22.5 C
São Paulo
quarta-feira, janeiro 19, 2022

Deputado jogando paciência em seu iPad no Congresso!

- Publicidade -

Foto mostra político jogando em tablet um jogo de cartas dentro do Congresso. Será que a imagem é verdadeira ou farsa?

A fotografia começou a circular no final de abril de 2012, pelo Facebook, mas é um pouco mais antiga do que isso. Nela podemos ver o que parece ser um parlamentar brincando com um jogo de cartas em um tablet. Algumas versões do texto que acompanha a imagem afirmam que se trata de um deputado que está “testando a nossa paciência”.

Deputado brincando no Ipad! Verdadeiro ou farsa?
Deputado brincando no Ipad! Verdadeiro ou farsa?

Será que essa história é verdadeira ou farsa?

A foto é real!

Porém, antes que você fique bravo com os políticos do nosso país, o sujeito flagrado na fotografia não é daqui do Brasil.

A foto foi publicada no dia 26 de junho de 2011, no jornal húngaro Origo. O representante do povo foi flagrado jogando “Paciência” em seu iPad[bb]durante assembleia realizada no Parlamento da Hungria.

O Origo também publicou uma série de fotos de outros parlamentares igualmente desinteressados do que se passava no Parlamento.

 Deputados distraídos no Parlamento

Deputados distraídos no Parlamento 2
Deputados distraídos no Parlamento (reprodução)

- Publicidade -

 

Diversão no serviço em outros países

Não foram apenas os políticos húngaros que são pegos brincando em serviço. Na Itália, por exemplo, alguns parlamentares mostraram que também são bons em matar o serviço:

Deputados distraídos no Parlamento na  Itália
Deputados distraídos jogando durante Assembléia na Itália

 

Nos Estados Unidos, a fotógrafa Jessica Hill, da Associated Press, clicou dois políticos se divertindo com o “Paciência” na Câmara dos Deputados de Connecticut, no dia 31 de agosto de 2009:

Deputados jogando Paciência na Câmara no EUA
Deputados jogando Paciência na Câmara no EUA (reprodução)

Essa fotografia aí de cima causou tanto furor na mídia norte-americana que o Deputado Jack Hennessy (um dos envolvidos) teve que se desculpar publicamente!

[Update: 08 de maio de 2012]

Nosso atento e prestativo leitor, Luiz Eduardo nos enviou nos comentários desse post um vídeo com um trecho do programa Custe o Que Custar – da TV Band – mostrando um nobre Deputado brasileiro jogando “Paciência” em seu tablet, tranquilamente.

[iframe: width=”590″ height=”430″ src=”http://www.youtube.com/embed/_9ediorUQF4″ frameborder=”0″ allowfullscreen]

Conclusão

A foto é real, mas o fato ocorreu na Hungria, em 2011. Nossos políticos são sérios e não brincam em serviço! (rsrsrs! brincadeirinha)

Sites citados

 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

17 COMENTÁRIOS

  1. Só quem não conhece de perto os trabalhos legislativos das Câmaras (municipais, estaduais ou a federal Câmara dos Deputados) e do Senado faz o tipo de crítica relacionada ao fato de algum membro desses poderes vez por outro, no Plenário, cuidar de outros interesses e até distrações. A presença em Plenário é, muitas vezes dispensável – o parlamentar ausente do Plenário pode (e deve) estar tratando de inúmeros interesses fora desse ambiente. E acontece diariamente de sua presença no local ser apenas para aguardar a vez de falar ou o momento da votação, por exemplo. O deputado, senador ou vereador às vezes está sentado no Plenário enquanto os seus colegas na tribuna falam por minutos e até horas sobre assuntos que não têm para ele o menor interesse nem relevância para o público que ele representa, mas apenas para aquele que naquele momento discursa. Se alguém for assistir a uma dessas sessões poderá ver uma sucessão de oradores falando do aniversário do prefeito de sua cidade, da necessidade da criação do Dia da Proteção ao Jumento, do elogio a alguma personalidade e assim por diante. Nesses momentos em que o parlamentar está em Plenário ele aproveita para fazer contatos com os seus pares e, até, quando nada mais há de oportuno, tirar um cochilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui