16.7 C
São Paulo
terça-feira, abril 20, 2021

Cena do filme “Capitão América: O Primeiro Vingador” previu o novo coronavírus?

- Publicidade -

Uma cena de um filme do Universo Cinematográfico Marvel (UCM) chamado “Capitão América: O Primeiro Vingador” vem circulando nas redes sociais por um motivo muito exótico. Segundo alguns usuários, a cena incluiria elementos subliminares, que teriam previsto o novo coronavírus SARS-CoV-2!

Até mesmo páginas no Facebook (assim como o “ConheCIÊNCIA”), pretensamente destinadas a divulgação científica, vêm disseminando essa narrativa em formato de “meme” (arquivo).

Até mesmo páginas no Facebook, pretensamente destinadas a divulgação científica, vêm disseminando essa narrativa em formato de “meme”

Aquilo que pode parecer apenas um “meme” para alguns, na verdade tem uma origem muito mais conspiratória! Isso porque uma das primeiras pessoas a fazer essa correlação foi um cidadão chamado Scott L. Biddle, um popular teórico da conspiração terraplanista, no dia 3 de junho de 2020!

Uma das primeiras pessoas a fazer essa correlação foi um cidadão chamado Scott L. Biddle, um popular teórico da conspiração terraplanista, no dia 3 de junho de 2020!

Desde então, esse comparativo passou por tópicos de discussão no Reddit (1,2), pelo Instagram, pela imprensa internacional (“IBTimes”), e chegou ao Brasil no formato de “meme”.

Desde então, esse comparativo passou por tópicos de discussão no Reddit e outras redes sociais!

Entretanto, será que essa cena do filme “Capitão América: O Primeiro Vingador” realmente previu o novo coronavírus? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Fora de Contexto! Na verdade, o suposto “vírus” que aparecia na cena tratava-se tão somente da propaganda de uma marca de macarrão, que simulava fogos de artifício em razão do Ano Novo!

A Investigação Realizada pelo Escritor e Crítico de Cinema William Mullally

Ontem (10), William Mullally, escritor e crítico de cinema, utilizou seu perfil no Twitter para expor a investigação que ele e um amigo fizeram sobre essa história. Uma vez que a cena do filme foi gravada na Times Square, em Nova York, William procurou saber quando a gravação do filme ocorreu por lá. Num verbete da Wikipédia, ele descobriu que isso havia ocorrido em 23 de abril de 2011!

- Publicidade -

Captura de tela mostrando um trecho de um verbete da Wikipédia.

Então, ele começou a assistir vídeos aleatórios do YouTube e a procurar imagens a partir de abril de 2011 que retratassem a Times Square. Contudo, ele não conseguiu ter nenhuma visão mais clara do que seria aquela imagem.

Um amigo de William, chamado Wes, começou a vasculhar o Bing e o Google Street View. Assim sendo, ele se deparou com uma imagem muito peculiar:

Um amigo de William, chamado Wes, começou a vasculhar o Bing e o Google Street View, e se deparou com a foto acima.

A foto acima pode ser encontrada no repositório de images “ShutterStock”, e foi tirada no dia 7 de janeiro de 2011 pelo fotógrafo Andrey Bayda.

Nada Como uma Ampliação

Na sequência, William e Wes ampliaram a foto e reconheceram o logo e o esquema de cores! Tratava-de de uma propaganda de macarrão da marca Barilla!

Na sequência, William e Wes ampliaram a foto e reconheceram o logo e o esquema de cores! Tratava-de de uma propaganda de macarrão da marca Barilla!

Muitos, é claro, podem desconfiar de uma propaganda de macarrão com referência ao Ano Novo ser veiculada em abril! Contudo, para mostrar que essa propaganda continuou a ser veiculada ao longo do ano de 2011, eis uma foto tirada pelo fotógrafo Jimmy Svensson, no dia 27 de junho daquele ano:

A propaganda continuou a ser veiculada na Times Square ao longo do ano de 2011

Os Detalhes da Propaganda

Vocês também podem conferir mais detalhes sobre a propaganda no site “La Reclamé”, alegadamente a principal mídia francesa dedicada à criatividade e inovação no mundo da comunicação (arquivo). A campanha, por exemplo, é de uma subsidiária da agência de marketing “Young & Rubicam” na Itália!

A Nota da Barilla Sobre o Assunto

O site de verificação de fatos norte-americano “Snopes” obteve uma nota um tanto quanto engraçada de um porta-voz da Barilla sobre esse caso:

Definitavemente, esse não é o tipo de pergunta que normalmente nos fazem… Qualquer potencial referência à atual pandemia global em que nos encontramos seria pura coincidência.Se o Universo Marvel é capaz de prever o futuro, espero não encontrar nenhum semideus maligno que pretenda dizimar o planeta e o universo.

Assista Novamente Esse Trecho do Filme!

Confira abaixo o trecho desse filme onde Steve Rogers, interpretado pelo ator Chris Evans, acorda na moderna Nova York (mais precisamente em 2:07):

Conclusão

Fora de Contexto! Na verdade, o suposto “vírus” que aparecia na cena tratava-se tão somente da propaganda de uma marca de macarrão, que simulava fogos de artifício em razão do Ano Novo!

A divulgação da cena em baixa resolução permitiu que muitas pessoas passassem a acreditar numa teoria conspiratória absurda que, talvez, não acreditassem tão facilmente se a qualidade da imagem fosse melhor.

- Publicidade -
Marco Faustinohttp://www.e-farsas.com/author/marco
Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

16 COMENTÁRIOS

  1. Mesmo que fosse verdade, na grande maioria dos filmes se diz: “Qualquer semelhança com a realidade É MERA COINCIDÊNCIA”. Além do mais, o filme CONTÁGIO (2011) é mais realista e “Corona” é um nome GENÉRICO para classificar um grupo de vírus da gripe. 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

  2. Mesmo que fosse verdade, na grande maioria dos filmes se diz: “Qualquer semelhança com a realidade É MERA COINCIDÊNCIA”. Além do mais, o filme CONTÁGIO (2011) é mais realista e “Corona” é um nome GENÉRICO para classificar um grupo de vírus da gripe. 😉 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

  3. Eu sabia! Uma empresa italiana e uma mexicana! A máfia se uniu aos cartéis mexicanos para combater a tríade, está logo controlou o vírus e resolveu atacar todos os consumidores de pizza e tacos, cujo epicentro é em NY! Só não vê quem não quer!

  4. Eu sabia! Uma empresa italiana e uma mexicana! A máfia se uniu aos cartéis mexicanos para combater a tríade, está logo controlou o vírus e resolveu atacar todos os consumidores de pizza e tacos, cujo epicentro é em NY! Só não vê quem não quer!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui