21.8 C
São Paulo
sábado, dezembro 4, 2021

Benjamin Netanyahu ameaçou atacar o Líbano horas antes da megaexplosão em Beirute?

- Publicidade -

Acredito que todos vocês já perceberam que desde ontem circulam inúmeras informações sobre a megaexplosão ocorrida em Beirute, não é mesmo? Portanto, é esperado que entre tantas notícias, imagens e vídeos, brotem conteúdos falsos ou descontextualizados.

Dessa vez resolvemos verificar uma história, que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, teria ameaçado atacar o Líbano, ainda que de forma velada, horas antes da megaexplosão em Beirute. Essa informação circulou de maneira especulativa no Twitter (1,2,3), assim como foi vociferada pelo site “Diário do Centro do Mundo” (arquivo).

Essa informação circulou de maneira especulativa no Twitter…

…assim como foi vociferada pelo site “Diário do Centro do Mundo”.

Entretanto, será que isso procede? Benjamin Netanyahu ameaçou atacar o Líbano antes da megaexplosão em Beirute? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Fora de Contexto! Embora não seja novidade, que a tensão entre Israel e o movimento xiita libanês Hezbollah tenha aumentado recentemente, numa série de tuítes publicados na conta oficial do primeiro-ministro, algumas horas antes da megaexplosão em Beirute, a referência era explicitamente aos ataques no sul da Síria, que ocorreram na última segunda-feira (3).

Cabe destacar, que na ocasião Israel lançou ataques aéreos contra alvos militares, após frustrar uma ofensiva perto da região ocupada das Colinas de Golã. O exército israelense disse que se tratava de uma retaliação.

Benjamin Netanyahu chegou a citar o Hezbollah, mas se tratou de um discursivo defensivo, não uma declaração aberta que o Líbano seria deliberadamente alvo de uma investida israelense.

Conclusão

Fora de Contexto! Numa série de tuítes publicados na conta oficial do primeiro-ministro, a referência era explicitamente aos ataques no sul da Síria, que ocorreram na última segunda-feira (3). Benjamin Netanyahu chegou a citar o Hezbollah, mas se tratou de um discursivo defensivo, não uma declaração aberta que o Líbano seria deliberadamente alvo de uma investida israelense.

- Publicidade -

Portanto, qualquer tentativa de fazer tal associação é criar uma narrativa fantasiosa diante da tragédia que assolou Beirute.

- Publicidade -
Marco Faustinohttp://www.e-farsas.com/author/marco
Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

2 COMENTÁRIOS

    • Eu falo: Tão burro quanto o presidente da super hiper e mega poderosa banânia, o Mijair Bostozazi, que também é incapaz de usar uma máscara corretamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui