Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Cientistas alemães provaram que existe vida após a morte?

Falso

Cientistas alemães provaram que existe vida após a morte?

Notícia afirma que cientistas alemães conseguiram provar através de experimentos científicos que existe, de fato, vida após a morte! Será verdade?

A notícia apareceu na web no final de agosto de 2014 e se espalhou imediatamente em inúmeros sites e blogs, além de ser compartilhada centenas de milhares de vezes nas redes sociais. De acordo com a manchete, uma equipe de médicos e psicólogos associados à Technische Universität Berlin, importante universidade de Berlim, teria provado que existe vida após a morte.

Os testes teriam sido conduzidos pelos médicos sob a supervisão do Dr. Berthold Ackermann e consistiram em induzir os mais de 900 voluntários (944, para ser mais exato) à morte e reanima-los em seguida.

O resultado, segundo afirmado na notícia, foi que todos os que “morreram” por 20 minutos relataram tudo o que se lembraram durante o tempo em que ficaram mortos, provando que existe, sim, vida após a morte!

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Médicos teriam conseguido provar que existe vida após a morte! Verdade ou farsa? (foto: Reprodução/Facebook)

Médicos teriam conseguido provar que existe vida após a morte! Verdade ou farsa? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Quando encontrar notícias fantásticas como essa na web, a primeira coisa a fazer é tentar identificar algumas características que poderiam denunciar seu conteúdo como um boato virtual. Para isso, criamos uma série de artigos dando algumas dicas e mostrando as características de um hoax (clique aqui para ler).

Como mostraremos a seguir, a notícia possui algumas características de um bom boato:

  • Possui um tom alarmista
  • Trata de um assunto que atraia muitos leitores
  • Usa nomes de instituições de renome
  • Usa nomes de “especialistas” que não existem
  • Apesar da notícia ser espetacular, não a encontramos em nenhuma publicação científica séria
Matéria com a descoberta científica foi compartilhada mais de 150.000 vezes! (reprodução)

Matéria sobre a descoberta científica foi compartilhada mais de 150.000 vezes! (reprodução)

Quem é o Dr. Berthold Ackermann?

Como fez nosso parceiro André, do blog Ceticismo, procuramos pelo nome do citado doutor no Google e só tivemos como resposta sites e blogs que apenas copiaram a mesma matéria. Seria como se o doutor Berthold nunca tivesse feito nada antes disso.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

A busca pelo “Berthold Ackermann” (sem o “doutor”) nos deu duas respostas: um artista que vive em Dallas (Estados Unidos) e um alemão, que faleceu no começo de 2014 aos 72 anos de idade!

berthold_morto

A foto do médico

O médico que ilustra a matéria é, na verdade, o Dr. Bruce Ribner. A foto original é essa abaixo, retirada do site CBCNews e é de autoria de Jessica McGowan. Foi tirada no dia 21 de agosto no Emory University Hospital, durante o anúncio do sucesso no tratamento de ebola em 2 pacientes do Dr. Bruce:

(foto: Reprodução/Jessica McGowan)

Dr. Bruce Ribner em uma palestra no Emory University Hospital (foto: Reprodução/Jessica McGowan)

Teste antiético

Além de não encontrarmos nenhuma evidencia da existência do médico, também não encontramos nenhuma publicação científica que validasse tais experimentos. Claro que seria muito difícil algum médico conseguir autorização para poder realizar tais testes e, muito menos, conseguir voluntários dispostos a morrer desse jeito pela ciência!

Universidade citada

Como já mostramos diversas vezes aqui no E-farsas, criadores de boatos costumam usar nomes de instituições de renome para dar mais credibilidade aos seus textos. Mas basta uma busca no site da Technische Universität Berlin para descobrir que não há nenhuma nota sobre tal experimento sequer alguma menção ao Dr. Berthold Ackermann!

Origens

Quem criou essa história foi o site humorístico World News Daily Report. Duas semanas após ser publicada (foi postada no dia 29 de agosto de 2014), a piada já tinha sido compartilhada mais de 150.000 vezes no Facebook!

No próprio site há um texto avisando que tudo o que é publicado lá é falso e que todos os artigos são sátiras que não podem ser levados a sério.

Conclusão

A notícia é falsa! Não houve nenhum experimento alemão que comprovou a existência da vida após a morte. Tudo começou com uma publicação humorística em um site que faz paródias com notícias reais!

Continue lendo
50 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo