Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Baba Vanga: A vidente cega que previu o futuro! Será?

Falso

Baba Vanga: A vidente cega que previu o futuro! Será?

História que circula há anos pela web fala sobre uma vidente búlgara que teria ficado cega aos 12 anos, mas teria previsto o fim a humanidade! Será verdade?

Baba Vanga, a mulher que previu o fim do mundo e do nosso futuro, morreu em 1996 aos 90 anos de idade, e teria sido uma das grandes videntes do século XX. De acordo com inúmeros textos que circulam a seu respeito, Baba Vanga teria previsto a morte de Stalin além de fazer incontáveis previsões terríveis para toda a humanidade.

O texto que acompanha as fotos dessa vidente lista uma série de previsões atribuídas a ela, que vão até o ano 5.079 – quando, segundo suas previsões, o mundo irá acabar!

Vanga teria previsto a Primeira Guerra Mundial e o ataque às torres gêmeas, mas será que essas histórias sobre o seu dom e suas previsões são reais?

Baba Vanga foi uma búlgara que tinha o poder de prever o futuro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Baba Vanga foi uma búlgara que tinha o poder de prever o futuro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Como já adiantamos no começo desse artigo, a história sobre a suposta vidente búlgara Baba Vanga é antiga na internet e, volta e meia, volta a circular graças às postagens feitas em páginas populares do Facebook como a Fatos Desconhecidos (em março de 2015) e a Mistérios da Humanidade (em janeiro de 2015), por exemplo.

A única coisa real desse texto é que Baba Vanga realmente existiu e viveu entre 1911 e 1996, na Bulgária. Durante a sua vida, a moça cega – que se chamava Vera Kochovska, na verdade – fazia, sim, diversos “aconselhamentos” e ajudava muitas pessoas com serviços de caridade na cidade onde morava. O resto é mito.

Diz a lenda que seus poderes surgiram após uma tempestade de areia que a fez perder a visão!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Podemos perceber que o texto possui vários pontos que denunciam que quase tudo que dizem sobre essa mulher é apenas lenda. O primeiro detalhe que nas versões de 2015 desse artigo foram retiradas as supostas previsões dos anos anteriores (que, é claro, não se concretizaram). Podemos ver em postagens mais antigas feitas em diversos sites e blogs que, antes, as “profecias” falavam de previsões de tragédias que iriam ocorrer entre 2008 e 2014 (inclusive, iria se iniciar a III Guerra Mundial em 2010).

foto1_15101_500x500

Como essas “previsões” não ocorreram, simplesmente foram excluídas da lista das profecias atribuídas a Vanga.

Além disso, não há nenhuma fonte que comprove que ela tenha previsto a morte de Stalin e que tenha sido presa por causa disso. Menos provas ainda tem os que afirmam que ela tivesse previsto os ataques às torres gêmeas nos Estados Unidos.

É curioso também o fato de não haver listas de profecias atribuídas da Baba Vanga de antes de 2008. Como ela morreu em 1996, era de se esperar que houvesse registros de suas “previsões” antes…

Jornal búlgaro desmente o mito

Como a fama póstuma de Baba Vanga cresceu rapidamente na web em 2010, um site de notícias búlgaro chamado 24 Chasa resolveu investigar mais a fundo se as histórias a respeito dessa “vidente” possuíam algum fundo de verdade. Dentre os entrevistados, Boyka Marinova, que foi amiga da profeta, ajudou a desconstruir o mito da vidente, afirmando que Vanga ajudou muitas pessoas durante a sua vida, mas que nunca fez nenhuma previsão sobre o fim do mundo.

Conclusão

Baba Vanga existiu mesmo e morreu em 1996. Ela ficou cega aos 12 anos e era bastante reverenciada em sua comunidade. Seus seguidores a procuravam para aconselhamento espiritual, mas não há nenhuma prova de que ela tenha feito previsões catastróficas para a humanidade no futuro e algumas das que lhe foram atribuídas já se mostraram falsas.

Continue lendo
22 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo