoNinguém apresenta prova alguma!

Basta uma simples busca no Google para averiguarmos que Adélio Bispo de Oliveira é filho de uma funcionária do serviço de varrição da Prefeitura Municipal de Montes Claros e de um gari. Além disso, Adélio perdeu os pais muito jovem, como foi confirmado pelos seus familiares:

Reprodução/Bem Paraná

Não encontramos o nome das irmãs de Adélio Bispo de Oliveira, o que dificultou ainda mais as nossas pesquisas. Como sempre ocorre nesses casos, quem faz essas acusações infundadas “se esquece” que o ônus da prova cabe ao acusador.

Mesmo que ambas (mãe e irmã de Adélio) fossem mesmo funcionárias do gabinete de Maria do Rosário (pelo menos temos certeza de que a mãe não era, pois morreu muito antes da posse de Maria do Rosário), isso não tornaria a parlamentar culpada no atentado.

Conclusão

A informação sobre a deputada Maria do Rosário ter empregado a mãe e irmã de Adélio Bispo de Oliveira em seu gabinete é infundada! A mãe de Adélio era uma funcionária do serviço de varrição da prefeitura de Montes Claros (MG) e morreu quando ele ainda era jovem e não encontramos informações sobre as irmãs do homem que esfaqueou Jair Bolsonaro!

Continue lendo
82 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo