24.6 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

Cristão mata ateu após discussão sobre a existência de Deus!

- Publicidade -

Será verdade que o americano e cristão Douglas Yim matou um ateu depois de uma discussão com um ateu sobre a existência de Deus?

A notícia apareceu na web na primeira semana de setembro de 2013, mas fala de um fato que teria acontecido em abril de 2011. De acordo com a manchete, um cristão da Califórnia (EUA) parece ter matado um “amigo” ateu logo após ambos discutirem sobre o fato de Deus existir ou não.

O crime teria ocorrido na casa do assassino, o cristão Douglas Yim – de 33 anos – durante uma disputa de videogame, depois que o ateu Dzuy Duhn Phan (25 anos) começou a brincar com Yim lhe perguntando onde estava o deus dele que não o ajudava a ganhar o jogo.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Cristão teria matado ateu depois de uma discussão sobre a existência de Deus! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução)
Cristão teria matado ateu depois de uma discussão sobre a existência de Deus! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução)

 

Verdadeiro ou falso?

A notícia é real!

O assassinato ocorreu em abril de 2011, em uma noite regada à maconha, cocaína e álcool. Durante uma partida de videogame, a vítima começou a ganhar do assassino e a gritar por várias vezes “Onde está o seu deus agora?”. E o bate boca começou…

Quando a discussão ficou mais “animada”, Douglas Yim levantou-se furioso, destruiu a TV e foi até o seu quarto, trazendo de lá uma AR-15.

Dzuy Duhn Phan morreu com 6 tiros.

- Publicidade -

 

A condenação só em setembro de 2013

O assunto é antigo, mas voltou a aparecer na web em setembro de 2013, quando saiu a sentença condenando Douglas Yim. A defensoria tentou atenuar a situação do rapaz, alegando que ele teria atirado para se defender. O advogado Mario Andrews disse ao júri que seu cliente pensou que Dzuy estava armado (na verdade, ele morreu com o celular na mão!), mas isso não amoleceu o coração dos jurados. De acordo com o jornal da CBS de São Francisco, o estado da Califórnia condenou o “cristão” a 126 de prisão.

Conclusão

Notícia real!

 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

20 COMENTÁRIOS

  1. Cristão?
    Parece ficar cada vez mais comum o demônio agir em alguns seres da raça que se diz humana, matando em nome de Deus…
    Jogos, álcool, drogas ilícitas, intolerância religiosa…
    E eram amigos, hein!

  2. Ē, como sabemos, está nítido no Evangelho que se deve matar com um AR15 um ateu quando este discute após uma noite regada a maconha e álcool. ..
    Todo cristão, aliás, deve ter sempre seu AR15 à mão quando for fumar maconha. Os discípulos faziam isso…
    [isso foi ironia]

  3. Engraçado… toda noticia de cristão morto e perseguido tende a ser fake, e toda noticia de cristão maluco assassino tende a ser real….

    • Por que é basicamente o que acontece. E não é pelo simples fato de ser cristão, é por que o cristianismo é maioria no ocidente. A nossa sociedade é “cristonormativa”, e isso, além de despertar intolerância religiosa, varias pessoas se dizem cristãs mas são hipocritas. Na Bíblia não existe passagem falando pra matar ateus. Agora, um ateu assassino? Isso é raro. Justamente por que, sociologicamente falando, os cristãos são opressores, ou seja, a grande maioria de crimes cometidos por intolerância religiosa foi causado por cristãos.

  4. cara, sou ateu, nunca mais vou questionar a existencia de deus com um cristão. ja fui chingado, humilhado, ridicularizado e sobrevivi, agora se virar moda matar em nome de deus como a igreja fazia a ceculos atraz eu to lascado, melhor ficar quieto.

  5. Discussão sobre ateismo vs religião é para pessoas relevantes, não para pessoas ignorantes, drogadas, evangélicos idiotas fundamentalistas, que em muitas vezes não entendem nada de religião.
    Ateus tambem tem ter em mente que debochar da crença deus é algo que ofende muito as pessoas, pq elas são ignorantes. E esta ignorancia deve ser respeitada.Agora quando alguem vier te falar de CRIACIONISMO, pode zoar a vontade…É o argumento mais superficial e estupidos que eu já ouvi.

    • Se não me engano, é feito um cálculo pra isso, as vezes dá mais do que a vida máxima de uma pessoa, acho que eles simplesmente resumem como “prisão perpétua”. Espero que alguém me corrija se estiver errado.

  6. Ateus como Dawkins e “cristãos” como Edir Macedo…
    A diferença: um é ateu e o outro é “cristão” e tentam provar seus argumento
    A semelhança:ambos ganham dinheiro falando de Deus!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui