Ex-apresentador vazou documento sigiloso da Globo sobre como a emissora deve tratar a COVID-19?

13
8397
Texto contido no documento supostamente vazado: “PAUTA PARA COVID – REDE GLOBO 2020 - 1 – Utilizar 80% do tempo dos jornais e noticiários somente com a temática da COVID 19; 2 – Proibido mencionar outros tipos de doenças e mortes, somente aquelas provocadas pela Covid; 3 – Enfatizar e destacar, com gráficos estatísticos, o número de pessoas mortas ou contaminadas diariamente e o total acumulado; 4 – Nunca comentar ou divulgar o número de pessoas recuperadas; 5 – Desacreditar o uso de procedimentos médicos e kits de remédios destinados à prevenção da doença; 6 – Entrevistar, diariamente, as pessoas recuperadas e as pessoas que perderam familiares e fazer minutos de silêncio, estampando por trás o número de mortos; 7 – Não envolver os governadores e prefeitos nas discussões sobre as operações de combate ao Covid nos Estados e Municípios, somente o presidente da república, o ministro da saúde e a ANVISA; 8 – Destacar a falta de leitos e UTIs, a falta de oxigênio, a falta de remédios e kits para intubação, colocando sempre a responsabilidade no presidente da republica e no ministro da saúde; 9 – Mostrar as filas para vacinação e a lentidão do processo de aquisição e distribuição de vacinas, responsabilizando sempre o presidente da república e o ministério da saúde; 10 – Não dar espaço para autoridades, servidores ou pesquisadores que defendam a politica de combate ao Covid implementada pelo governo bolsonarista NOTA: Esta Diretoria acompanhará os respectivos editores, apresentadores e jornalistas com vista ao fiel cumprimento desta pauta e adotará, no caso de descumprimento, as medidas cabíveis Editor-Chefe Cláudio Marques”

O documento teria sido enviado para as chefias dos núcleos jornalísticos da TV Globo com instruções para descredibilizar o Governo e focar nas mortes pelo novo coronavirus! Será verdade?

A imagem surgiu no final de abril de 2021 e mostra uma foto de um documento sigiloso divulgado por um apresentador que havia sido demitido das Organizações Globo, com instruções rígidas para que o Jornalismo da casa focasse apenas na COVID-19 e tentem descredibilizar as ações do Governo no combate à pandemia do novo coronavirus.

Dentre as 10 ordens contidas no documento vazado, a direção da emissora teria proibido que os jornais mencionassem o número de pacientes recuperados em 2020 e que dedicassem 80% do tempo à temática da COVID.

Será que esse documento é real?

Texto contido no documento supostamente vazado por um ex-apresentador da Globo: “PAUTA PARA COVID – REDE GLOBO 2020 – 1 – Utilizar 80% do tempo dos jornais e noticiários somente com a temática da COVID 19; 2 – Proibido mencionar outros tipos de doenças e mortes, somente aquelas provocadas pela Covid; 3 – Enfatizar e destacar, com gráficos estatísticos, o número de pessoas mortas ou contaminadas diariamente e o total acumulado; 4 – Nunca comentar ou divulgar o número de pessoas recuperadas; 5 – Desacreditar o uso de procedimentos médicos e kits de remédios destinados à prevenção da doença; 6 – Entrevistar, diariamente, as pessoas recuperadas e as pessoas que perderam familiares e fazer minutos de silêncio, estampando por trás o número de mortos; 7 – Não envolver os governadores e prefeitos nas discussões sobre as operações de combate ao Covid nos Estados e Municípios, somente o presidente da república, o ministro da saúde e a ANVISA; 8 – Destacar a falta de leitos e UTIs, a falta de oxigênio, a falta de remédios e kits para intubação, colocando sempre a responsabilidade no presidente da republica e no ministro da saúde; 9 – Mostrar as filas para vacinação e a lentidão do processo de aquisição e distribuição de vacinas, responsabilizando sempre o presidente da república e o ministério da saúde; 10 – Não dar espaço para autoridades, servidores ou pesquisadores que defendam a politica de combate ao Covid implementada pelo governo bolsonarista NOTA: Esta Diretoria acompanhará os respectivos editores, apresentadores e jornalistas com vista ao fiel cumprimento desta pauta e adotará, no caso de descumprimento, as medidas cabíveis Editor-Chefe Cláudio Marques”

Verdade ou mentira?

Antes de prosseguir, uma coisa precisa ficar clara aqui: a Rede Globo de Televisão é uma das maiores emissoras do mundo e, assim como toda empresa, deve possuir regras e diretrizes que todos seus colaboradores devem seguir. No entanto, esse “documento” que se espalhou através de grupos do WhatsApp está longe de ser real e explicamos os motivos a seguir.  

A primeira coisa que chama a atenção no tal documento é que ele está cheio de erros ortográficos. Por mais defeitos que a Rede Globo possui, transmitir um documento tão importante como esse, ainda que de forma sigilosa, ocorreria com um esmero maior, sem erros grotescos como “republica” (sem acento no “u”) e “politica” (sem o acento no primeiro “i”).

Outro detalhe que denuncia a fraude é o logotipo utilizado no documento. Como podemos ver no site da emissora, quem fez a tal carta usou uma versão antiga, de 2008:

Imagem: Reprodução/TV Globo

Até aqui esperamos que você já tenha chegado à mesma conclusão que nós: de que o documento é falso! Mas vamos supor que você ainda tenha alguma dúvida, podemos fazer um teste aleatório com qualquer telejornal da TV Globo, de qualquer dia e de qualquer horário.

Vamos no carro-chefe da casa, a edição do Jornal Nacional do dia 15 de abril de 2021. Logo de cara, o site da Globo mostra uma das manchetes: “A Caixa Econômica antecipa os saques do auxílio emergencial” uma notícia não relacionada à COVID…

A Globo disponibilizou 18 vídeos de notícias apresentadas nessa edição do Jornal Nacional, sendo apenas 5 sobre assuntos relacionados à pandemia (apenas 27% do telejornal foi sobre o novo coronavirus e não 80% como exige o tal documento vazado). A mesma edição falou de outros assuntos, como a notícia do treinador Renato Gaúcho não ser mais o técnico do Grêmio.

Pegando como referência outro telejornal da Globo, o Jornal Hoje, podemos constatar que dos 27 vídeos da edição do dia 26 de abril de 2021 disponibilizados no site da emissora, apenas 12 tem alguma relação com a pandemia (cerca de 44%).

A edição de um dos telejornais da emissora do dia 22 de abril de 2021, por exemplo, também contraria uma das “ordens expressas” contidas no “documento” ao noticiar a morte do ex-deputado Edmundo Galdino. O político morreu de parada cardíaca.

O Jornal Nacional também noticiou outras mortes (que não das causadas pela COVID-19), como essa de um instrutor de voo que morreu em acidente com um jatinho:

Mais um ponto que nos ajuda a determinar com certeza que se trata de um documento falso é que nenhum outro veículo de comunicação acreditou na imagem. Uma prova como essa seria um prato cheio para alguma concorrente da Rede Globo, mas ao que parece, ninguém deu muita atenção para o tal apresentador demitido (sem nome) que supostamente divulgou o “documento”.   

A Rede Globo desmente

Além desses argumentos que colocamos aqui nesse artigo, também podemos contar com uma nota divulgada pela própria Rede Globo, onde a emissora afirma que a imagem de um “documento sigiloso” que circula nas redes sociais é completamente falsa:

“A rede Globo continuará vigilante e atuará de pronto na prevenção e em reação às denúncias de campanhas veiculadas em sites que disseminam desinformação, como sempre fez, e reafirma o seu compromisso com informação correta e com o seu o público.”, diz um trecho da nota.

Conclusão

A imagem com um suposto documento sigiloso, vazado por um ex-apresentador da Globo, com instruções para que a emissora descredibilize o Governo é falsa!

13 COMMENTS

  1. KKKKKKKK parei de ler no “presidente da republica”, esses minions nem se prezam para fazer um documento decente. E o serrilhado vermelho? KKKKK

  2. Daí tu me diz se não tem que considerar como bandido um cara que senta na frente de um PC pra bolar uma bosta dessas, imprimir, fotografar e espalhar pela internet para desinformar os retardados?
    É um trabalho todo pensado pra tentar manter no poder um governo fracassado na base das mentiras.
    E o pior de tudo, a pessoa que fez essa fake news nem deve ter sido beneficiada com nada, apenas fez pelo puro fanatismo e ruindade.

  3. “Mas vamos supor que você ainda tenha alguma dúvida” Bolsonarista não tem duvida, tem certeza afinal, o “mito” é imaculado

    • “O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas, e as pessoas idiotas estão cheias de certezas” Bertrand Russell.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here